História The Hisho Delakai (Interativa) Volume 1. - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Aventura, Hentai, Interativa, Originais, Romance, Shoujo, Shounen, Yaoi, Yuri
Exibições 11
Palavras 545
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Crossover, Ecchi, Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shounen, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 12 - End Rote 627. Parte 4 (Lian Morgan)


[ Montanhas Yeshw, 10:00 da manhã.]

(P.O.V. Lian Morgan ON.).

 

Era cedo... Alguém batia na porta “Kia... Só pode ser ela... O que ela inventou dessa vez?” levantei me da cama e abri a porta vendo Kia ao lado de Sumbeam Flower que estava com um pouco de frio por ter vindo até as montanhas sem algo para a aquecer direito.

 

— Dessa forma você vai matar ela congelada! — Falei e Kia estava com um passarinho na cabeça que chocou um ovo na cabeça dela. — Omelete... — Pensei alto e Kia me olhou furiosa.

— Não permitirei que mate o bebê desse passarinho seu sem coração! — Em geral kodamas defendem qualquer ser vivo, mas não dão a mínima para seres humanos os odiando e observando para eles não desmatarem uma arvore de certa área ou matar um animal... As consequências variam de agressão, tortura ou morte para um humano que faça isso.

— Mas é só um ovo... — Falei e vi Kia andando até fora da casa com o ovo de codorna em mãos. — Bom dia Sumbeam Flower... O que aconteceu?

— Kiarache tinha libertado a ira de um demônio de bambu e tivemos que sair correndo dele, pois o demônio disparava flechas para todos os lados... — Disse Sum.

— Onde estava quando isso aconteceu?

— Eu iria ver se estava tudo bem no clube de botânica da escola, mas eu vi a Kia que estava correndo do demônio e acabei tendo de correr também...

— Nunca lutou com um demônio? — Perguntei.

— Já sim... um Ami-Kiri... Ele estava rasgando as roupas em minha casa... — Sum respondeu.

— Geralmente Ami-Kiris são pequenos... Lembrei agora de um Gashadokuro...

— também são pequenos?

— Não... Pelo contrario é um esqueleto gigante com poderes de invisibilidade e indestrutíveis... Talvez uma lenda assim como um Kitsune, mas julgando o que passamos temo que não seja... Ele é formado com os ossos de pessoas que morreram de fome ou seja, não devem existir muitos Gashadokuros...

— Isso é interessante... A Kia parece bem melhor hoje...

— Kodamas se recuperam rapidamente... Quer chá de maça? — Perguntei.

— Não se importa?

— Claro que não, você é uma colega da escola.

— Você que preparou o chá?

— Não, Kia costuma dormir aqui e duas horas antes de eu acordar geralmente prepara um chá de maçã com algumas maçãs que colhe na floresta.

— Kia deve gostar muito de você...

Ergui um meio sorriso.

— Talvez... Mas acho que não...

— Como não? — Sum ficou curiosa e se sentou no sofá enquanto perguntava.

— Eu não sei... — Corei. — Trocando de assunto...

— Trocar de assunto é trapaça! Esta omitindo algo! — Sum riu um pouco.

— Você deve estar com frio, vou buscar um cobertor também. — Falei e andei até meu quarto buscando um cobertor e joguei ele sobre Sum. Fui até a cozinha e busquei duas xicaras com chá de maçã e me sentei próximo dela sentindo delicioso aroma de maçã. — Acho que Kia deve gostar de mim sim afinal somos como irmãos. Enfim... Sum porque não fala muito?

— Não é necessário...

— Hm...

— Qual é a desse hm?

— Nada...

— Corta essa do nada!

— Sum. cuidado tem um Gashadokuro atrás de você...

— Que? Onde?

— Era brincadeirinha... Esqueceu que Gashadokuros tem um tamanho enorme?

Sum acabou adormecendo no cobertor então eu a deixei dormindo e fui para o quarto ler um pouco. “Não vou mentir... Ela é divertida...”. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...