História The Last Ray of Light - Capítulo 4


Escrita por: ~ e ~WtvGranger

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Argo Filch, Arthur Weasley, Astoria Greengrass, Blásio Zabini, Carlinhos Weasley, Cho Chang, Córmaco Mclaggen, Daphne Greengrass, Dino Thomas, Draco Malfoy, Gina Weasley, Gui Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Kingsley Shacklebolt, Lilá Brown, Lucius Malfoy, Luna Lovegood, Merlin, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Olívio Wood, Pansy Parkinson, Poppy Pomfrey (Madame Pomfrey), Rabastan Lestrange, Rita Skeeter, Ronald Weasley, Salazar Slytherin, Theodore Nott
Tags Bluna, Dramione, Gitt, Hansy
Visualizações 111
Palavras 2.134
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa noite adoraveis!
Daqui fala uma pessoa que tem muito sono... ESTOU A BRINCAR!

Bem pessoal... estou cansada... o teclado do meu computador não funciona, por isso tive de copiar este capitulo via telemóvel. Que ataque que eu tive.

Este foi um dos capítulos em que eu mais escrevi, para aí 3/4 do texto fui eu que escrevi. Bem, a criatividade também foi muita.


Gostei muito de escrever este capitulo, espero que gostem

E já agora... esta é para os fantasminhas: podem comentar sf quiserem, eu continuo sem morder... só se pedires

Obrigada, obrigada e obrigada a todos os comentários e favoritos! Mais de 10 favoritos, para mim é mais do que imaginava. Muito obrigada!

Beijos sabor a Draco Malfoy 😏💋💚💛❤

Capítulo 4 - Capítulo Três


P.O.V Hermione

Estou neste momento em casa, GRAÇAS A MERLIN! Mesmo só realizando uma só sessão, sempre me sinto cansada ao final do dia. Vou a caminhar para o meu quarto submersa em pensamentos.

 Comprei esta "casa" (mais para mansão pequena) quando completei o meu primeiro trabalho de modelo. A casa tem um estilo moderno, com dois andares conectados por uma escada encostada na parede de cor cizento metálico e janelas enormes com vista panorâmica de toda a Londres. Sempre gostei desta casa, consegui-a com o meu trabalho árduo, com todo o suor e dinheiro que ganhei por mérito próprio, e esse é um motivo de grande orgulho. Os corredores em que passo agora são a prova disso. O estilo que sempre gostei... é a minha casa. É uma das coisas que é só minha, uma conquista pessoal.

O corredor em que me encontro é largo e estreito com detalhes prateados e dourados na parede branca. No fim do corredor encontra-se uma janela que cobre toda a parede, dando ao corredor um ar reluzente, vivo. Parece que todas as cores existentes neste corredor ficam mais vivas. Acho que sempre gostei de claridade.

《》《》《》《》《》《》

Vou em direção ao meu quarto neste momento, já que tenho de fazer exercício, vida de modelo não é fácil... Tenho de fazer todos os dias exercício, não que me incomode já que quando acabo o exercício me sinto realizada, cansada, mas realizada.

Começo a retirar a roupa peça por peça, mas primeiro deixo a minha varinha na mesa de cabeceira. Começo por tirar os saltos altos. Pelos Deuses! A sensação de tirar saltos depois de um grande dia e andar descalça pelo quarto é indescritível. Deixo a minha bolsa cinzenta no closet e volto para o quarto. Logo a seguir, retiro o vestido e o ponho para lavar. Ponho música e deixo-me levar pelo ritmo contagiante da mesma. Quando menos percebo, já estou a dançar em roupas íntimas. Ou como eu sempre digo: dar um show em roupas íntimas. Começo a rir com o pensamento, dançando ao mesmo tempo. Qualquer pessoa que visse isto, pensava que eu era louca... Mas não está aqui ninguém, por isso... que se foda!

