História Arauto o guerreiro da luz - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Batalha Medieval
Tags Dragão, Fantasia Medieval, Medieval, Rpg
Visualizações 18
Palavras 1.439
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ecchi, Fantasia, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 8 - Os bandidos


Alex acorda com a luz do sol batendo em sua cara, e vê que Lothar e thethora ainda estão dormindo, ele então nota a falta de dirwin e fica em pânico.

Ele sai para fora da caverna, olha para os lados e vê dirwin cuidando de um filhote de urso machucado, Alex então se acalma e chega por trás e diz:

Alex—que gentil de sua parte cuidar dele!

Dirwin—aaaai que susto,Alex!

Alex—hehe bom dia!

Dirwin—bom dia!

Alex então se senta ao lado de dirwin

Alex—dirwin, me responda uma coisa?

Dirwin—claro

Alex—ontem na festa, e normal na cultura dos elfos beberam até cair?

Dirwin—bom, não, na verdade a maioria pegou esse costume por causa da rota comercial que temos, onde muitos humanos já chegaram a ser nossos convidados, e consequentemente trouxeram a  cerveja, as festas e um pouco da cultura humana

Alex—então a cultura de seu povo esta sendo perdida?

Dirwin—na verdade tem alguns elfos que seguem a nossa cultura ainda, como o sábio aistano

Alex—e você segue?

Dirwin—claro!

Alex—legal, podeira me contar um pouco de sua cultura?

Dirwin—sim! Entre nós e muito comum alguem nascer com o dom da magia.

Alex—você nasceu com o dom?

Dirwin—sim! Magia de cura!

Alex— parece interessante ,poderia continuar?

Dirwin—claro, nós somos agricultores, só comemos vegetais, frutas e legumes e
..

Alex—vocês não comem carne?

Dirwin—não...

Alex—por que? O que acontece?

Dirwin—nada! É que temos  respeito pela natureza, por isso não comemos carne! Continuando, os elfos machos e fêmeas quando atingem 100 anos podem treinar arquearia

Alex—mas...., vocês não são pacíficos?

Dirwin—sim somos, mas e sempre  prevenir!

Alex—E os casamentos e religião?

Dirwin—ah, o elfo macho e fêmea atingem idade adulta quando atingem 120 anos, o casamento acontece assim: o elfo macho e fêmea tem que rezar o dia inteiro para a deusa caliel para que seja um casamento abençoado, quando chega a hora da cerimônia,  os dois recebem um anel abençoado para que o casamento dure para sempre, logo depois éo acasamento  ou reprodução, nossa religião consiste em vários deuses, mas oque nós cultuamos e a deusa caliel, a deusa do amor e da natureza!

Alex—acasalmento? Hmmm, você já foi pedida em casamento?

Dirwin—sim! Vários! Mas eu não aceitei, não sou adulta-(se fosse humana sua idade seria 17 anos)-, e por que não amava nenhum deles!

Alex—entendi..

Alex nota então que Lothar e thethora estão chegando perto deles, Alex então diz:

Alex—bom dia aós dois!

Dirwin—bom dia!

Lothar—eai!

Thethora—bom dia! Vamos continuar nossa jornada?

Alex—ah, claro, vamos! Muito obrigado dirwin, por contar um pouco de seu povo, você e bem fofa e  gentil!

Dirwin cora e diz:

Dirwin—o-obrigado, você também e mu-muito gentil!

Thethora—então, vamos?

Alex—sim!

O grupo se reuniu e caminharam, dessa vez o terreno mudou, agora são colinas, colinas bem verdes com varias árvores. Lothar então chega perto de Alex e começa a falar baixo quase cochihando:

Lothar—alex, como você consegue mandar elogios sem se envergonhar a mulheres?

Alex—eu já peguei outras mulheres..., tenho experiência!

Lothar—incrivel! Quando eu achar uma garota do meu interesse você  me ajuda a conquista-lá?

Alex—claro!

A conversa então é interrompida quando escutam um grito de pânico de uma mulher, eles assustados seguem a voz, quando chegam, era um orc tentando tirar as roupas de uma mulher, obviamente tentando estuprar.

Alex saca sua espada e vai pra cima do orc, um orc encapuzado que estava escondido  no meio das arvores, atira uma flecha na perna de Alex que cai

Alex—aiiii caralho!

O orc encapuzado sai do meio das árvores se revelando

Lothar—alex! Maldito!

Lothar saca sua espada , thethora seu cajado e dirwin seu arco. O orc que estava tentando estuprar a mulher a solta, e ele pega uma espada, a mulher duas adagas

Thethora—uma armadilha!

Lothar foi na direção de alex, mas era sempre impedido pelo arqueiro, que atirava flechas bloqueando o caminho. A mulher com as duas adagas corria para cima do Alex, dirwin tenta acerta uma flecha, porem a mulher desvia, thethora rapidamente estica seu cajado na direção de Alex e diz:

Thethora— pequeno muro de gelo!

Um pequeno muro de gelo aparece e protege Alex, dirwin aproveita e vai socorre-lo

Dirwin—vo-você esta bem?

Alex—só esta doendo um pouquinho hehe

Dirwin solta seu arco, e de suas mãos sai uma luz verde , e então ela começa a curar o machucado de Alex na perna pela flecha.

