História The heroin - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, Cora (Mills), David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Personagens Originais, Regina Mills (Rainha Malvada), Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Tinker Bell, Vovó (Granny), Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Swan Queen, Swanqueen
Visualizações 290
Palavras 1.595
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Ficção Científica, Orange, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Não sei se ficou bom...👄

Capítulo 14 - Capítulo 14


Fanfic / Fanfiction The heroin - Capítulo 14 - Capítulo 14

POV'S Autora.

Emma encarou a morena de forma profunda, cada célula de seu corpo vibrava, queria que tudo fosse perfeito.

 — Me espere aqui, eu já volto! — disse correndo em uma velocidade sobre-humana, voltando 30 segundos depois apenas de roupão causando um pequeno risinho em Regina.

A morena não perdeu tempo, tomou os lábios de Emma para si, a loira pegou a namorada no colo, que por sua vez, enlaçou as pernas na cintura da loira, Swan a carregou sem dificuldade alguma até o seu quarto trancado a porta logo em seguida, as duas trocavam beijos quentes e apaixonados, queriam que fosse mais do que sexo, queriam que fosse amor verdadeiro.

Emma colocou Regina lentamente no chão enquanto dava beijos molhados no pescoço da namorada, podia ouvir os suspiros da mesma, isso só a deixava cada vez mais excitada, sentia seu sexo pulsar. Beijou mais uma vez os lábios da namorada e logo em seguida sentou na cama puxando sua morena para seu colo, que sentou rapidamente e começou um beijo lento com Swan.

Regina rebolava de leve no colo da loira, sentia seu interior pulsar em desejo, estava nervosa mas a vontade de se entregar à garota que amava era maior, então começou a descer seus beijos para o pescoço da loira, que começou apertar sua bunda para que rebolasse mais. A loira encarou profundamente a amada e lentamente foi tiranda a blusa da mesma sem deixar de olhar em seus olhos, Regina por sua vez, levantou os braços facilitando a saída da blusa, Emma olhava maravilhada para os seios ainda cobertos pelo sutiã preto de renda, eram lindos, a loira então deu um selinho no colo da morena e depois olhou nos olhos da mesma, um pedido mudo para tirar a peça que cobria os seios, a morena colou suas testas e depois assentiu ainda rebolando de leve, vez ou outra dando um gemido tímido.

Emma beijou Regina profundamente e foi tirando o sutiã da morena deparando-se com o próprio paraíso, a loira encarava tanto que Mills começou a sentir suas bochechas queimarem em vergonha e desejo.

 — Você é a garota mais linda do mundo para mim. — disse olhando nos olhos da morena.

 — Eu amo você! — disse a morena abraçando-lhe o pescoço e atacando seus lábios.

A língua da loira fazia uma dança sensual junto da de sua namorada, suas mãos passeavam com lentidão pela cintura de Mills, gemeram entre beijos querendo mais contato, Swan foi descendo seus beijos até o seio direito de Regina que acompanhava com carinho e luxúria seus movimentos, então a loira sugou para dentro de sua boca o mamilo rosado e já rígido da mais nova, Regina fechou os olhos e inclinou a cabeça para trás segurando os cabelos da loira e gemendo manhosamente.

 — Hmmm...Emm!

Emma sentia que poderia gozar apenas olhando as expressões de Regina, vagarosamente foi deitando a namorada na cama e se colocando por cima dela logo em seguida, queria dar tudo de si naquela noite, queria que Regina fosse sua a noite inteira assim como ela seria da morena. Olhou para cima e pôde ver Regina de olhos fechados mordendo os lábios e cabeça inclinada, aquela era a visão dos Deuses na sua opinião, trocou de seio lentamente, fazendo círculos torturantes com a língua em volta do mamilo esquerdo, chupou de leve e depois mordeu, sem muita força, arrancando um gemido nada tímido da morena que segurava seus cabelos e arranhava de leve sua nuca. Largou o peito da sua garota de forma delicada e começou a descer seus beijos e chupadas pelo abdômen da mesma.

Regina sentia sua calcinha tão molhada que ela podia jurar que estava pregada em sua intimidade, quando Emma rodeou seu umbigo com a língua, ela não pôde controlar o impulso de arquear seu quadril e gemer suplicante, a loira então, se ajoelhou na cama e tirou seu short de forma delicada, jogando-o longe e voltando com beijos por toda e extensão de sua perna.

 — Eu quero tanto você Emm...sinto que vou enlouquecer se não te sentir agora. — disse pegando em seu próprio seio apertado os bicos e fechado os olhos gemendo de forma baixa.

Aquela cena era demais para Emma resistir, começou então a beijar toda extensão da virilha ainda por cima da calcinha da namorada, deu um beijinho de leve em cima da mesma e começou a tira-la e jogando longe, foi se abaixando enquanto roçava seu nariz e lábios nas partes internas das coxas da namorada, e foi as abrindo de forma delicada introduzido a ponta de sua língua no clitóris inchado da morena que soltou um gemido gostoso.

 — Oohh amor! — gemeu empurrando o quadril e segurando os cabelos loiros enquanto sua outra mão massageavam seu seio direito.

