História The Last (Os últimos) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Legião dos Super-Heróis, Supergirl
Personagens Alex Danvers, James "Jimmy" Olsen, Kara Zor-El (Supergirl), Mon-El / Valor, Winslow "Winn" Schott Jr.
Tags Kara, Mon-el
Exibições 92
Palavras 1.072
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Fantasia, Ficção Científica, Luta, Romance e Novela, Super Power
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Nova fanfic aqui na minha conta, dessa vez é sobre a Kara e o Mon-el

Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction The Last (Os últimos) - Capítulo 1 - Capítulo 1

Pov. Narradora

Mon: Como é os costumes aqui da terra?

Winn: Como?

Mon: É sobre relacionamentos, no meu planeta temos casamentos arranjados – Disse olhando para Kara que estava a poucos metros de distância falando com a irmã Alex – Como é aqui?

Winn: Bom... você tem que marca um encontro

James: E por que você está perguntando isso?

Mon: Nada... Só querendo aprender sobre os costumes da terra – Kara está rindo de alguém que Alex disse, Mon-El ao olhar se derrete e ele se pergunta como apenas um sorriso ele pode se derreter aos seus pés

Todos assistiram um filme (Star Wars) e em meio a efeitos especiais e a batalhas de naves vinham perguntas de Mon tipo “É assim que eles veem o espaço? ” E respostas baixas e tímidas de Kara “Sim... Não tem nada a haver” Provocando sorrisos da parte dele, quanto estava quase no final

James: Gente sinto muito mais eu tenho que ir dormir, amanhã tenho uma importante reunião, com licença – Ele se levanta do sofá e vai até a porta

O fim já estava nos pós créditos

Alex: Eu também já vou

Kara: Boa noite

Alex: Boa noite – Winn com um pulo acorda do sofá

Winn: Posso pegar carona?

Alex: Pode – Eles vão embora

Kara: Bom ficamos só eu e você ao que parece – Ele sorri deixando um rubor no rosto dela – Como estava perna?

Mon: Ainda dói um pouco...

Kara: Vou pegar gelo então

Mon: Obrigado – Kara que estava sentada no lado dele se levanta e vai até a geladeira e pega gelo, e senta de novo no sofá

Kara: Posso colocar? – Ele acena com a cabeça, ela delicadamente põe a bolsa de gelo na sua perna, isso não se sabe se foi o gelo um a proximidade dos dois no sofá que os causara arrepios – Desculpa...

Mon: Pelo que?

Kara: Foi minha culpa você ter levado um tiro, se não...

Mon: Foi você quem me raptou? – Ele diz olhando nos seus olhos profundamente

Kara: Não...

Mon: Então não foi culpa sua – Agora ele estava segurando o pulso de Kara, a mão que estava colocando gelo – Eu não me arrependo de ter sido sequestrado

Kara: Por que? – Ela o olhava como se ele fosse louco em ter gostado de ser raptado

Mon: Porque nesse tempo que estive sozinha eu refleti o que estava fazendo na terra, descobri que nada, eu percebi que mesmo com super velocidade, super força ou o poder de voar não me fazem imortal, e que a vida é curta, eu tenho que aproveitar. Também percebi que não estava sozinha, descobri que tem uma garota que eu gosto muito, e que ainda não fiz nada – Essa última parte seria como uma faca de kriptonita passando pelo seu corpo

Kara: Entendo...  – Ela diz eu um tom bem desanimado, ao que Mon-El percebeu, e soltou um sorriso de canto – O que é engraçado

Mon: Você – Kara fazia cara de incrédula e intrigada

Kara: Por que?

Mon: Kara você tem super força, super velocidade, visão de calor, você voa e é aprova de balas, mas não tem super-visão, você é cega

Kara: Pera você não está falando coisa com coisa

Mon: O que eu estou tentando disser é que tem uma coisa na sua frente, bem debaixo do seu nariz e você não enxerga

Kara: Eu...?

Ele a interrompe com um beijo, Kara foi pega de surpresa, se que não parara de pensar nisso desde de o dia que foram resgatados, primeiro ela parece que congelou, mas depois o beijo foi correspondido, um beijo calmo que aos poucos foi se tornando mais intenso, eles deslizaram no sofá, ele começou a desabotoar a camisa quando a campainha toca, Kara se levanta em um pulo e vai até a porta ajeitando o cabelo e tentando se manter calma, mas seu coração estava preste a parar

Kara: Oi!

Alex: Oi... aconteceu alguma coisa? – Disse em seu o olhar de “Eu sei que está escondendo algo”

Kara: Nada, por que?

Alex: O botão da sua camisa está aberto... – Ela olha para dentro do apartamento de Kara, Mon El está sentado olhando para ela – Kara...

Kara: Hum?

Alex: Emergência da DOE... ou sua emergência e mais importante? – Kara corou em um tom escarlate

Kara: Não, já estou indo – Ela pega a chave e vai ao DOE junto com Alex

Hank: Por que demoram tanto? – Estavam meia hora atrasadas

Kara: E...bem...

Alex: Foi o transito, estava horrível hoje

Kara: Isso

Hank: Outro ataque de um alienígena que quer dominar o mundo, Winn

Winn: Cheguei, ao que parece suas armas são bem básicas, você acaba com ele... – Kara voa para o encontro do alien – rapidinho – Disse em cara de pessoa que acaba de levar um vácuo

Pov. Kara

Estava voando em direção ao alienígena que queria dominar o mundo, por que todos querem dominar o mundo, deixem o mundo em paz. Pouso perto do cais da cidade e lá estava ele, um uma arma de frio

Kara: Renda-se ou vai ser pior

- Eu não vou me render aos humanos e a sua alien de estimação, o mundo cairá aos meus pés

Kara: Com isso?

- Com eles – Ele leva os dedos a boca e assobia, uns 30 da mesma espécie dele me cercam – Acabem com ela! – Todos partem para cima de mim, eu tento me soltar mais eu estou pressa em algo no chão, espera, eles estão segurando minha perna

Kara: Me soltem!

- Nem em sonho, pegamos a protetora da terra, foi fácil – Nesse momento o guardião chega e bate em alguns

Kara: Valeu!

Guardião: Me agradeça quando saímos daqui vivos – Mais e mais vinham, eles se partiam em 2 e viravam um novo alien

Kara: Só pode está de brincadeira – Um vulto que vejo pelo canto do olho, e lá estava ele

Pov. Narradora

Kara: Mon-El – Ele estava derrubando alguns que estavam o cercando

Mon: A Alex me disse que você estava com problema, e parece que ela acertou

Kara usa sua visão de calor em alguns ao seu redor, Guardião bate em vários e assim que terminam eles voltam para DOE sem o Guardião

Alex: Essa foi por pouco

Kara: Winn o que era aquilo?

Winn: Uma espécie que alien que se divide em dois e em quatro e vai até o infinito

Mon: Kara...!

Kara: Hum

Mon: Você já vai ou vai ficar aqui? – Disse em tom quase normal

Kara: Eu não sei

Mon: É que precisamos conversar


Notas Finais


O que vocês acharam? Como não achei nenhuma fanfic sobre eles dois eu criei a minha propia


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...