História The Journey - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Eden Hazard, James Rodríguez, Marco Reus, Mario Götze
Tags Futebol!
Exibições 4
Palavras 1.242
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Crossover, Esporte, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Fala pessoal, segundo capítulo da nossa história, espero que gostem.
E não estranhem o personagem principal ter o meu nome, gosto de colocar meu nome em minhas histórias, ah, e antes que alguem pergunte todos personagens são fictícios, inclusive o protagonista ele só carrega meu nome, e qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência kkkkkkkk boa leitura a todos.

Capítulo 2 - O Grande Teste - Parte 1


Fanfic / Fanfiction The Journey - Capítulo 2 - O Grande Teste - Parte 1

   O grande dia está próximo, Fellype está na sala de aula quando bate o sino do recreio.
    - Fellype, puxa vida cara, não da pra acreditar nisso, semana que vem você ta indo pra Alemanha, pra fazer um teste no Borussia cara. - Diz Willyan.
    - Pois é mano, eu também não consigo acreditar, e eu conversei com o próprio Reus, e ele mesmo me ligou, é surreal. - Fellype responde olhando para o céu. - O céu é o limite.
    - Mas me diga uma coisa, como seu coração vai ficar?
    - O que quer dizer com isso Willyan?
    - Convenhamos, nós dois sabemos que você tem uma quedinha pela Leticia, isso é um fato.
    - Esquece isso cara, é só uma paixão boba de adolescente, isso passa com o tempo.
    - Isso é o que você espera que aconteça.
   Então, a garota vem conversar com eles, Leticia, o amor da vida de Fellype, baixinha, olhos azuis, usa óculos, e tem um charme especial.
    - Oi Fellype.
    - Eh, Leticia, oi. - Fellype fica sem saber o que falar, ela quase nunca se enturma com os meninos, pelo menos não com os menos populares.
    - Fiquei sabendo que você vai pra Alemanha, e que vai fazer um teste pra um time grande da europa, só quero desejar boa sorte, e tire várias fotos lá viu bê. - Ela então sai.
    - É parceiro, ta famoso em. - Willyan tira onda com Fellype.
    - Como ela sabe? E ela nunca vem conversar com a gente. O que deu nela?
    - Mano, a escola inteira sabe, e oras, ela veio desejar boa sorte, "bê". - Willyan começa rir.
    - Ta com inveja que eu agora sou o mito? Até as garotas estão me perseguindo. - Os dois começam a rir.
   
1 semana depois...na aula:

     - Willyan não consigo acreditar, minha cabeça vai explodir, acho que estou sonhando, é amanha o vôo cara. - Diz Fellype.
     - É eu sei, mas é só um teste calma não se exalte, porque é capaz de você chegar lá e infartar de tanta ansiedade. - Willyan fala a ele.
     - Acho que hoje não vou conseguir dormir. - De repente ele recebe uma mensagem no telefone dizendo o seguinte:
   "Olá Fellype, meu nome é Andreas Richard, vou te acompanhar na viagem e vou ser seu tradutor durante o teste, o pessoal da comissão de base está ansioso para ver o brasileiro jogando, tenha uma boa sorte e até amanhã"
    - Uau, quanta mitidez, até tradutor humano você tem agora. - Zoa Willyan.
    - Fazer o que né? Mas você viu, estão ansiosos pra ver o brasileiro.

No dia seguinte...

   Eles estão no aeroporto: Fellype, sua mãe e Willyan, quando o homem chega.
    - O senhor é o Sr. Andreas Richard? - Pergunta Fellype.
    - Ora Fellype, deixe de formalidades, eu prefiro que me chame somente de Richard, ou se preferir, pode ser Sr. Richard. Como vai, preparado? - Diz Richard.
    - Certo Sr. Richard.
    - Ah meu filho boa sorte, eu sempre soube que você seria uma grande estrela um dia. - Diz a mãe dele com algumas lágrimas nos olhos.
    - Mãe, você não engana ninguém com essas lágrimas, você nunca se importou em sequer me incentivar a ser um jogador, e outra, vou só fazer um teste, para a categoria de base, não sou nenhuma estrela.
     - Bem vamos acabar com esse clima de discussão, hoje é um grande dia para você Fellype. - Diz Richard. - O nosso vôo já vai sair, vamos lá garoto.
     - Tchau mãe, tchau Willyan, quando eu chegar lá eu ligo pra vocês.
     - Fellype, saiba que eu te amo filho. - A mãe de Fellype se emociona.
     - Até mais parceiro, boa sorte lá. - Disse Willyan enquanto se despedia.
     - Dortmund, me aguarde. - Fellype grita entusiasmado.

