História The Intern - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Escritório, Estagiário, Jikook, Jimin Bottom, Jimin Uke, Jungkook Seme, Jungkook Top, Kookmin
Exibições 597
Palavras 3.855
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Fluffy, Lemon, Shoujo-Ai, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AYOOO LADIES AND GENTLEMENS!
~Le intro fodástica

Olá, como vão? Vim deixar essa idéia linda que eu tive aqui para vocês lerem.
Vou recomendar umas músicas para vcs ouvirem enquanto lêem:

Wrong - Zayn
Prisioner - The Weekend ft. Lana Del Rey
Bonnie & Clyde - Dean
Shameless - The Weekend

Mesmo se vcs não forem ouvir essas músicas enquanto lêem, procurem elas, principalmente as duas primeiras que são maravilindas.

Chega de enrolação e vamo lá, até as notas finais ♥.

Capítulo 1 - Punishment


Fanfic / Fanfiction The Intern - Capítulo 1 - Punishment

Jimin trabalhava para Jungkook a cerca de um ano e meio e, durante esse periodo, o advogado já deixara várias dúvidas na mente do pobre estagiário.

Os funcionários voltavam de suas férias, muitos haviam sido despedidos e até recontratados, um dos poucos que ficara lá fora Jimin.

O advogado mais bem sucedido de Seul estava tendo um dia cheio, acabara de voltar das férias mas já achava que precisava de mais. As pilhas de papéis se amontoavam sobre sua escrivaninha, o mesmo perdera a conta de quantos cafézinhos já havia tomado naquela tarde, precisava ficar acordado para resolver as papeladas.

O barulho ensurdecedor do telefone chama sua atenção, fazendo-o bufar e soltar os papéis na mesa, logo atendendo a ligação.

Estava muito concentrado discutindo com alguém com uma mínima importância para perceber seu querido estagiário adentrando sua sala, trazendo seu costumeiro chá e mais papéis. Abriu a boca para falar algo, mas não conseguia pensar em nada coerente, sempre achara o funcionário muito bonito, mas o contraste das roupas e a nova cor de cabelo o fazia querer joga-lo naquela mesa e fode-lo com toda sua força.

-C-com licença.

O estagiário lembrava-se muito bem da reação do patrão quando alguém o interrompia em qualquer ocasião, então pedir licença amenizaria a bronca que levaria depois, isso se seu chefe estivesse de bom humor, o que não era o caso.

Jungkook encerrara a ligação e encarara Jimin com um olhar profundo, na intenção de deixar o mais velho vermelho, sabia que Jimin se envergonhava fácil, e adorava fazer brincadeiras com ele, apenas para ver sua face corada e expressão extasiada. Jeon adoraria fazer mais uma de suas brincadeiras com Jimin, mas estava muito ocupado e o prédio de advocacia estava muito cheio, seria muito arriscado tentar algo com o de cabelos vermelhos agora.

Murmurou algo como "hm" e bebericou um gole do chá que estava na bandeja que Jimin levara.

-Esses são todos os papéis?

Questionou, vendo Jimin assentir com a cabeça, Jungkook odiava quando não o respondiam diretamente, mas deixaria aquilo passar, daria o troco outra ora.

-Quantas vezes terei que dizer para me responder devidamente? Ok, passe aqui quando acabar seu expediente, acho que devo lhe lembrar de algumas regras.

Jimin sentiu um bolo formar-se em sua garganta, sabia muito bem o que Jungkook faria consigo, mas não poderia negar que amava aquilo. O estagiário foi para perto da mesa do Jeon, recolhera a bandeija e antes de se afastar ouviu um barulho estalado e sentiu um ardor em sua nádega direita, olhou para o chefe que estava com um sorriso malicioso no rosto, olhando para o estagiário com tamanha intensidade que o quase ruivo se sentia sem ar.

-Já pode ir...A menos que queira ter sua punição mais cedo.

Ao ouvir a voz rouca do patrão, se arrepiou e se deu conta de que estava quase sentado em seu colo, se afastando rapidamente e ruborizando intensamente. Jeon voltara a ler as cláusulas postas na mesa e a tomar seu precioso chá, aquilo o mantinha um pouco calmo. O estagiário, ainda envergonhado, saiu da sala do chefe e deu de cara com várias funcionárias curiosas e eufóricas, queriam saber qual era a relação que Jimin e Jungkook tinham além de chefe e funcionário, pois ninguém entrava na sala de Jeon sem receber alguns gritos, ninguém que não fosse importante ao menos.

