História The Kitsune and Demon - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Originais
Visualizações 10
Palavras 810
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Ficção, Hentai, Lemon, Orange, Saga, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Relaxando


Fanfic / Fanfiction The Kitsune and Demon - Capítulo 4 - Relaxando

*Pv Kitsune*

Cara adorei o quarto so pra mim,me sinto até mais importante, é otimo de mais. Me levantei e abri as costinas, quando olhei a vista era linda, dava pra ver toda a parte de tras da escola, tinha mais flores e arvores, havia um campo muito daora, vejo uma galera jogando volei até, olha que sobra um espaço legalzinho.


Eu fui ate minha mala e arrumei minhas roupas no armario, eu ja estava com uma jeans e uma camiseta branca, mesmo estando calor eu fui em busca de um moletom porque os arcondicionados eram muito forte, coloquei o primeiro que vi preto e uma toca branca, sai do quarto o trancando, olhei em meu celular e era 17:00, desci as escadas e fui em busca da cantina, mas não a da entrada, quando descia as escadas dos dormitorios tinha o banheiro masculino do lado da escada e o feminino do outro lado, eu me imaginei correndo do meu quarto pra usar o banheiro q nem uma louca varrida, ai lembrei que tem um banheiro no quarto e fiquei me achando tonta.

-Licença você esta com alguma duvida? -Um garoto um pouco menor que eu usando moletom cinza, loiro e com orelhas de gato, estou em duvida onde esta sua calda.

-Opa to não, prazer Kitsune -Digo estentendo a mão, ele em seguida a aperta gentilmente, percebo pequenos roxos em sua mão.

-Prazer Taylor... você esta no quarto ao lado do meu não é? 19 né? Eu sou do 18 -Diz ele dando um leve sorriso e andando em direção a o corredor.

-Sou sim... aqui tem um lugar de compra  comida? To cum fomi -Digo o seguindo.

-Estou indo pra ele, estou com fome de bolo de cenoura- Diz ele cosando a barriga.

-Eu quero um sanduiche... -Minha barriga ronca em seguida.

Ele da uma risada meio abafada pois sua mão estava em sua boca tampando um sorriso gentil.

Eu olhei o corredor e tinha varias janelinhas com placas indicando cada tipo de loja tinha, exemplo... Roupas, Jogos, Moveis... E MUITO TIPO DE COMIDA... To com fome.

-A loja de sanduiche é aquela ali -Diz ele apontando para uma não muito longe sem nenhuma fila, parece até que é desvalorizado um X-Tudo aqui.

-Obrigada! Depois eu passo no seu quarto thankiu -Digo e saio correndo acesando para ele.

Quando chego na janelinha o carinha que tava la até levo susto.

-Um X-Tudo porfavor -Digo com um sorrisão no rosto.

-Ok, você é nova? -Diz ele se virando anotando algo em um caderno e começando a fazer o tesouro.

-sou sim porque? -Digo sorrindo.

-Ja ganhou seu cartão de aluno? Para comprar coisas aqui? -Diz ele trabalhando de costas pra mim.

-Aaaaah.... eu quase joguei isso fora, não sabia pra que sabia -Digo tirando ele da capinha do celular.

Eu pago o carinha de la e saio quase pulando igual uma criança que acabou de ganhar um brinquedo novo.

Saio no final do corredor de lojinhas que dava na vista que eu vi do meu quarto, sento em um banco e começou a cheirar o saquinho do lanche, se demorar mais 5 minutos eu não tava aqui, sentei e olhei o celular, tinha umas mensagens que so iram ser vistas depois do meu lindo lanche delicioso. Quando abri o pacote e comecei a me aproximar do lanche com a boca, ouvi uma voz masculina,meio fina mas amigavel para meus ouvidos, parecia voz de alguem que eu conhecia muito, virei um poco meu rosto, era logico que era ele. (Foto de capa)

*Pv Tsunic*

Eu desci as escadas com muita fome correndo, vou numa lojinha de macaron e peço 5, veio numa bandejinha fofinha rosa com bolinhas verde, era o mais baratinho tambem kkkk todo estudante começa com uma certa quantia de dinheiro, até eu achar um emprego o dinheiro vai ser so para comida mesmo :'3 fazer oque.

Quando eu chego no final do corredor eu sinto uma dor estranha no meu peito, parecia que estavam jogando agua benta em mim ou apontando uma cruz sei la, normalmente isso não acontecia com frequencia pois eu sou metade humano, não afeta muito, mas essa dor era grande, mas aos poco foi abaixando como se essa coisa desligo um enterrupidor magico.

Eu olho atraves dos vidros da porta que dava para a parte de tras da escola, que era a paisagem vista do "quarto" (ta mais pra apartamento 5 estrelas de Miami) vejo minha irmã sentada num banco e um cara com cabelos brancos, não era de velhice, parecia mais platinado, quando me deparei com as asas cinzas, um pouco brancas.

(autora: quero explicar que os "anjos" na real as suas asas são brancas/cinzas saco? Não é totalmente brancas, so a de lucifer ^^ eu amo a asa do castiel [é preta] bjs) 

Agora ta explicado a dor no meu peito, fico olhando eles por um estante, até ele chamar ela e começarem a conversar... a não... quero ela com má influencia não.


Notas Finais


fico pequeno me perdoe... mas por algumas pessoas que me agitam no meu dia a dia pra escrever, eu to bem alegre ^^ AAAH e tambem, c vc n concorda com as coisas das asas, so quero dizer pra vc estudar a sua religião melhor kkkk nada contra :v


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...