História The Lady And The Tramp - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Blessthefall, Bring Me The Horizon, Motionless In White, New Years Day, Pierce The Veil, Sleeping With Sirens
Personagens Ashley Costello, Beau Bokan, Christopher "Chris Motionless" Cerulli, Kellin Quinn, Oliver Sykes, Personagens Originais, Vic Fuentes
Tags Chris X Ash, Kellic, Oli X Ash
Exibições 20
Palavras 1.161
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu não postei ontem como prometi ent adivinha quem está aqui 7h da manhã pra postar? Eu mesma ♡

Capítulo 4 - The Big Show


Eu me arrumei a tarde toda, queria estar apresentável para o "grande show". Meus pensamentos estavam em Oliver, passei o batom que ele gostava que eu usasse, um vinho quase preto. Escovei meus cabelos para o lado e coloquei um chapéu preto. Vesti um cropped com spikes, uma saia preta rodada de cintura alta, uma gravata preta, meias 7/8 com rendas na parte da coxa e meus tão amados creepers. Eu estava maravilhosa, não sendo convencida mas eu amo me vestir dessa forma.

Era hora de me explicar, escrevi uma carta para Chris e guardei comigo, continuei a me preparar a noite de hoje seria inesquecível. Sou tirada de meus devaneio com uma mensagem em meu celular. Era Bokan


~ Mensagem On ~

Beau: Vai ter festinha hoje

Eu: Onde?

Beau: Em minha casa. Você vem?

Eu: Você acha que eu perderia uma festinha de Bear Bokan?

Beau: Então, as 20h esteja aqui e não me chame assim, que broxante.

~ Mensagem Off ~


Minha chance de piorar a minha situação, se é que tinha como piorar.

- Sempre tem como piorar. Idiota. - Minha voz interior me disse debochada. Era tudo que eu precisava.


[...]


Aquela festa estava um inferno. As festas de Beau sempre eram movimentadas, as garotas morriam por ele e ele morria por Chris. Os dois já tiveram seus momentos, que para Bear foi inesquecível e para Chris foi diversão. As vezes eu sinto vontade de quebrar a cara do Cerulli, como ele pode trocar o Bokan pela Liz? Coragem. CORAGEM. Havia muitas pessoas ali na festa, eu queria encontrar o anfitrião e dar um abraço nele, sai esbarrando em muitas pessoas, podia jurar que sem querer esbarrei em Kellin Quinn e Vic Fuentes que se agarravam ali no meio. Aqueles dois eram o "casal" mais lindo e complicado que já vi, Kellin o despreza mas quando precisa Vic é o único a se importar, as vezes sinto pena do Fuentes ele é usado e tratado como uma vadia barata, mas não liga, ama Quinn incondicionalmente, mesmo o mais velho só querendo sexo, por um lado isso é lindo, por outro, nem tanto.

Encontrei Beau na pior das situações possíveis, com um elástico amarrado no braço e uma seringa nas mãos, quase desacordado, vi um cara pegar aquela porcaria de Bokan e injetar em si mesmo. Fui até os dois arranquei a seringa dele e joguei no chão.

- Ashley! - Gritou. - Era minha porra.

- Era. - Disse. - Você sabe quantas doenças pode pegar fazendo isso seu imbecil! - Gritei. -

- Foda - se.

- E como sabe meu nome?

- Você é ex daquela bixinha do Sykes, como não saber? Eu quero mata - lo.

- Faria - me esse favor? - Ri nasalmente. Ele começou a apagar e aqueles lindos olhos azuis foram se fechando aos poucos, mais chapado impossível. Espera. Olhos azuis? Quer mata - lo?


~ Flashback On ~

- Você é muito linda sabia Ashley?. - Disse aquele cara entre os beijos. - O que mais me chama atenção em você é essa boca linda. - Interrompi o beijo.

