História The Last Guardian: A Lenda - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Last Guardian
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Aventura, Fanficc, Jogo, Thelastguardia, Trico
Visualizações 7
Palavras 456
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Sem revisão

Capítulo 4 - Capítulo Quatro


A ave ainda estava inconsciente quando regurgitou uma criança de seu interior, por algum motivo ela não havia sido dissolvida que nem as outras, pelo contrário, saiu do mesmo modo que entrou. Alguns instantes depois o garoto abre os olhos e se depara com o breu das profundezas, a princípio ele se perguntava como foi parar alí, mas se lembra que foi sequestrado pelas feras voadoras. Ele começa se ergue a caminhar, ainda meio confuso e desorientado, não havia nada naquele lugar que lhe mostrasse a saída. De repente ele tropeça em algo e cai por cima do que parecia ser um tapete de penas, ele se toca do que se tratava.

-Aí não!-Grita se afastando rapidamente dalí.

A criatura se mexe bruscamente batendo a calda contra o rosto de Teruko. Ela percebe que há alguém alí e se levanta. O garoto fica em pé e começa a correr, sem ligar para onde estava indo, ele ouvia apenas sua própria respiração ofegante e um bater de asas atrás dele.

-Me deixa em paz!-Implora para a fera, que chegava cada vez mais perto. Teruko tropeça em um pedaço de rocha.

A ave finalmente havia o alcançado, e por mais que ele tivesse pensado, ela não atacou, ficou observando-o com seus grandes olhos rosas cintilantes, que iluminaram uma grande parte do local. Teruko não estava entendendo,  ele queria entender, como um monstro daquele pode ter poupado sua vida? De fato, tem coisas no mundo que não merecem ser julgadas antes de se conhecer.

Ele se levanta do chão, e com valentia, leva sua mão até o focinho da ave, e a acaricia. Ela chega mais perto aproveitando seu carinho, se Teruko não estivesse testemunhando ele não acreditaria.

"Como é possível?" Ele pensava, "Uma criatura como essa ser tão hostil e parecer tão indefesa?" Completou. Ela ainda aproveitava seu carinho, chegando a deitar-se e fechar os olhos, tudo fica escuro.

-Ei! Você pode abrir os olhos de novo? Ta meio escuro aqui-Diz balançando a ave para que acordasse. Demora mais ela abre os olhos.

Teruko pensa em uma maneira de aproveitar o brilho dos olhos da fera para achar uma saída, até que lhe vem o pensamento de montar nela e tentar convece-la a seguir em frente. O garoto começa a escalar a criatura aos poucos, tentando ao máximo não deixa-la nervosa, e antes que pudesse sentar em cima dela, a mesma começa a voar, ainda com Teruko agarrado nas suas penas. Eles finalmente haviam saído da parte escura das ruínas, mas agora havia outro dilema a ser resolvido, onde iriam pousar, Teruko entra em desespero ao ver que a ave estava começando a cair.

Por um milagre a fera se prende contra um pilar(Templo), e com uma certa dificuldade, sobe e entra nesse lugar. Teruko respira aliviado.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...