Jimin olhara para as mesmas com uma cara de "Vocês não tem nada melhor para fazer?" E foi em rumo a cantina, deixando a bandeja lá e logo voltando a sua bancada. Aquele dia realmente estava agitado, mal tinham voltado das férias e já tinham muito trabalho a fazer, principalmente Jimin, pois apesar de ser apenas um estagiário, Jeon confiava mais nele do que em si mesmo, deixando assim boa parte dos trabalhos para o baixinho que tinha recém pintado os cabelos.

          
           ×××××××××××××××

Já eram 18:20 e todos já haviam saído há uns 30 minutos, menos Jimin, que ficara para terminar de organizar os papéis, e claro, falar com Jeon, não poderia se esquecer que ele queria falar consigo, e nem iria esquecer, Jeon era muito imprevisível, ninguém sabia qual seria sua próxima jogada, apesar de que Jimin já havia decorado todo o seu baralho.

Os raios de sol adentravam pelas brechas da persiana na sala do advogado, o mesmo já havia terminado de checar e organizar todos os papéis, seu chá estava pela metade e frio, seus cabelos um pouco bagunçados por ter passado as mãos pelos fios, tentando descontar suas frustrações em si mesmo; Sua gravata não estava mais bem alinhada como antes, ele havia aberto a mesma pois se sentia sufocado com ela, as vezes sentia vontade de fugir para longe de tudo, longe do trabalho, dos problemas, das pessoas, das reclamações, via-se perdido em meio a multidão, sua única distração disso tudo era o garoto de agora fios vermelhos, ele sempre o animava, não apenas o dando prazer, mas também com seu sorriso, seu jeito doce e tranquilo, Jeon não achava que estava apaixonado pelo estagiário, mas se estivesse, qual seria o problema?

Ouvira algumas batidas fracas na porta e deduziu ser Jimin, ditou um "entre" um pouco alto para o mais velho ouvir, o mesmo obedecera o comando quase que imediatamente, abrindo o leve sorriso ao observar a expressão cansada do chefe.

O Jeon se levantou de sua confortável cadeira acolchoada e caminhou até o estagiário, prensando seu corpo contra o do quase ruivo e trancando a porta.

-Senti sua falta.

O Park tremeu ao ouvir o tom de voz rouco de seu chefe perto de seu ouvido, pode sentir seus batimentos cardíacos acelerarem e sua respiração ficar pesada.

O Advogado segurou o braço alheio e o levou para sua bancada, o pondo sentado em cima da mesma, logo passando a beijar intensamente o Park.

Deslizava as mãos por toda a área das coxas fartas do mais velho, marcando-as mesmo por cima da calça apertada. Os óculos de Jimin atrapalhavam um pouco o ósculo, mas nada que fosse incomodo, tinham todo o tempo do mundo, mas o que não tinham era calma, Jeon sentia falta de foder com força o baixinho, e o mesmo, sentia falta de ser fodido, com força e precisão.

Separaram-se para retirar algumas peças das roupas que usavam, que mais pareciam a roupa mais calorosa que ambos já haviam vestido, porém aquilo era apenas efeito das ações de ambos.
Jungkook removera com facilidade a camisa social de Jimin, ele já se encontrava sem o blazer e sua gravata estava quase toda aberta. Jeon voltou a beijar o pequeno a sua frente, não permanecendo muito tempo ali e logo descendo os beijos para o pescoço, passando a dar chupões pelo mesmo, marcando a pele alva do estagiário, que só gemia em aprovação e arranhava as costas do chefe por baixo da camisa.

O advogado já tinha a camisa aberta, expondo totalmente seu peitoral e abdômen definidos. Já o estagiário, usava apenas uma box preta e a gravata do próprio chefe, na visão do Jeon, Jimin estava uma perdição, Jimin era uma perdição.

Puxou o mais velho para seu colo e o segurou pelas nádegas, fazendo o mesmo gemer. Soltou uma das mãos e derrubou tudo o que havia em cima da mesa, papéis, documentos, computador, celulares, enfeites de porcelana, tudo, jogou tudo para fora da mesa e deitou o baixinho sobre ela, passando a lamber seus botões rosados e eriçados.

-Aa-aah K-Kookie.

Tapa.

