História The Killers - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Jane The Killer, Jeff The Killer
Exibições 11
Palavras 868
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Espero que gostem desse capítulo :3

Capítulo 4 - Está na hora da janta


Fanfic / Fanfiction The Killers - Capítulo 4 - Está na hora da janta

6 meses depois

Jeff:

Acordei na cama de um hospital não lembro de quase nada do que aconteceu naquela maldita festa do caralho, apenas aqueles paga pau de um homem morto me batendo e uma voz feminina dizendo para sorrir com o meu sorriso lindo... Voz feminina? Quem será que era? Só consigo pensar em matar aqueles filhos da putas arrancar pênis por pênis cortar a garganta de um por um. 

Mais tarde, minha mãe entra no quarto reclamando no telefone :

- O inútil vai sair da cadeia hoje? Puta que pariu deixava ele mofar lá! Não importa se foi declarado inocente, não é mais meu filho.

- Ta falando do Liu né? Ele é a melhor pessoa que eu já conheci, e muito melhor que você!

- CALE A BOCA! Quer voltar pra casa não é? Trate de me respeitar ingrato... Você ira ter alta em 5 dias, os Arkensaw irão jantar conosco pelo agradecimento de Jane ter salvado sua vida no dia seguinte

- Achei que preferia que eu estivesse morto!

- Sim, mas tenho que manter boa reputação 

Jane... Deve ter sido ela que eu ouvi antes de apagar, só foi falar que estava bonita no vestido e a coitada já se iludi ksksks. Bom daqui 6 dias tenho um massacre a fazer.

5 dias depois 

Jane:

Jeff voltou para casa, mas estava diferente. Seu cabelo estava mais preto e na altura dos ombros, seu olhos mais claros sua pele branca como algodão. Logo após a chegada de Jeff, vi Liu vindo em minha direção ( mas ele não estava preso??) 

- Oi! Jane né? Minha mãe pediu pra te dizer que o jantar vai ser amanha as 20:00

- Oh o jantar né? Minha família e eu estaremos lá!

No outro dia fui para escola normal, mas percebi que Jeff não estava lá, ele tinha acabado de chegar deve estar se acostumando novamente. Fiquei até mais tarde na escola, provas finais sabe? Estava atrasada tinha que me arrumar pro jantar 

Jeff:

Chegou o dia tão esperado! Vou colocar meu moletom branco e pegar uma faca bem afiada, mas espera tá faltando alguma coisa em mim. Jane falou que meu sorriso é lindo então porque não torna-ló permanente? Peguei a faca e rasguei minhas bochechas fazendo um belo sorriso. Mamãe chega no banheiro e grita.

- Está tudo bem mamãe, não doí, estou lindo o filho perfeito!

 - Você é um monstro! 

- VÁ DORMIR MAMÃE!!!!! HAHAHAHA

Peguei a faca e rasguei sua blusa e acertei a faca bem no peito dela.

- Como mamãe é bonita por que não brincar com seu corpo antes Hahaha

Logo levantei a saia que ela usava e tirei sua calcinha, desabotoei a calça e fui metendo! Mamãe delicia pena que não serve mais para nada joguei ela pro canto e abotoei a calça. E em seguida fui procurar o papai ele nem viu eu chegando, enfiei a faca bem no cu subido até o pescoço no entanto morreu na hora. Já o meu irmão fiz um sorriso igual ao meu depois o matei . Fui até a casa da Jane me diverti um pouco com a mãe dela depois a matei já o pai matei na hora. Eram 18:00! Só faltava Jane chegar e vir para o jantar as pessoas já estão sentadas na mesa e a comida servida, só falta a princesinha Jane vir comer conosco.

Jane:

Estava escurecendo e meus pais não estavam em casa subi para o quarto deles, tinha um monte de sangue e um bilhete dizendo " Querida Jane esse sangue não é menstruação, seus pais estão te esperando princesa venha comer! do sorriso mais lindo: Jeff'' O que aconteceu? Mamãe papai? Comecei a chorar sem parar não conseguia pensar em nada. O relógio apitou deu hora do famoso jantar de agradecimento, resolvi ir lá peguei uma faca a mais afiada do faqueiro e fui a luta.

A casa estava silenciosa como nunca esteve. Apenas queria que tudo aquilo acabasse. Fui até a sala de jantar, mamãe e papai estavam sentados, amarados e mortos na cadeira junto com a família de Jeff. 

- Jeff onde você está!? - falei meio tremula

- Bem aqui! - disse ele me golpeando na cabeça, me fazendo desmaiar 

Jeff:

- Já está acordando princesa?? - falei em um tom irônico

-O que foi Jeff vai me matar? Igual fez com seu irmão?

- Oh, não vou te matar apenas irei machuca-lá pra caralho!

- Acha que eu não aguento? Manda ver filho da puta!]

Peguei um balde cheio de acido e derramei em cima dela, sua pele descolorindo, seu cabelo ficando mais claro. E os seu gritos belos gritos de sua pele ardendo.

- HAHAHA, linda linda linda!! Gosta de vermelho princesa!? Espero que sim!

Peguei a faca e comecei a rasgar sua pele, seu sangue caindo no chão, o problema é que ela não estava mais gritando isso era meio que chato. Resolvi cortar a pele da mãe dela, pouco a pouco.

- PARA POR FAVOR PARA!

- Sua mãe está derrubando sangue na comida, ela tem que pagar!

Por fim cortei a cabeça da mãe dela. Estava entediado, esfaqueei sua barriga e fui embora... 


Notas Finais


O que será que aconteceu com a Jane? Pra onde Jeff foi?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...