História The impossible is possible 1 Temporada. (Camren) - Capítulo 68


Escrita por: ~

Exibições 910
Palavras 1.448
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 68 - Cap 68


Camila Pov

Camila: - Então eu tenho um amigo, agora ex-amigo, ele foi criado comigo e tem as ideias sobre vocês parecida com as do meu pai quando eu contei para ele que estava apaixonada pela Lo ele surtou, então passou a implicar com ela no começo era só insultos, mas ele e outros garotos que não gostam dela se juntaram e tentaram bater nela só que ela fugiu, a Lo disse que o Austin conseguiu injetar alguma coisa nela que agora ela não consegue usar os poderes.

Wanda: - Eu vou matar esse garoto, como faz isso com minha filha, aí que ódio. Wow ela tá bem nervosa.

Camila: - Imaginei que teria essa reação, olha você e o Pietro vão na escola na quarta, até lá eu cuido da Lo vou fazer o máximo para manter o Austin longe.

Wanda: - Ela perdeu todos os podres?

Camila: - Ela disse que a supervelocidade sim, mas a magia só está fraca isso vai durar duas semanas.

Wanda: - Onde esse garoto conseguiu isso?

Camila: - Não sei, mas pretendo descobrir.

Wanda: - Ele é filho de quem?

Camila: - Ele é o filho adotivo do Sam. Vejo que seus olhos estão vareando entre verde e vermelho, então o pai da Lauren chega na sala.

Pietro: - Amor. Ela respira.

Wanda: - Tudo bem.

Pietro: - Certeza?

Wanda: - Tenho, desculpa te preocupar.

Pietro: - Tudo bem amor.

Wanda: - Obrigada por me contar Camila.

Camila: - Sem problemas, eu vou subir.

Wanda: - Ok, na hora da janta chamo vocês.

Camila: - Ok. Me levanto e subo as escadas, entro no quarto e me deparo com a cena mais fofa, Lauren está deitada na cama com os gêmeos abraçados com ela um de cada lado, os três parecem dormir, sorrio e entro no banheiro, tomo um banho me visto e volto para o quarto, Lauren está acordada agora me sento na beira da cama.

Lauren: - Oi.

Camila: - Oi te acordei?

Lauren: - Mais ou menos, senti sua falta. Dou um selinho nela.

Camila: - Eles apagaram né.

Lauren: - Sim, pera vou ajeitar eles para você deitar também. Ela pega Bea e Mason e coloca no meio me deito, Mason fica do meu lado e Bea do lado dela.

Camila: - Sua mãe disse que nos chama mais tarde.

Lauren: - Você contou para ela né.

Camila: - Sim.

Lauren: - Senti ela ficar nervosa, mas agora ela está mais tranquila. Bea se mexe um pouco e vira de frente para Lauren, Lauren pega o lençol e cobre ela.

Camila: - Acho que vou dormir também.

Lauren: - Eu vou falar com minha mãe, eu te chamo na hora da janta.

Camila: - Tá. Ela levanta dá um beijo na testa dos gêmeos e me dá um selinho e sai. Pego no sono rápido.

Lauren Pov

Vou até o jardim, minha provavelmente tá aqui, entro e ela estava mexendo em algumas rosas.

Lauren: - Mãe. Ela vira.

Wanda: - Oi filha, vem cá me ajudar. Fui até ela, e comecei a ajudar com as rosas.

Lauren: - Mãe desculpa não te contar, eu não queria que se preocupasse.

Wanda: - Às vezes você parece demais com se pai, tudo bem-querida, mas quando formos na escola vou querer que me mostre esse garoto.

Lauren: - Mãe não vai bater nele.

Wanda: - Ok, mas quero saber onde ele conseguiu esse soro, acha que ele fez?

Lauren: - Austin não conseguiria fazer algo assim, mas o Brian e o Luís eu não sei não conheço eles muito bem.

Wanda: - Entendi, vamos esquecer isso um pouco vai lá ficar com seu pai, ele fala de mim, mas também ficou com muita saudade.

Lauren: - Vou lá, te amo mãe. Beijo a bochecha dela.

Wanda: - Também te amo querida. Saio do jardim e volto para dentro de casa, meu pai tá cozinha, vou até lá.

Lauren: - Papa.

Pietro: - Oi filha, como você tá?

Lauren: - Tô bem papa. Ele sorri, faz tempo que não chamo ele assim. – Papa já terminou de concertar a moto?

Pietro: - Falta algumas coisas.

Lauren: - Posso te ajudar?

Pietro: - Claro que sim filha, vamos lá.

Lauren: - E os tios Tom e Bucky?

Pietro: - Eles estão vendo o jogo.

Lauren: - Se quiser pode ir, nós consertamos a moto depois.

Pietro: - Depois eu vejo, prefiro passar o tempo com minha filha.

Lauren: - Então vamos.