              Lothar

Lothar fica nervoso, e a primeira vez que enfrenta orcs e uma mulher, thethora percebendo, coloca a mão em seu ombro e diz:

Thethora—não se preocupe! vamos vencer essa!

Lothar—ce-certo!

Thethora então chega perto de Lothar e diz baixo:

Thethora—tenho uma magia de encantamento temporário, ela vai deixar sua espada com mais dano, alem de congelante, o que acha?

Lothar—parece bom! Manda ver!

Thethora—certo!

Thethora então toca a espada de Lothar com seu cajado , e fala rapidamente uma palavras magicas , a espada de repente começou a ter um aspecto brilhante como o gelo, indicando que  o encantamento deu certo.

Thethora—vá Lothar! Eu te dou cobertura!

Lothar—certo!

Lothar então vai pra cima do orc que estava tentando estuprar a mulher, porem ela entra na frente dele, e  diz:

???—daqui você não passa!

Lothar—é o que vamos ver!

Lothar começa a ataca-lá, mas ela desviava muito fácil, num descuido de Lothar, ela perfura seu braço esquerdo,thethora aproveita e grita:

Thethora—congelar!

A mulher imediatamente é congelada. Lothar então parte para o orc. Pelo seu braço estar doendo, os movimentos de Lothar estavam mais lentos, e o orc conseguia bloquear todos os ataques dele. O orc arqueiro ia atirar uma flecha em Lothar, mas thethora usa um bola de fogo rapidamente nele, que o faz queimar .

Lothar continuou lutando contra o orc, até ele der um chute em sua barriga fazendo ele cair no chão e soltar sua espada, o orc aproveita para perfurar Lothar, que rapidamente rola pro lado ,pega sua espada, e perfura o braço do orc ,congelando todo seu braço

Orc—caralho! Oque você fez no meu braço?

Lothar então corta o braço congelado do orc, e o chute fazendo-o cair. Thethora da um chute na mulher congelada quebrando o gelo e derrubando a mulher.

Então thethora interrogou o orc e a mulher

Thethora—quem são vocês?

Orc—me chamo de isvar

Mulher —e eu mila

A mulher tinha traços do oriente médio.

Thethora—quem mandou vocês aqui?

Isvar—co-como você sabe?

Thethora—foi coincidência demais nos trombarmos desse jeito!

Isvar—não falo!

Thethora—fale ou eu corto a merda de seu outro braço!

Isvar—t-tá bom! Foram os WA que nós pagaram para matar os dois rapazes!

Lothar—o-oque? Como assim?

Isvar—he, eles viram vocês fugindo de treeland, e então mandaram corujas entregar uma carta ao acampamento de WA mais próximo, e eles nos contrataram para matar vocês!

Lothar—puxa..

Isvar—vocês provavelmente irão para onalativ né? Hehe quando chegarem lá, uma surpresa os aguarda!

Lothar—fale maldito!

Thethora—deixe eles Lothar, só dizem isso para nós assustar

Thethora e Lothar se afastam deles e vão conferir Alex, que agora estava de pé com um curativo na perna

Alex—ei pessoal!

Lothar—a-alex! Você esta bem?

Alex—sim! Dirwin fez uma cura e depois um curativo , ela disse que até amanhã sara!

A dirwin estava ao lado de Alex sorrindo

      Alex

O grupo então anda mais um pouco até escurecer , e fazem um mini acampamento, Lothar então vai na direção de Alex

Alex—ei cara! Parabéns por vencer um inimigo forte!

Lothar—valeu Alex... Mas é serio.. Os WA pagaram aqueles bandidos para nós matar!

Alex—m-mas como descobriram?

Lothar— aparentemente nós viu fugindo de treeland e mandou esses bandidos para nós matar

Alex—merda, fudeu...

Lothar—temos que ser mais sigilosos agora! Bom, boa noite, era esse o aviso

Alex—valeu! E boa noite!

Alex então se levanta e vai em direção a dirwin

Alex—ei, dirwin!

Dirwin—sim?

Alex—obrigado por me curar! E de se preocupar comigo!

Dirwin—a-ah sabe você e meu amigo e..

Alex chega perto dela e beija sua testa e fala:

Alex—muito obrigado!

E sai correndo com vergonha, ele nunca fizera isso com alguma mulher, era natural agir desse jeito. Alex se afasta-ra do acampamento, quando toma um susto com a voz de thethora

Thethora—você esta apaixonado por ela né?

Alex—aaa que susto thethora!q-que? Claro que não!

Thethora—você esta vermelho e gaguejando, claramente está sim apaixonado! Pela dirwin!

Alex—bem, e verdade..

Thethora—isso e bem fofo!

Alex—e...., sabe, quero te agradecer por ajudar o Lothar hoje a lutar

Thethora—eu apenas dei um empurrãozinho hehe, olhe para o céu

Era um lindo luar, Alex se lembra-ra que quando morava com seus tios tinha essa visão quase todo dia. Alex então tem uma forte dor de cabeça onde tem visões sobre parallax

Alex—aaargh droga!

Thethora—a-alex? Está bem? ALEX!

Alex vê tudo escurecer e desmaia














Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...