História The Island of Love - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Camren, The Island Of Love
Exibições 236
Palavras 2.467
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, FemmeSlash, Hentai, Musical (Songfic), Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 28 - Capítulo 27 - O que fazem aqui?''


Pov's Lauren

Não esperei nem mais um segundo e agarrei Camila indo andando em passos rápidos pro quarto enquanto a mesma ria.

-Apressada... - brincou, ri e a beijei calmamente até que o beijo foi ganhando intensidade e quando me dei conta já estávamos nuas e eu brincava com o seu clitóris enquanto a beijava o que a fazia gemer contra a minha boca

Desci meus beijos para o seu pescoço e então fui para o seu colo onde apertei seus seios já um pouco mais cheios, passei a chupar um enquanto massageava o outro, fiz o mesmo com os dois e desci novamente e dei um beijo em sua barriga logo indo para a sua intimidade onde inalei seu cheiro delicioso e ali grudei meus lábios começando a chupá-la, a penetrei com a língua

-Hm...Laur...Oh Lauren... - ela gemia e então a penetrei com um dedo, mas parei ao sentir meu membro doer - Lauren! - me ajeitei entre suas pernas

-Calma pequena

-Vai log...Oh .. - gemeu quando a penetrei sem aviso, mas calmamente, tinha medo de machucar o bebê - Oh...Lauren...ma a-ais rá-á-ápido - acelerei os movimentos e alguns minutos depois sua boceta apertou meu membro e logo ela chegou ao ápice e um grito ecoou pelo quarto - AH! - dei mais algumas estocadas e cheguei ao meu ápice me deitando ao lado dela

-Boa noite meu amor

-Boa noite amor - me deu um selinho e se virou de costas pra mim que a abracei com cuidado

[...]

Acordei no outro dia mais cedo que Camila e pedi nosso café da manhã reforçado, enquanto não chegava fui tomar meu banho e quando sai fui até as minhas malas, vesti uma cueca e sutiã brancos, calça jeans preta com rasgos, moletom vermelho e uma meia preta.Não sairíamos agora, talvez lá pela tarde, ainda tínhamos que pedir ao Simón para marcar a consulta de modo que ninguém além de nós e a doutora saiba.

Ouvi alguém bater na porta e uma voz feminina dizer:

-Serviço de quarto - fui até a porta e a abri - Refeição para Lauren Jauregui e Camila Cabello

-Aqui mesmo, entre

-Com licença - ela foi empurrando o carrinho enquanto encarava descaradamente meu corpo - Você é Lauren Jauregui né? - assinto com o cenho franzido vendo ela morder os lábios - Eu já assisti vários jogos seus - assenti, o que essa mulher quer? - Você é muito gostosa sabia? - se aproximou ficando na minha frente e começou a dar passos em minha direção enquanto eu ia pra trás até ela me encurralar na parede

-Olha eu...

-O que é isso Lauren?!

-Fodeu - murmurei engolindo o seco

-Ah, vocês... - a mulher ia falar alguma coisa, mas Camila já vestida a interrompeu e pude ver seus olhos marejados

Ela não tá pensando isso...

-Não, podem ficar a vontade, vou dormir com a DJ - ela simplesmente saiu do apartamento

-Puta que pariu - murmurei

-Agora tem o espaço só pra nós e podíamos...

-Dá um tempo!Sai daqui, vai!Sai! - ela bufou e saiu batendo pé

Escorreguei minhas costas pela parede e ouvi o toque do meu celular, me levantei e fui até ele vendo que era a Dinah

Ligação ON

-Cadê a Camila?

''Que porra você fez Jauregui?!''

-Eu não fiz...

''Nem vem com essa de quem não fez nada!Camila chega no meu quarto chorando rios e você não fez nada?!''

-Mas...mas eu não fiz

''Então me explica por que caralhos ela me apareceu nesse estado?!