Quando já estou cansada de dançar começo a vestir roupa atlética com ténis Adidas. A roupa atlética consiste em: leggins pretas com faixas brancas e douradas e um top curto e justo também branco e dourado (1). Acabo de calçar os Adidas  (2) e sinto que alguma coisa está errada. Não sei o que é que é, mas sinto que alguma coisa vai acontecer. Pego rapidamente a varinha da mesa de cabeceira e preparo-me para o que está por vir. Uma coisa que aprendi na vida foi que devo sempre confiar no meu instinto. Sempre o usei, mesmo na guerra, e nunca me enganei na vida. Ouço um som do andar de baixo e preparo a minha varinha. Sons de passos ecoam na minha casa, mesmo estando com música consigo ouvi-los. Escondo a varinha atrás das leggins, sempre gostei de ter cartas na manga. Pelos vistos as minhas aulas vão servir para mais alguma coisa. A música ainda toca, mas consigo ouvir perfeitamente os barulhos causados por estes indivíduos. Graças a Merlin, que consegui apurar a minha audição e reflexos nestas aulas. Ouço-os subir as escadas e seguro a minha varinha pelas costas e espero que os "intrusos" apareçam.

Depois de alguns segundos vejo um gato preto entrar no meu quarto. Fiquei perdida, confusa e com um certo alívio, mas mesmo assim ainda continha um pouco de desconfiança. Foi só pensar nisso que o gato se transformou num homem. Esse homem tinha uma postura alta e forte. Continha cabelos pretos e olhos azuis, de certo modo pareciam-me familiares, mas não me vinha ninguém à cabeça.

O homem olhou para mim e preparou a varinha, mas antes que ele conseguisse lançar um feitiço adiantei-me e ele caiu duro como uma tábua no chão. Que amor por Petrificus Totalus! Ele mirou a atenção em mim e lançou-me um olhar raivoso. 

Mas o que é que ele quer?!? Ele acha que eu vou entregar-me aos saltinhos e pulinhos? É que nem pensar... Abusado.

Guardei a minha varinha no mesmo sítio de antes e ajoalhei-me ao lado dele. Para expressar a minha calma naquele momento (N.A.: Nem digo nada *cofcof ironia *cofcof.) dei um murro bem dado na cara do desgraçado. 

Mas quem é que ele pensa que é? Estou indignada! Mas o que ele quer comigo? 

A raiva passou para curiosidade e quando estava prestes a retirar o feitiço para fazê-lo falar, sinto a presença de mais uma pessoa que se encontra atrás de mim. Graças a Merlin, pela minha audição! Quando a dita pessoa se aproxima faço-lhe uma rasteira e ela cai de rabo no chão. Viro-me para trás e salto para cima dele, para o imobilizar.

Mas o que está a acontecer porra?!

Olho para ele (sim, ele, até agora são só homens) com um olhar ameaçador. Até agora a música não parou, o que faz com que a luta pareça um musical. Até me ria do pensamento, se não fosse um momento inapropriado. Dou um murro na cara do homem e ele desmaia. Fracote... Levanto-me do chão e corro até à porta do meu quarto. 

Tenho de sair de casa rapidamente e ir ter com Harry.

Saio do meu quarto concentrada a ir embora de casa. Chego às escadas e desco-as rapidamente. Ao chegar ao fim das escadas apercebo-me que um homem encontra-se atrás de mim (a descer as escadas) e outro à minha frente.

Ok Hermione... concentra! Já fizeste isto nas aulas! Concentra... concentra!

Os dois vêm ter comigo rapidamente e quando ambos estão perto o suficiente de mim, faço um salto com o impulso que fiz nas costas do homem que se encontrava na minha frente. Seguro-me ao candelabro de ferro no teto e subo para o andar de cima. Não tenho escapatória...

Pensa rápido, Hermione!

