História The Last-NaruSaku - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Kibahina, Narusaku, Sasukarin
Exibições 204
Palavras 1.414
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Fantasia, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Sem sono kkkk

Capítulo 19 - Capítulo XVIII


  Naruto Uzumaki é um herói, não,ele não usa capa ou usa cueca por cima da calça, Naruto é um herói ninja,o herói que salvou o mundo ao lado de Sasuke Uchiha,Sakura Haruno e Kakashi Hatake. Mas é claro que ele era diferente dos outros três,seu sorriso radiante e seu espírito espalhafatoso faziam com que todos se prontificassem a segui lo, era linda a forma como ele conseguia criar aliados fiéis.

Naruto parecia menos animado que de costume aquele dia,era natal. Estreitou os olhos e procurou a linha que havia parado.

"...As mensagens secretas devem ser enviadas por aves e a mensagem deve ser selada com um se..."

 Bateu os punhos na mesa,como poderia aprender sobre selos,sendo que seus pensamentos estavam indo de encontro a garota de cabelos róseos? E naquele momento Naruto se odiou por ama lá, como ele poderia viver daquela forma?Sakura não o amava,era uma mentira, aquelas palavras missão,ela mentiu pra ele, se o amasse se lembraria dele.

-Parece perturbado!- ele olhou para porta e a encontrou e de repente o loiro se transformou em um ponto de calmaria e suavidade, seu sorriso se abriu sem sua permissão e quando se deu por si já a encarava com as vãs expectativas dela ter se lembrado de alguma coisa. Ela correspondeu o sorriso dele e se aproximou da mesa que ele estava.-"Mensagens e pergaminhos"- ela leu o título do livro que minutos antes ele tentava se concentrar.-Não acha que merece uma folga hoje?

-...sei lá... não tenho pra onde ir mesmo!- cruzou os braços e tentou parecer que não ligava. Mas a rosada sabia que ele ligava,ela sabia que quando ele desviava o olhar e fazia bico aquilo não poderia significar outra coisa,ele ligava,estava triste por estar sozinho de novo.

-Não tem aonde ir?- e ele olhou pra ela com interesse.-Que tal passar o natal com os Haruno?

-Uh, quer que eu conheça seus pais?Estamos ficando realmente sérios!- e ela socou sua cabeça pela ousadia que ele teve. Naruto riu e pediu gesticulando que ninja médica se acalmasse.-Eu vou!

-Otimo , as 21h não se atrase ,bobão!

-Estava no hospital?- perguntou quando notou a roupa que ela usava,um vestido vermelho com o símbolo dos Haruno e um jaleco branco que de uma forma amena a deixava sensual. 

-Tsunade-sama deixou que eu fizesse algumas consultas,mas nada que exija muito,ela diz que eu não devo me esforçar que a queda pode ter deixado seqüelas!... Então ...- ela sentou na ponta da mesa e folheou  um livro que estava sobre a mesa.-Pronto para see Hokage?

-Eu nasci pronto,Ttebayo!

-Suas notas da academia dizem o contrário!- ela riu e ele fez uma careta,mas logo os dois dividiam um risada , começaram a comentar dos títulos que enfeitavam a enorme mesa de carvalho .

Naruto se levantou e foi até uma pilha de pergaminhos que enfeitou o lugar,tirou algo de lá de trás e mostrou pra ela. Ela fez uma careta repreeensora mas depois riu.

-Presente de treinamento que o Kakashi-sensei me deu!- falou apontando para o livrinho laranja que continha um garoto correndo atrás de uma garota.

-Pevertido!- os dois praguejaram se recordando do líder do time 7,e de repente o rosto dela ficou triste e Naruto parou de rir ao perceber isso.

-...Sasuke mandou notícias a você?

Claro que Sasuke era inconstante,mas quem diria que depois da confusão com Naruto ele fosse embora sem avisar ninguém,as obras no distrito pararam com os trabalhadores se recusando a trabalhar sem ter certeza se o Uchiha iria voltar.

 Naruto negou com a cabeça.

-Ele...

-Não quero falar do Sasuke!- advertiu Naruto com seriedade .

-Posso saber por que?

-Por que não quero!

-Por que não quer!

-Não é da sua conta!-e ela ficou furiosa,puxou o Uzumaki pelo colarinho e quis mata lo de forma torturante .-Por que não admite logo...-o loiro não parecia não ter nenhum pouco de medo da aura maligna que preenchia o ambiente.

-Admitir o quê?-perguntou entre dentes.

-ELE NÃO FAZ TANTA FALTA ASSIM!- e ela o jogou no chão o olhando como se ele fosse alguém totalmentr diferente.-O que foi?- agora os papéis haviam trocado.

-Eu o amo, é claro que faz!