-Eu pedi o café da manhã e a mulher do serviço de quarto chegou aqui e depois começou a me assediar e a Camila chegou na hora e entendeu tudo errado

''Olha só Jauregui, eu vou sair do quarto junto com Mani com a desculpa de que a Mani perdeu o celular e vamos perguntar na recepção, deixaremos a Camila aqui e você vai vir se resolver com ela okay?''

-Okay

''Espero que tenha entendido e se fizer mais alguma merda você perde o seu amiguinho dai de baixo''  ela não me deixou falar mais nada e desligou

Ligação OFF

Fui até o quarto e peguei um tênis branco e sai do quarto, esperei um pouco e fui pro quarto da Dinah. A porta estava entreaberta, entrei e fechei a porta.

-Acharam o seu celu...Ah, é você. O que tá fazendo aqui?

-Posso me explicar?

-Vai dizer o que?Que ela te assediou

-Se sabia por que saiu de lá assim?

-Pela mor de Deus Lauren!Toda a vez é alguém te assediando - fui até ela que estava em pé no meio do corredor de braços cruzados

-Vem cá - tentei pegar sua mão, mas ela não deixou - Vem pequena - ela suspirou e deixou eu pegar sua mão, me sentei no sofá e a puxei pro meu colo - Me diz, quem mais vou querer tendo você?

-Isso não explica nada

-Tem certeza? - ela ficou calada - Olha, se eu não estivesse satisfeita com você provavelmente eu estaria pegando aquela loira... - senti uma ardência do lado direito do meu rosto - AI PORRA!Me deixa terminar! - esfreguei minha bochecha, tava ardendo! - Mãozinha pesada do caramba!

-Por que não vai ficar com ela? - ela se sentou na poltrona com as pernas cruzadas em posição de índio

-Porque eu te amo!Será que vou precisar repetir isso quantas vezes?Garanto que não me importaria de repetir mil vezes, claro, se você compreendesse isso alguma vez

-Então porque falou que ia ficar com ela?

-Ei!Eu não falei isso!Eu disse que se não ESTIVESSE satisfeita com você eu PROVAVELMENTE estaria pegando ela, se eu  NÃO ESTIVESSE!Eu NÃO disse que NÃO ESTOU satisfeita com você Camila - ela ficou calada e fui de joelhos até ela ficando em sua frente e descruzei suas pernas ficando entre elas - Nós vamos ter um filho Camz, acha mesmo que estaria aqui se quisesse ser solta e ficar pegando outras?Eu te amo, você já é a minha vida e vai ser mais ainda quando dissermos ''sim'' no altar. Agora dá pra parar de se fazer de difícil pra mim e me olhar - ela passou a mão no rosto e me olhou, a ponta do seu nariz estava vermelha assim como sua bochecha e seus olhos - Parece um tomate - ri e beijei seu nariz

-Desculpa, tô ficando sentimental demais - ri

-Tá tudo bem, hoje em dia tem tanta mulher atirada que ela nem olham se a ''presa'' tem alguma coisa no dedo - ergui minha mão com a aliança de lua no meu dedo

-Como não desconfiaram ainda?
-Sei lá...tá com fome?

-Morrendo

-Se não fosse por aquela pu...aquela mulher estaríamos muito bem alimentadas agora

-Que tal irmos comer em alguma lanchonete?

-Não vai encher de fãs?

-Provavelmente não, mas se der alguma coisa a gente liga pro Big Rob - assenti

-Okay, mas antes vamos no quarto que preciso pegar uma touca e você tem que se agasalhar melhor, tá fazendo muito frio - assentiu e voltamos para o quarto

Ela vestiu uma calça moletom preta minha que tinha o número 96 e Jauregui em cima, um moletom preto e um all star preto. Pus um touca preta em sua cabeça e beijei sua testa.

-Esqueceu disso - sorriu

-Obrigada, agora tô parecendo você, toda de preto - rimos e peguei minha touca preta pondo na cabeça

-Podemos ir agora viver a vida perigosamente - rimos e peguei sua mão entrelaçando nossos dedos, saímos do quarto, descemos para a recepção e colocamos nossos capuzes

Saímos pela porta da frente mesmo, fomos andando e fazendo palhaçadas no meio da rua, tava nem me importando com quem olhava e provavelmente nos reconhecia

[...]

