História The Kings Of Máfia - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Caitlin Beadles, Chaz Somers, Christian Beadles, Ian Somerhalder, Justin Bieber, Maite Perroni, Ryan Butler, Selena Gomez
Personagens Caitlin Beadles, Chaz Somers, Christian Beadles, Ian Somerhalder, Justin Bieber, Maite Perroni, Personagens Originais, Ryan Butler, Selena Gomez
Tags Dean, Ian, Justin Bieber, Maite Perroni, Selena Gomez, The Kings Of Máfia
Visualizações 122
Palavras 1.217
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Festa, Luta, Policial, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey! Espero que gostem, desculpem os erros 🙆💕💕💗

Capítulo 35 - De corpo e alma


Fanfic / Fanfiction The Kings Of Máfia - Capítulo 35 - De corpo e alma


          Zayn P.O.V

No momento em que Bieber abriu aquela maldita boca, a Emily começou a arrebentar tudo.

Eu agarrei ela pelos braços falando pra ela se acalmar e assim foi feito, ela começou a respirar fundo e ficou quieta.

- Como você sabe? - indagou em um fio de voz.

- Nós não sabemos exatamente se ele está vivo, mas é quase certeza que não está morto, rastreamos o lugar onde Ian e Selena estão, e o nome do prédio está no do seu irmão, os caras que ajudaram eles a fugir foram Harry e Nolan, e ambos trabalham pro Abigail. - Justin falou a olhando nos olhos.

Senti uma pontada de ciúmes e a puxei pra mais perto, virei ela para mim e segurei seu rosto.

- Vai ficar tudo bem ok. - afirmei e ela acentiu, a puxei mais pra perto a abraçando e ela apenas segurou a lateral do meu corpo.

- Se tudo isso é verdade, quer dizer que o meu irmão está trabalhando para o Abigail. - todos ficamos em silêncio, mas eu podia sentir a raiva do Bieber virada para mim, olhei para ele e seus olhos estavam negros a observando. - eu não acho que ele seria capaz, se ele está vivo, ele sabe sobre tudo o que aconteceu comigo.

- Solta ela! - Jusrin falou entre dentes, mas antes que está podesse retrucar, Emily me soltou e saiu andando para dentro da casa.

Todos a observaram, ela pegou a chave de um carro e saiu da mansão, depois de segundos escutamos um carro sair a toda velocidade. Merda, agora fudeo tudo.

Justin P.O.V

Estava me dando raiva, ver ela em outros braços, estava me dando ódio, o fato de que eu a perdi por uma idiotice minha.

Eu andei até Zayn e segurei ele pelo colarinho, o mesmo sorriu superior e segurou em meu pulso.

-Se você encostar nela de novo, você vai pro saco Zayn! - ameaçei e o mesmo deu uma risada alta.

- Não Bieber, se você encostar nela de novo, eu te mato! - falou tirando minha mão de sua blusa e foi pra dentro da casa.

- Calma cara, ela precisa de um tempo. - Chaz falou dando um tapa fraco em meu braço e saiu dali.

Ryan,Chris,Dean, Ashe e Paul saíram para dentro com copos de bebidas, como sempre, Camz e Lauren foram a um jantar,Matt e Caitlín foram ao shopping, e eu vou procurar umas putas.

Fui até a parte da frente da casa pegar o meu carro…Cadê? Cadê? Que porra!

- CADÊ O MEU CARRO CARALHO! - gritei nervoso e os garotos apareceram.

- Parece que a chefe pegou o seu carrinho, deve estar todo detonado. - Zayn se manifestou com uma cara de deboche.

- CALA A PORRA DA BOCA,EU NÃO TÔ PRA BRINCADEIRAS. - gritei mais nervoso ainda, passei as mãos no meu cabelo, mas que merda, aquela garota só sabe me irritar. - Chris rastreia a merda do carro, eu vou ir atrás dela, se ela pensa que vai sair impune, ela tá muito ferrada.

- Essa mulher além de ser gostosa, inteligente, boa de tiro, incrível e super gente boa, ainda consegue tirar o Bieber do sério, ela é o que? Mulher maravilha? - Ryan falou entre risos, e todos os acompanharam.

