História The Joker & Harley Quinn - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Batman, Esquadrão Suicida
Personagens Bruce Wayne (Batman), Coringa (Jack Napier), Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina)
Tags Ação, Amor, Arlequina, Batman, Catwoman, Coringa, Damon, Dc Comics, Deadshot, Drama, Esquadrão Suicida, Harleen, Harley Quinn, Hera Venenosa, Heróis, Hot, Incesto, Joker, Lucy, Morte, Mulher Gato, Naiper, Original, Pistoleiro, Poison Ivy, Psicopata, Quinzel, Romance, Sexo, Tortura, Vilões, Violencia
Exibições 509
Palavras 1.719
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa Leitura 🎀

Capítulo 29 - 29


Fanfic / Fanfiction The Joker & Harley Quinn - Capítulo 29 - 29

- LEIAM AS NOTAS FINAIS -

Harley Quinn

Já que estou somente em casa sem fazer nada, resolvo então me exercitar. Sempre fiz exercícios, faço ginástica desde criança parei somente pra me dedicar a faculdade de psicologia, então estou com saudade de práticar

- Pudim?

- Oi - disse tirando os olhos da Tv e me encarando

- Pode amarrar uma corda no teto da sua sala?

- Por que? - Me olhou desconfiado

- Quero me exercitar

- Você não pode fazer esforço

- Eu já estou melhor

- Não Harley

- Eu não aguento mais ficar assistindo

- Mas e o bebê

- Não vou deixar que nada aconteça com ele - respirou fundo convencido

- Tudo bem - dei um gritinho fino de alegria e o abracei forte

Ele levantou e foi a sala de tortura dele e amarrou lá a corda no teto, tirei minha calça ficando apenas de calcinha o contato da pele com o pano ajuda a se segurar melhor

Liguei a música e então comecei a me exercitar e Pudim olhava admirando tudo, o que me dava mais vontade de continuar

Batman

Estava no altar, a igreja estava linda e bem decorada, sem deixar de exagerar nos detalhes, deixei com que Talia arrumasse tudo e ela não é nem um pouco simples

Minhas mãos soavam, os minutos passavam lentamente tornando aquilo cada vez mais torturante, os convidados olhavam para a porta da igreja esperando ansiosamente pra que ela se abrisse

Será que Talia iria me largar também? Me lembrei de Harley e senti um aperto no coração, mas logo fiz com que ela sumisse de meus pensamentos. Eu não posso estar com Talia pensando em outra, isso não é certo e eu não vou permitir, eu estou com Talia, e eu darei todo meu amor a ela eu juro

Olhei nervoso para Alfred que estava na primeira fileira, e ele me lançou um olhar tranquilizador, o suficiente pra acalmar meu coração, Respirei fundo

A música começou e todos os convidados levantaram, esperando sua chegada

Lentamente a enorme porta da igreja foi se abrindo, revelando Talia acompanhada de Ra's, ela estava com um vestido preto bem justo no busto e pouco armado no final, seus cabelos estavam presos em um coque bagunçado e nas mãos buquê de rosas vermelhas, ela estava linda.

Sorri bobo, vendo ela se aproximar em passos lentos. Até que chegaram ao meu encontro e estendi meu braço a Talia

- Cuida dela, ou eu mesmo te mato - Ra's disse antes de soltá-la, ela riu pelo nariz e segurou meu braço e nos viramos ao padre

Todos se sentaram, e a cerimônia começou

[...]

- Bruce Wayne, aceita Talia Al Ghul como sua legítima esposa?

- Aceito

- Talia Al Ghul, aceita Bruce Wayne como seu legítimo esposo?

- Sim

- O que Deus uniu o homem não separa, pode beijar a noiva

Demos um beijo calmo e longo, sem se preocupar com convidados eu só queria curtir o momento

[...]

A festa já havia começado, tinha muitos convidados meus e de Talia permiti que ela os convidasse, prometeu que não dariam problema, mas não deixei de contratar vários seguranças pro local, não confio

Talia subiu ao palco onde a banda que contratamos cantava, chamando a atenção de todos

- Atenção solteiras, tá na hora de jogar o buquê

Várias mulheres foram a pista, e ela arremessou com força o buquê que acabou acertando a Diana (Wonder Woman) que nem estava na pista

- É o destino - Talia disse rindo e saiu do palco e a banda voltou a tocar

Diana encarou Clark (Superman) timidamente, sabiam que eles estavam de rolo, ele rebruiu o olhar com um sorrisinho

Dançamos a noite toda, aproveitei o máximo que pude sem lembranças ruins

Já estavamos cansados e decidi levar Talia a pousada de lua de mel, ela era longe de Gotham mas perto o suficiente pra que pudesse voltar assim que preciso, não posso abandonar tudo

- Talia, vamos?

