História The Kidnap (Camren) - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Exibições 563
Palavras 727
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 23 - Apenas me faça sentir


Camila corria aflita pelas ruas de Miami. A cada esquina, ela olhava para todos os lados com medo de que seu pai a visse, não sabia onde ele poderia estar, então todo cuidado era pouco. Ao chegar em sua casa, ouviu sua mãe conversando ao telefone e com medo de ser pega decidiu pular o muro dos fundos pela rua de trás. 


-O que eu não faço por você, Lolo? -Reclamou vendo o tamanho do muro.


Depois de muito tentar e de se ralar, Camila pulou caindo de joelhos no gramado sujo. Deixou seus pertences atrás de uma das moitas ao redor do muro, e começou a andar vagarosamente até o esconderijo. Ao ouvir a porta do banheiro ser fechada, Camila suspirou aliviada e entrou correndo no esconderijo, fechando-o logo em seguida.


A latina desceu as escadas correndo e abriu a porta de Lauren que estava sentada desenhando em seu caderno. Camila sentou em frente a Lauren que a fitou confusa.


-Não era pra você estar na escola, Camz?


-Fique quieta e me beije. -Camila pediu nervosa.


Lauren se assustou de início, mas logo depois esticou os lábios dando um de seus selinhos em Camila.


-E então? -Disse por fim.


-Eu amo nossos beijinhos, Lauren. Mas andam acontecendo coisas que me fazem ficar triste.


-Que coisas, amor?


-Na escola, eles implicam comigo por ser a única a não beijar alguém de verdade. -Disse com os olhos marejados. -Um menino hoje tentou me beijar, mas eu não deixei e fugi...


-Porque não deixou? -Lauren perguntou aflita. A menor sentia ciumes de Camila, mas nada podia fazer. Sabia que a menina era livre, e não podia atrapalhar isso. Mas por outro lado, seu coração doía em pensar na possibilidade de Camila beijar alguém que não fosse ela.


-Porque ele não era você. -Camila disse olhando pra baixo.


Lauren sorriu e levantou o rosto de Camila segurando levemente em seu queixo. 


-Podemos fazer disso um momento especial. -Lauren disse. -Não precisa ser só porque todo mundo fez, deixe ser em um momento bom.


-Qualquer momento pra mim é bom se tiver você, Lolo. -Camila se aproximou mais.


-Mas eu não sei fazer isso, Camz. -Lauren suspirou com medo.


-E nem eu. -Camila riu. -Vamos aprender juntas, Lolo. 


-Vamos aprender juntas, Camz. -Lauren se aproximou ainda nervosa.


-Apenas me faça sentir. -Camila sussurrou próxima aos lábios de Lauren.


As duas fecharam os olhos e encostaram os lábios. De início nenhuma fez nada a não ser ficar paradas, mas então, Lauren tomou frente e começou a mexer sua boca levemente seguindo o ritmo certo de Camila. Em poucos minutos, a latina sentiu a língua nervosa de Lauren pedir passagem, que foi prontamente cedida. Camila brincava com a língua de Lauren em sua boca, mas internamente estava nervosa pra saber se estava fazendo tudo direito. A latina descolou as bocas trazendo o lábio inferior de Lauren e soltar levemente. As duas abriram os olhos lentamente e fitaram-se por bons minutos no escuro do esconderijo. Camila abriu um sorriso bobo, sendo seguida por Lauren que não se conteve ao vê-la sorrir. Então, tinha feito tudo direitinho. Pelo menos é o que ela achava, o que custava descobrir? 


-E.. e-então Camz? Eu fiz direitinho, ou foi muito ruim? -Perguntou nervosa. -Me desculpe se não foi do jeito que você esperava, mas eu só...


-Lauren! Sh... -Camila pediu silêncio. -Foi melhor do que eu imaginei, se eu soubesse tinha feito antes. (N/A desculpa gente não me controlei) E foi com a melhor pessoa que poderia ter sido.


-Jura?!


-Menini nenhum poderia ser melhor que você. -Camila a abraçou. -Lolo?


-Oi, Camz.


-Eu te amo.


-Eu também te amo, meu amor. -Lauren disse a abraçando. 


-Lauren, você sabia que você foi o meu primeiro amor? - Camila perguntou.


-Fui mesmo? -Lauren perguntou encantada.


-Sim, mesmo com seu jeitinho metido e prepotente. Você foi o meu primeiro e vai ser meu único amor, eu tenho certeza. -Camila disse.


-Eu também tenho certeza, Camz.


-De que, Lolo?


-De que estando ao seu lado, eu vou ser unicamente amada. -Disse sorrindo.


-Hihihihihihi. -Camila riu nervosa. -Você é a coisa mais linda desse mundo, meu anjinho.


-Você é que me faz ser assim, meu carinho. -Lauren respondeu fazendo carinho nos cabelos dela.


Camila se derretia no colo da maior. Era apenas o que ela precisava, e estava tudo ali. Menino nenhum poderia ser melhor que a sua Lolo, nem menino e nem pessoa nenhuma na verdade. Lauren era a mistura de tudo que era bom, e era somente dela. 


Pra sempre.


Ou não. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...