História The Light That Guides Me - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Happybdayjimin, Jikook, Oneshot, Sadfluffy, Sorrynotsorry
Exibições 45
Palavras 648
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ni Hao sz
Então, essa é a os que eu prometi que postaria no aniversário do Jimin, e aqui estou eu.
No momento, tô na bosta. Lembrei que, mesmo se eu parabenizar no twt, ele nunca vai ler; lembrei a quantidade de quilômetros e a falta de conhecimento dele sobre o tamanho do meu amor por esse filho da p*ta.
"Não se contenta só por eles existirem?"
Isso é idolatria extrema e eu tbm sou humana. N quero contaminar ngm com a minha tristeza momentânea, mas deixei aqui um pequeno desabafo akskajsk
Escrevi essa fic com muito carinho numa madrugada meio triste. Mesmo me esforçando pra ser fofa ou expressar claramente os sentimentos que queria transmitir, saiu meio melancólica, mas fiquei satisfeita com o resultado.
Queria agradecer e dedicar isso aqui à unnie idosa, meu anjo ❤ @Livi16 , você leu em primeira mão e sinta orgulho de mim por ter postado, estou melhorando por sua causa :D
Como podem ver, é curtinha, mas espero que agrade.
Boa leitura!

Capítulo 1 - Capítulo Único


Você é a única pessoa que desperta coisas boas em mim; essa é uma condição que já dura há alguns anos.

 

Nos conhecemos de um jeito tão clichê, Jimin, você estava tão bonito naquela noite. Eu não acreditava no que via, mas queria ser capaz de manter o sonho eterno para estar sempre agraciado pela visão que eu tinha de você dançando.
Seus cabelos, negros como a própria noite que nos cercava, grudavam-se aleatórios no suor brilhante. Seus lábios acompanhavam a letra da música agitada que reverberava por toda a praia, enquanto seus olhos estavam fechados, com a cabeça voltada para o céu.
Nada havia me impedido, nem mesmo minha insegurança habitual, de chegar em ti, pronunciando a frase:
"Você é muito bonito e dançar parece cansativo. Quer uma bebida?"
Você nunca acredita quando eu te digo, mas não existe nada mais bonito do que a sua espontaneidade. Repito diariamente o tamanho do meu amor por cada parte sua, externa ou espiritual, e confirmo minhas palavras ao beijar cada canto seu, sentindo seu cheiro único e contando cada uma das suas inúmeras pintinhas. Não há nada mais adorável do que elas.
Eu sou fascinado também por sua personalidade, Park Jimin.
Pelos teus padrões simplesmente complicados, pelas tuas tendências empáticas, pela tua maturidade excessiva, pela tua visão de mundo, pelo encanto que enxergas até mesmo nas mais comuns das flores.
Eu gostaria de ser capaz de me expressar melhor; você merece ouvir muito mais do que elogios - mesmo que sinceros - e receber beijos - mesmo que apaixonados. Você merece o melhor do mundo, Jimin, espero que a minha repetição o faça entendê-lo.
Os fogos claros pintavam cada parte de sua pele com as luzes coloridas; eles comemoravam um ano novo e o seu sorriso.
Comemoravam e agradeciam a sua existência, Jimin, porque nada nunca instigava minha curiosidade se não envolvesse você. O meu mundo é você e cada um dos segundos que passo ao seu lado me provam que eu talvez possa nunca me arrepender de tais pensamentos.
O escorregar das letras de seu nome por minha mente faz ressurgir memórias felizes e importantes.
Como todas as pessoas, também passamos por fases difíceis e me dói lembrar que te culpo por não saber lidar direito com meus sentimentos quando estou estressado.
Eu sou a pior pessoa do mundo quando te faço chorar, Jiminie.
Quem ama não causa sofrimento ao seu protegido, certo? A razão dos nossos desentendimentos é porque nos amamos demais? É por isso que você chora quando insinuo que a sua colega de trabalho deve chupar muito bem para você chegar tão feliz em casa?
Me perdoe por fazer-te tão desgastado, quando tudo que você quer quando chega em casa tarde da delegacia, é receber carícias por toda a maciez do seu corpo e ouvir as nossas juras tão íntimas.
Não existe maior prova do que você de que há beleza no caos.
Obrigado por ter atendido minha ligação às 3:00 da madrugada só porque eu precisava ouvir sua voz para aguentar a briga dos meus pais.
Obrigado por ter usado o dinheiro que você tinha juntado por quatro meses no seu novo emprego apenas para comprar o jogo do homem de ferro que eu tanto ansiava.
Obrigado por me deixar passar a noite com você por causa dos meus problemas familiares em casa, mesmo tendo consciência do quão puto seu pai ficaria se soubesse.
Você é alguém capaz de esgueirar-se para fora de casa no meio da noite só porque eu preciso de você, pertinho de mim.
Admiro-te imensamente por ser tão paciente.
Amo-te por ser capaz de aceitar meus defeitos e ressaltar minhas qualidades.
Agradeço-te por ter ensinado-me física e a interpretar meus sentimentos corretamente.
Não enxergo um palmo à minha frente sem ter você como minha luz.
Por que você, Park Jimin, é a melhor coisa que já aconteceu na minha vida.

 


Notas Finais


Perdão pela demora com Incógnita, se alguém a lê, mas é provavel que eu exclua aquela fic.
Espero que tenham gostado
xoxo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...