História The Hisho Delakai - Hot and Shonen Adventure. - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Aventura, Hentai, Interativa, Originais, Romance, Shoujo, Shounen, Yaoi, Yuri
Exibições 7
Palavras 1.184
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Crossover, Ecchi, Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shounen, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 25 - Youkais Parte 1.9 (Akira Hoyata)


Fanfic / Fanfiction The Hisho Delakai - Hot and Shonen Adventure. - Capítulo 25 - Youkais Parte 1.9 (Akira Hoyata)

[Youkais - BOOM uma armadura não muto convencional.]

[Dragondhgs Round 01. P.O.V Akira Hoyata ON]

Shinghajk tinha me levado até aqui em um globo vermelho assim como mandou todos os outros para destinos diferentes, segundo ela seria uma nova tatica de treino nos deixar treinar com pessoas diferentes... Exceto Yukine que acabou tendo que treinar com Shinghajk "Me pergunto se ficará tudo bem com Yukine... A Shinghajk vai matar ele... Na real...

Bati na porta de cor branca da casa em que estavam as duas pessoas que iriam me treinar. — Tem alguém aqui? — Perguntei e duas luzes de janelas foram acesas.

Uma garota de cabelo marrom com um coelho de pelúcia branco nas mãos e um óculos sobre a testa me viu pela janela. — É a enviada da Shinghajk! Akira Hoyata! Koteno venha aqui logo! — Disse a garota que depois percebi pelo rosto que era Ryase, mas o visual dela estava absolutamente novo e eu nunca tinha visto ela com um coelho de pelúcia.

A porta branca foi aberta. — Venha... — Disse uma mulher no escuro. Andei até o local e as luzes foram acesas Koteno abriu um sorriso no rosto e me abraçou. — Quanto tempo Akira! Sei que nunca nos conhecemos de fato exceto o fato de termos visto você no incidente com nosso membro da Grillpper's Bar Dio, mas eu sempre carreguei a vontade de treinar novas pessoas.

— Ah... Legal. — Falei. — Shinghajk me falou antes de eu estar de viagem para cá que você controlava uma criatura alada e isso me ajudaria a desenvolver as asas de anjo demoníaco que tornariam meus ataques de repulsão mais precisos...

— A criatura alada minha é o Zeck — Koteno falou e um papagaio branco voou até o cabelo dela que era vermelho longo e liso e agora com uma longa mecha de cor amarela e pontas onduladas. Koteno também tinha uma tatuagem de um coelho preto. — O outro papagaio é o de Dio o Stang que possui penas pretas e algumas prateadas.

— Entendi... Mas eu não sabia que Dio tinha um papagaio... — Falei.

— Foi um presente meu para ele afinal ele tinha tido um pesadelo estranho e eu achei que se eu desse um papagaio com o mesmo nome do papagaio do pesadelo fosse ajudar em algo. — Koteno respondeu. — Vou fechar a porta afinal não queremos visitas inconvenientes certo? — Koteno fechou a porta e me mostrou a casa onde ficaríamos que tinha as paredes de cor laranja sofás bonitos com capa vermelha sobre eles e no quarto meu uma cama, um abajur, um criado e sobre o criado um gato de porcelana com um relógio ao invés de um rosto.

Senti uma presença se aproximando de mim após Koteno me deixar sozinha no quarto e levei um susto quando eu fui tocada no ombro, mas foi um susto silencioso. Vi o rosto de Ryase com um óculos. — Dica numero 1 para se tornar uma grande guerreira, coma muito bem. Dica numero 2 durma bem. Dica numero 3 treine comigo. — Ryase tirou um canivete do bolso e o rodeou nos dedos sentando na minha cama.

— Vou me lembrar dessas dicas. — Falei.

— Vou ter que te motivar a treinar... Vai ficar sem achocolatado por uma semana se não despertar metade de seu poder. — Disse Ryase.

— Você só pode estar de brincadeira não é? — Perguntei.

