História The Legend's of Fairy tail - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Acnologia, Gray Fullbuster, Natsu Dragneel, Personagens Originais, Zeref
Tags Dragon Slayer, Lutas, Nalu
Visualizações 25
Palavras 1.321
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Fantasia, Luta, Magia, Shounen, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom galera, eu não tenho nada para falar para vocês, apenas peço desculpas pela demora do capítulo (Se é que tem alguém acompanhando) e Boa leitura.

Capítulo 3 - Esclarecimento e proposta de treino


QUARTO DE NATSU 

Apòs a palavra "irmão" ter saído da boca de Natsu, um silêncio mortal havia tomado conta de todo aquele lugar, até que ele (o silêncio) é finalmente quebrado pela entrada súbita da enfermeira que estava no quarto a algum tempo atrás, junto de 2 homens extremamente grandes e fortes, aparentemente seguranças. 

Seguranças 1: Que confusão é essa aqui? - Fala o segurança abordando o pessoal do quarto de um jeito bem agressivo. - Saiam agora ou iremos usar da nossa autoridade dentro desse hospital para expulsa-los daqui.

Segurança 2: Isso aí. - Fala o segundo segurança com um pouco mais de medo por já conhecer a fama dos membros da Fairy tail.

Logo depois da entrada desses dois todas as pessoas do carro olham para eles e então começam a protestar contra os dois seguranças.

Natsu: Pessoal, será que vocês poderiam sair? Por favor. - Fala Natsu num tom sério para os membros da Fairy tail. - Eu preciso falar a sós com ele. - Fala se referindo a Haru. 

Mesmo não gostando nem um pouco da idéia eles aceitam e se retiram junto com os dois seguranças e a enfermeira.

FORA DO QUARTO DE NATSU

Os membros da Fairy tail se retiram do quarto e ficam parados em frente a porta do mesmo enquanto olhavam os seguranças e a enfermeira se retirarem do local.

Charle: Só pode ser brincadeira. - Fala Charle claramente irritada. - Eu quero muito saber oque aqueles dois estão conversando.

Erza: Eu também, mas mudando de assunto, vocês sabiam que o Natsu tinha um irmão? - Pergunta Erza muito curiosa e então nesse momento todos daquela roda olham para Lucy e Happy, que eram os mais próximos de Natsu.

Happy/Lucy: Eu não sei de nada.

Wendy: Vocês podem ficar quietos um momento? Estou tentando ouvir. - Fala Wendy com seus ouvidos colados na porta, neste momento todos lembram da super audição da Wendy e se juntam a ela para ouvir a conversa.

DENTRO DO QUARTO DE NATSU

Natsu estava sentado de frente para Haru em sua cama, enquanto o grisalho estava sentado em um cadeira.

Natsu: Por onde esteve por todo esse tempo? Oque estava fazendo? Com quem estava? Por que teve que sair tão rápido a anos atras? E por que... - Fala Natsu fazendo uma pergunta atrás da outra, trocando aquela afeição séria por uma desesperada, até que sua fala é cortada por Haru.

Haru: Calma aí dragãozinho cor de rosa, uma pergunta de cada vez, eu irei responder tudo que eu puder. - Fala Haru tentando acalmar Natsu.

Natsu: Então responda na sequência que te perguntei oras. - Fala Natsu já um pouco mais calmo.

Haru: Tudo bem. - Fala Haru fazendo uma pequena pausa antes de começar. - Eu estava em um tipo de missão atrás de alguma pessoas, por incrível que pareça eu estava sozinho e a última pergunta eu não posso te responder.

Mesmo não tendo gostado da forma que ele havia respondido suas perguntas, apenas resolve deixar para lá e prosseguir.

Natsu: As pessoas que está perseguindo... Aquela pessoa que atacou a nós é uma delas, não é?

Haru: Sim, a muito que você não sabe sobre aquele cara Natsu, mas pelo que te conheço, deve estar louco para ter sua revanche. - Fala Haru olhando para Natsu com um sorriso de canto em seu rosto.

Natsu: É claro! Da próxima vez que eu ver aquele babaca eu vou esmagar a cara dele com meus punhos. - Fala Natsu com um misto de animação e raiva.

Haru: Era isso que eu queria ouvir! - Fala Haru levantando da cadeira em que estava num pulo. - Vamos! Eu te darei poder e informações necessárias para fazer isso.

Natsu: Só nós dois? - Pergunta Natsu ficando um pouco mais desanimado.

Haru: Mas é claro! Como nos velhos tempo. - Fala Haru como se fosse óbvio. - Algum problema.

