História The Life. - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Jiraiya, Madara Uchiha, Tsunade Senju
Tags Jiratsu, Madatsu
Exibições 16
Palavras 2.188
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Ta ai, mais um capitulo fresquinho! Sinto cheiro de hentai, hehehehe, comente o que vocês acharam do capítulo especial, e se está bom, sinceramente não sei se sou muito boa em hentais. Mas enfim, espero que gostem! Bjoks de Nutella! :3

Capítulo 4 - Capitulo 4. -Especial JiraTsu- Apenas me mostre.


Tsunade: idiota. -Tsunade fica séria- 

 

Jiraiya: me desculpe. -Jiraiya abaixa um pouco sua cabeça- 

 

Tsunade bufa e tenta se levantar. 

 

Jiraiya: Tsu-Hime, não se levante.

 

Tsunade: Tsu o que? 

 

Jiraiya em gole seco após escutar o que avia dito.

 

Jiraiya: na-nada, na-da.

 

Tsunade ri um pouco do nervosismo do amigo. 

 

Jiraiya: o que tem de engraçado?

 

Tsunade: seu nervosismo. -Tsunade fala sorrindo-

 

Jiraiya sorri sem jeito e coça sua cabeça.

 

Tsunade se senta na cama.

 

Jiraiya: Tsu, você esta fraca, tem que descansar.

 

Tsunade: Jiraiya, eu estou bem. 

 

Jiraiya anda até Tsunade, ficando assim, na frente dela. 

 

Jiraiya: não Tsu, você não está. Agora se deite novamente. 

 

Tsunade: você não manda em mim.

 

Jiraiya: por favor- Jiraiya se abaixa, ficando na altura de Tsunade- eu quero que você fique bem. -Jiraiya falar sereno,  com um olhar tranquilo-

 

Tsunade: Jiraiya... E-eu estou bem. 

 

Jiraiya: Tsunade, você não está com sua forma jovem completa, você está fraca.

 

Tsunade: o que? -Tsunade abaixa sua cabeça-

 

Jiraiya: o que foi? 

 

Tsunade: nã-não olha pra mim.

 

Jiraiya:  por que eu faria isso? 

 

Tsunade se deita na cama, puxando o lençol junto a ela.

 

Jiraiya: então você tem vergonha? -brinca Jiraiya- 

 

Tsunade: cala a boca. 

 

Jiraiya ri.

 

Jiraiya: Tsu.

 

Tsunade: o que?

 

Jiraiya: eu vi você completamente sem Jutsu.

 

Tsunade: O que?! 

 

Jiraiya: sim. E, você não deveria se preocupar com o Jutsu.

 

Tsunade: como assim?

 

Jiraiya: sabe Tsunade, para a idade em que você está, você é muito bonita. 

 

Tsunade cora um pouco. 

 

Tsunade: pa-para! 

 

Jiraiya: você é a primeira mulher que conheço, que não gosta de elogios, e eu conheço muitas.

 

Tsunade: não é que eu não goste de elogios, eu só não sei lidar com eles. 

 

Jiraiya: Tsunade olha pra mim. 

 

Tsunade se vira para Jiraiya. 

 

Jiraiya: você é muito bonita, e não só bonita como gos... -Jiraiya para ao perceber o que iria falar- 

 

Tsunade: o que você ia dizer seu pervertido!?

 

Jiraiya: ignora a ultima parte. -Jiraiya sorri largo-

 

Tsunade revira os olhos, crusa seus braços e se senta  encostada na cabeceira da cama.

 

Jiraiya: olha, me desculpe por eu ser pervertido e tarado, eu não pedi para nascer assim. 

 

Tsunade: Ta, eu te desculpo, como sempre faço. 

 

Jiraiya boceja e olha o relógio.

 

--------------------12:30 A.M------------------

 

Jiraiya: está ficando tarde. 

 

Tsunade: é, a essa hora, se eu estivesse lá ainda, Madara estaria chegando no quarto e... - Tsunade fecha seus olhos, tentando impedir que as lágrimas caíssem, porem, elas caem do mesmo jeito- 

 

Jiraiya: Tsu, você quer um abraço? 

 

Tsunade balança a cabeça negativamente.

 

Jiraiya: tem certeza? 

 

Tsunade balança a cabeça negativamente. 

 

Jiraiya: posso considerar isso um sim?

 

Tsunade balança a cabeça positivamente.

