História The lest hope - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama
Visualizações 3
Palavras 1.067
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia)
Avisos: Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 6 - Capítulo 6 - O QUE ESTÁ ACONTECENDO !?!


Fanfic / Fanfiction The lest hope - Capítulo 6 - Capítulo 6 - O QUE ESTÁ ACONTECENDO !?!

Capitulo 6

Se passaram algumas horas que eu tinha pagado o maior mico, mas eu não me importava, eu só pensava no fato que eu não ia mais ver ele, eu suspirava cada vez mais e cada vez mais longo e toda vez que eu suspirava sentia vontade de chorar.

Eu estava sentada na areia úmida da praia a agua chegava até meu pé descalço, a água era fria mas gostosa, a água estava tão brilhante eu fiquei um pouco encantada, e pensei que poderia estar ali com o Noah, é o longo suspiro de novo.

Eu virei pro lado e o Ethan ainda estava lá, eu não sabia porque ele continuava ali.

-Por que você esta aqui?

-Oi?

-Por que você continua aqui mesmo sabendo que eu quero ficar sozinha?

-Porque é minha culpa você está assim.

- Não se sinta culpado, você salvou a vida do Noah, mas essa ajuda nos impediu de ficarmos juntos, mas né é aquele velho ditado "Se você ama deixe livre" eu odeio mas gosto desse ditado.

-Desculpe, você não vai mais ver o amor da sua vida, não você vai mas não vai poder conviver.

-Como assim?

-Você acha mesmo que eu pretendo ficar sozinho com vocês no meio do mato?

-Ééééé sim?

-Claro que não, eu pretendo criar uma civilização com pessoas, uma cidade com animais, moeda, hospital, escola etc.

-E você vai ser o Rei?

-Claro que não, não quero ser igual meu pai, eu ia instruir alguém e bom eu queria que esse alguém fosse você.

-E se eu não aceitasse?

-Eu procuraria outra pessoa, mas você não vai recusar.

-E por que você acha isso?

-Você tem espírito de liderança, você e o seu irmão vivem brigando por causa disso, não vejo você recusando essa proposta.

-Eu mudei, acho que você devia mudar essa visão.

-Creio que você mudou de mente, não de espírito.

-Se você me falasse alguns dias atrás, você vai poder ser rainha/líder/capitã ou comandante de um povo que vai viver numa ilha, eu falaria que você era louco ou drogado e nunca aceitaria essa proposta.

-Mas estou fazendo essa proposta hoje, qual seria sua resposta?

-Você está certo, eu tenho espírito de liderança, mas você não disse até agora, o que isso tem haver com Noah?

-Se eu conseguir sobreviventes, os dois "reinos" precisariam estar em contato constante, sem interferir um com o outro, e como meu vai precisar de um "substituto" Noah vai ser perfeito, eles até tem traços parecidos, eles tem cabelo preto, olhos azuis e são brancos, mas continuando vocês dois teriam constantes reuniões e etc.

Eu olhei pra cara dele, suspirei e continuei a sua linha de pensamento.

-Mas eu não poderia toca lo, olha lo ou dirigir a palavra a ele.

-É.

-Sinceramente, se eu nunca mais o visse a dor poderia se sarar e eu talvez o esqueceria, não completamente, ficaria guardado lá no fundo, mas eu suportaria, mas velo e não poder toca-lo o conversar com ele só velo e mais nada, isso eu não aguento, estou inclinada a rejeitar sua proposta, mas eu não vou.

-E por que você faria isso?

-Porque é melhor sofrer e ter do que não sofrer mas desejar.

-Então tá, você vai querer voltar lá ?

-Não, mas pode ir.

-Eu não vou te deixar sozinha, perto do mar.

-Por que?...Ooooh, eu não vou fazer isso.

-Como eu vou saber se é verdade?

- Eu não sou suicida! e Eu não tenho coragem de fazer essas coisas.

-Não precisa de coragem, quando está realmente triste.

-Eu não sou assim, Eu sou mais coragem o cão covarde, pra isso.

Ele riu e continuou sentado lá.

-Cara, pode confiar, eu não vou ir no mar.

Ele suspira.

-Eu não acredito em você, mas... eu vou te deixar "sozinha".-Ele fez aspas com a mão.

-Por que as aspas?

- Nada, eu vou indo então.

Ele foi embora e eu suspirei bem alto.

Eu comecei a ignorar tudo ao meu redor, todo Ruído, toda luz e todo movimento, naquele momento era eu e o mar e nada mas.

Eu comecei a pensaram vida, se realmente estava certa, em aceitar aquela proposta, se realmente eu devia só ver e não tocar, ou Eu deveria ir e não voltar mais, Eu acho que o Wei entenderia, se eu fosse e não avisasse, ou ele ficaria decepcionado comigo, ele ficaria decepcionado mas ele entenderia, ficaria bravo, mas entenderia.

Eu fico pensando, e se eu tivesse morrido, o que eles estariam fazendo? Ou, se não tivesse a explosão? O que o Noah ia me falar? Será que era algo importante? Será que ele ia se declarar ,e íamos estar juntos agora? Ou seria algo idiota e sem sentido.

*Suspira*

Eu não deveria ficar me perguntando, como teria sido, eu deveria agir, mas eu não sei o que fazer.

-AHHHHHH!!!!!

Que ódio, por que tanta indecisão, por que eu continuo aqui, eu deveria ir e não voltar mais. Mas e o Wei como ele fica, ou a Manu ou o resto, e se o Noah sair um dia, Eu sei que ele não vai, mas ñ se deve perder as esperanças.

Sabe, eu estou olhando pro mar agora, e não é uma má ideia dar um mergulho nele, talvez isso me ajude a pensar um pouco, será que eu devia, só um mergulho não faz mal a ninguém.

Eu me levantei e começei a tirar a minha blusa, depois a calça, a meia, e por fim eu só estava com minha roupa de baixo, eu olhava pro mar e sinceramente ele estava me chamando, eu não sabia porque, mas estava atraída por ele, eu respirei fundo, e comecei a andar em direção ao mar.

A água era fria, muito fria mesmo, cara estava congelando, meu primeiro pensamento foi, saia daqui agora e não volte mais, mas Eu falei NÃO, eu precisava me acalmar e ficar ali era o único lugar disponível no momento.

-Depois não sabe porque eu não confio nas pessoas- Ethan.

Eu me assustei quando ele começou a falar.

-Ah... oi Ethan.- Falei um pouco sem graça.

-Pelo menos Eu sei que você não é suicida, até parece que alguém suicida ia se importar com as roupas do corpo.

Eu só sorri sem graça, por não ter o ouvido.

-Mas então, a água está boa?

-Ela Ta fria, é mas está boa.

-Então licença, porque não foi só você que teve um dia ruim.

Ele começou o tirar a roupa exceto a roupa de baixo, e ele entrou.

- Caraca! Velho, Ta muito fria.

-Eu avisei.- Falei rindo.

-Velho como você não está congelando?

Eu falei que não sei com a cabeça, a gente ficou conversando no mar, por horas, a gente nunca tinha conversado tanto.

-Cara.-Eu

-Oi.

-Pode.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...