Havia levado um tapa, e sabia muito bem o por que. O Jeon gostava que o funcionário o chamasse de chefe enquanto estavam na empresa, mesmo em uma situação como aquelas, aliviava para o lado do de fios vermelhos apenas se o mesmo o chamasse por aquele apelido. Na verdade, havia outro apelido, mas Jimin nunca o usava, tinha muita vergonha, não teria mais coragem de sequer olhar para o chefe se o chamasse daquele jeito enquanto transavam.

-Sabe que eu não gosto disso. Porque ainda o faz, Huh?

Jimin gemera ainda mais alto quando sentiu a respiração do advogado contra aquela área exposta de seu peitoral, seu gemido saira quase como um miado de tão manhoso, fazendo Jeon dar-lhe outro tapa. Ele sabia que Jimin gostava disso, por isso o fazia.

O estagiário estava completamente entregue ao advogado, mas não queria que tudo fosse tão rápido, também queria dar-lhe prazer, ou tortura-lo, como gostava de fazer.

Empurrou o Jeon com um pouco de força, fazendo o mesmo cair sobre a poltrona cor de vinho que havia ali em sua sala e levantou-se da mesa, sentando-se por cima do membro já ereto do advogado, que gemera em aprovação e surpresa, Jimin nem sempre era ousado assim, e quando era, Jeon amava.

Ainda sem responder o patrão, Jimin descera de seu colo e agachara em sua frente, ficando de joelhos. Passou a língua por entre os lábios enquanto abaixava lentamente as calças do advogado, apenas para provoca-lo e deixa-lo ainda mais excitado.

O mais novo realmente não estava com paciência para provocações, queria foder aquela boquinha linda do estagiário de fios vermelhos desde que o mesmo aparecera em sua sala.

Juntou suas mãos nos cabelos vermelhos do mais velho e abaixou sua box da mesma cor dos cabelos do hyung, logo empurrou com certa impaciência a cabeça do baixinho contra sua ereção, fazendo o mesmo abocanha-la quase que imediatamente.

-AAHHHR.

Um chupão na glande foi deixado por Jimin, que queria se vingar por Jungkook ter sido tão impaciente e um pouco agressivo. Começara com movimentos circulares sobre a fenda localizada no topo de sua glande, lambia, chupava e chegava até a morder levemente. Descia a cabeça até a base do falo do advogado enquanto ouvia o mesmo gemer alguns palavrões e coisas incoerentes. Retirava praticamente todo o membro do Jeon da boca, para em seguida voltar a chupa-lo, numa agilidade sem igual, Jeon estava delirando, não aguentava mais, segurou mais forte os fios vermelhos do estagiário e o impulsionou conta sua virilha, literalmente fodendo sua boca, como queria fazer à muito tempo. Jimin se engasgava com a velocidade e força posta por Jungkook, raspava os dentes de leve sobre a pele do caralho molhado e quente do mesmo, ouvindo seus gemidos e mais palavrões, Jimin conseguia levar o advogado ao céu e ao inferno ao mesmo tempo, Jeon não aguentaria por mais tempo.

Jimin parou de tentar acompanhar o ritmo de Jungkook e apenas relaxou a garganta e deixou-se ser levado, agora sim, Jungkook estava fodendo devidamente a boca de Jimin. Antes de chegar em seu limite, sentiu Jimin apertar suas coxas e enrijecer seu pescoço, numa tentativa de parar os movimentos alheios. Entendeu o "recado" dado por Jimin e o puxou para cima, fazendo-o se sentar sobre sua ereção.
Beijaram-se mais uma vez e o Jeon pode sentir seu próprio gosto impregnado nos lábios e língua do Park, sorriu com isso, era bom saber que tinha Jimin tão submisso assim.

-Suba.

Ordenou o advogado, apontando para a mesa vazia na frente de ambos. O estagiário nem contestou e subiu rapidamente na mesa, ficando meio deitado, com as mãos apoiadas atrás do tronco sustentado o corpo, e as pernas abertas para o advogado, que andava lentamente na direção do mais velho, o olhando com desejo. Parou no meio das pernas de Jimin e abaixou o tronco, alcançando os lábios inchados do mesmo.

Sem que Jimin percebesse, Jungkook retirou a gravata lentamente do pescoço alheio, levando-a para os pulsos do mais velho, amarrando-os e deixando o mesmo imóvel sobre a mesa, agora sim Jimin teria seu castigo.