Chris já havia saído, eu vou matar ela, não, eu vou torturar, arrancar os olhos dela e guardar como um prêmio. ISSO MESMO! Se passou sete minutos e Chris voltou com um notbook em mãos.

- Aqui, ela está parada, parece ser um ponto morto da cidade, toma cuidado, ela é louca pode ter colocado uma bomba caso você rastreasse. - Chris falou anotando um indereço e me entregou o pedaço de papel.

Não esperei mais nenhum segundo e peguei o carro do Ryan, ele estava em uma ferrari branca, meu amigo exitou mas me deu as chaves. Com uma arma na cabeça,quem não apóia.

Eu pisava fundo no acelerador a cada segundo que se passava, estava a mais de 200km/hr, culpa dela se eu bater, furei alguns sinais...Vários, mas não vem ao caso, o local que Chris me mandou era no meio do nada, olhei no GPS e já estava na frente do local. Virei o carro pra fora da pista e acelerei, de longe no topo de um penhasco avistei meu carro, Emily estava sentada em cima do capô abraçando seus joelhos.

Eu parei o carro ao lado do meu, ela se virou lentamente, me olhou mas logo voltou sua atenção para o sol que estava se pondo. Andei até ela sereno, dei um pulo e sentei ao seu lado, seus olhos estavam perdidos no céu, falei nada apenas fiquei a observando, ela se virou para mim e seus olhos estavam marejados.

- Merda. - ela murmurou baixo mas eu pude escutar, dei um sorriso de lado e a puxei para mim, a colocando em meus braços. - me solta, babaca. - esbravejou nervosa, mas suas lágrimas eram mais fortes que ela.

-Eu te solto quando eu quiser, você não vai escapar de mim tão fácil, eu sei que sou um enorme infeliz, mas quando eu atirei em você, eu não sabia que eu era loucamente louco em você, eu não sabia que você era tão importante para mim, depois de minha mãe, você é uma das pessoas que eu jamais quero ver chorar, eu… - parei durante alguns segundos, o que eu iria dizer, eu te amo? Mas eu a amo? Ela é realmente a mulher da minha vida?

- Fala Drew. - ela sussurrou abraçada ao meu corpo, eu a amo? Ou eu apenas a desejo?

- Eu sou apaixonado em você Emily. - quando falei essas palavras, eu me arrependi amargamente, eu senti que deveria ter falado que a amava, aquilo parecia uma despedida, eu sinto isso, tudo isso é uma despedida.

Ela levantou seu rosto, deu um sorriso de lado e beijou minha testa, logo selou nossos lábios em um selinho lento e colou nossas testas.

- Eu te amo Drew. - ela sussurrou, naquele momento meu peito apertou, alguma coisa estava errada.

Eu apenas sorri a puxei para mim, eu não entendo bem o que temos, ou o que vamos ter, mas de uma coisa eu sei, alguma coisa vai acontecer, e logo, não amanhã, nem depois, mas logo, e quando isso acontecer acredite, eu vou defender minha família e quem eu amo, de corpo e alma.

Não importa, custe o que custar, isso não vai ser uma despedida.

Ian P.O.V

Existiu lugar melhor do que seu lar? Se você encontrar um, me apresente.

- Quando vamos nos livrar deles Ian? - Selena perguntou cruzando as pernas , enquanto olhava a paisagem pela janela do carro.

- Mais rápido do que você imagina Selena, como eu te disse, se Samantha não pode ser minha, não será de ninguém, muito menos do Bieber. - indaguei e Selena se virou para mim com um sorriso enorme.

- O Justin será meu Ian, faça o que quiser com Samantha, no momento em que você se livrar dela, eu colocarei meu plano em ação. - ela falou estalando a língua no seu da boca, e começamos a rir, mas logo foquei na estrada.

         Você não perde por esperar … Minha  pequena Samantha.


Notas Finais


Hey! Espero que tenham gostado, beijos e até o próximo🙆💕💕💃

Trailer : https://youtu.be/LWuBSp6MUi0


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...