Pietro: - Vamos, sobe. Ele vira e subo nas suas costas minha mãe nessa hora entra na cozinha.

Wanda: - Nem vou comentar.

Lauren: - Vamos papa, ao infinito.

Pietro: - E além. Ele começa a correr até a garagem e ouço minha mãe rir, chegamos na garagem desço das costas dele.

Lauren: - Mão na massa.

Começamos a mexer nas peças, ficamos colocando o que tinha que colocar, mudamos algumas peças para ela ficar mais rápida, depois de bom tempo.

Pietro: - Acho que terminamos.

Lauren: - Terminamos, um dia vou ter uma moto assim.

Pietro: - Não precisa esperar então. Ele me entrega as chaves da moto.

Lauren: - Pai ela é sua.

Pietro: - Vamos fazer assim, como você não quer levar seu carro para escola sem ter terminado algumas coisas, leva a moto quando seu carro estiver pronto você me devolve.

Lauren: - Obrigado papa. Abraço ele.

Pietro: - Sem problemas. Minha mãe entra na garagem.

Wanda: - Os dois, cozinha agora.

Pietro e Lauren: - Ok capitã. Batemos continência e minha mãe ri.

Wanda: - Vamos logo. Fomos com ela até a cozinha e começamos a ajudar ela com a janta, quando terminamos fomos chamar todo mundo, fui para o meu quarto, Camila não estava mais na cama nem os gêmeos, ouço risadas no banheiro e entro, Camila estava tentando dá banho nos gêmeos.

Camila: - Nem pense Mason. Ele joga água nela e eles começam a rir.

Lauren: - Acho que a intenção era você dá banho neles não o contrário. Camila olha para mim.

Camila: - Pois é. Rio e vou até eles.

Bea e Mason: - Tia Lau. Olho para eles e eles jogam água na minha direção e de Camila, mas Camila se esconde atrás de mim, ela sai e começa a rir.

Lauren: - É assim Camz. Seguro ela e entro no box com os gêmeos, o chuveiro estava ligado fico com ela em baixo.

Camila: - Idiota.

Lauren: - Ops. Ela me dá um tapa no braço. – Vamos terminar logo porque a comida já está pronta. Terminamos de banhar os gêmeos, vestimos eles.

Camila: - Nos esperem no quarto. Eles vão para o quarto, ela vai até a pia e se apoia. – Você é uma idiota sabia. Sorrio, vou até ela e abraço coloco meu queixo no seu ombro.

Lauren: - Só um pouquinho. Beijo sua bochecha, ela vira e fica de frente para mm.

Camila: - Pega uma roupa para mim.

Lauren: - Pego. Saio do banheiro, entro no quarto os gêmeos estavam vendo TV, pego uma roupa para Camila e volto, entrego para ela.

Camila: - Obrigada Lolo.

Lauren: - Sem problemas, vou usar o outro banheiro. Mas antes de sair vou até ela e a beijo, peço permissão e ela sede, seguro suas pernas ela entende e pula, coloco ela sentada na pia, sem parar o beijo, quando o ar faz falta nos separamos, passo para seu pescoço.

Camila: - Acho melhor você ir. Continuo. – Lo os gêmeos. Ela fala com um pouco de dificuldade.

Lauren: - Desculpa, vou me trocar. Dou um selinho nela e saio, vou para o banheiro do corredor, troco de roupa e volto para o quarto, fico com os gêmeos esperando Camila, ela sai então descemos e fomos para cozinha, o jantar correu normal, terminamos demos boa noite para todos e fomos para o quarto, Camila foi tomar um banho, coloco os gêmeos na cama.

Lauren: - Estão com sono?

Bea: - Sim.

Lauren: - Podem dormir, daqui a pouco eu e Camila nos juntamos a vocês. Beijo suas testas, e vou para a varanda do meu quarto, me sento na cadeira e fico olhando o céu.

Camila: - Lo.

Lauren: - Vem cá. Ela senta no meu colo.

Camila: - Você está bem?

Lauren: - Estou sim e você Camz?

Camila: - Melhor impossível. Ela sorri e coloca a cabeça na curva do meu pescoço, começo um cafune nela.

Lauren: - Acho melhor entrarmos tá ficando frio. Ela levanta, entramos. – Camz pega um moletom, tá frio. Ela pega um moletom meu e veste, nos deitamos com os gêmeos no nosso meio.

Camila: - Boa noite Lolo.

Lauren: - Boa noite Camz. 


Notas Finais


Oi gente, eu estava analisando a fic e conclui que vamos ter uma segunda temporada e vcs provavelmente vão me odiar pelo jeito que pretendo terminar essa primeira, tô pensando em concluir a primeira temporada com 100 cap mas ainda tô vendo isso direitinho, amanhã com certeza tem cap novo então até amanhã pessoas beijos e boa noite.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...