Segurando os pulsos amarrados do Park, Jungkook desceu os beijos para seu pescoço, logo indo marcar suas clavículas e seu peitoral, Jimin só sabia gemer. Lentamente, o advogado desceu a box preta do estagiário, vendo-o se arrepiar com o toque de seus dedos em seu abdômen definido. Ao passar a box pelos pés de Jimin, o advogado apoia uma das pernas do mesmo em seu ombro e atira a box para qualquer canto daquele local, volta a olhar para Jimin, que estava corado e totalmente extasiado.

O advogado, vagarosamente, beijou a perna posta em seu ombro, causando arrepios e espasmos no corpo alheio, desce um pouco e se depara com as coxas fartas do mesmo, seus olhos ofuscam a vontade de marcar aquelas belas pernas.
Não tão delicadamente, o Jeon mordeu a parte inferior da coxa direita do Park, a mesma que estava posta sobre o seu ombro, logo em seguida deixa um chupão ali, vendo a pele ficar num tom avermelhado como os cabelos do mais velho.

Deixava beijos, mordidas e chupões por todo lugar, parte interna e externa da coxa, intercalando entre esquerda e direita. Sua mão deslizou para as nádegas fartas do baixinho, as apertando, fazendo o pequeno gemer alto em resposta. Seu dedo deslizou pela entrada molhada do mais velho, fazendo-o gemer e se contorcer sobre a mesa, chamando pelo chefe, recebendo mais um tapa, dessa vez na coxa.

-O que você quer hyung, Hm?

Jimin estava na beira do abismo. Queria mais do que tudo ser fodido. Não queria ser preparado para tal ato, queria sentir a dor e o desconforto de ser penetrado, e depois sentir o prazer de ter a próstata acertada diversas vezes. Tudo bem que para ele, adimitir aquilo para Jeon seria mais do que difícil, como olharia para o chefe depois de pedir algo como aquilo?

Ele não sabia. Ele não ligava. Queria ser fodido. E queria agora.

-D-Daddy hhmm.

E Jungkook se arrepiou como nunca se arrepiara antes, afinal, Jimin nunca o chamara por aquele nome, e o estagiário teria tudo o que quisesse caso chamasse novamente o chefe por aquele apelido.

-S-Sim?

Jeon estava louco. Não aguentaria muito tempo olhar para o Park daquele jeito, naquela posição.

O mais velho encontravasse com a perna direita totalmente em cima do ombro do advogado, enquanto a outra estava aberta, privilegiando o Jeon com a visão de sua entrada rosada clamando por atenção. Seus braços estavam acima da cabeça, ainda amarrados. Suas costas estavam um tanto arqueadas e em seu rosto havia uma expressão sôfrega e extasiada, Jeon não aguentava mais.

-D-Dad-dy hhmm m-me aahh f-fod-de.

E naquele momento, Jungkook perdeu a sanidade. Qualquer linha de raciocínio lógico se foi para bem longe daquele local.

Não se importaria se algum funcionário voltasse para pegar algo que esqueceu, ou se alguém passasse lá para visitar o Jeon, ele queria apenas foder o baixinho abaixo de si com toda sua força.

Puxou Jimin pelas pernas, fazendo suas nádegas virem de encontro com seu membro em um impacto, um barulho prazeroso ecoou por toda sala, o barulho das peles se chocando, se misturando com os gemidos altos que ambos soltaram. Jeon olhou para o estagiário e sorriu de canto, de forma cansada mas ainda mais erótica do que antes. Não preparou Jimin, apenas entrou em si lentamente, o baixinho era tão apertado. Ouviu os gemidos manhosos e sofregos escaparem da garganta do mais velho, sabia que o mesmo sentia dor, mas não aguentaria esperar por muito tempo.

Apenas um minuto foi tempo suficiente para que o estagiário mexesse o quadril em busca de mais contato com a pele do mais novo, sentia seu interior formigar e o membro do advogado pulsar dentro de si.

-Aahh droga...Tão apertado, tão gostoso hmm...

O advogado mexia-se lentamente para dentro e para fora do mais velho, controlava-se ao máximo para não virar Jimin de costas naquela mesa e fode-lo como nunca.

-M-mais r-rap-pido Daddyyy.

Era apenas a terceira vez que Jimin usava aquele apelido com o advogado, e o mesmo podia jurar que sentira seu interior pulsar freneticamente todas as três vezes.

