Hist√≥ria The Life ūüĆą - Cap√≠tulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin Mahone, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Austin Mahone, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Acidente, Ausmila, Austin Mahone, Camaustin, Camila Cabello, Carter Mahone, Michele Mahone, Robert Villanueva, Romance
Exibi√ß√Ķes 32
Palavras 1.482
Terminada N√£o
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
G√™neros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta hist√≥ria s√£o apenas alus√Ķes a pessoas reais e nenhuma das situa√ß√Ķes e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma fic√ß√£o. Os eventuais personagens originais desta hist√≥ria s√£o de minha propriedade intelectual. Hist√≥ria sem fins lucrativos, feita apenas de f√£ para f√£ sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oii meus viados!!

Raramente estou aqui em cima, neeh? Então vamos conversar! Andei falando sobre uma surpresinha no meu aniversário, e como sempre, é uma fanfic, ela se chama "Bad Things", (foto da mídia), queria que vocês lessem a sinopse e se gostarem é ela que vou postar na terça (meu aniversário) dia 29. Ok? Se querem ela, comentem, ahh e como realmente vai ser uma mini fanfic, vão ser menos de 10 capítulos, certo? Boa leitura viados! 😘😊

Cap√≠tulo 13 - 13¬į Cap√≠tulo


Fanfic / Fanfiction The Life 🌈 - Cap√≠tulo 13 - 13° Capítulo

Camila P. O. V.

Antes que alguém falasse comigo, subi as escadas correndo e fui para o meu quarto, deitei na minha cama e voltei a chorar.

Tudo foi muito rápido, ele nunca me amou, isso é certo. Devia ter me afastado enquanto pude, agora já é tarde.

Já estou completamente apaixonada!

Não demorou muito para ouvir batidas na porta, ainda bem que não havia ninguém no quarto. Não conseguia parar de chorar.

Sinu- Filha, o quê aconteceu? - falou alto para mim ouvi-la do corredor.

E como não à trancas na porta, Dinah abriu a porta com facilidade.

Dinah- Por quê está chorando, meu bombom?

Me virei para elas, Lauren também estava ali.

Eu- Austin e eu terminamos! - Lauren arregalou os olhos.

Lauren- Você escutou?

Eu- Sim... - fechei meus olhos.

Sinu- Mas por quê?

Eu- Ele não me ama... - Dinah me puxou para o abraço.

Dinah- Mas você não falou que... - interrompi ela.

Eu- Era mentira!

Lauren- Desculpa, Mila! Não deveria ter dito aquilo, mas tenho certeza de Austin te ama, só está confuso.

Eu- Ele falou que me amava, mas parece que era tudo mentira.

Limpei minhas lágrimas.

Sinu- Que tal fazermos assim, lava o seu rosto, desce para comer algo e conversa com o Austin de novo. O quê acha?

Eu- Tirando a parte de falar com ele de novo, eu vou fazer!

Levantei e fui ao banheiro, lavei meu rosto umas 4 ou 5 vezes até não sair mais lágrimas. Voltei ao quarto, estava apenas a Lauren ali.

Lauren- Mila, desculpa de novo... - interrompi ela.

Eu- Não peça desculpas, Austin vai ficar com a Becky, está tudo certo! - não acredito em nenhuma de minhas palavras.

Lauren- Mila, ao mesmo tempo que ela amava ele, ela era terrível, destruía ele. Becky não é o tipo certo de garota para se apaixonar.

Eu- Lauren, eu não tenho mais nada haver com isso! - sorri e sai do quarto.

Ela me seguiu, assim que apareci na cozinha, meu pai me olhou confuso, ainda conversava com Carter. O único que não estava ali era o Austin.

Alejandro- Estava chorando, Kaki?

Eu- Não... - minha voz quase falhou.

Alejandro- Não minta, Karla! - mudou seu tom de voz. - O quê foi? - revirou os olhos com o meu silêncio. - Foi o Austin, não foi?

Sinu- Alejandro, olha nossos convidados! - o chamou a atenção.

