História The last flower garden - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, NCT 127, NCT Dream, NCT U, Red Velvet
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, Chenle, D.O, Doyoung, Haechan, Hansol, Irene, Jaehyun, Jaemin, Jeno, Jisung, Johnny, Joy, Kai, Kris Wu, Kun, Lay, Lu Han, Mark, Personagens Originais, RenJun, Sehun, Seulgi, Suho, Taeil, Taeyong, Tao, Ten, Wendy, Winwin, Xiumin, Yeri, Yuta
Tags Exo, Hentai, Nct 127, Nct Dream, Nct U, Red Velvet, Romance
Exibições 51
Palavras 961
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoas.Espero que gostem e comentem bem muito mina fanfic.Bjus de purpurina.

Capítulo 1 - Capítulo I


E lá estava a garota sentada calçando os seus sapatos.
Ela colocou algumas coisas dentro da sua bolsa e correu indo procurar o celular que antes ela havia deixado em cima da mesa de jantar.
-...3 ligações.-Ela falou pegando o celular e vendo as ligações da Jimin uma enfermeira que cuidava da Sun Sook,sua irmã.
Ela retornou à ligação e esperou alguém atender.
-Alô?-A menina falou subindo as escadas.
-...Hye Hwa?
-Sim?-Falou parando na porta e esperando a moça falar.
-Seu pai está?-Jimin perguntou e eu apenas disse um "não".-Eu acho melhor você vir aqui.
-Wae?-Hye Hwa Perguntou confusa esperando a resposta da enfermeira.
-Sua mãe está aqui.
-O QUÊ???-A garota falou pegando que bolsa e correndo para fora de casa.
9:00 pm - aeroporto de seul
-Garotos...-O homem falou chamando a atenção dos meninos que carregavam as malas cansados.-Nós iremos dormir num hotel aqui perto.
-Pensei que nós iríamos ficar na sua casa.-Um garoto falou coçando a nuca e logo depois bocejando.
-Sim, nós vamos.Mas vocês precisam dormir um pouco.Amanhã nós vamos.Okay, Xiumin?-O homem falou fazendo Xiumin assenti.
9:53 pm - Hospital Universidade Nacional de Seul.
-Quem deixou ela entrar?-A garota perguntou para as enfermeiras que cuidavam da sua irmã.
-Ela entrou sem permissão.Disse que não se importava e que Sun Sook precisava dela.-Jimin falou saindo de uma sala e caminhando junto à Hwa Hye.
-Eu duvido que ela tenha vindo só pra ver minha irmã.-Hye falou só pra ela e parou em frente à porta vendo sua mãe brincando com Sook.
- Kom sae mariga han jibae isseo
Apagom, eomagom, agigom
Apagomeun dungdunghae
Eomagomeun nalshinae
Agigomeun neomu giyeowa
Euseuk! Euseuk! Chalhanda- Sun Sook e a mãe de Hwa brincavam alegremente sorrindo.
-Omma...Hwa Hye chegou.-Sun Sook falou apontando para a porta onde estava sua irmã mais velha.
Hye Hwa queria chorar e ao mesmo tempo dar um sermão na sua mãe.Ela queria que tudo isso acabasse e que ela pudesse ter uma vida normal sem ter que se preocupar com o que os outros pensavam ou sem ter que ligar para a sua mãe e seu pai que sempre estavam fora.
-A omma vai conversar com a unnie.-Park Sun Ah (a mãe de Park Hwa Hye) falou pra pequena que sorriu achando que sua mãe havia voltado pra ficar,mas era apenas um pequeno trabalho.-Jimin olhe a Sook pra mim.-A mulher falou fazendo à garota assenti.
A mulher fechou a porta atrás de si e viu a garota que mantinha o ódio nos olhos.
-Filha...-A mulher sorriu e Hwa percebeu que aquilo era apenas um teatrinho inútil que sua mãe sempre costumava fazer.
-Você não tem direito de me chamar de "filha".-Hwa Hye não demonstrava o ódio só no olhar, ela também demonstrava no tom da voz.
-Eu sei como você se sente.-Sun Ah falou fazendo à menina bufar.
-Se sabe como eu me sinto,então porque voltou?-A garota falou quase com lágrimas nos olhos.-Você com certeza veio pra trabalhar e quando você voltar pro Japão?O que acha que vai acontecer?Sun Sook nunca mais irá lhe perdoar.Ela irá pensar do mesmo jeito que eu.Ela irá chorar nos meus braços quando você for embora.E depois irá pensar em como os pais dela são tão...Terríveis.-A garota falou aumentando o tom de voz fazendo a mulher olhar pra baixo para os próprios pés.
-Eu trouxe isso pra você.-A mulher falou tirando de dentro do bolso uma coisa que estava enrolada num papel qualquer.
-O que é isso?-Hwa Hye falou olhando a coisa nas mãos da mãe.
-Pegue.-A mulher entregou o embrulho pra garota que pegou com desgosto.-Abra,por favor.-A mulher falou com os olhos lacrimejados.Hwa Hye sabia que aquilo fazia parte do teatro da sua mãe e tudo que ela queria era poder sair dali e esquecer tudo.
-Eu não irei abrir.Sabe o que eu vou fazer?-A garota falou pegando o presente e jogando o mesmo no lixo.
Ela olhou pra mãe e disse logo depois.
-Eu nunca confiei em você.Nunca vou confiar em você.Se acha que fazendo Sook ir pro seu lado irá resolver o meu caso está errada.-A garota falou pra mãe que mantinha a cabeça abaixada e com certeza lágrimas nos olhos.-Sook irá perceber que você é uma mulher sem coração.E se você fizer algo com Sook,eu juro que arranco o pequeno coração que ainda você tem.-A garota falou falou indo até as escadas.A menina desceu as escadas até chegar em alguns degraus se sentando em seguida.
-EU TE ODEIO.-A menina gritou deixando lágrimas descerem dos seus olhos e ela logo se lembrou do que havia acontecido com Sook antes dela vir pro hospital.
Flashback on
Era um domingo,o sol batia no rosto da garota que estava esperando o ônibus parar no parque para que a sua irmã pudesse brincar.
O ônibus logo parou fazendo a garotinha -Sun Sook- sair correndo até chegar ao seu lugar favorito do parque.
-Sook tem cuidado.-Hwa falou pra menina que assentiu.
Sook se sentou num banco e pegou o celular procurando o nome "Park Sun Ah" no Google.
-..Socorro.-Hwa olhou pra pista vendo um carro parado e quando olhou pra baixo viu sua irmã jogada no chão com sangue por todo corpo até no ursinho que estava segurando.
-Park Sun Sook.-A menina falou correndo até a pequena que se mantinha inconsciente.
21:27 AM - Four Seasons Hotel Seoul
-Todos os garotos do exo já estão dormindo.-Kang Dong Hoon falou com alguém no telefone.
-Ele é muito legal.-No outro quarto Baekhyun,Chanyeol,Sehun e Kai estavam acordados.
Os meninos estavam jogando no video game,por enquanto que Kai olhava a janela do grande quarto.
-Você tá bem?-Baekhyun falou olhando para o garoto que não tirava os olhos do céu que tinha várias estrelas.
-Sim.Só quero saber onde a gente vai ficar depois disso.-Kai falou olhando para Baekhyun que assentiu um pouco pensativo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...