História The Librarians - o desaparecimento de Cassandra - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias O Guardião "The Librarians"
Tags Cassandra, Ezequiel, Flyn, Ive, Jeakins, Stone
Visualizações 2
Palavras 776
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Boa noite!

Capítulo 4 - Insvetigações



Stone
Eu ainda nao acredito que baird e o Ezequiel me deixaram na biblioteca com o Jeakins paa irem atras de uma pista de Cassandra que tem semanas de desaparecida.
Ainda nao engoli a historia de que Charlene tem alguma coisa cm  ela, e ter deixado um recado com a vizinha. lembro da expressao de intrigado que Flyn Assumiu quando ouviu a historia que  a vizinha me falou ele nao cometou nada penas olhou Jenkins que fez o mesmo e tentou desconversar.
Os outros nÃo sabem, mas decidir abri uma investigacao sobre a Cassandra e nao precisei contratar detetives apenas fui ao cartorio e achei muitos Daniel e Marilian  Cillian, mas  pode ir resumiros 16 ate chegar em dois casais com o fato de serem casados e terem uma filha de 28 anos. O primeiro casal morava em Richmond e  me atenderam super bem e depois de uma de conversa acabei descobrindo que a filha do casal se chamava Emilia e que a garota estava em Lua de mel ha 3 meses entao chegou a hora de partir para Carlisle, uma cidadezinha afastada  pequena que todos se conhecem me deu ate vontade de morar, mas que sabe quando eu conhecer alguem. Mas sera que essa vida de bibliotecário me deixaria  fazer algo tao grande?
Essa resposta talvez eu nunca saberia, mas não custava sonhar...
Dirigir de Dove ate Carlisle que Flyn nao descubra que eu peguei o carro emprestado, mas talvez ele ate teria deixado se soubesse o proposito assim que passei pela placa da cidade dei uma olhada no endereço no papel que conseguir ao  subornar o cara do cartório.
rua mcnabgi, 13 casa 2.
acelerei com o carro pela estrada sentindo o vento gelado batendo no rosto desacelerei o carro quando  comecei a ver as casas  de classe media uma ao lado da outra e se podia ver criancas brincando n porta de casa uns de corda outros de bola. Estacionei o carro em frente de uma da casa do endereco e sair do carro bati na porta e uma mulher ruiva me atendeu a porta me olhando suspeito.
                - Em que posso ajudar lo? - ela me perguntou me olhando de cima abaixo.
  Stone   - Por acaso a senhora seria a Marialian Cillian?
               - Por que a pergunta? - Perguntou preocupada.
  Stone   - Estou aqui por conta de Cassandra...
                - E quem e essa? - Falou com indiferença.
   Stone    - Serio que a senhora quer jogar esse jogo? - A perguntei e ela ficou desconfortável.
                 - O que Cassandra faz ou deixa de fazer nao e da nossa conta! - falou e tentou fechar a porta, mas eu a segurei.
Stone - Então a senhora assume ser a Marilian?
A mulher me olhou friamente assentindo.
  Eu nao conseguia acreditar na tamanha friedaza daquela mulher ao falar da filha, nao era atoa que Cassandra nao quis mais contato com eles eles eram maus com ela ate demis do que falavam nao consigo imaginar em como ela sobreviveu por tanto tempo com eles.
 E mais  uma vez ela tentou fechar  a porta e eu a segurando
Stone  - Espera! Eu gostaria...
            - voce nao gostaria de nada! de o fora daqui!
            - MARIALIAN, QUEM E?
            - um homem irritante procurando por Cassandra! - falou irritada.
            - DEIXE ME VER? - falou e abriu mais a porta.  - O que o senhor quer aqui? - perguntou frio.
Stone   - Eu vim aqui em busca de Cassandra...
             - Eu pude ouvir Claramente a minha esposa dizendo que não somos responsáveis por Cassandra! Se deixar já estar morta!
um frio  ao ouvir aquilo me fez me arrepender de  ter ido ate la, mas nao se tratava dos pais de Cassandra e  sim dela que estava desaparecida ha bastante tempo, o que ele disse era um hipostese muito forte el ultimamente vinha sentindo forte dores de cabeça.
Stone  - Eu sinto muito pertubar los! - Falei e ia voltar para carro foi quando lembrei algo que devia dizer. - Vocês perderam alguem incrível como filha! - Falei e voltei para o carro
  Dirigir de Dove ate Londres irritado nao quis igar para Jeakins pedindo uma porta precisava espairecer um pouco de tudo o que ouvir daquele casal.
Acabei nem indo para biblioteca  fui direto para o meu apartamento me joguei na cama de tao exausto que estava que so acordei com o toque do celular .
  - alo?
Ezequiel  - Stone preciso que venha a biblioteca!
Stone    - por que?
Ezequiel - Quero conversar cpom você
Stone - se for esse assunto, Dá para esperar mais um dia! - Falei e desliguei e me joguei de volta na cama.
 


Notas Finais


Bjos e uma ótima semana!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...