Observo a janela que se encontra ao fim do corredor e uma ideia louca, mas necessária vem. Tenho de saltar pela janela para sair daqui. Ouço os feitiços que tentam, miseravelmente, me acertar e consigo esquivar-me de todos. Começo a correr rapidamente em direção à janela, para ganhar impulso. Quando estou perto o suficiente, dou mais um impulso e salto pela janela. O som de vidro a quebrar enche os meus ouvidos (e provavelmente o bairro, mas eu tinha de pôr um feitiço silenciador na casa. Inteligência a minha...) e vejo estilhaços por toda a parte. Aterro na relva recentemente cortada de uma maneira que não parta nenhum osso e pego na minha varinha. Retiro todos os ferimentos e cortes que os vidros provocaram com um simples feitiço e ajeito a roupa. Ainda se consegue ouvir a música de minha casa ecoar. 

Quando acabo de fazer os feitiços necessários levanto a cabeça e olho à minha volta. Estou cercada de homens.

Boa Hermione. Porque é que eles estão atrás de mim? Que sorte que tenho, não? Pelo menos estou com roupa desportiva.

Pego na minha varinha e fico na defensiva. 8 homens no total.

Já lutaste contra mais, Hermione! Respira...

Faço um feitiço não-verbal para me proteger e espero que me ataquem. Como eles nunca mais atacavam, guardei a minha varinha e ataquei o mais próximo a mim e assim começou a "luta" ( isto nem devia ser chamado de luta, 8 contra 1 é mais que injusto... para eles). Desacordei 4 com luta corporal básica, já que eles são uns franguinhos a lutar.

Para acabar com esta "palhaçada" tirei a varinha do sítio do costume (N.A.: Isto soa tão mal... não levem isto para o mau sentido) e apontei para os 4. Antes de ter alguma reação, já me tinham tirado a varinha.

Porra! Vou ter de provocá-los para conseguir sair desta.

- Bem! Acho que é um pouco injusto... uma rapariga contra quatro rapazes. E ainda por cima têm varinhad. Acho que nem homens são- Reparei nas caras rancorosas que fizeram. Ah! Resulta sempre!- Se fossem homens não usavam a varinha, mas sim a vossa suposta "força".

Logo no segundo a seguir eles atiraram as varinhas longe. Homens... Agora tenho um tempo para reparar nas pessoas que "tentam" raptar-me. O mais alto tem uma estatura média e possui cabelos negros como carvão e olhos castanho mel. A sua face era enrugada com um nariz enorme e torto. Deus! Porque é que os capangas dos mauzões são feios? Já o segundo e terceiro eram gémeos. Cabelos loiros como ouro reluzente e olhos verde esmeralda. Até que não eram feio'zinhos... (Nunca, e digo nunca, gostei de avaliar a aparência física de uma pessoa. Sempre fui avaliada e nomes como "rata de biblioteca" ou "cabelo de vassoura", não são simpáticos. Acho sempre melhor a aparência interior. Mas neste caso eles até que merecem... estão a tentar, provavelmente, raptar-me). Já o último  tem cabelos ruivos como fogo (não como os Weasley, mas sim ruivo quase vermelho) e tinha olhos verdes. O seu rosto cheio de terra, sangue e com um nariz fraturado, mostrava que este era um dos que me perseguiu em casa quando saltei da janela.

Ok, Hermione... tens de desacordar estes sujeitos.

Corri em direção ao primeiro que me apareceu e saltei para cima dele. Consegui pôr as minhas pernas ao redor do quadril dele e com a minha força mandei-o abrutamente ao chão e no segundo a seguir, já se encontrava desmaiado. Levantei-me e mirei nos gémeos. Falta uma pessoa... Onde está o quarto? 

De repente, sinto um par de mãos segurar-me. Merda! Assim vai ser mais difíci, não impossível, mas mais difícil. Reparei que os gémeos estavam a vir na minha direção. Quando estavam perto o suficiente usei a força do que me estava a segurar e acertei com uns dois bons chutes na cara dos dois. A felicidade que senti quando eles caíram no chão foi indescritível.