Alejandro- Desculpa Carter e Michele, mas eu falei para o Austin não magoar minha filha.

Carter- E o quê o Austin fez?

Eu- Não fez nada, esquecem!

Dinah- Bombom, é melhor falar! - neguei com a cabeça.

Austin- Terminamos! - Austin se parou do meu lado. - Acho melhor irmos embora! - nos olhamos. - Eu quero te amar, Mila!

Alejandro- Eu vou te matar, seu moleque!

Sinu- Calma, Alejandro!

Eu- Poderia ter dito isso em vez de um "eu te amo" falso! - ignorei o quê meus pais falaram e olhei para Austin.

Austin- Está bem, eu errei, mas não queria te decepcionar! - neguei com a cabeça, olhando para todos.

Eu- Me decepcionou mais ainda mentindo! - olhei para os pais dele. - Feliz ano novo para vocês! - tentei sorrir e fui para o meu quarto.

Dias depois...

Dinah- Isso, agora vai para o queijo! - riu ao me ver negar.

Eu- Não! O queijo não! - ri. - Estou morta! - me atirei no chão.

Estou tendo aulas de dança, Dinah é uma ótima professora.

Dinah- Sua aula durou apenas quarenta minutos!

Eu- Morri em quarenta minutos! - rimos, ela se aproximou de mim com uma garrafa de água nas mãos e me entregou.

Dinah- Meu Deus, escandalosa! - assenti e bebi um pouco de água.

Eu- A especialista em Pole dance aqui não sou eu, e sim, você!

Dinah- Ok, mas que você tem jeito pra coisa... Ah, você tem! - rimos.

Meu celular começou a tocar.

Eu- Dinah, vê quem é?!

Dinah- Ok, preguiçosa!

Ela foi até minha bolsa, tirou meu celular dali e ficou olhando.

Eu- Então, quem é?

Dinah- Pessoa proibida!

Eu- Fala logo, Jane!

Dinah- Austin!

Eu- Desliga!

Dinah- Na cara?

Eu- Sim!

Dinah- Ok! - largou meu celular em cima da bolsa, sentei no chão. - Ainda acha que ele não te ama?

Eu- Acho!

Dinah- Mas bombom, nesses dias, Austin te ligou mais do que o Shawn no namoro de vocês!

Eu- Você está de que lado? - semi cerrei os olhos para ela.

Dinah- Do seu, claro! - suspirou. - Eu só acho que ele está insistindo muito pra quem não te ama!

Eu- O problema é dele!

Dinah- Bombom, não fala assim! - se sentou comigo. - Eu ouço toda noite o seu choro, não adianta mentir para mim! - suspirei e abaixei a cabeça.

Eu- Eu não consigo parar de amar ele, Dinah... - senti meus olhos se encherem de lágrimas. - Mas ele ama a Becky... Ela deve ser perfeita mesmo...

Dinah- Hey, ninguém é mais perfeita do que você!

Eu- Não tenho essa certeza... - e a primeira de muitas lágrimas insistiu em descer.

Dinah- Pelo quê soube, quem estava na cama com ele era você e não ela! - riu.

Eu- Sabe, eu nem ligo para isso. Eu só queria que ele me amasse, mas talvez nós não nascemos para ficarmos juntos. - suspirei. - Acho que vou procurar o Shawn, ele deve ser o único homem que vai me amar nessa vida. - fiz meu drama.

Dinah- Não começa, bombom! Você não vai voltar com aquele babaca, nem que eu tenha que te trancar em casa!

Eu- Ok, não vou voltar para ele, mas a ideia não é ruim...

Dinah- Não, não é. É péssima! - fiz bico. - Eu só quero a sua felicidade, Mila! - nos abraçamos. - Eu te amo!

Eu- Te amo mais!

Dinah P. O. V.

Depois dessa conversa com a Mila, ela foi ao banheiro lavar o rosto, fui até seu celular e o pus próximo ao meu ouvido.

Eu- Ouviu? Ela ainda te ama, seu idiota!