- Sim - Me deu um sorriso lindo

E entramos no meu carro preto, digiri rápido mas sem infringir leis, por mais que estava com pressa de chegar eu sou um defensor da lei

Demoramos um pouco mas logo chegamos a pousada, ela era elegante, eu queria viajar com Talia mas infelizmente não posso então fiz questão de levá-la no melhor lugar perto de Gotham

Já tinha reservado tudo então subimos direto ao quarto, peguei nossas bagagens e deixei no chão no quarto quando me virei a Talia ela estava de costas pra mim e seu vestido se encontrava no chão deixando-a apenas de calcinha preta de renda que me permitia ver tudo embaixo

Só de olhar a cena meu pau ganhou vida, me aproximei devagar já tirando o paletó e desabotoando a camisa social e coloquei minha mão em sua cintura e apertei ouvindo ela arfar

Subi minha mão a seus seios durinhos e apertei a empurrando pra mais perto de mim, colando meu membro duro dentro da calça na bunda e encaixei minha cabeça em seu pescoço minha respiração quente fez os pelinhos dela eriçar, Lambi lentamente toda a extensão do seu pescoço e depois o chupei com uma leve mordida no final levando uma das minhas mãos por cima da calcinha na sua buceta que já estava enxaracada e fiquei a massageando, mantendo a outra mão em seu peito, apertei meu membro contra ela pra que ela sentisse como eu estava e deixei minha boca próximo ao seu ouvido com minha respiração desregulada enquanto ela dava gemidos baixos

Rapidamente ela virou pra mim, e me deu um beijo quente enquanto tirava minha camisa que eu já havia desabotoando, sem romper o beijo tirou minha calça e cueca com pressa

Me empurrou me fazendo cair na cama, me olhou safada enquanto tirava a calcinha e veio engatinhando lentamente pela cama até chegar ao meu pau duro e sem preliminares o abocanhou colocando até o talo na boca me fazendo arfar de prazer, em momento algum rompiamos o contato visual até por que olhar ela me engolindo me fazia latejar de tesão, eu estava quase gozando na boquinha dela e ela tirou subindo em cima de mim antes que pudesse pensar ela já havia entrado, me enterrando dentro dela

Que buceta apertadinha, ela rebolava com força no meu pau gemendo e eu pulsava dentro dela, dei uma batida estalada na sua bunda

- Mais forte - disse entre gemidos e me lançou com sorriso safada

Dei outro tapa estalado na sua bunda, dando sequência a vários outros enquanto ela quicava gemendo alto me fazendo delirar, sua bunda já estava inchada e em outro tapa segurei sua bunda com força e comecei a meter o rápido que conseguia, meu líquido estava vindo

- Eu vô gozar - ela dise gritando logo em seguida pelo orgasmo que tinha tido - Goza pra mim

Dei mais 3 estocadas e me derramei dentro dela, gozando e um gemido rouco saiu do meus lábios

[...]

Acordamos e Talia estava mal desde manhã, não tocou na comida disse que estava com estômago embrulhado, fiquei preocupado mas ela disse que estava tudo bem

Até que estávamos na piscina da pousada e ela saiu correndo, fui atrás dela no banheiro

- Abre aqui, sou eu

- Não Bruce, sai daqui

- Deixa eu te ajudar - e porta foi aberta e ela estava pálida - o que aconteceu?

- Nada

- Você vomitou? - Ela concordou com a cabeça - vamos vou te levar ao hospital

- Não precisa disso

- Shiu, vamos - Não dei chance dela discordar e a levei ao hospital que tinha ali perto

Logo a médica a atendeu, e eu tive que ficar esperando, até uma enfermeira me chamar

- Bruce Wayne?

- Eu - disse me levantando

- A paciente está no quarto - disse e me guiou até lá

Talia estava sentada na maca olhando pra baixo, cheguei perto dela e fiquei entre suas pernas e levantei seu queixo a encarando

- Desculpa por estragar nossa lua de mel - disse tristonha e selei nossos lábios

- Não se preocupa, ainda vamos aproveitar muito - ela sorriu fraco

A médica entrou no quarto e pigaterrou chamando nossa atenção

- E então, ela está bem?

- Sim, ela está grávida de exato 1 mês

Harley Quinn

15 dias depois

- Já está pronta?

- Calma tô colocando minha bota

Hoje era dia de ultra-som, Pudim sempre me acompanha ainda mais que estou no 4 mês e se tudo der certo saberei o sexo, estou muito animada

- Pronta - fomos indo a sua lamborguini estacionada no jardim, e adentramos

Pudim ligou o carro saindo de casa e indo ao hospital que ficava um pouco longe por escolha de Pudim de moramos longe de Gotham, mas logo chegamos

- Senhor J a médica já está lhe esperando - ele concordou com a cabeça e a seguimos até o quarto de ultra-som

- Bom dia - a médica disse fingindo ser educada, sabia que ela não gostava nem um pouco da nossa presença. Mas agora somos donos então melhor me tratar bem mesmo

- Bom dia, faz um sorriso falso mais convincente se não está demitida - Falei deitando na cama e Pudim riu pelo nariz e ela mudou logo o assunto

- provavelmente hoje já saberemos o sexo do bebê

Pegou o gel gelado e espalhou pela minha barriga que já estava parecendo ter um bebê ali, e logo depois foi com o estrumento da ultra-som

E no monitor dava pra ver o bebê, estava todo agitado e o coraçãozinho batendo rápido, me emocionei de ouvir

- A perna está cobrindo o órgão não consigo ver o sexo

Pudim se aproximou de mim passado levemente a mão na minha barriga aonde não tinha gel

- Deixa o papai ver filho - falou manhoso de um jeito que até eu fiquei surpresa de ver, mas gostei e acabei sorrindo boba com isso

O bebê se mexeu mais parecia estar mais agitado ainda

- Aqui está - ela apontou pra tela na frente

- só tô vendo uns riscos brancos - Pudim disse, eu também não estava entendendo direito

- o que é Dra? - Disse já agoniada de curiosidade

- É menina

A minha menininha


Notas Finais


GENTEEEE! Atenção aqui

Quero sugestão de nomes pra filha deles, o que eu mais gostar vai ser
Sejam criativos ❤

Espero que estejam gostando!

Bjs amo vocês, meu puddin's


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...