- E o que mais me chama atenção em você são esses olhos azuis maravilhosos. - Sorri. - Como sabe meu nome?

- Você é ex do Oliver, quero matar aquela bixinha. - Me encarou. - Então você gosta do meus olhos?. - Chegou mais perto mordendo o lóbulo da minha orelha. - Vamos lá pra cima, não quer fazer isso no meio de uma festa né? 

- Melhor não. - Senti as mãos dele entrarem por debaixo da minha blusa. - Ei, para. - Fui ignorada. - Tira a mão garoto. - O empurrei e dei um tapa nele. Ele começou a me puxar para um dos quartos da casa gigantesca de Quinn, ninguém notou. Ele me levou até um dos quartos e tentou tirar minha roupa. Me debatia não permitindo ele fazer. Até que Christopher entra e começa a trocar socos com aquele garoto quase o matando

~ Lembranças Off ~


Aquele garoto tentou me estuprar, o que fazia aqui depois de tomar aquela surra?. Segurei o rosto de Beau que estava semi acordado. Não sabia o que eles tinham usado, mas tenho certeza que foi muito mais que heroína.

- Bear vamos lá pra cima. - Disse dando tapinhas em seu rosto. - Vem, vamos.

- O Chris vai estar lá?. - Disse manhoso.

- Sim ele vai. - Menti. Ele se apoiou em meu ombro e subimos as escadas até seu quarto. O coloquei na cama e logo ele dormiu. Dei um beijo em sua testa e fui beber.

Mesmo o barulho sendo infernal eu estava me divertindo, ainda não tinha esquecido meu plano e comecei a coloca - lo em prática, bebi. Bebi muito, estava mais chapada que o necessário. Então fui até Kellin e Vic que estavam sentados no sofá e me joguei sobre o colo dos dois.

- Está bêbada?. - Quinn perguntou.

- Você tem dúvidas ainda?. - Disse Vic.

- Amo vocês dois. - Disse. - Vocês dois estão chapados?

- Não, não vamos beber hoje. - Kellin disse.

- Então vou dizer umas coisas pra vocês. - Ri. - Kellin para de ser uma bixa estúpida e ficar desprezando quem te ama o Victor é o único daqui que faria por você mais do que faria por si. Ele não pensa nele quando você chama para uma foda, ele pensa em você, então para de pensar que ele precisa apenas de sexo e de carinho a ele. Ele não é uma vadia como você o faz parecer e nem um brinquedo que você usa e joga fora, ele te ama e merece respeito. - Minha voz estava arrastada. Eu podia estar bêbada, mas sabia o que estava falando. Quinn me olhava boquiaberto. - E Victor para de ser idiota e deixar que ele te trate feito uma prostituta, eu sei que você o ama, mas você não merece isso, dê amor ao Kellin apenas quando ele começar a retribuir. Sexo não é amor é só sexo. - Vi uma lágrima correr pelo rosto de Vic e a limpei. - Não chore, vocês dois vão dar certo, o Kellin só precisa entender que te magoa e que a vida dele sem você é um pedaço de nada. Amo vocês. - Dei um beijo na testa de cada um e me levantei.

Não vi Chris a festa toda. Até Elizabeth estava lá, provavelmente ele não queria estar em uma festa com o Beau.

Fui em direção ao meu carro e dirigi até a casa de Chris, deixei a carta na caixinha de correspondências e fui embora. Acelerei muito o carro, ultrapassei faróis e desrespeitei qualquer tipo de sinalização, eu ria, estava louca e queria aquilo, era hora do grande show. Acelerei

Senti um impacto e meu rosto se chocar contra o volante. Era aquilo que eu queria, bati o carro em um outro fazendo o mesmo capotar, era ali, a hora da minha morte. Meus olhos pesaram e por fim se fecharam, e é com toda alegria do mundo que Ashley Costello vai partir para um lugar melhor



[...]




Notas Finais


Não me matem pfvr ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...