-VOCÊ TEM A MIM,NAO PRECISA DELE!- Sakura mordiscou os labios e olhou para baixo enquanto Naruto se aproximava dela. Sentiu a respiração dele em sua cabeça mas não ousou levantar os olhos,ele pegou na mão dela e entrelaçou os dedos,uma quentura a preencheu.

-O que está fazendo...?-ela olhou pra ele.

 E o coração acelerou,as mãos suaram,o olhar tremeu...Naruto Uzumaki a beijara sem prévio aviso .  Com a mão de Hashirama ele apertou o ombro dela ,tão forte que poderiam ficar marcas, ele tinha medo que ela escapasse,tinha medo que só os dedos entrelaçados não a impedissem de fugir. Ela permaneceu imóvel tentando assimilar o que acontecia com o sentimento de familiaridade que a preenchia lentamente,os olhos se fecharam e ela levou uma das mãos ao pescoço dele, a mão alisou o pescoço e apalpou o peito e por baixo da camisa ela sentiu o coração dele pulsar rápido.

"Uma vez eu me disfarçei de Sasuke para te beijar"

E ela arregalou os olhos com o flash de memória, as pequenas mãos mortais se apressaram em empurra lo para longe, passou a mão pelos cabelos tentando descobrir o que acontecia ,estava ofegante como se tivesse acabado de correr uma maratona.

-Sakura-chan...- e por impulso a mão foi a seu rosto em forma de tapa,ela tapou a boca depois de tal ato e o olhou assustada.

-Perdao...Naruto...eu...perdao...-lagrimas invadiram seus olhos,ela não estava entendo,ele não entendia, o tapa em seu rosto ardia e seus olhos também ardiam por causa das lágrimas que queriam chegar.-O que está havendo?O que...-as memórias passavam aceleradas,ela olhava para os lados e puxava os cabelos.-Naruto...não...

-Sakura-chan!- ele agarrou os ombros da garota para tentar faze lá voltar a consciência, ela o empurrou e saiu correndo, a sala ficou vaiza, Naruto ficou vazio.

(...)

Mebuki aconselhou que a filha descansasse no quarto enquanto ela e as irmãs acabav de preparar o jantar de natal,Kizashi levou os sobrinhos para brincar do lado de fora e Sakura Haruno podia ouvir as risadas contagiante das criancas. Mas sua mente vagava em memórias de certa missão que havia acontecido semanas antes , as memórias estavam embaraçadas,mas uma delas ela se lembrava claramente, Naruto a beijou na tal missão e isso ela podia afirmar com certeza por que ela levava de vez enquando os dedos aos labios e se lembrava de um gosto doce viciante.

Mebuki bateu na porta avisando que ela poderia descer,ela desceu as escadas e foi recebida por abraços e felicitações,alguns parentes rosados perguntavam se ela ainda se lembravam deles e depois riam e Sakura pode confirmar que a família toda gostava de contar piadas sem graça como seu pai. Procurou na multidão de cabelos rosados algum loiro,nao o encontrou. Era óbvio que ele não vinha, depois daquele tapa e de seu momento de loucura, seria sorte se ele ainda lhe quissesse dirigir algum xingamento,mas ela precisava conversar com ele,precisava saber o que acontecerá naquela viagem e com esse pensamento ela foi em direção a porta com seu casaco .

-Aonde vai?- perguntou Makoto que era irmão mais velho de Kizashi.

-Estou indo buscar um amigo!

-Amigo é?-Miuki que era casada com Makoto a olhou de forma malisiosa.

-Ela disse que ia trazer o Grande Naruto pra cá!- Mebuki gritou com orgulho e todos os Harunos comemoravam.

 Sakura saiu da casa e se expremeu em meio ao tecido grosso para se esquentar,as ruas estavam vazias, mas ela podia ouvir o barulho de comemoração das famílias dentro das casas. Procurou Naruto no pequeno apartamento,na academia ninja e até no monte Hokage,nada dele pensou que talvez ele tivesse deixado a vila tal como Sasuke e seu coração tremeu. Passou em frente à uma praça e ao longe viu uma sobra sentada no balanço,a sombra era grande demais e ela poderia dizer que quebraria o balanço infantil, se aproximou com o coração na mão e o viu com olhar perdido.

-Eu disse para não se atrasar!- sua voz não saiu nem um pouco confiante e ela se condenou por isso.-Já é quase meia noite!- os olhos dele estavam baixos e tristes, ele olhou de novo para o chão,Sakura se ajoelhou na neve e pegou nas mãos dele.-Eu não sei o que aconteceu na missão...mas,Naruto...-ele olhou nos olhos dela.-Naruto,eu quero saber!-suas voz saiu suplicante,como se sua vida dependesse da informação que o Uzumaki daria.

-Suas testa é tão linda e charmosa que tenho vontade de beija lá!- ele murmurou e depositou um beijo na testa dela,os labios estavam gelados por conta do frio mas ele queria que ela pudesse sentir por aquele simples toque o quanto ele a amava.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...