História The Lament of the Hero - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Comedia, Drama, Escolar, Festa, Novela, Romance
Exibições 4
Palavras 328
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Desfrutem à vontade de minha vida pessoal :v

Capítulo 1 - Prefácio


Desde que nasci, tive uma vida boa e aconchegante, tive uma mãe muito presente e amável e pai trabalhador que sempre se esforçava para dar do bom e do melhor para mim. De poucas lembranças que tenho daquela época, todas são ótimas, tive o que muita criança desejou ou deseja na infância, diversos brinquedos, comida à vontade e principalmente muito amor.

Com o passar do tempo nasceu minha irmã, quando pequeno eu costumava a dizer que ela era meu presente de aniversário, já que ela acabou nascendo na mesma semana do mesmo. Foi uma felicidade a mais para a família toda.

Mais anos se passam e as coisas começam a sair dos trilhos, minha mãe acaba se adoecendo, eu era jovem, mas pelo que entendi ouvindo pelas paredes ela possuía vários problemas na coluna e precisaria fazer uma cirurgia de grande risco na coluna. Esse problema se estendeu por longos cinco anos, remédios fortes, convulsões, cirurgias por bimestre, médicos mercenários e muitas lágrimas. Mesmo com tudo isso meu pai se manteve forte e fiel ao lado dela, noites em claro e dias sem comer, um amor verdadeiro. Até que o inevitável acontece, o falecimento dela foi um tiro certeiro em minha testa, na época eu achava que a vida era ir para o colégio, dar boas risadas e passar a tarde jogando no computador, eu era um garoto inocente para meus 16 anos, quem dera se hoje fosse tão fácil e tranquilo quanto era antigamente.

Meu pai sempre foi um homem trabalhador e dedicado, para mim ele era meu herói (costumava a comparar ele com o Sr. Incrível do filme The Incredibles), mas fui conhecer ele de verdade depois do falecimento de minha mãe. Ele ficando mais em casa, nossos laços se reforçaram, parecia que ele estava tapando aquele meu buraco no peito, eu tinha um melhor amigo. Porém isso só durou um ano, por culpa do novo casamento dele.

Hoje ele não me considera mais como filho.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...