Saiu por completo de Jimin, encarando-lhe com intensidade e o beijando na mesma de proporção, antes de penetra-lo mais uma vez, porém desta vez, com força e precisão, como Jimin gostava, sem dó nem piedade, rude.

Três. Nove. Quatorze. Inumeras estocadas e Jimin encontrava-se já no paraíso novamente.

Havia ido do céu ao inferno em menos de cinco minutos, aquilo era demais para si. Jeon saia quase por completo do estagiário para estocar-lhe novamente com força, este que só sabia gemer alto a palavra "Daddy" e se contorcer de prazer.

Jungkook saiu de cima do mais velho e desamarrou seus pulsos, sentou-se na mesma poltrona cor de vinho de antes e puxou Jimin para seu colo, penetrando-o de uma vez.

A luz fraca do abajur deixava o ambiente ainda mais caloroso, os feixes da luz da lua adentravam a sala, tomando conta de quase todo o recinto.
Transar tendo uma visão tão bonita quanto aquela fazia Jungkook querer mais e mais, e ele não se referia apenas a imagem da lua iluminando a sala, mas também ao Park.

Com certeza, o que mais lhe atraia era o fato de que Jimin conseguia ser belo e manter um ar de inocência mesmo sendo fodido de forma rude.

-Rebole.

Ordenou, levando as mãos até a cintura do baixinho em seu colo e a pressionou, fazendo o mesmo gemer e rebolar intensamente, diminuindo e aumentando a velocidade e intensidade das reboladas de tempos em tempos, nunca perderia a chance de provocar o Jeon.

-D-Droga Jimin.

Praguejou antes de levantar-se com o Park no colo e o prensar na mesa novamente, estocando-lhe mais devagar.

-Vire-se. Rápido.

Ditou ofegante, seu corpo estava quase tendo um colapso, e o do quase ruivo não estava nem um pouco longe disso.

O estagiário obedeceu de imediato, virando-se e apoiando-se sobre a mesa, aproveitando para empinar-se para o Jeon, que o foderia novamente, mas não antes de brincar um pouquinho com seu corpo.

Beijou o pescoço do hyung por trás e foi descendo pelas costas, mordendo-as levemente vez ou outra, arrastando seu nariz sobre a pele macia do mais velho. Desceu mais um pouco até chegar em suas nádegas. Levou uma mão de cada lado, apertando-as e estapeando as mesmas. Encostou os lábios na entrada rósea do baixinho, que sentiu todo seu corpo arrepiar com aquele toque, e gemeu alto quando sentiu algo quente invadir-lhe. Jeon empenhava-se em fazer o mais velhor gemer e sentir prazer, tateava com a língua todo o interior comprimido do menor, até que o mesmo o puxou para cima, o beijando, dizendo de uma forma muda para Jeon lhe foder novamente, e ele o fez.

Encostou o Park na mesa e abriu as pernas do mesmo, entrou de uma vez, arrancando um gemido rouco e lascivo do mais velho.

Forte e rude.

Jeon ouvira um gemido mais alto e mais manhoso do que os outros, percebera que havia acertado a próstata do estagiário, fez isso mais uma vez.

Outra e outra vez.

Jimin sentia que explodiria, espasmos passavam por todo o seu corpo e se concentravam em seu membro, que nem fora tocado todo esse tempo, o mesmo era pressionado pelo próprio corpo de Jimin contra a mesa, causando um atrito no mesmo.

-UHH J-JEON AAHH...

Tapas. Mordidas. Arranhões. Era o que ganhava por chamar o patrão pelo nome, ainda mais em um momento com esses.

-AAHHH D-DADDY D-DE NOV-VO AAAHHHHMMN.

Jimin gemera mais manhoso ainda do que antes, Jungkook havia tocado em seu falo, e o mais velho havia amado aquele toque. O mais novo começara uma masturbação intensa em Jimin, que só gemia e se contorcia, mal conseguia respirar com todos aqueles espasmos em seu corpo. Sentiu seu membro ser esmagado pela mão do Jeon e gemera alto com isso.

Os concorrentes de prédio do Jeon certamente ouviriam, mas ele não dava a minima para isso, não naquela hora, queria apenas fazer Jimin gozar, o que não demorou muito a acontecer.
Foi preciso apenas mais três estocadas e o estagiário já havia chegado em seu ápice. Jeon por sua vez, continuara estocando rudemente a próstata de Jimin, prolongando a sensação do orgasmo. Não foi preciso nem duas estocadas e o advogado havia se desmanchado dentro do menor, segurando o mesmo para que ele não caisse, estava muito fraco, depois de ser fodido com toda força, merecia um belo descanso.

