História The History Teacher - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Demi Lovato, Fifth Harmony, JoJo, Troye Sivan
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, JoJo, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais, Troye Sivan
Tags Norminah
Visualizações 90
Palavras 2.378
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Voltei ! 💞
Who Said i was a angel ??
QUE HINO!
Ansiosos com a vindas das girls ao Brasil ?

Capítulo 25 - Cap 25


Fanfic / Fanfiction The History Teacher - Capítulo 25 - Cap 25


 Dinah Jane Pov

Monday -11 Am

     


       Passei o fim de semana todo tentando falar com Normani , sempre sendo ignorada . Sei que vacilei , mas queria tentar consertar meu erro . Perguntei a Demi se ela sabia de alguma coisa , mas a mesma negou . Espero que Mani não falte hoje .


            Hoje tive que sair um pouco mais cedo que o normal de casa , pois tem uma reunião com todos os professores organizado pela maravilhosa diretora  .


           Cheguei no colégio 12:00 . Esse é o horário que o turno da manhã sai , então vou calmamente até a sala dos professores para deixar minha bolsa e em seguida vou beber água . Quando estou voltando para sala vejo Demi chegando , estava apressada e falava sozinha .


      :- Ei! Tudo bem ? - a paro no corredor


      :- Não . Estava combinado que eu iria chegar aqui 12:15/12:20 , aí hoje recebi uma mensagem da bonita dizendo que eu deveria estar aqui 12:00 para maldita reunião . Até onde fui informada isso seria só para os professores . Odeio essa mulher com todas as minhas forças . Já não basta tudo que ela tem feito comigo? - ela termina de falar e arregala os olhos . Sei que ela não presta , mas tem mais coisa ?


       :- Também fui informada que seria para  o os professores.. Compartilho do mesmo sentimento . O que ela tem feito que você não me contou ? - ela coça a cabeça


       :- Eu falo demais . PUTA QUE PARIU ! Ela vem me perturbando a algum tempo . Ameaçando com coisas que tinham sido combinadas entre mim e ela , só que por boca , não papel . Tipo horário . No papel eu deveria chegar 12:00 , mas você sabe que eu não posso . Conversei com ela e foi permitido que eu chegasse um pouco depois , só que agora ela quer me foder.  - Demi respira fundo e passa a mão no cabelo


      :- Ela é uma filha da puta , mesmo . O que você vai fazer ? Vai vim no horário ?


      :- Não sei . Não tenho como visitar meu avô em outro horário . E mais do que nunca preciso ir lá , ele não está nada bem . - O avô de Demi está bem doente e se encontra  internado no momento


     :- Eu acho que ela está blefando . Continua visitando seu avô e deixa ela pra lá . Você deveria saber que não está sozinha , se essa vadia tentar alguma coisa vai se ferrar comigo e Camila . Vem cá - a puxo para um abraço e ela chora baixinho


     :- Tudo bem aqui ? - Camila me dá um susto ao brotar do meu lado


     :- Sim ... Depois a gente conversa .- Limpo o rosto de Demi - Vamos para a maldita reunião ...


[...]


            Tá pra nascer alguém que fale mais que a demoníaca da diretora . Já estava todo mundo puto , tirando os puxa saco e ela não parava de falar . Ela sabe que muitos não gostam dela e agora vai ferrar com eles , e só pra deixar claro , sou um deles. Não podemos mais fazer diversas coisas que fazíamos em casa , agora só na escola . Entre outras palhaçadas ... Com isso , alguns professores que não tem problema com ela ,mas também não é puxa saco , acaba se prejudicando também e podem ficar putos conosco .


        Assim que acabou aquela palhaçada todos saíram logo da sala porque já estava na hora de trabalhar , mas puxei Demi e a fiz ficar .


       :- Você não sabe mesmo nada da Normani ou tá mentindo pra mim ? - De branca , foi pra pálida


      :- Já disse que não ... - ela faz a cara que geralmente faz quando está mentindo


     :- Uma das vantagens em ser melhor amiga é que te conheço muito bem e sei que está mentindo . Fala logo o que você sabe - ela revira os olhos


      :- Dinah , meu amor . Quem conversou com ela não fui eu e sim Joanna . Única coisa que eu sei é que ela estava te ignorando porque estava cansada de você não saber o que quer e toda hora fazer uma merda diferente e depois ficar se desculpando . Ela não queria mais ouvir desculpas ... E tem mais coisa , só que eu realmente não sei . Só sei que ela fez alguma coisa que Jojo ficou surpresa . É de cair o cu da bunda Jojo saber de tudo e não me falar , vaca. - estou nervosa mas mesmo assim consigo rir da cara de Demetria