 

Jiraiya abraça Tsunade, a mesma envolve o pescoço do homem com seus braços e encosta sua cabeça no peito do mesmo, chorando tudo o que queria e o que precisava. A cada suspiro que  mulher dava Jiraiya a abraçava mais carinhosamente.

 

Tsunade: obrigada. -Diz Tsunade entre soluços- 

 

Jiraiya balança a cabeça positivamente, beijando o topo da cabeça de sua amiga. 

 

Tsunade boceja. 

 

Jiraiya: está com sono? 

 

Tsunade: sim. 

 

Jiraiya: okay, eu vou deixar você dormir. -Disse Jiraiya soltando cuidadosamente Tsunade e se dirigindo para a porta- 

 

Porem é impedido por Tsunade, que segurava firme seu pulso.

 

Tsunade: por favor, fica. -Tsunade aperta mais ainda sua mão-  nã-não me deixe sozinha. -Lagrimas caem ao chão- eu estou com medo, eu, eu...

 

Jiraiya: tudo bem Tsu, eu fico. -diz Jiraiya a abraçando-  

 

Tsunade abraça Jiraiya de volta, o mesmo acaricia os cabelos da loira, e percebe que os mesmos estão sujos.

 

Jiraiya: Tsu, você precisa tomar um banho. 

 

Tsunade: eu sei, mas, não tenho roupas. -Tsunade diz se sentando na cama novamente.- 

 

Jiraiya: e as roupas da Shizune? 

 

Tsunade: não cabem em mim... -Tsunade fala um pouco o envergonhada-

 

Jiraiya: ah, sim, entendo. Ah já sei, eu vou até minha casa e trago algumas roupas, okay? 

 

Tsunade: você vai me deixar sozinha? 

 

Jiraiya: vou Tsu, mas eu já volto.

 

Tsunade: promete? 

 

Jiraiya: claro que prometo Tsu, jamais deixaria você sozinha. 

 

Tsunade: okay. 

 

Jiraiya: eu já volto. 

 

Tsunade balança sua cabeça positivamente. 

 

Jiraiya se retira da residencia de Shizune e segue em direção a sua.

 

-------------------12:40A.m-------------------

 

Jiraiya retorna para a casa de Shizune, adentrando-a e se dirigindo ao quarto onde Tsunade se encontra, Jiraiya bate duas vezes na porta e adentra o local.

 

Tsunade: você demorou. 

 

Jiraiya: me desculpe por isso, e pegue algumas roupas que eu trouxe. 

 

Tsunade pega as roupas e se dirige até o banheiro sem dizer se quer uma palavra.

 

-------------------12:50 A.m------------------

 

Tsunade sai do banheiro com as roupas que Jiraiya avia lhe dado, aviam ficado extremante grandes para ela, o que fez o homem de cabelos brancos rir. 

 

Tsunade: o que tem de engraçado? 

 

Jiraiya: as roupas, ficaram muito grandes. -falava Jiraiya rindo um pouco- 

 

Tsunade volta para a cama e se senta novamente na mesma posição, encostada na cabeceira da cama, de braços cruzados.

 

Jiraiya: o que aconteceu? Porque está assim? 

 

Tsunade: você demorou. 

 

Jiraiya: eu sei, e já pedi desculpas por isso. 

 

Tsunade bufa. 

 

Jiraiya: você não quer dormir? 

 

Tsunade: não. 

 

Jiraiya: mas, você precisa.

 

Tsunade se deita. 

 

Tsunade: pronto! 

 

Jiraiya abaixa sua cabeça e suspira. 

 

Jiraiya: lembre-se, eu sempre estarei aqui para você. 

 

Tsunade cochicha para si mesma: 

 

Tsunade: obrigada.- logo em seguida adormece- 

 

-------------------1:01A.m---------------------

 

Tsunade avia dormido a 11 minutos, Jiraiya se levanta da cadeira onde estava sentado e se dirige para o lado da cama, para observar Tsunade. 

 

Jiraiya sorri, beija a testa de Tsunade e acaricia seus cabelos. Tsunade pega a mão de Jiraiya. 

 

Tsunade: Deite comigo, por favor. 

 

Jiraiya assente, se deita na cama, abraçando Tsunade, que estava com a cabeça encostada no peito do mesmo e como antes Jiraiya começa a acariciar os cabelos de Tsunade, a mesma adormece novamente.

 

--------------------1:50.A.m-------------------

 

Tsunade acorda bruscamente, devido a um pesadelo que tivera. 

Jiraiya: Tsunade, está tudo bem? 

