História The Last Soul - {Pode conter Frans} - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Doggo, Flowey, Frisk, Gerson, Grillby, Mettaton, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne
Tags Confusão, Shipps, Undertale
Exibições 20
Palavras 552
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Quem não ama o asriel?

Ou o Sanspai <3

Capítulo 5 - Afinal... O unico perigo aqui sou eu...


Fanfic / Fanfiction The Last Soul - {Pode conter Frans} - Capítulo 5 - Afinal... O unico perigo aqui sou eu...

Droga

- Mas estou sem roupa em baixo... Frisk, depois eu vou ter contigo tá? - Digo fechando a porta na casa dela. Depois disso ouço a campainha a tocar.

Olho para Safi, que estava deitada na cama. Vou em direção dela logo.

- Tu é louca mulher! Querias que a Frisk te visse! Ela iria... Fazer algo...- Safira começa a rir-se na minha cara.

Asriel... Não me disseste que namoravas... Não que eu tenha perguntado, ou que queira saber, mas imagina que ela apanhava-me... E bem... Eu precisa-se de meio que... Calá-la... - Ela diz de forma sinistra.

- Eu não namoro...Eu e ela somos meio que irmãos adotivos... - Digo corando um pouco. - Tu não te atreverias a fazer algo à Frisk...

- Claro que não... - A sua expressão muda totalmente quando passa a mão pelas calças.

- Asriel... Onde está a minha faca... - Ela diz com uam voz macabra. Ela começa a vir em minha direção, pronta para atacar. Começo a suar...

- E-está c-comigo...  - Digo tentando voltar à minha postura normal, sem sucesso.

- Dá-me a já! - Grita de forma a que o medo se apodera-se de mim. 

Começo a sentir lágrimas a escorrerem-me pela a cara. Ponho a mão no bolso das calças e entrego-lhe lentamente a faca. Sento-me na minha cama, com a intenção de parar de chorar, de novo, sem sucesso.

Chara...


P.o.V. Safira (nossa finalmente)


Oh não...


Vou em direção de Asriel.

Merda... Só sabes fazer isso... Machucar as pessoas.


Sento-me na cama e abraço-o de lado.


- Droga Asi... Me perdoa... Eu sempre soube que era má ideia eu vir para aqui... Mas eu mesmo assim vim... - Digo segurando o seu focinho com a minha mão e limpando as lágrimas com o Pulgar.

- Obrigado... Assério... Tentaste ajudar-me... Mas mesmo assim... Eu te machuquei... - Dou um beijo na bochecha do mesmo e faço cafuné no seu pelo. - Em perdoa, e espero que saibas... Que eu, só neste pouco tempo que estive contigo... Te considero um amigo...

Vou em direção à janela. Está a custar-me muito deixar aqui o Asriel... Mas, eu só sei machucar quem me protege. Olho para trás, para ver o meu novo amigo por uma ultima vez.

- Não vas... Tu também não... EU NÃO QUERO! - Ele vem a correr abraçar-me. Eu retribui o abraço, mas... Não foi o sufeciente.

Junto os meus lábios com os do Asriel para um beijo calmo. Eu senti um grande espanto vindo dele no inicio, mas ele depois deixou-se levar. Os seus lábios eram macios e meigos, que transmitiam paz e conforto, e nossas oinguas a dançarem em sincronia foi a cereja no topo do bolo. Começei a sentir o beijo a ficar quente, então separo logo os nossos lábios, na intenção de interromper algo, que eu depois, não possa parar. Ele olha-me confuso, mas eu só abro um sorriso para ele.

Este beijo... Foi uma despedida. Eu vou afastar-me de HotLand por uns tempos...

- Por favor Safira... Não me deixes sozinho... - Ele diz de uma tal maneira que só aptecia-me abraçá-lo e ficar ali para sempre.

- Tu não estás sozinho... E não há que ter medo... Afinal... Eu sou o unico perigo existente aqui em baixo...

Salto pela a janela e agarro-me na corda enquanto estou no ar.


Merda...

Eu não sou assim... Eu não...

Asriel... Que merda fizeste na minha vida, para eu não querer soltar-te...


Notas Finais


Nouuuu...

Parece que alguém lembrou-se de Chara...

Humm... Quem tocou à campainha?

O que vai Asriel agr fazer?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...