História The Last Chance - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias The GazettE
Personagens Aoi, Kai, Reita, Ruki, Uruha
Tags Aoiha, Reituki
Exibições 14
Palavras 675
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Notas finais, por favor.

Capítulo 9 - The Last Hug


Fanfic / Fanfiction The Last Chance - Capítulo 9 - The Last Hug

Após o ocorrido da aparição da tal sombra eu tomei um banho e fui dormir.

"Era um lugar totalmente branco, eu estava vestindo roupas brancas dos pés a cabeça. Eu não sabia para onde ir, afinal aquele lugar parecia não ter começo e nem fim. Decidi caminhar em linha reta, onde árvores com folhas de cores vibrantes começaram a surgir. Enquanto caminhava avistei uma silhueta que me parecia familiar sentada em baixo de uma dessas árvores lendo um livro. Me aproximei e arregalei cada vez mais os meus olhos.

Logo a pessoa que estava ali começou a se espreguiçar e a bocejar, parecia que iria dormir ali mesmo.

-RUKI!-Acabei por gritar. O mesmo me olhou confuso mas logo um sorriso enorme surgiu em seu rosto.

Logo comecei a correr em sua direção e ele na minha, quando nos aproximamos Ruki pulou no meu colo, me abraçando apertado me obrigando a devolver o abraço mais apertado.

-Você demorou...-Sussurrou. Ambos permanecíamos de olhos fechados para aproveitar o momento.

-Eu sei, mas eu voltei e nada irá nos separar.-Ruki virou o rosto para me olhar e sorriu novamente.

-Koishiteru.

-Koishiteru.-E quando nossos lábios estavam perto de se juntarem o corpo de Ruki some de meus braços me deixando confuso e sozinho naquele lugar branco, agora sem as árvores.

-Ruki, cadê você?!-Comecei a ficar desesperado e a chamá-lo repetidamente.

-Nós nunca iremos nos separar...-Sua voz dizia ao longe.

-Para onde você foi?!

-Eu te amo...

-RUKI!

-Não falta muito para ficarmos juntos novamente..."

Acordei desesperado, pegando o telefone para ver que horas eram, vendo que eram 3:15 da manhã. Me sentei na cama e passei a mão por meu cabelo, pensando em tudo o que eu sonhei.

Aonde eu estava?

Por que estávamos de branco?

Por que Ruki disse que não falta muito para ficarmos juntos novamente? Será que...

Mexi no celular novamente para ver se tinha alguma ligação perdida ou mensagem que me enviaram e acabei acertando em cheio, pois haviam duas chamadas perdidas e quatro mensagens de Kouyou.

"Ruki sabe que você não está bem.

Ele quer morrer logo, me ajuda a tirar isso da cabeça dele!

Akira, atende as ligações!

RUKI PIOROU AINDA MAIS!"

Eu dormi tanto assim a ponto de não ouvir tanto as ligações quanto as mensagens?

Me levantei apressadamente e corri para me vestir, mas quando estava no closet para pegar uma roupa qualquer uma silhueta que me era familiar, vestida totalmente de branca, passou por mim. Paralisei mas me toquei que tinha que correr e peguei a roupa. Estava me arrumando tranquilamente quando olho para o espelho rapidamente sem querer e me deparo com um Takanori parado no batente da porta do closet me observando atentamente.

-Ruki?!-Exclamei e me virei de supetão, mas assim que me virei não havia mais nada ali.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

-Como ele está, Kou?-Perguntei assim que cheguei no quarto de Takanori e avistei Uruha.

-Reita, ele ficou quieto do nada. Não falava mais nada, não reagia e os batimentos estavam quase parando.-Ele dizia enquanto chorava e soluçava alto. Me aproximei dele e o abracei.

Nos separamos e cheguei perto de Ruki, vendo sua cor pálida demais, parecia que estava morto. Passei minha mão pelo seu rosto, sentindo a frieza de sua pele.

-Kou, algum médico já veio aqui?-Não parecia, mas estava completamente desesperado.

-Sim, acabou de sair um daqui.

-E o que ele disse?

-Tirando a parte de ele estar pior, ele disse que temos que manter a temperatura do corpo dele, pois a todo momento ele fica frio, parecendo morto. Não quero pensar nisso...

-Pega mais cobertores, então, ele está congelado!

-Claro!-Ele saiu correndo do quarto em busca dos cobertores enquanto eu fiquei ali com ele. Retirei minha jaqueta e coloquei sobre ele , na tentativa de aquecê-lo, mas eu sabia que não iria dar certo, então puxei a poltrona para perto da cama e o abracei forte.

-Esse corpo não aguentava mais. Eu estou bem.-Sussurraram bem próximo a mim.

Levantei a cabeça e fiquei olhando por todo o quarto, não vendo nada e muito menos ninguém ali.


Notas Finais


Eu não atualizei esta fanfic antes porque eu estava em semana de provas e estudei muito para não tirar notas ruins neste último bimestre. Estudo em ETEC, ou seja, uma atividade que você deixa de fazer já uma nota perdida. É muito puxado porque eu estudo o dia inteiro, literalmente. Fora a semana de prova, ocorreu a Feira Tecnológica, onde a minha sala teve que organizar tudo, determinar os espaços que cada sala iria precisar, ajudar a montar a recepção e assessorar os professores.
Me desculpem e espero que entendam.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...