Austin- Ouvi! Obrigado, Dinah! - falou sorrindo, tenho certeza.

Eu- De nada! Ah, e da próxima vez, eu é quem te mato! - ele ficou mudo, desliguei a ligação.

Tudo por sua felicidade, Milinha...

(...)

Camila P. O. V.

Normani- Mila, você não vai ficar mais uma noite ai na sua cama! - vi Normani entrar no meu quarto.

Eu- Não estou afim de sair, Mani... - choraminguei.

Dinah- Eu falei que ela não viria conosco! - revirou os olhos.

Normani- Não, nada disso! - me puxou. - Você vai com a gente! - me fez ir ao banheiro com ela. - DJ, nos espera na sala! - falou alto para ela ouvir.

Dinah- Ta, não demorem! - gritou.

Eu- Mani, eu não quero ir!

Normani- Mila, por favor, vamos nos divertir! Eu não quero te ver triste!

Eu- Eu estou bem!

Normani- Não, você não está! - revirei os olhos.

Eu- Estou sim!

Normani- Amiga, falei do meu novo emprego? - neguei com a cabeça. - Trabalho com o Austin! - arqueei as sobrancelhas. - Ele não está muito bem... - interrompi ela.

Eu- O quê ele tem? Está doente? Sofreu algum acidente? Foi grave? Alguma doença? - ela sorriu ao me ouvir falar tão rápido.

Normani- Nada disso, ele está doente sim, mas está doente de amor!

Eu- Ah, cala a boca! Isso é mentira!

Normani- Outro dia, uma tal de Becky apareceu lá, eles se trancaram numa sala... - novamente a interrompi.

Eu- Não quero saber da intimidade deles!

Normani- Espera, escuta! - revirei os olhos novamente. - Eles discutiram feio, Austin gritou mais alto que ela, falou que por culpa dela, o namoro perfeito dele acabou. - não acreditei nas palavras de Mani.

Austin está sentindo minha falta?!

Eu- Impossível, Mani!

Normani- Tenho o escritório todo como testemunha se quiser ter certeza! E essa Becky saiu da sala com a cara mais feia que já vi em toda minha vida! - sorri.

Eu- Ela é bonita?

Normani- É sim, não posso negar! - abaixei a cabeça, ótimo, ela é perfeita sim! - Mas você é maravilhosa! - levantou meu rosto e me fez sorrir, me virou de frente para o espelho. - Está vendo essa linda mulher no reflexo? - fiquei calada. - É a minha amiga, e sabe o quê ela vai fazer agora? - neguei com a cabeça. - Ir atrás do seu homem!

Isso me encorajou tanto.

Eu- É, meu homem! - sorri para mim mesma através do espelho, Mani sorriu também.

Normani- Depois quero saber de tudo, mas agora vou com a Dinah pra "Nuvem", hoje é a noite da Beyonce, divirta-se! - beijou minha bochecha e saiu do banheiro.

Eu- Vocês também!

Ainda sorrindo, me analisei por completo, estou um lixo! Sexta a noite, desde às 17 horas estou em casa, de pijama e revendo a terceira temporada de Glee. Tirei meu pijama e fui tomar banho.

Vesti meu melhor vestido, me arrumei toda, demorei pouco mais de uma hora. Fui de taxi para o apartamento de Austin, como sou conhecida, o porteiro me deixou subir, mas antes me certifiquei de que ele estava sozinho, e o porteiro me garantiu que ninguém subiu.

Quero fazer as pazes com ele, não precisamos de platéia. Bati em sua porta, Austin abriu depois de dois minutos, ele estava com uma cara de sono, lindo. Cabelos bagunçados, apenas de cueca, o verde de seus olhos estavam intensos, me apaixonei mais um pouco ao vê-lo assim.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, comentem sobre a outra fanfic, o que acharam por exemplo, vai ser boa? Enfim, beijinhos! 😘😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usu√°rios deixam de postar por falta de coment√°rios, estimule o trabalho deles, deixando um coment√°rio.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...