— Na verdade não... Venha comigo até a arena... Não moramos aqui fomos deixadas aqui para treinarmos vocês para ficarem prontos para a luta contra Tanatos e despertar o Hisho Delakai de vocês.

Ryase abriu uma porta de um porão abaixo do tapete do meu quarto e andou, eu a segui e vi que tinha outro porão dentro do porão então seguimos dois corredores retos e longos até vermos uma escada enorme que andamos até chegar a um portão onde tinha uma estatua de dragão na frente.

— É aqui a arena? — Olhei para as estrelas do templo que ficava aparentemente do outro lado da casa e cercado por alguma barreira.

— Sim... É brega, mas é o que temos para treinar vocês... — Disse Ryase colocando o óculos no rosto e ainda girando o canivete no bolso. — Você precisa de uma arma para concentrar seu poder de repulsão e aqui está o gatinho Jeyuk.

— Isso é um gato... — Comentei.

— É um canhão. — Ryase falou. — Conecte seu poder a ele e BOOM entendeu?

— Não...

— Você vai ficar sem chocolate se não entender! — Ryase ameaçou.

— Eu entendi perfeitamente! O gato faz BOOM! "O que ela quis dizer com o gato faz BOOM?" — Peguei o gato branco do chão e o sacudi. "Deve ser assim que as armas funcionam..."

— É com carinho que ele colabora! — Ryase explicou. — Desse jeito ele vai ficar contra você.

Passado um tempo acariciando o gato meu corpo foi rodeado com uma armadura metálica de cor preta e ao olhar meu reflexo na água vi duas orelhas de gato sobre meu cabelo. 

— ESSA ARMADURA É PESADA DEMAIS! — Falei.

— Faça dieta horas! — Ryase falou e começou a rir. — Ok eu já parei... Essa é a Jeyuk Neko Armor e a cada repulsão existe a probabilidade de um BOOM que é um bonus de ataque criado pelo gato e quanto maior a conexão, mais forte a armadura fica e você pode usar uma Kitsune Elm.

— Kitsune Helm?

— É uma Kitsune Mask dura como ferro que te protege de ataques no rosto.

A batalha começou após um longo tempo em que eu tentava me mover com aquela armadura até a arena. Ryase puxou um canivete do bolso e o colocou em um revolver roxo.

— Essa é minha arma a disparadora de canivetes nela ao invés de um cartucho utilizo um canivete especial ou seja um armamento de dupla utilidade, você lutará contra Koteno outro dia, mas hoje terá de enfrentar meu poder. — Ryase saltou do chão e voltou até ele arrumando o óculos.

— Terminou a apresentação? — Perguntei.

— Sim!

A batalha tinha começado então levantei meu braço de forma difícil e disparei uma esfera de repulsão, mas errei o alvo, disparei outra, mas também errei "É agora asas apareçam e me ajudem!" asas não apareceram então tive de me contentar na luta no solo e  Ryase criou uma corrente de canivetes com a arma que balançou no ar o que me lembrava a corrente de laminas e pétalas de Sumbeam Flower então peguei a corrente de canivetes bloqueando o ataque. Ryase me sacudiu com a corrente e me chocou contra o chão.

Me levantei novamente.

O gato miou e vi uma imensa aura boreal se formando acima da arena e dela uma forte ventania cortante que não me atingiu, mas quase atingiu Ryase.

— Repulsão cortante... O Jeyuk reproduz seu poder de forma duplicada seu poder ainda esta fraco e por isso a reprodução da repulsão cortante não me causa mínimos danos, mas por hoje já me dou por satisfeita, terminamos a aula numero 1 por aqui, agora vá descansar para que estejamos prontas para a próxima aula Akira.

— Ok. — Respondi e vi a armadura sumir de meu corpo e dar lugar ao gato novamente que ficou descansando no meu ombro.

"Preciso me adaptar a essa armadura e liberar minhas asas logo..."



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...