História The Light Of My Obscure Life - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Izumi Uchiha, Kakashi Hatake, Kiba Inuzuka, Kurama (Kyuubi), Madara Uchiha, Mebuki Haruno, Mikoto Uchiha, Naruto Uzumaki, Obito Uchiha (Tobi), Orochimaru, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shisui Uchiha, TenTen Mitsashi, Toneri Otsutsuki
Tags Itaizu, Narusaku, Naruto, Sasuhina, Vampiro
Exibições 134
Palavras 1.324
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Interminável


Fanfic / Fanfiction The Light Of My Obscure Life - Capítulo 4 - Interminável

Inverno...


A estação mais fria do ano tinha chegado. O casal de nômades andava sem parar mesmo com a grande quantidade de neve que impedia a passagem. No fim, eles pararam para descansar. Hinata que estava entediada, fez uma bola de neve discretamente e tacou bem na cara de Sasuke. O Uchiha ficou incrédulo.

- Ah é? – Ele logo fez várias bolas de neve e tacou nela, foram tantas que a mesma caiu no chão.

Para completar ele encheu a Hyūga de neve, tanta que a azulada parecia mais um boneco de neve.

- Sasuke! Como eu saio daqui? – Hinata tentava se mexer.

- Não sai. – Ele riu convencido. De repente, os dois se entreolharam e foi como um verdadeiro imã. Se beijaram. O beijo foi ficando tão intenso que Sasuke acabou “desfazendo” o seu trabalho e a neve envolta da garota se dissipou.

- Hahahahahahaha! – Ela pegou neve e fez uma bola para tacar no rosto do moreno. Iniciando mais uma guerra de bola de neve.

Primavera...


Na estação das flores, eles acabaram entrando no território de uma cidade onde eles não sabiam de nada. Por conta disso, ficaram perdidos. Optaram por seguir caminho pela floresta. E então chegaram numa lagoa bem grande.

- Saaaaaasuke! Vamos parar aqui, estou com calor quero tomar um banho. – Os olhos de Hinata brilhavam. Estava fazendo carinha de gatinho para ver se Sasuke cedia. E ele cedeu.

- Tá tá! – Disse impaciente.

A Hyūga tirou seu vestido, só ficando com um mini vestidinho bem ralo. Sasuke que estava sentado debaixo de uma árvore, arregalou os olhos no momento em que viu mais claramente o corpo bonito que sua companheira tinha. A “camisola” realçava seus fardos seios e a água marcava as curvas perfeitas. Quando Hinata percebeu que estava sendo fitada intensamente pelo vampiro que estava praticamente babando, ela se abaixou na água e corou consideravelmente.

- Sabe, eu vou me juntar a você. – Sasuke dizia com um sorriso sacana. Ele tirou algumas roupas e se tacou na água gelada da lagoa. Chegou perto de Hinata. – Você têm um belo corpo, Hyūga.

A vergonha tomou o corpo da menor. Seu rosto ardia de tão vermelho.

- O-Obrigada.

“Espero que eu tenha uma oportunidade de ver novamente.” – Sasuke pensou.

Verão...


Hinata comia com tranquilidade suas frutas. Eles estavam em uma mata perto de uma pequena aldeia. Ela foi tirada de seus pensamentos com o roncar da barriga de Sasuke. Ainda não tinha visto ele se alimentar desde que saíram do distrito Uchiha. Normalmente ele ia ao entardecer e voltava ao amanhecer já alimentado.

- Sasuke, está com fome né? – Hinata se virou para o lado esquerdo onde o Uchiha estava sentado.

- Hm. Estou. – Ele se levantou e foi andando rumo à aldeia.

De alguma forma ele se sentia mal quando tinha que ir atacar uma pessoa por causa de Hinata. Não queria lembrá-la que era um frio assassino. Mas ela não via ele daquele jeito.


HINATA ON


Vejo que Sasuke fica meio constrangido quando vai caçar. Acho que ele ainda não percebeu que gosto muito dele para ligar pra isso. Ele cuidou de mim por todo esse tempo, e seus beijos são inesquecíveis, mas infelizmente não sei como nosso amor poderá funcionar. Ele é um ser eterno e eu sou uma mera humana que não consegue nem se defender. Tenho medo de pensar no futuro e de especular sobre ele.

- Sasuke! Eu quero ir com você! – Sasuke parou no meio do caminho e olhou para meu rosto com uma face de espanto.

- Claro que não. Você não precisa ver o que eu faço. – Ele voltou a andar. Eu não ia deixar isso assim, então fui atrás dele.