Natsu: Eu não posso, não sozinho. Indo treinar sozinho com você desse jeito sem avisar ninguém e completando meu dejeso de vingança sozinho séria uma traição aos meus amigos. - Fala Natsu com um semblante meio tristonho oque surpreende e muito Haru. - Se eu for lutar contra aquele cara de novo será com os meus amigos.

Apòs ouvir as palavras de Natsu, Haru estava extremamente surpreso, e parecia adotar uma postura pensativa depois daquilo.

Haru: eu vou me arrepender disso. - pensa Haru dando um leve suspiro logo após seu pensamento. - Tudo bem! Eu posso fazer uma seleção com seus amigos para ver quem suporá meu treino.

Natsu: Sério? Valeu irmão. - Fala Natsu dando um soco de leve no ombro de Haru com um sorriso largo no rosto.

Haru: Eu vou me arrepender disso. - Pensa Haru e logo após se vira para a porta. - E vocês podem sair daí logo. - Grita Haru de dentro do quarto fazendo todas as pessoas que estavam ouvindo a conversa se assustarem e se desequilíbrarem, caindo por cima da porta, arrancando a mesma da parede.

EM ALGUM LUGAR DO REINO DE FIORE

Haviam três pessoas reunidas em uma sala, tinha um homem mais velho sentado em uma poltrona bem grande e luxuosa, atrás de uma mesa extremamente organizada, cheia de utensílios aparentemente banhados a ouro, e logo depois da mesa haviam dois garotos em pé aparentemente da mesma idade, não tão luxuosos quanto a decoração do quarto, mas ainda sim com uma certa elegância.

Senhor: Shura, Jaden vocês entenderam a sua missão? Essa missão é secreta para recuperarmos a chama do imperador e exatamente por ser uma missão secreta que vocês não receberam apoio nenhum, entenderam?

Shura/Jaden: Sim senhor, Necroz! - Falam os dois jovens com determinação no olhar.

Necroz: Agora repitam o lema da Ordem. - Fala o senhor olhando para os dois.

Shura/Jaden: Perante a luz da nossa justiça a escuridão do maldade sucumbirá, nós somos a esperança, nós somos a salvação, nós somos a fraternidade, nós somos... A Ordem.

EM ALGUM LUGAR DO MUNDO

Um homem estava sendo torturado por correntes espinhosas de anti-ethernano por todo o corpo, os gritos do homem ecoavam por toda a sala, ele estava sendo rodeado por outros quatro homens, com um deles tendo sua face escondida pelas sombras.

Homem: Meu lorde! Por favor, misericórdia! Eu achei que aquela guilda maldita havia sido destruída. - Fala o homem que estava sendo torturado num tom de desespero entre gemidos de dor. E sim, o homem sendo torturado é o mesmo homem que atacou a Fairy tail. - Sliver, uma de suas empregadas tinha ido comigo e dito a mesma coisa, não é?

Sliver: Calado! Como se atreve a retrucar o lorde? Está pedindo para morrer? - Fala o outro homem que tinha seu rosto também coberto com o capuz, enquanto as outras figuras (também encapuzadas) se mantinham calados.

Lorde: Calados! Sliver, solte-o. - Fala o lorde daqueles homens num tom autoritário e ameaçador e Sliver obedece, retirando as correntes do homem.

Lorde: Você! Além de ter distorcido as minhas ordem, tentou esconder seus erros, algo que não admito. - Fala o lorde com um olhar de puro ódio para o homem. - Outra coisa! Caso fassa aquilo com o Natsu mais uma vez, me certificarem de deixa-lo em pedaços.

Homem: Eu entendi meu lorde. - Fala o homem com o medo em seu olhar.

Apòs ouvir aquilo, o lorde da meia volta, dando de costas para os homens reunidos naquele a local até chegar a uma espécie de trono real e então se sentando de uma forma relaxada, logo após isso os quatro homens enfileirados, dois de cada lado do trono e então se ajoelham perante aquele homem.

Sliver: Eu Sliver, o cavaleiro da peste, reverêncio ao lorde Zeref.

Mundus: Eu Mundus, o cavaleiro da fome, reverêncio ao lorde Zeref.

Yami: Eu Yami, a cavaleira da morte, reverêncio ao lorde Zeref.

Hades: Eu Hades, o cavaleiro da guerra, reverêncio ao lorde Zeref.

Sliver/Mundus/Yami/Hope: Nós, os cavaleiros do apocalipse, reverênciamos o imperador das trevas, Zeref.

Apòs saudação dos seus servos é possível ver um pequeno sorriso aberto no rosto de Zeref.

Zeref: Natsu, Mavis, me aguardem. - Fala Zeref com o sorriso diabólico em seu rosto ainda maior que o primeiro.

FIM


Notas Finais


Bom galera, acho que o capítulo ficou meio grande, mas espero que gostem. Falou e FUI!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...