História Somewhere Only We Know - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~kpopnow

Exibições 31
Palavras 1.669
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ooi! Espero que gostem!! Levei muito tempo escrevendo essa fic! Caso goste adoraria saber sua opiniao >.<
Boa leitura!!
~Kpopnow

Capítulo 1 - Ultimo dia de férias


- Amor... Amor... – Emma escutou uma voz a acordando, mas estava tao cansada que não queria abrir seus olhos. – Emma acorda... – Foi sentindo um par de mãos passando em seu rosto o virando para cima, sentiu lábios tocando os seus e então abriu os olhos lentamente, era seu namorado, o Sungjae a acordando. – Finalmente resolveu acordar! – Ele abriu um sorriso em seu rosto olhando os olhos sonolentos de Emma, e então começou a acariciar o rosto da mesma com as costas de sua mão.

- Bom dia amor... – Emma sorri para ele, começou a se espreguiçar até que sente seus lábios a tocando novamente, suas mãos que estavam para cima foram automaticamente de leve até o pescoço do outro, o puxando para mais perto. O garoto deu selinhos em sua bochecha, deu um breve sorriso e então falou.

- Emma... Já são 10 horas... Temos que nos arrumar... - Disse acariciando seu ombro desnudo.

- Ah, mas está cedo... - disse Emma colocando seus braços para cima fazendo manha para o namorado.

- Vamos tomar um banho... Daqui a pouco meus pais vão chegar...

- Ok... Vamos... - Disse revirando os olhos - mas você me leva! - e assim passou os braços em volta do pescoço do namorado e o mesmo foi logo passando seus braços em sua cintura a levantando. Ambos já estavam nús pela noite anterior, a qual começou apenas com uma saida com alguns amigos mas resultou no casal indo para a casa do mais velho tendo uma noite quente durante o frio que fazia no dia.

- Mas você anda muito folgada ultimamente senhorita Emma - Falou rindo enquanto levava a namorada para seu banheiro, colocando-a na banheira que havia no cômodo. Sungjae então foi abrir a torneira vendo a agua despejar no corpo de sua namorada, consequentemente na banheira. Emma, enquanto a agua subia, apenas ficava admirando a beleza de seu namorado de costas, o mesmo pegava os produtos de banho que estavam no box de seu banheiro. Quando a agua já estava na metade da banheira, o garoto desligou a torneira e se juntou a namorada, que agora fitava pensativa a borda da banheira, o menino então se sentou atrás da mesma, que estava posicionada em meio a banheira e então a puxou para seu colo, passando as mãos astutas na pele de seu colo.

- Sungjae... – Emma chamou seu namorado baixinho.

- Sim? - Respondeu com os lábios ao lado do ouvido da garota, que estremeceu ao ouvir a voz rouca do namorado.

- Pare... - Disse pegando nas mãos do namorado que agora passeavam por toda a pele imersa na agua, nesse momento Sungjae passou seus braços para a cintura da garota a fazendo se virar para ele, o mesmo logo foi descendo uma das mãos indo em sua intimidade. - Sungjae! - reclamou ao sentir os dedos brincalhoes do mais velho que apenas soltou uma risada e puxou a garota para um beijo que só se finalizou por falta de ar. O casal então começou a trocar caricias que logo foram se tornando mais intensas, o mais velho enquanto se perdia nos lábios de Emma puxou as coxas da namorada fazendo-as ficar lado ao lado de seu corpo, com suas intimidades roçando uma na outra.

 

 

 

 

Um som de porta se fez presente no quarto, que estava totalmente silencioso, o mesmo som fez uma pessoa que estava na cama, uma garota, acordar pelo barulho da porta. A garota se levanta esfregando os olhos, ela olha para os lados tentando se situar de onde estava, a mesma então vê que estava em um cômodo diferente, sentiu um frio em sua pele e então olhou para baixo, vendo que estava seminua com apenas um acolchoado, a garota então leva um susto e pula da cama observando atentamente o quarto que parecia ser de um hotel. Olhou para os cantos e viu seu celular na mesinha de cabeceira e sua roupa dobrada em uma cadeira ao lado da cômoda, a menina então olhou para os lados procurando a presença de alguém no quarto, porém não via ninguém. A menina então pegou seu celular o desbloqueando, vendo logo em seguida algumas mensagens de sua irmã mais velha, uma mensagem de sua mãe e por fim uma da operadora, viu que ao lado do aparelho tinha uma papel escrito Quarto 325, apenas ignorou e resolveu se vestir antes de mais nada e depois leria suas mensagens, a garota só então vestida pegou seu celular novamente e viu suas mensagens.
 

" Beckieeeeee vou dormir no Sungjae hoje avise nossos pais"
" onde você dormiu?"
" Rebeca por que você não está respondendo minhas mensagens?"