     :- Ela não está errada ... Só faço merda mesmo . Joanna sabe que você é fofoqueira , nunca vai te falar .- ela me olha indignada


     :-  Pelo menos não sou idiota a ponto de  deixar uma gata escapar . Se você gosta dela ,pelo amor de Deus , PARA DE CU DOCE E FALA LOGO . E sim , você só faz merda . Não faz cara de cachorro abandonado porque sabe que é verdade


     :- A verdade dói. Não é tão fácil , Mani é uma adolescente ! Já parou pra pensar nisso? E eu não sei o que sinto .


     :- Não é fácil , mas pode valer a pena . Pensa por esse lado e trate de descobrir o que sente . Agora vamos trabalhar - ela vai em direção a porta


    :- Vamos trabalhar ...

      

     

   Mais uma vez dei aula com Normani na cabeça . Será que eu realmente gosto dela ? Não gosto de ninguém a séculos , não sei mais como é isso . E se pudesse continuaria assim porque o que eu sofri no último relacionamento não foi pouco . Namorei dois anos com Tyler , no começo era mil maravilhas , mas ao longo do tempo ele foi se mostrando um babaca . Ele nunca me bateu , só que era completamente grosseiro e me agredia  com palavras . Quando descobri que estava grávida então ... Me xingou de tudo quanto era nome e mesmo assim resolvi aguentar calada porque achei que seria pior ter a criança sozinha (inocente ), ele nunca foi a uma consulta médica comigo , então com 4 meses descobri sozinha que teria uma filha e sai toda animada pra contar a ele . Quando abri a porta de seu apê me deparei com uma cena que nunca vou esquecer . Ele estava transando com uma loira aguada no sofá . Ele ainda pensou em falado alguma coisa mas nem deu tempo , pois sai correndo . E vocês devem estar se perguntando “E a criança ?” bom , quando sai do prédio estava chorando ainda e estava muito abalada . Fui atravessar a calçada só que não vi que vinha uma moto . Vocês já devem imaginar o que aconteceu ... A moto me jogou longe e eu não lembro de muito porque apaguei . Só lembro de acordar do hospital com o motorista desesperado e com a notícia que tinha perdido minha filha . Apartir desse dia , nunca mais olhei na cara de Tyler e não me permiti me apaixonar por mais ninguém .


     :- Professora , tudo bem ?? - sou tirada de meus pensamentos por uma aluna fofinha que está sentada em frente a minha mesa


      :- Tudo sim ... - limpo uma lágrima solitária que cismou de descer - Não se preocupe - dou um sorriso pra ela que é retribuido

   

        Sei que só tenho feito merda em relação a Normani , mas eu sinceramente tenho medo de me permitir ter sentimentos por alguém novamente . Hoje vou tentar conversar com ela novamente , mesmo que eu corra um grande risco de levar um fora .


[...]


       Essa turma só teria aula depois do recreio e da minha próxima turma não veio um aluno sequer, então liberei eles e fiquei na sala arrumando umas coisas do diário . Melhor do que ficar numa sala ( dos professores) com pessoas falando . Só sai da sala para beber água e foi neste momento em que vi Normani . Ela estava com Troye , os dois estavam rindo altíssimo até que ela me vê e para de rir . Continuo andando em direção a eles que é a mesma do bebedouro e percebi que Troye fala alguma coisa pra ela que o olha com a cara fechada .


    :- Boa tarde , prof . - Troye diz quando nos aproximamos


    :- Boa tarde , baby . Mani preciso falar com você ... Você pode me esperar na primeira sala ?  - digo com receio


     :- Boa tarde , Dinah . Não posso , estou no meio de uma aula . Você não gosta que eu mate aula , esqueceu ? - ela diz de deboche


      :- Então ... Estou indo ,galera . - Troye sai mandando beijinhos no ar enquanto Mani o manda voltar


     :- Por favor ? É importante . - se ela quiser que eu implore de joelhos também , nem me importo . Ela revira os olhos e vai para a sala em que pedi .

     

          Eu não sei quantos copos de água bebi de nervoso . Quando volto para sala encontro Mani em pé apoiada em minha mesa impaciente balançando as pernas .