Horas depois...

     - Ei Fellype, acorde garoto, já estamos pousando. - Richard o acorda.
     - *bocejo* Puxa eu to muito animado.
     - Imagino, hoje você pode dormir no meu apartamento, lá não é nenhum grande luxo mas é aconchegante, e amanhã nós vamos bem cedo para o CT da base do Borussia, só trate de dormir bem, pois os fusos horários daqui e do Brasil são diferentes.
     Enquanto desciam do avião Fellype liga para sua casa para conversar com sua mãe e em seguida liga para seu amigo.

No dia seguinte...

    - Uau Dortmund é muito bonita. - Diz Fellype ao olhar as belas paisagens da cidade pela janela.
    - Sim, e mais, você não viu nada ainda. - Diz Richard. - Bem chegamos, bem vindo ao Centro de Treinamento do Borussia Dortmund.
     - Uau, este lugar é incrível.
     - Olha só quem está logo ali na porta.
     - Hallo Fellype, que bom que chegaste, Richard me liga e eu vir até aqui pra esperá-lo.
     - Reus, puxa, você aqui.
   Reus então fala umas coisas em alemão.
     - Richard, o que ele disse? - Pergunta Fellype.
     - Ah, ele está te desejando sorte, disse pra você se esforçar e que está torcendo por você.
     - Ah obrigado.
    Eles então entram e vão até o campo onde está reunido vários garotos, aparentemente todos na mesma faixa etária entre os 13 a 15 anos. Alguns garotos comentavam em sussuros olhando pra ele.
     - Aquele é o tal brasileiro que recebeu o convite do próprio Reus? - Dizia um.
     - Pela cara de cachorro perdido ele não deve jogar 1% do que diz kkkkk. - Esnoba o outro.
    Fellype olhava meio desconfiado, sabiam que estavam falando algo dele pela maneira a qual olhavam, mas ele não estava nem aí, ele não fala alemão mesmo. Até que todos estavam reunidos, e estava lá nas cadeiras ao fundo, observando tudo, o diretor do time e Thomas Tuchel, o técnico da equipe principal, e então chegou o técnico da categoria de base, dizendo tudo em alemão enquanto Richard traduzia para Fellype.
    - Eu não sei o que vocês estão fazendo aqui se não estiverem dispostos a jogar pelo time, a dar seu sangue pelo time dentro e fora de campo. Mas antes disso, é preciso que vocês dêem seu sangue pela carreira de vocês, e este é o primeiro passo para ela, passar neste teste, e me provar que não vieram aqui a toa, boa sorte a todos, e me impressionem. - Disse técnico.
   E depois disso ele veio falar pessoalmente com Fellype, ele apenas concordou com tudo que ele disse e depois perguntou a Richard.
    - Bem Fellype ele disse que se você jogar 10% do que é capaz poderá ter pequenas chances de passar, se jogar 50% suas chances aumentam, se jogar 90% estará a um passo de passar no teste, mas se jogar 100% você já terá dado dois passos a frente da sua meta. Então como ele mesmo disse, vá lá e dê tudo de si, prove a todos que você não viajou horas, deixou sua família e amigos a toa, prove que não está aqui pra brincar de jogar bola mas sim que está aqui pra dar seu sangue e ser o melhor, nos impressione.
    E então Fellype vai correndo ao campo, foco no agora, sonho no futuro, mãos nas nuvens, pés no chão e o coração na bola.
    Então o técnico vai até o centro do gramado e grita:
     - E que comece o teste.

            - - - - - - % FIM % - - - - - -


Notas Finais


E então galera...gostaram? Espero que sim, muitas emoções nos próximo capítulos, me aguardem hehe, até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...