A garota apenas revirou os olhos pela falta de paciência da irmã. Então a menina foi ler a mensagem de sua mãe
 

"Querida Becky, eu e seu pai tivemos que fazer uma viagem de última hora para ver sua vó que adoeceu novamente, enquanto isso deixarei vocês sob a supervisão da Jo mas lembrem-se: Juízo Beijos da sua mãe"

Becky então bloqueiou o celular e foi em direção a porta do quarto, abrindo-a e dando de cara em um corredor, que seguiu até um elevador saindo logo em uma portaria de hotel, a garota então foi em direção ao saguão para pedir informação.

- Oi... eu acordei no quarto 325 mas não tenho noção de como vim parar aqui... - O gerente então a olha assustado.

- A senhorita se chama Rebeca Mitchelll? - Ele pergunta olhando para o monitor a sua frente.

- Sim... Você sabe me informar quem entrou no hotel comigo? - Perguntou apreensiva se tinha feito alguma besteira.

- A senhorita veio com uma amiga. - A garota abre a boca surpresa.

- E como seria essa amiga? - Perguntou curiosa, seria a Cat? - Ela ainda está no hotel?

- Sua amiga foi embora bem cedo mas deixou paga a conta do quarto de vocês... - Disse olhando o monitor

- Ah sério? - Perguntou mais surpresa ainda - E ela foi embora que horas?

- Ela foi embora umas 9 horas da manhã... - Becky arregalou os olhos.

- Que horas são agora? - O gerente olha para a tela.

- São meio dia e meio. -

- Obrigada - E entao sai correndo para a saida pedindo um taxi.

 

 

 

 

- Eu não acredito que você fez algo do tipo Caterine! - O irmão mais velho da menina gritava pelo quarta de hospital onde a mesma se encontrava internada. - Você saiu para se drogar? - Perguntou colocando as mãos na cintura fazendo uma pose indignada.

- Eu... - A garota tentava se explicar, mas não conseguia achar as palavras certas ou pelo menos contar a história de forma que seu irmão na a castigasse. Já se passava das três da tarde e a garota havia acordado a uns 20 minutos no hospital que foi parar de madrugada.

- Você...

- Assim Jake... - Falou desviando o olhar para a borda do cobertor que cobria seu corpo. - Ontem eu sai com a Becky para procurar a Emma porque elas tinham um compromisso com os pais... ai a Becky descobriu que a Emma foi numa balada com uns amigos e seu namorado... - Disse ainda fitando o cobertor.

- Mas o que isso tem haver com você se drogar?

- Eu- eu não me droguei! - Contrariou o irmão que a olhou com um semblante irritado. - Foi assim... eu e a Becky fomos para a tal balada encontrar a irmã dela, mas apenas achamos uma festa de fim de férias, o que era normal no lugar que fomos, então enquanto procurávamos a Emma dois garotos surgiram e começaram a conversar conosco... - Ao falar isso olhou o irmão que a esperava continuar. - mas a Becky estava muito irritada para  ficar conversando com eles então ela saiu para procurar a Emma enquanto fiquei conversando com um dos garotos e outro saiu atrás da mesma. Então enquanto eu falava com o garoto surgiram outros que me ofereceram baseado e bebidas então eu aceitei e quando vi estava aqui. - O garoto arregalou os olhos imediatamente tendo um surto pela sua irmã ter aceitado drogas de alguém que ela não conhecia.

- Meu deus Caterine eu não acredito que você fez algo desse tipo! - Começou a brigar com a irmã mais nova por ser tão inconsequente.

- E a Becky onde ela foi parar? - Perguntou preocupado com a melhor amiga da irmã.

- Não sei... Pelo o que eu lembro ela saiu com aquele cara que foi atrás dela... - Falou pensativa...

 

 

 

 

 

Já era final de tarde quando Jade estava voltando da casa de seus amigos, quando viu uma pessoa parada em frente ao seu prédio, a menina chegou bem perto para ver quem era levando uma surpresa ao ver Mark parado a esperando, a menina então sai correndo até o mais velho, mas sentiu tudo dando voltas e acabou tropeçando em seu próprio pé e caindo em frente ao garoto que foi ao seu encontro.

- Jade... Você está bem? - perguntou se agachando perto da menina que ainda estava tonta e colocou a mão na cabeça.

- Aham... Só quero sentar um pouco... - Diz então se sentando no meio fio e o menino solta uma risada silenciosa.

- Você nunca muda né? - Murmurou para si mesmo, mas a garota escutou se virando para o mesmo.

- Oi?

- Nada... - Jade então resolveu se levantar do meio fio mas ao fazer isso sentiu uma tontura novamente. Agora realmente assustando Mark pergunta - Você está bem mesmo?

- Sim... - Disse desviando o olhar para a rua. - Você chegou hoje? Quer entrar? Acho que a Omma vai ficar feliz em te ver, ela ficou as férias inteiras perguntando de você... - Falou puxando o garoto pelo braço direto para o prédio da garota. - Não creio que amanhã já tem aula... - Reclamou enquanto entrava no elevador com o mais velho.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...