Já havíamos chegado na lanchonete alguns minutos e nesse meio tempo havíamos dado alguns autógrafos e tiramos fotos com alguns fãs, nada demais.

-Bem que todo o lugar podia ser assim né? - falou com a cabeça deitada em meu ombro

-Assim como?

-Ter fãs, mas sem aquela aglomeração exagerada, um de cada vez. Você já viu nos Meet and Greet como eles nos afastam dos nossos fãs?

-Realmente, são muito agressivos e apressados

-Acho que seria legal eles aumentarem o tempo dos Meet's

-Você ama seus fãs né?

-Ah sei lá, o jeito como eles se preocupam...talvez seja porque eu já fui uma Directioner e sofri muito por aqueles meninos - ri - E por isso me coloco no lugar delas, você viu o que aconteceu no Brasil?!Aquele lugar é uma loucura!Eles são...eu não tenho palavras pra descrever aquilo

-Nos vídeos dos shows não dava pra escutar vocês cantando...

-Claro, o microfone não funcionava - ri

-Não foi apenas por isso, em todas as músicas a maior parte era eles cantando, em ''We Know'' eles cantaram inteira por vocês estarem sem microfone

-Aquilo foi realmente lindo

-Camila - uma garota de cabelos e olhos azuis que aparentava ter uns 13 a 14 anos falou

-Sim? - minha namorada sorriu simpaticamente levantando a cabeça do meu ombro

-Meu Deus!Eu não acredito!Pode me dar um autógrafo? - estendeu um caderninho e uma caneta, ela tinha o sorriso tão grande que poderia ser facilmente comparado ao do gato de Alice no pais das maravilhas (N/A: Acho que para um fã, encontrar seu ídolo é estar no país das maravilhas)

-Claro - enquanto Camila escrevia a menina perguntou:

-Vocês namoram?

-Ai meu Deus! - Camila borrou o autografo inteiro

-Desculpa! - a menina exclamou assustada

-Tá-á tu-u-tudo-o bem - eu não falava nada afinal se abrisse a boca a única coisa que sairia dali era uma escandalosa gargalhada - E não, não namoramos

-Ah, tá bom...vocês fariam um casal lindo mesmo assim e pode autografar novamente em outra folha - Camila autografou rapidamente e a devolveu o caderninho e caneta - Obrigada. Até mais

-Até - quando a menina saiu do estabelecimento soltei o que guardava

-Ai...ai minha barriga...ai meu deus!

-Vadia!Nem me ajuda! - começou a me bater enquanto eu gargalhava mais ainda - Porra Lauren!Oh a merda que ia dar agora!

-Desculpa Camz, mas se eu abrisse a boca eu iria rir

-Hm... - ela cruzou os braços de bico

-Hey, eu não posso te beijar sabia?

-Droga! - senti meus olhos serem tapados e pus toquei nas outras mãos que me cegavam, eu não fazia a minima ideia de quem era

-Camz...quem é?

-Shiii

-Desculpa Lo, mas não posso dizer

-Mas Camz...dá dica - ouvi alguns murmúrios

-É uma pessoa que você ama muito

-Essa dica tá errada porque seria você atrás de mim - senti um tapa na minha nuca

-Hey, não faz isso Verônica! - minha namorada falou com uma voz irritada e logo ouvi alguém bufar

-Guenta a língua Cabello!

-Desculpa - fez biquinho

-VERÔ! - me levantei e abracei apertado a minha amiga

-Oi Jauregay

-Eu também quero! - me virei para aquela voz doce que tanto senti falta

-Oi Lu!Que saudades de você amiga!