         Normani Pov

  

         Passei o fim de semana todo ignorando Dinah , mas sabia que quando chegasse segunda não teria mais como fazer isso porque ela sempre da um jeito de falar comigo .

      

  Como não queria mais ficar perturbando meus amores com isso , mandei uma mensagem para Joanna contando tudo que tinha acontecido nos últimos dias , inclusive Bebe ... E nós conversamos bastante . Ela me deu alguns conselhos , já até segui um . Não vou ficar usando Bebe porque Dinah é cuzona , aquela foi a primeira e última vez e ela já até sabe disso .

  

   Resumindo o meu final de semana :

1. Fiquei ignorando Dinah

2. Botei um ponto final em relação a Bebe .

3. Chorei porque sou trouxa

4. Comi pra cacete


[...]


      :- O que você quer ? - digo assim que Dinah entra e fecha a porta


     :- Não sei se você vai acreditar , mas quero você . - Não tem como não rir


     :- Não foi isso que pareceu quando você saiu correndo .


     :- Eu sei ... Olha , Mani . Eu não sei mais o que é me apaixonar por alguém , me forcei a nunca mais deixar isso acontecer. Então sim , fugi. Mais por medo , não porque não te quero . Eu só tenho medo de me apaixonar e me ferrar novamente . - ela estava quase chorando . Meu coração apertou


    :- pela primeira vez não sei bem o que falar ...


    :- Me da mais uma chance ? - ela se aproxima colocando as mãos na minha cintura


    :- Você não vai fugir ? - Olho bem nos fundos de seus olhos


    :- Prometo que não . -  colo o corpo no dela e mais uma vez a Normani sem timidez e ativa aparece . Faço um carinho suave em seu rosto e em seguida a beijo . Subo uma das mãos por dentro de sua blusa e arranhei suas costas enquanto com a outra apertava sua cintura . Dinah também não perdeu tempo e colocou uma mão em minha bunda e a apertou enquanto passeava com a outra mão por todo meu corpo . Estava ficando quente ali , só paramos por falta de ar . - Mani ,Mani ... - ela tenta recuperar ar- Você sabe que não vai ser fácil e que ninguém da escola pode saber ou estou fodida , certo ?

      :- Nada na minha vida é fácil , já estou acostumada . Eu sei , relaxa . Mas agora eu preciso voltar ou a professora vai me matar . - ela brinca com os meus cachos

 

    :- Tudo bem . Vai lá - ela me dá um selinho e abre passagem


         Volto para a sala e pra minha sorte   a professora de geografia é um amorzinho e me deixou entrar . Como eu estava sorrindo , todos os meus amigos me olhavam com ponto de interrogação na cara .


        Na hora do recreio todos me encheram de perguntas . Eu só disse que tinha me resolvido com a Deusa . Vamos continuar chamando Dinah assim para ninguém desconfiar. Eles continuaram perturbando até eu contar os detalhes e quando eu contei teve uma onda de “ UOU” vindo dos engraçadinhos.


  [...]


         Durante minha última aula recebi uma mensagem de Dinah pedindo para esperá-la . É isso que estou fazendo no momento , sentada na mesa da Demi .


      :- Sai da mesa ,mocinha . - a diretora diz ao passar . Reviro os olhos sem ela ver e desço


      :- Isso aí , mocinha. - Dinah diz debochada quando aparece do meu lado


     :- Brinca mesmo ... - vou em direção a escada e ela me segue rindo

   

      Fui com ela até o ponto de ônibus  conversando , apesar de eu não pegar ônibus . Soube mais sobre a vida dela ,ela tem uma irmã quase da minha idade , coisa que nunca iria imaginar . Ficamos um bom tempo no ponto conversando até o ônibus dela vim . Quando ele veio ela olhou em volta para ver se tinha alguém conhecido lá da escola e como não tinha me deu um selinho e subiu no busão .


      Cheguei um pouco tarde em casa , minha mãe perguntou onde eu estava e eu disse que estava na escola resolvendo algumas coisa e ela acreditou sem reclamar .


      Fiquei pensando no que Dinah me disse e não consigo pensar como alguém pode ter magoado uma pessoa como ela . Tem que ser bem filho da puta .


     Parece que ela leu minha mente e viu que estava pensando nela , pois me mandou mensagem . Ficamos conversando até tarde , dei altas risadas fazendo minha mãe vim no quarto pra saber o porque do meu escândalo .

   


Notas Finais


Espero que tenham gostado ...
Até semana que vem 💞💞


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...