Tsunade: Está -fala Tsunade se sentando na cama e coçando seus olhos com os dorsos de suas mãos-

 

Jiraiya se senta também, colocando sua mão direita nas costas de Tsunade. 

 

Jiraiya: está tudo bem Tsu.

 

Tsunade: eu sei, mas, eu ainda sinto medo. 

 

Jiraiya: medo de que?

 

Tsunade: que ele ataque a vila, que ele me pegue novamente, que ele te machuque, que ele volte. 

 

Jiraiya: ele não vai, eu não vou deixar.

 

Tsunade: Jiraiya...

 

Jiraiya: sim? 

 

Tsunade vira seu rosto, coloca suas mãos nas bochechas de Jiraiya encostando suas testas. 

 

Tsunade: Eu não quero mais sentir medo...

 

Jiraiya: Tsunade... Voc- -Tsunade encosta seus lábios de leve nos de Jiraiya, o mesmo estava com as respiração eufórica, Tsunade solta um leve riso entes de beija-li de verdade.- 

 

Jiraiya exita por alguns momentos, por isso Tsunade para o beijo. 

 

Tsunade: Jiraiya, pare de exitar. 

 

Jiraiya: ma-mas Tsu vo-você.

 

Tsunade: eu estou bem, e vou ficar melhor ainda se você me corresponder.

 

Jiraiya: mas.

 

Tsunade: nada de mas. Apenas, me mostre, me mostre que não são todos os  homens que são horríveis, me mostre que você é meu amigo, me mostre que eu devo confiar em você. 

 

Jiraiya não faz nada, o que desaponta Tsunade, a mesma baixa sua cabeça, que é levantada pela mão grande e cálida de seu amigo.

 

Jiraiya: me desculpe. - Jiraiya beija a testa de Tsunade- eu faço o que você quiser. 

 

Tsunade: não quero que faça nada contra sua vontade. 

 

Jiraiya: não estou fazendo. -Diz Jiraiya aproximando suas cabeças - eu nunca fiz nada contra minha vontade. -Jiraiya encosta seus lábios novamente nos de Tsunade, a mesma corresponde Jiraiya. No começo, o beijo foi quente e eufórico, mas depois de um tempo começou a ser doce e calmo, os dois se separam devido ao ar que faltava para os dois.- 

 

Tsunade: obrigada. -fala Tsunade ofegante- Mas, quero mais coisas além de um simples beijo. 

 

Jiraiya se se surpreende, ficando com olhos um pouco arregalados e boquiaberto. 

 

Jiraiya: o-oque você quer? 

 

Tsunade: Jiraiya, não se faça de santo, você sabe o que eu quero. -Tsunade sorri de canto- 

 

Jiraiya engole seco sem saber o que  fazer, avia sonhado tanto com aquele momento, com aquela voz chamando por ele, e agora que estava acontecendo ele não sabia o que fazer nem o que falar, o mesmo começa a corar em suas maçãs do rosto, o que fez Tsunade rir um pouco. 

 

Tsunade: você não sabe o que fazer né? 

 

Jiraiya: é-é, é. 

 

Tsunade sorri se sentando no colo de Jiraiya, entrelaçando a cintura do homem com suas pernas, e o abraçando segurando sua cabeça.

 

Tsunade: então deixe que eu faço- disse beijando seu pescoço, fazendo Jiraiya se arrepiar um pouco, Tsunade trilha um caminho de beijos do pescoço até a boca de Jiraiya, Tsunade sela outro beijo em Jiraiya, que ainda estava paralisado, parecia que varias bombas aviam sido  jogadas em cima dele, o mesmo não sabia como reagir a tudo aquilo, apenas retribuiu o beijo que Tsunade avia lhe dado.- 

 

Tsunade começa a retirar o kimono verde de seu amigo, Jiraiya a ajuda no processo, o. mesmo também retira sua camisa de malha, ficando com a cicatriz que Naruto avia feito a mostra. 

 

Tsunade: eu ainda me pergunto: como você sobreviveu a isso? 

 

Jiraiya: do mesmo jeito que sobrevivi aos seus socos. -Jiraiya sorri e beija Tsunade- Tsunade, e-eu ainda  te amo. 

 

Tsunade sorri, e começa a retirar a camisa que Jiraiya avia lhe dado, como a mesma não usa sutiã, seus grandes seios já estavam a mostra, o que fez Jiraiya se excitar um pouco, Tsunade sorri sentindo a excitação do mesmo. 

 

Tsunade: Seu tarado. 