Jeon saiu lentamente do baixinho, o mesmo estava muito sensível, sempre ficava dessa forma após o sexo, ainda mais quando era daquela forma.
Carregou o menor até a poltrona cor de vinho de antes e o sentou lá. Foi ao banheiro do seu escritório para se limpar e por suas roupas, voltou com uma toalha úmida para limpar a bagunça que estava o mais velho, logo em seguida colocou suas roupas, com delicadeza.
Se entre olharam cúmplices e sorriram timidamente um para o outro, antes de, novamente, se beijarem. O beijo dessa vez era diferente. Calmo e singelo. Transmitiam toda a sensação boa de estarem perto um do outro, mesmo sem terem algo fixo de verdade.

Se afastaram e sorriram mais uma vez, saindo daquele local. Jimin estava apoiado nos ombros alheios, pois não conseguia andar direito, ria sempre que suas pernas bambeavam ou ameaçavam fraquejar. Demorariam um pouco para chegar ao estacionamento, então Jeon resolvera levar o estagiário nas costas, mesmo sem o consentimento do mesmo.

Já no estacionamento, Jungkook coloca Jimin no chão e procura as chaves de seu carro no bolso da calça, achando-as rapidamente, mas ao olhar para frente não vê mais o Park.

-Hey! Onde vai? Volte aqui.

O de cabelos tingidos caminhava com certa dificuldade, devido ao ocorrido de alguns minutos atrás, apoiava-se nos carros para poder sair do estacionamento.

-Para casa, onde mais eu iria? Preciso descansar um pouco.

Jungkook xingou-se mentalmente, como ele não havia convidado o pequeno para ir com ele?
Sentiu-se um monstro depois disso, afinal, ele havia deixado o Park naquele estado, seria o minimo que poderia fazer.

Não perguntou nada, apenas pegou o mais velho no colo e o levou para dentro do carro, pôs o cinto em Jimin e fechou a porta, deu a volta no carro e fez o mesmo consigo. O estagiário não estava entendendo a atitude de seu chefe, mas quando iria questionar, fora interrompido pelo mais novo.

-Você vai comigo, para minha casa. Não se preocupe, vou cuidar de você baixinho.

Disse e sorriu de forma doce, um sorriso que deixara o interior do quase ruivo em paz. Assentiu positivamente antes de ajustar o banco para deitar-se um pouco. Antes de partirem, o advogado pôs seu blazer por cima de Jimin, ajudando-o a se aquecer, logo fazendo um carinho em sua bochecha corada.

O caminho fora tranquilo, Jimin quase cochilava, enquando Jungkook se admirava com a beleza do estagiário. Quando chegaram a casa do Jeon, Jimin fora carregado novamente no colo para dentro de casa, e posto no sofá da sala, que estava como sofá-cama, ou seja, dormiriam ali mesmo.

Banharam-se trocando algumas carícias durante o banho e voltaram para a sala, onde dormiriam naquela noite. O Jeon nunca gostou de dormir naquele sofá, mas não se importaria de passar a noite nele com Jimin do seu lado.

-Boa noite daddy.

Aninhou-se aos braços de Jeon e aproveitou o afago que recebia nos fios vermelhos. O advogado deixara um beijo na testa do menor e continuara com os carinhos, até o mesmo pegar no sono.

-Boa noite, baby.


Notas Finais


Yaaaay estou feliz com o resultado, e por ter conseguido postar hoje.
Ps: Vão no TT parabenizar o "estagiário" jajsbsnd

Me digam o que acharam pelo amor de Yoongi.
Eu revisei umas três vezes, mas claro que pode haver erros ortográficos.

Vamos agradecer a senhorita Liah pelas músicas de lá do início, obrigado Liah sjndjdbx

Fiz um fluffy de leves nesse final pq não queria fazer um Jungkook vacilão e ignorante.

Eu fiz essa fic toda ontem a noite, pq do nada me veio uma onda de criatividade e saiu isso ai, e eu teria postado ontem também se não tivesse com sono né shdjndjd

Ok, tô indo gente, até a próxima ♥♥
~XoXo
~LOST MY WAY EH EEEH EH EHHH HEH~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...