História The History of Heroes - Capítulo 16


Escrita por: ~ e ~ToddynhoLouco

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bottom!jungkook, Bts, Hoseok, Jhope, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Namjin, Namjoon, Rap Monster, Seokjin, Suga, Taehyung, Top!jimin, Vhope, Yaoi, Yoongi
Visualizações 65
Palavras 965
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá povo lindo S2
Mais um capítulo :)
Dessa vez sem avisos
Então fiquem com a fic
Desculpem qualquer erro

Capítulo 16 - Caverna dos goblins: Parte 1


Fanfic / Fanfiction The History of Heroes - Capítulo 16 - Caverna dos goblins: Parte 1

P.O.V. Taehyung

Que ideia maravilhosa. Onde eu estava com a cabeça quando aceitei esse desafio?

Agora estou indo conversa com o verdinho, mas sei que não vai acabar bem. Veja bem, não é que eu não goste dele. É que tipo assim, eu não gosto dele. Eu apenas suporto.

Me aproximo do mesmo e ele me olha com uma expressão bem confusa. Me sentei do lado dele e ele fica mais confuso assim.

-Posso ajudar? – Ele pergunta ainda muito confuso. Não sei porque ele está tão confuso, a gente não briga tanto assim.

-Duvido muito. – Falei me ajeitando no sofá – Eu só queria conversar.

-Você? – Ele me olhou surpreso – Conversar?

-Sim. – Ótimo, não sei o que falar... – Bom... Sabe...

-O que? – Falou se ajeitando no sofá ficando de frente para mim.

-Eu acho que... A gente briga de mais e nunca tenta ter uma conversa civilizada.

-Certo. Quem está te ameaçando?

-Que?

-Quem está mandando você vir aqui falar comigo?

-Veja bem. Eu não preciso ser obrigado por ninguém para vir aqui falar com você. Se acha que não tenho capacidade de simplesmente querer conversar com você... Você está absolutamente certo.

-Eu apenas sabia que você não viria falar comigo sem alguém pedir ou mandar, mas acho que podemos sim ter uma conversa civilizada. Só gostaria de saber quem mandou.

-Não preciso ser mandado por ninguém para vir falar com você. E foi os dois ali. – Apontei para Jimin e Jungkook que estavam conversando.

-Certo. Então... O que podemos conversar?

-Não sei.

-Você v conversar com alguém e não prepara um assunto?

-Achei que o assunto chegaria na hora.

-Parece que não.

-Por que você não tenta falar com a pessoa que você apenas suporta e vê se o assunto suje?

-Estou tentando, mas realmente não está dando certo.

-Você me irrita.

-Tá vendo? A gente começou a brigar. Por isso não temos uma conversa civilizada.

-Eu desisto do desafio. Não tem como não odiar as pessoas sendo que você é uma.

Me alevantei e fui até os dois que estavam nos olhando.

-Você é o cara. – Jimin falou aplaudindo.

-Conseguiu ter uma conversa civilizada por 2 minutos. – Jungkook disse.

-Vão se foder.

Falei e fui para um dos quartos. Lógico que o meu, ainda estava do mesmo jeito. Nada havia mudado. Me deitei na cama e depois de um tempo peguei no sono.


P.O.V. Jimin

Estava dormindo muito bem até que ouvi alguém me chamando e me cutucando. Acho que vou matar alguém. Acordei e dei de cara com Seokjin.

-Vamos acordar. – Ele falou indo acordar o Hoseok – Ainda temos que ir até a cidade ao lado. Nossa aventura não vai terminar aqui.

Me levantei pensando que a pessoa que me acordou é a única que eu não tenho coragem de enforcar. Fui até o banheiro, fiz tudo que deveria fazer e fui para a cozinha. Onde encontrei Yoongi, Hoseok e Namjoon sentados na mesa e Jungkook em pé apoiado no balcão conversando com eles.

-Bom dia. – Yoongi disse.

-Dia. – Respondi.

-Alguém acordou de bom humor. – Yoongi falou sorrindo – Gente olha essa cara de animação.

Me sentei em das cadeiras e apontei os cotovelos na mesa e depois minha cabeça nas mãos.

-Bom dia. – Taehyung entrou na cozinha quase que gritando. Ops, eu disse quase? Ele chegou gritando.

-Mas um que acordou muito animado para a vida. Só perde para esse. – Yoongi falou e apontou para mim.

-Nossa que humor maravilhoso. – Ele se sentou ao meu lado.

-Eu odeio vocês. – Falei.

-Nós também te odiamos. – Namjoon falou.

Jin entrou na cozinha e se apoiou no balcão junto a Jungkook.

-Ainda tem cadeira, se vocês dois não sabem. – Namjoon falou e apontou para as cadeiras.

-Quero ficar em pé, obrigado. – Jin respondeu.

-Vamos comer e ir para a cidade vizinha. Tenho um amigo que está nos esperando.

-Por que estamos indo falar com ele? – Jungkook perguntou.

-Digamos que ele lutou com essa tal coisa misteriosa. Claro antes que ele ficar forte. Ele disse que vai nos ajudar.

-Por que ele nos ajudaria?

-Você vai ver.

Terminamos de comer e fomos nos ajeitar para sair. Quando todos estavam prontos, saímos da loja e fomos em direção a cidade ao lado.

Entrando nela tivemos que tomar cuidado com Taehyung e Hoseok. Namjoon nos levou até uma espécie de loja.

-Em que posso ajudar? – Uma mulher falou se aproximando de nós.

-Desejo o triunfo. – Namjoon falou.

-Entendo por favor. – A mulher apontou para uma porta.

Namjoon fez um sinal para seguirmos ele. Quando entramos na porta percebi que era uma espécie de sala.

-Namjoon quanto tempo. – Um homem apareceu – Em que posso ser útil?

-Eu vim negociar.

-Estou ouvindo.

-Quero saber tudo sobre o monstro que está vindo destruir tudo.

-Certo.

O homem entrou em uma espécie de armários.

-Quem é ele? – Hoseok perguntou.

-Ah sim, como puder ser mal educado.

O homem voltou com uma espécie de mapa em sua mão.

-Esse é meu amigo Jackson. Um feiticeiro.

-Prazer. – Ele deu um sorriso e abriu o mapa em cima de uma mesa – Eu preciso do cristal vermelho que fica aqui. – Apontou para o desenho de uma caverna – Se trouxerem meu cristal eu dou a informação que precisam.

-Por que confiaríamos em você? – Jungkook perguntou.

-Eu vou ter o que eu quero. E se eu tiver o que eu quero, por que não ajudar alguém que me deu o que eu quero?

-Podemos confiar nele. – Namjoon falou – Se ele estiver mentindo temos dois monstros para pegar ele.

-Vocês tem o que?

-Dois invocadores.

-Por que eu mentiria para vocês?

-Exatamente. – Namjoon pegou o mapa – Temos uma missão.

-Boa sorte. – Jackson falou.

Saímos da loja e logo depois da cidade. Chegamos em uma parte da floresta que era bem iluminada.

-Para onde nós vamos? – Perguntei.

-Para a caverna dos goblins.


Notas Finais


Desculpem qualquer erro, logo estarei fazendo uma revisão geral em todos os capítulos.
Eu (ToddynhoLouco) estou postando porque o park viajou, mas deixou o capítulo pronto e ele está sem internet
!Valeu!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...