 

Jiraiya: nenhum homem consegue não se excitar com esse lindo par de...

 

Tsunade: Jiraiya.

 

Jiraiya: me desculpe.

 

Tsunade entrelaça o pescoço do homem com seus braços, seus seios aviam ficado na altura do rosto de Jiraiya, o mesmo sem pensar direito, começa a massagear um dos seios com sua boca enquanto no outro mexia com sua grande mão. Tsunade solta um pequeno e baixo gemido de prazer, Jiraiya beijava, chupava e mordiscava os mamilos rígidos de Tsunade. (N/A: fiquei com vergonha agora >.<) Jiraiya se redireciona para o outro seio, fazendo os mesmo movimentos. Quando Jiraiya termina de fazer aquilo, Tsunade o empurra para trás com uma certa força, a mesma retira as calças do homem e em seguida sua cueca box vermelha, Tsunade pega o membro um tanto quanto grande na mão e começa a massagear o mesmo, fazendo movimentos para cima e para baixo, em pouco tempo o membro já estava bem duro, com isso Tsunade coloca o membro rígido na boca, fazendo Jiraiya gemer de prazer. Depois de Tsunade fazer aqueles movimentos por algum tempo, Jiraiya goza na boca da mesma. 

 

Jiraiya: Tsu, me desculpe.

 

Tsunade: tudo bem, apenas avise da próxima vez. -Tsunade disse limpando o liquido braco que escorria no canto de sua boca- 

 

Jiraiya: tudo bem. -Jiraiya disse se levantando e indo em direção a Tsunade, ficando em cima dela e a beijando calmamente, Jiraiya escorreça sua mão pela cintura de Tsunade ate chegar onde se encontrava sua calça, que é retirada pelo homem, Jiraiya coloca sua mão dentro da lingerie braca de Tsunade e a penetrar com dois dedos, Tsunade gemi de prazer e um pouco de dor. 

 

Jiraiya: está tudo bem Tsunade? -Jiraiya fala preocupado- 

 

Tsunade: si-sim, apenas continue, por favor. 

 

Jiraiya continua os movimentos, acelerando e diminuindo a velocidade, Jiraiya para, retira a lingerie da mulher, pucha Tsunade pelas pernas para mais perto de si, e assim, começas movimentos circulares com sua língua na intimidade úmida da mulher que acariciava com uma de suas mãos os cabelos brancos do homem, enquanto a outra segurava firme no lençou branco da cama. Tsunade também goza na boca de Jiraiya. 

Jiraiya: finalmente. -Disse sorrindo e a beijando- 

 

Tsunade: como assim finalmente? Você demorou mais que eu. 

 

Jiraiya ri.

 

Jiraiya: então, posso? 

 

Tsunade balança sua cabeça positivamente, Jiraiya assente penetrando-a devagar para não machuca-la, Tsunade segura mais forte o lençol, dando um pequeno grito baixo. 

 

Jiraiya: eu te machuquei? -Jiraiya fala mais preocupado que antes.-

 

Tsunade: co-co-continue! 

 

Jiraiya assente e continua devagar e depois começando a aumentar os ritimos das estocada, Tsunade se abraça em Jiraiya e em seus ouvido fala:

 

Tsunade: eu te amo Jiraiya.-Jiraiya para na hora-

 

Jiraiya: o-oque?

 

Tsunade: e-eu te amo.-Tsunade diz corada- 

 

Jiraiya: serio? -Jiraiya fala assustado porém feliz- 

 

Tsunade: sim.

 

Jiraiya abraça Tsunade.

 

Jiraiya: eu, eu também te amo. 

 

Tsunade: eu sei. -diz a mulher o abraçando de volta. 

 

Jiraiya a solta, olha pra ela e sorrindo a beija, Tsunade engatinha por cima de Jiraiya ficando em cima do mesmo e sentando no membro grande, Tsunade se apóia som suas mãos no peito de Jiraiya  começando a subir e descer rápido, Jiraiya segura a sintura fina da mulher e a ajuda, estocando-a rápido, em pouco tempo os dois já estavam quase no seu clímax máximo, Jiraiya solta uma de suas mãos da cintura da loira e segura sua mão,  fechando seus olhos, retira o membro de Tsunade e goza pela segundo vez. Jiraiya continua por mais um tempo até Tsunade gozar também. 

 

Tsunade cai no peito de Jiraiya ofegante e cansada.

 

Tsunade: o-obrigada. -diz Tsunade fechando seus olhos e sorrindo-

 

Continua?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...