-É claro!Você some com os seus jogos, depois desaparece em um acidente de avião e depois começa a viajar pelo mundo com uma banda - rimos

-Desculpa, mas a situação tá difícil

-Pode ir contando - nos sentamos e eu e Camila começamos a contar tudo, elas ficaram super felizes quando souberam da gravidez da Camz e quase que Verô foi Verô e gritou pra todo mundo ouvir a notícia, mas a Lucy conseguiu evitar e foi nisso que me lembrei que tinha que pedir ao Simón pra marcar a consulta

-Meninas já volto

-Onde vai? - Camila perguntou

-Pedir ao Simón pra marcar a consulta

-Ah sim - ela voltou a conversar com as meninas enquanto eu ia pros fundos da lanchonete discando o número do Simón

Ligação On

''Simón Cowell falando''

-Lauren Jauregui falando

''O que houve agora Jauregui?Vai me dizer que quer uma entrevista pra pedir a Camila em casamento''

-Não seria nada mal, mas não

''Então o  que quer?''

-Uma consulta pra Camila

''O que houve?''

-Nada demais, é que ela está em quase 5 meses e queremos saber o sexo

''5 MESES''

-Cala a boca Simón, você tá sozinho?

''Tava na sala de reunião, mas já sai, tô na minha sala agora''

-Meu Deus, mas então vai dar?

''Vai, vou falar com o Big Rob pra levar vocês''

-Não pode ir apenas eu e a Camila?

'Lauren...''

-Por favor Sisi

''Chega desses apelidos''  ri  ''E pode ir só vocês duas mas de qualquer forma vou mandar uns seguranças'' Eu odeio isso!

-Tudo bem, até mais Sisi

''Eu vou te matar Jauregui''  ri  ''Tchau''

-Tc... - Ai grosso!

Ligação OFF

Voltei pra mesa e encontrei Camila deitada sobre seus próprios braços de olhos fechados e Vercy no maior momento romance

-Ela dormiu? - nem me ouviram - Hey! - agora elas me olharam - Ela dormiu?

-Oh, acho que sim, estávamos conversando até que ela abaixou a cabeça e não falou mais nada

-Bom, então acho melhor irmos embora, ela deve estar cansada e temos consulta mais tarde

-Tudo bem, nós também já vamos

-Em falar nisso, o que fazem aqui na Espanha?

-Viagem de casal Lauren - ri

-Tô esperando o casamento

-Depois quero conversar com você sobre isso

-Ih, já não vão mais casar?

-Não!Quer dizer sim, nós vamos nos casar, mas é que tivemos uma ideia e precisamos falar com vocês

-Mas gente, o casamento é de vocês...

-Depois você vai entender Jauregui - dei de ombros - Vamos indo, queremos aproveitar a tarde - assenti e nos despedimos com um abraço e elas foram embora, não sem antes mandar um beijo pra ''Bela adormecida''

Paguei a conta e fui até Camila que ainda dormia tranquilamente sobre a mesa, até ri com isso.

-Hey Camz...Acorda bebê...vamos pra casa... - ela foi despertando aos poucos e sorriu fraco ao me ver

-Oi

-Como você conseguiu dormir em uma mesa?

-Tô morrendo de sono, mas e o que deu com o Simón?

-Conversamos isso em casa - assentiu e saímos da lanchonete, Camila andava calada, provavelmente morrendo de sono, eu observava a cidade vendo o quanto aquele lugar era bonito

[...]

Chegamos no hotel e quando entramos fomos direto pro nosso quarto.

-Tá com fome? - perguntei

-Não, apenas quero dormir

-Tudo bem - tirei minha calça e meus sapato e fiquei apenas de moletom, ela tirou tudo ficando apenas de calcinha e sutiã mesmo

Deitamos na cama e nos cobrimos, nos abraçamos e liguei a TV deixando no volume baixinho.

-Que horas é a consulta Lo?

-Não sei, Simón vai nos mandar uma mensagem...acho, apenas durma bebê, deve tá cansada

-E estou

-Então durma

-Não vai sair daqui e pedi jantar não né? - ri

-Não vou não, relaxa - assentiu deitando a cabeça no meu peito

Acho que peguei trauma de serviço de quarto



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...