Emma sugou o clitóris da amada para dentro da boca enquanto o mamava, a loira sentia sua excitação escorrer por suas pernas, sentir o gosto e o cheiro de Regina era como elixir dos Deuses, sua língua passeava por toda a intimidade da morena, rodeava de vez em quando a entrada vaginal da mesma, os gemidos de Regina ocupavam todo o quarto enquanto a mesma rebolava em sua boca de forma desesperada.

 — Deus! Vai amor...ahhh OHHH

Então Emma chupou com força o botão pulsante da namorada fazendo a mesma jogar o quadril pra cima e contrair todo o corpo gozando deliciosamente em sua boca, olhou pra namorada e pôde vê-la com os olhos bem apertados cabelos colados na testa e respiração completamente descompassada.

Começou a beijar todo o corpo de Regina até chegar em seus lábios, onde beijou de forma quente.

 — Tira isso, eu preciso sentir sua pele contra a minha! — falou empurrando o roupão pra fora do corpo da loira, contemplando aquele corpo branquinho — Você é linda, meu amor.

Emma queria mais de sua morena, queria estar dentro dela, elas roçavam seus corpos enquanto se beijavam com luxúria, paixão e, principalmente amor.

 — Emm...preciso de você dentro de mim. — disse pegando dois dedos da loira e chupando-os, Emma estava hipnotizada com aquilo, então Regina foi guiando a mão da loira até sua intimidade que já estava encharcada novamente.

A loira gemeu ao constatar o quanto a outra estava molhada, estava com medo de machuca-la.

 — Se doer me avisa, ok amor? — perguntou de forma doce e a de olhos castanhos apenas assentiu fechando os olhos.

Então a loira começou a massagear o clitóris da amada fazendo pequenos círculos em volta dele e pondo um pouquinho de pressão, Regina deu um gemidinho manhoso, Swan começou a mamar no peito da namorada enquanto entrava vagarosamente e delicadamente dentro de Regina rompendo sua barreira, sentiu a morena soltar um gemido de dor então parou dentro dela e começou a beijar-lhe o pescoço, colo, lábios, e depois voltando para os seios rosados novamente. Sentiu Regina começar a rebolar de leve contra seus dedos, a loira começou mover de leve o dedo dentro de Regina.

 — Mais...mais rápido amor...OOhh

Então Emma aumentou as estocadas e quando percebeu que Regina estava bastante molhada acrescentou mais um dedo, e foi descendo beijos até chegar no sexo da namorada e começar a chupa-la enquanto continuava a estoca-la cada vez mais rápido. Regina começou a gemer desesperadamente e enquanto rebolava na mesma proporção.

 — MEU DEUS...Ohhh Ahhhh.....

Para a morena aquilo era como chegar ao céu, aquilo era bom demais, era delirante, e saber que Emma era que lhe proporcionava aquilo, fazia com que ficasse ainda mais gostoso.

 — Na...não para...amor AHHH OOHH... eu tô quase...hhhhmmm!!!!!

Explodiu em um novo orgasmo, sentindo sua loira beber todo seu líquido, a heroína subiu beijando todo o seu corpo e parando em seus lábios onde plantou um beijo delicado.

 —Eu amo você, minha princesa! — disse a sussurrando no ouvido da morena.

 — E agora é minha vez de amar você — disse Regina trocando de posição com a loira e começando a beijar e chupar seu pescoço.

Tudo naquela noite acontecia com amor, os beijos, os chupoes e mordidas pelo corpo da loira que já gemia entorpecida, a morena queria proporcionar a loira todo o prazer possível, chupava e mordia os mamilos rígidos da loira enquanto apertava o outro, descendo sua boca e plantando beijos e lambidas por todo aquele abdômen sarado, Regina mal podia esperar pra chegar na sua fonte de prazer, e quando chegou, tomou-a para si como se não houvesse amanhã, a loira gemia e por vezes choramingava de prazer.

 — Eu... preciso..aahh. de você dentro...ohh de mim agora, Gina — disse entre gemigos e respirações pesadas.

Regina foi entrando vagarosamente dentro de Emma, e sententindo suas paredes molhadas, aquilo era sexy demais, ver sua loira, com os cabelos desgrenhados, boca aberta em um perfeito ' O ', gemendo pra ela e por ela.

 — OHH Gina...Aaahhh tão perto... meu amor AAAAAHHH!

Então Mills sentiu seus dedos se apertarem e Emma explodir em um gozo arrebatador, a loira puxou a amada e a fez colar suas intimidades molhadas, Emma segurava a cintura de Regina enquanto ditava o ritmo de suas reboladas, a morena fechava os olhos e pendia a cabeça pra trás enquanto gemia entre dentes.

 — Hhhhh.. ohhhh Emm

 — Goza comigo meu amor, ....OHH aaahh.. — e as duas gozaram juntas.

Regina desabou por cima da loira, completamente ofegante e sorridente, assim como a loira, que aconchegou a mais nova em seu peito.

 — Eu amo você Emma Swan! — disse plantando um selinho em seu peito e logo se deitando no mesmo novamente.

 — Eu também amo você! — disse fazendo carinho nas costas da namorada e as duas adormeceram exaustas mas satisfeitas, nos braços uma da outra.




Notas Finais


Beijos de luz💋💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...