Para acabar finalmente com aquela tentativa falha de rapto, assentei os pés no chão e mandei o homem para a minha frente. O estalar de costas que ouvi do homem, comprovou que ele provavelmente partiu uma costela ou duas. Bem que mereceu! Olho para os meus braços e reparo em marcas roxas com a forma de mãos. 

Ai! Que raiva do homem!

Levanto os olhos e reparo num círculo de pessoas à minha volta... Caramba! Mais?! Observo atentamente as caras à minha volta e noto uma familiar... Harry! Abro um sorriso enorme ao olhar para ele e, rapidamente, corro na sua direção. Ao correr para ele, notei nas caras de assustados dos Aurores... provavelmente viram um pouco da minha luta. Ups! Saltei para cima de Harry e ele apanhou-me no meio do salto. Notei, também, a sua expressão aliviada, só não sei o porquê dela...

-Por Merlin, Hermione! Está tudo bem? Eles feriram-te? Como conseguiste fazer isso? Estás a sentir algo? Dói-te alguma coisa?- Um Harry preocupado bombardeava-me com perguntas, ao mesmo tempo que se certificava que eu estava inteira. Não aguentei ao ver a sua cara e ri-me. Os Aurores olhavam para mim como se tivesse encarnado Voldemort a dançar Work e Harry limitou-se a murmurar um 'louca' antes de rir e apertar-me ainda mais contra os seus braços.

-Harry! Está tudo bem! Estou bem, inteira e consciente. Já é ótimo! Não posso dizer o mesmo destes aqui no chão, mas...- Finalizei com uma expressão zombateira.

Harry suspirou e começou  a ditar ordens aos Aurores, que assentiam de imediato. Uns quantos tiraram as varinhas dos supostos "raptores" idiotas, para investigação. Outros foram investigar a minha casa à procura de perigo (não gostei que invadissem a minha privacidade, mas como Harry insistiu). Um foi consertar a minha janela, o que eu achei muito bem e os últimos levaram os captores para o ministério a fim de serem interrogados. Eu queria participar na investigação mas Harry não deixou, humpf, ridículo. Quando estávamos quase todos a ir embora, uma coruja preta deixou um pergaminho a meus pés. Automaticamente li:

"É só o início, princesinha. Aproveita os teus últimos dias de vida. A propósito, bons murros."

Nele estava assinado no fim um símbolo muito estranho. Entreguei a Harry o pergaminho e pronto. Outra festa encontrava-se feita. Investigação ao pergaminho, magia contida analisada, mas óbvio que o resultado foi um grande e redondo nada. Harry falou que ia chamar um amigo que se encontrava na pesquisa do símbolo. Não liguei... só queria tomar um banho, vestir o meu pijama de unicórnios e ver Netflix ao mesmo tempo que me lambuzava de Nutella.

Quando me virei para entrar em casa, um ser aparece à minha frente. Encarei os seus cabelos platinados que naquele fim de tarde pareciam dourados e finalmente abaixei o olhar. Deparei-me com um par de olhos azul-cinza arregalados me fitando. 

Era ele. Era Draco Malfoy...

 

 


Notas Finais


(1) https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/f9/61/65/f9616580a1ed721428c4ea495cd0461e.jpg (Leggins pretas com listras brancas e douradas)

(2) https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/736x/ea/03/65/ea0365fe9148e17a1dbd44bc818f1283.jpg (Adidas pretas e douradas)

《》《》《》《》《》《》《》《》

🌈 OLA ARCO-ÍRIS 🌈
Como vaooo?
Entao temos aqui um capitulo'zinho e créditos para a ~HermioneEDracoM que desenvolveu muito bem o capitulo👏.
ENTAOOO TEMOSSS FINALMENTEEE O ENCONTRO DOS NOSSOS 2 AMORESS.
ashuashua Foi escolha minha acabar assim, sou cruel😂.
Deixo aqui um agradecimento a ~HermioneEDracoM porque sim, porque a amo💚. Enfim.
Ate para a semanaa. E CO-MEN-TEM 💃😘🌈
Love u💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...