- Eu não ligo para o que você acha. Eu vou! Afinal nós andamos juntos faz muito tempo, você já deveria me conhecer o suficiente para saber que não ligo de você ser vampiro é nunca sairia do seu lado por conta disso. – Na última parte corei e coloquei minhas mãos sobre minha boca. Acabei falando o que não deveria.

- Tudo bem. Só não me atrapalhe. – Disse seco.

[...]


Fiquei de longe só observando. Sasuke esperou uma mulher passar perto do beco onde ele estava escondido, puxou o braço da moça e pôs sua mão na boca dela. Me aproximei. Ele tinha ativado o seu Sharingan, com ele jogou um tal de genjutsu. Ele ficou quieta e ele pode morder o pescoço. Quando não havia mais sangue na mulher, ele jogou chamas negras que só pararam de queimar quando não havia mais corpo.

- Satisfeita? – Ele apareceu atrás de mim.

- S-Sasuke? – Me assustei, ele estava com dentes afiados e a boca suja de sangue.

- Viu? Não tem nada de interessante no que faço.

Depois disso, saímos daquele local.


HINATA OFF


Outono...


SASUKE ON


A estação que as folhas caem... Minha favorita. Lembro-me bem dos dias que eu e Itachi saiamos para colecionar folhas. Parecia coisa de maluco, mas eu sinto falta. Sinto falta do carinho de minha mãe e das broncas de meu pai. Nunca vou me esquecer de quando o Itachi tentava cozinhar só que nunca saía como ele queria e acabava queimando tudo com o Amaterasu. Mas pelo menos algo de bom aconteceu na minha vida. Hinata. Se não fosse pela sua companhia, não sei o que seria de mim. Faz um ano que viajamos juntos. E não tive coragem de expor meus sentimentos.

- Sasuke! Nessa aldeia que estamos vai acontecer um festival! Podemos ir? Vai ser hoje à noite. – Hinata fez sua carinha de gatinho fofo que sempre me convencia.

- Vamos. – Revirei os olhos.


[...]


O festival estava realmente bonito. Todos os aldeões pareciam se divertir e Hinata estava radiante. Fomos em todas as barracas e a gorda comeu de tudo! Hinata provou TODAS as comidas.

- Estou cheia. – A Hyūga disse pondo a mão na barriga. E então um grupo com instrumentos começou a tocar. – Vamos dançar Sasuke. – Ela puxou minha mão e me levou até o lugar onde tinha várias pessoas dançando.

Enquanto ela dançava eu fiquei lá Paradão.

- Pare de ser careta! Dance comigo. – Ela pegou minha mão esquerda e colocou a sua no meu ombro. Minha mão direita foi parar na sua cintura. Começou a tocar uma música lenta.

Estava no meu limite. Precisava roubar aqueles doces lábios para mim. A beijei sem mais delongas. Porém ela parou o beijo e desviou o olhar para baixo corada.

- S-Sasuke p-podemos ir para um lugar mais afastado? Eu quero conversar com você. – Ela pegou meu braço e me tirou daquele lugar. Me levou até um local com árvores que tinha suas folhas caindo constantemente. – É que... Com o beijo que você me deu... Eu tive mais vontade para dizer o que eu sinto. Bem, com todo o tempo que passamos juntos, posso lhe dizer que depois que você apareceu na minha vida, tudo mudou. Eu passei a amar você nas coisas que temos em comum e nas nossas diferenças. E-Eu não quero nunca me separar de você. Quero ficar para sempre ao seu lado. Por isso peço que me transforme em uma vampira. Assim eu nunca vou precisar te deixar.

- H-Hinata... – Não tinha ideia que ela queria se transformar em vampira! – Você sabe que...

- Eu sei que vou ter que matar pessoas! Mas eu faço qualquer coisa para continuar contigo.

Abracei aquela pequena jovem. Como a amo.

- Farei seu desejo, pois eu te amo e não quero envelhecer ao seu lado. Na verdade quero acordar todos os dias da minha vida e ver seus olhos perolados me confortando. Vamos viver o eterno. – Beijei o pescoço dela e de uma vez mordi. Ela deu um grito de dor e caiu nos meus braços. Não bebi nenhuma gota de seu sangue, sendo assim ela automaticamente se transformou em uma vampira.

   Agora é só esperar ela acordar e desfrutar da alegria juntos. Vamos construir um destino perpétuo.






Notas Finais


Então pessoal aqui na fanfic eu fiz assim:
🔸Transformar-se em vampiro precisa morder o pescoço mas sem beber o sangue. 🔸
Espero que tenham gostado❤
Fuzilem o botão do favorito 😂
E comentem pakas
Amos vcs, bye! Talvez eu poste sábado.
P.s.: Tem leitor fantasma?? 👀👻 Se tiver, estou de zoio hurhuehue❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...