História The Life - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Heróis do Olimpo
Exibições 11
Palavras 865
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Heya!!
Mais um cap pra vocês!!!

A capa é horrível, mas foi a única que prestava pra representar Percy e Annabeth se casando a noite.

Capítulo 8 - Casamento


Fanfic / Fanfiction The Life - Capítulo 8 - Casamento

P.O.V Percy

- Por que ela está demorando tanto?
- Calma Percy! - disse Luke - Daqui a pouco ela chega!
A Annabeth ta demorando muito! E eu estou muito nervoso!
Eu vou me casar!
- Eu não consigo me acalmar! Quando a Annie vai chegar?
- Calma Perseu! Ela não vai te largar no altar! - disse Liah
Por que a Annie quis que ela fosse madrinha hein?!
- Cala a boca Liah que você não está ajudando! - falei irritado
- Você que tem que se acalmar! Ela já ta chegando!
- Olha Liah eu nem queria que você viesse! Então fica calada ou sai daqui!
- Você não manda em mim!
- Eu sou seu irmão mais velho, então me obedece!
- E desde quando você me considera sua irmã?!
- Escuta aqui Liah...
- Ei, ei! Parem de brigar os dois! - disse minha mãe
Nós dois a encaramos.
- Ela/Ele que começou! - eu Liah falamos ao mesmo tempo apontando um pro outro
- Eu não comecei nada! - disse ela
- Começou sim! - falei
- Chega de briga! - disse minha mãe
Eu e Liah nos calamos.
- Se acalme Percy! Não precisa arranjar briga com a sua irmã.
- Mas mãe...!
- Perseu!
Bufei me calando.
Minha mãe sempre a defende. Parece mais que ela que é sua filha e eu não.
- Não brigue com ele, Sally! - disse meu pai
Meu pai sim me defende. Ele sempre está do meu lado quando brigo com a Liah. Tudo seria melhor se ele nunca a tivesse levado lá pra casa.
- Eu vou lá fora esperar a Annabeth.- disse Liah
- Eu vou com você.- disse Luke e eles saíram
Não demorou muito para a minha querida noiva chegar.
Ela está linda!
Ela vem acompanha de seu pai, Frederick Chase. Logo começa a cerimônia.
- Annabeth Chase, aceita Perseu Jackson como seu legítimo esposo?
- Aceito.- disse ela
- Perseu Jackson, aceita Annabeth Chase como sua legítima esposa?
- Aceito.- respondi
- Pelo poder investido em mim, eu vos declaro marido e mulher. Pode beijar a noiva.
Me virei pra Annabeth. Ambos sorríamos. A puxei pela cintura a beijando. Ouvi todos aplaudirem.
- Eu te amo Annabeth Jackson.
- Também te amo Percy.
Logo todos fomos para o salão onde seria a festa.

P.O.V Liah

- Parabéns cunhada! - falei
- Obrigada Liah! - eu e Annabeth nos abraçamos
- E o chato do meu irmão? Onde ele ta?
- Você que é chata! - disse vindo até nós
- Parabéns pelo casamento Perseu.- falei ignorando o que ele disse
- Obrigado.
- Ah! Parem com isso! Se abrassem! Vocês são irmãos!
Eu e Perseu encaramos Annie. Ela ta mesmo pedindo que eu abrace o Perseu?
- Nem doido! - disse ele
- Nisso eu concordo com ele.
- Ah vai! Vocês não querem me ver feliz? Demonstrem pelo menos um pouco de afeto fraternal! Vocês só brigam.
- Só por você.- eu e Perseu dissemos
Abracei meu irmão. Isso é estranho. Nunca nos abraçamos. 
Bem...ele nunca retribuiu nenhum.
Eu e ele nos afastamos depois de exatos 5 segundos.
- Pronto! Morreram por fazerem isso?
- Não, mas quase.- disse ele

                                      * * *

Faz um tempão que estou esperando aparecer a porcaria de algum táxi e nada.
Por que a festa tinha que acabar tão tarde?!
Fiquei mais meia hora esperando algum táxi aparecer. Infelizmente, não tive sorte. Droga! O que eu vou fazer?
Um carro preto para a minha frente. O motorista baixa o vidro.
- Liah?
- Senhor Grace? O que faz aqui?
- Eu que te pergunto! O que faz sozinha na rua a essa hora?
- To esperando aparecer um táxi pra ir pra casa.
Mas ta difícil! Até meu chefe apareceu e nada de táxi!
- Entra aqui, eu te dou uma carona.
- Não precisa.
- Vem! Eu te levo pra casa.- insistiu
- Está bem.- me rendi
Entrei no carro no lado do passageiro. 
- Onde você mora?
Falei o endereço do hotel. Só não falei que era um hotel. Ele começou a dirigir.
- O que fazia na rua a essa hora?
- A festa de casamento do meu irmão durou bastante. Aí fiquei um tempão esperando aparecer um táxi.
- Ia com sua família.
- Meu pai nunca deixou eu nem entrar no carro dele. E ele não quer nem ficar perto de mim, muito menos iria me levar em casa mesmo que minha madrasta insistisse.
- Vejo que as coisas continuam ruins com sua família.
- Pior não pode ficar. 
Ficamos um tempo em silêncio. Depois decidi falar algo.
- E o que fazia na rua?
- Fui levar o Leo no aeroporto. Ele vai ficar uns dias fora.
Ficamos calados o resto do caminho todo.
- É ali! - falei e ele estacionou em frente ao hotel
- Um hotel?
- Minha vida não anda muito boa.
- Por que está morando num hotel?
- Não deve te interessar.- falei - Obrigada por me trazer.
- Não precisa agradecer.
- Já vou, tchau! - falei
Lhe dei um beijo na bochecha e saí do carro.

Notas Finais


Espero que tenham gostado! Amanhã tem mais!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...