História The Hisho Delakai - Hot and Shonen Adventure. - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Aventura, Hentai, Interativa, Originais, Romance, Shoujo, Shounen, Yaoi, Yuri
Exibições 9
Palavras 779
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Crossover, Ecchi, Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shounen, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 32 - Youkais 2.6 (Yukine Howaito)


Fanfic / Fanfiction The Hisho Delakai - Hot and Shonen Adventure. - Capítulo 32 - Youkais 2.6 (Yukine Howaito)

[BIBLIOTECA DE SAUWATHYJKA, 17:00 — P.O.V. Yukine Howaito ON]

Shinghajk estava aparentemente mais calma hoje, mas algo malicioso deveria estar passando pela mente dela, mas desde que ela não revelasse aquilo por mim estava tudo bem. Shinghajk usava uma blusa comum preta e uma saia amarela, os cabelos dela tinham sido penteados de forma a parecer mais comportados e ela estava lendo um livro silenciosamente na mesa da biblioteca enquanto eu escolhia algum livro para ler, mas maior parte eram livros eróticos... "É de se esperar encontrar livros assim em um mundo cheio de demônios pervertidos". Shinghajk tinha pego um livro descente ao menos que era uma coletânea de poemas.

— Você encontrou esses livros onde? — Perguntei para Shinghajk que colocou o dedo na boca gesticulando que eu deveria ficar em silencio. "Só me faltava essa..." Andei até Shinghajk e olhei para ela por um longo momento. — Você esta escondendo algo. — Falei e ela juntou as mãos.

— Sim... Estou... — Shinghajk colocou um óculos no rosto e corou. — A muito tempo eu queria lhe dizer algo... Lembra daqueles treinamentos nossos e dos dias que passamos juntos? Eu acabei nutrindo um sentimento forte por você... — Shinghajk escondeu o rosto no livro fingindo ser inocente. — Poderia me dizer que sentimentos são?

— Esse discurso não é sincero... — Falei e me levantei da cadeira indo até a estante de livros pegar qualquer livro que surgisse na minha frente. Ao tirar um livro vi o rosto de Shinghajk do outro lado da estante.

— Eu nunca menti para você Yukine... Meus sentimentos são reais... Não preciso que você os aceite, mas sim que saiba que eu sinto realmente um sentimento forte por você. — Shinghajk sorria timidamente. — Você não lembra mais daquele dia! Você queria ver o por do sol comigo! Eu já tinha dito que eu gostava muito de você e meus sentimentos tem aumentado ainda mais após você ter me salvo e arriscado a sua vida por mim! — Shinghajk deixou lagrimas escorrerem pelo rosto e então saiu da biblioteca.

"Eu ainda a vejo como uma amiga... Desculpe Shinghajk..."

Andei até fora da biblioteca onde Shinghajk estava pensativa e olhando para o vento que também passava pelo cabelo dela.

— Eu não deixaria nada acontecer a você, pois você é muito importante para mim. — Falei. — Eu nunca entendi muito bem os sentimentos de outra pessoa e talvez eu ainda não entenda, mas eu não quero te ver triste... Por mim você pode ser perversa, agressiva ou qualquer coisa, mas continuará sendo um pedaço da minha vida que considero muito importante...

Shinghjak me interrompeu de terminar minha fala e me beijou "SHINGHAJK EU NÃO QUERIA DIZER ISSO!" a língua de Shinghajk passou por minha boca e ela parou o beijo e uma chuva começou a cair sobre nós. — Se sou importante para você deixe eu me tornar mais importante... Eu não me importo de me entregar totalmente a você... Eu te amo. — Shinghajk me olhava então eu a beijei novamente puxando o corpo dela contra o meu e depois daquilo me senti meio estranho tendo que interromper o beijo antes que a sensação no meu peito se tornasse mais "perigosa".

Shinghajk colocou a mão na boca e o rosto dela ficou vermelho.

— V-Você m-me b-beijou! — Shinghajk gaguejou e depois ficou em silencio e cruzou as pernas passando a mão pelo cabelo. — Você beija b-bem... — Shinghajk ainda estava com o corpo tremulo e me abraçou logo depois.

— Você também Shinghajk, devemos voltar para dentro ou pegaremos um resfriado. — Falei pouco antes de ver uma cauda demoníaca de Shinghajk surgir e ficar balançando no ar.

— Mas você está tão molhadinho... Tem certeza de que quer entrar lá? Podemos fazer aqui mesmo...

— FAZER O QUE? — Me afastei de Shinghajk rapidamente que passava um dos dedos pela boca e sacudiu o cabelo molhado dela deixando de lado a face comportada e tímida dela. — Shinghajk tem um dente para fora de sua boca e duas asas de morcego saindo de suas costas... — A olhei se aproximando de mim lentamente.

— Sim tem Yukine... Você me deixou excitada... — Shinghajk se aproximou de mim e lambeu minha bochecha. — Você está excitado também? — Shinghajk começou a percorrer minha calça com as mãos, mas desviei dela antes que ela notasse algo embaraçoso.

— NÃO ESTOU SHINGHAJK... ACHO MELHOR VOLTARMOS PARA CASA! — Falei e Shinghajk aparentemente voltou ao normal dela.

— Tem razão... Não posso transar com você na frente de uma biblioteca... — Shinghajk falou corada.

— NÃO FOI ISSO O QUE EU QUIS DIZER! — Falei e Shinghajk riu por um tempo.

— Fique calmo... Só vou fazer algo se você permitir que eu faça Yukine... Depois desse beijo que você me deu vou tentar te deixar em paz hoje. — Shinghajk piscou ainda sorrindo maliciosamente.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...