História The light that illuminates my life - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Haikyuu!!
Personagens Akaashi Keiji, Asahi Azumane, Bokuto Koutarou, Chikara Ennoshita, Daichi Sawamura, Hajime Iwaizumi, Hisashi Kinoshita, Issei Matsukawa, Ittetsu Takeda, Kazuhito Narita, Kei Tsukishima, Kenma Kozume, Koushi Sugawara, Lev Haiba, Personagens Originais, Ryuunosuke Tanaka, Shouyou Hinata, Tadashi Yamaguchi, Tetsurou Kuroo, Tobio Kageyama, Tooru Oikawa, Yaku Morisuke, Yuu Nishinoya
Visualizações 150
Palavras 1.020
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Esporte, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom, finalmente terminei o cap antes de vocês me matarem!
Tenham uma boa leitura 💙

Capítulo 19 - Ajuda


Fanfic / Fanfiction The light that illuminates my life - Capítulo 19 - Ajuda

Akaashi

Acabei de sair do hospital, fui fazer uma consulta periódica para ver se está tudo bem com a bebê.

- Quando vamos começar a comprar as coisas para ela? - Perguntou Bokuto animado.

Finalmente ficamos sabendo o sexo do bebê, e é uma menininha saudável.

- Primeiro precisamos terminar de organizar as coisas da mudança, depois começamos a comprar os móveis para o quarto dela.

- Quero que ela nasça logo! - Exclamou Bokuto enquanto estacionava o carro a frente de casa.

- Eu também... Mas ainda faltam menos de cinco meses.

Falei e acariciei minha barriga por cima da roupa.

Entramos na nossa casa nova que é extremamente grande... Acho que exageramos na hora de escolher.

- O Tetsuro, Kozume e o Tsukki vão passar aqui mais tarde para nos dar uma ajuda. - Falou Bokuto.

- Certo, vou descansar um pouco.

Fui até o nosso quarto, que por sinal é a única coisa arrumada aqui, e me joguei na cama.

---

Acordei e peguei meu celular, vendo que dormi apenas uma hora.

- Hm, acordou. - Falou Bokuto ao meu lado.

- O que foi?

Perguntei enquanto esfregava os olhos.

- Nada, só gosto de te ver dormindo. - Falou e me deu um selinho rapido.

Me sentei na cama e cocei a cabeça. Saimos do quarto e fomos para cozinha almoçar, e para a minha surpresa o meu marido já havia preparado tudo.

- Espero que esteja bom. - Falou ele sorrindo.

- Cem certeza está.

O beijei rapidamente e nos preparamos para comer.

Akaashi off

Bokuto on

Mesmo que ainda faltem menos de cinco meses... Estou super ansioso e apreensivo, afinal serei responsável por uma vida, uma vida que eu criei! Na hora que você descobre isso é apenas diversão e alegria... Mas depois... Começa a vir às incertezas, será que vou ser um bom pai? Será que Akaashi vai me aturar pra sempre? Será que minha filha vai gostar de mim? Isso tem me tirado o sono em alguns momentos e olha que o nascimento dela não está nem perto.

- Você parece preocupado. - Falou Kuroo enquanto me ajuda com as caixas vazias.

- Só estou preocupado... Quero ser um bom pai.

- Você sempre foi um bom capitão, então será um ótimo pai. Lembre-se que você não está sozinho, você tem o Akaashi também, e todos os seus amigos. - Falou ele sorrindo.

- Você é tão maduro Tetsuro!

Ele sorriu. Olhei para o canto da sala, onde Kozume e Akaashi estão ajeitando um quadro na parede.

- E você não pretende ter filhos?

- Eu quero... Mas por enquanto é inviável, afinal o Kenma acabou de começar a trabalhar como modelo, e o vôlei é muito importante pra ele, além dele estar ajudando o Hinata a cuidar da irmãzinha. - Explicou.

- Ele também parece ter amadurecido muito.

- Realmente. Sabe... Ainda tenho um certo ciúmes do Hinata, mas ele fez grandes mudanças no Kenma, ótimas mudanças, ele cresceu muito ao lado dele. - Admitiu.

- Mas com certeza ele vai crescer muito ao seu lado também, não se preocupe.

Ele sorriu e me deu um soquinho no ombro. Depois a campainha tocou e Akaashi foi atender.

- Olá. -Falou Akaashi.

- Oi. - Disse Tsukishima.

O loiro entrou na casa parecendo um zumbi, com olheiras profundas, cabelo bagunçado e roupa amarrotada.

- Você está horrível.

Ele me encarou e soltou um suspiro.

- O Tadashi passou mal a noite toda... Não dormi em momento nenhum, então se sinta honrado em ter minha presença aqui.- Falou rindo.

- Certo, agora venha nos ajudar.

Com a ajuda dos três, a arrumação foi bem mais rápida e eficaz, a deixando muito mais rápida.

- Estou exausto!

Akashi beijou a minha testa e sentou ao meu lado no sofá. Passei meu braço em volta dos seus ombros e o puxei para perto.

- Ei, estamos aqui ainda. - Falou Tsukishima, fazendo Kuroo rir.

Kenma se aproximou sorrateiramente como um gato e colocou a mão em cima da barriga de Akaashi, não sabia que ele se interessava por bebês, mas seus olhos brilharam, fazendo todos nós voltarmos sua atenção a ele.

- Você gosta de bebês, Ken-san? - Perguntou Akaashi.

- Não sei lidar bem com eles, mas acho incrível o fato de estar gerando uma vida dentro de si... Aprendi muito no tempo que morei com Suga e Daichi, e amo os gêmeos eles são muito fofos! - Exclamou Kenma de um jeito fofo.

Akaashi passou a mão nos cabelos loiros do menor e sorriu.

- Bom, um dia será a sua vez, se você desejar, assim você poderá vivenciar isso por si mesmo, e tenho certeza que você vai amar, mesmo com todos os altos e baixos. - Explicou.

As palavras do moreno saíram de um jeito apaixonado, fazendo todos sorrirem.

- Vamos ser ótimos país. - Falei passando a mão na barriga do meu marido.

- Com certeza. - Respondeu ele.

Depois de alguns segundos voltamos nossa atenção pro Tsukishima, que está se preparando para ir embora.

- Já vai?

- O Tadashi não está se sentindo bem de novo, vou levá-lo ao médico. - Explicou.

- Quer que a gente vá com vocês, podemos levá-los de carro.

- Por favor. - Disse o loiro.

O Yamaguchi deve estar muito mal, pois Tsukishima não costuma aceitar a ajuda nem dos amigos mais próximos.

Nos despedimos de Kenma e Kuroo e fomos para o carro.

(...)

Yamaguchi acabou de passar pela consulta, e parece que ele teve um aumento muito grande de pressão, então vai ficar internado aqui esta noite.

- Obrigado por tudo, agora vou ficar com ele. - Falou Tsukishima.

- Certo, nos dê notícias.

Fomos para casa e ajudei Akaashi a se trocar, ele diz que é um bom treinamento para quando ele estiver enorme.

- Temos que pensar no nome dela. - Falou.

- Sim, aposto que ela vai torcer para mim nos treinos e jogos!

- Você vai ter sua própria líder de torcida particular. - Disse ele rindo.

- Eu te amo, Akaashi, obrigada por tudo que você fez e faz por mim.

O beijei intensamente, o prensando contra a cama.

- Eu também te amo, meu amor. - Disse Akaashi sorrindo.

O abracei forte e sorri, afinal não poderia estar mais feliz! Mal vejo a hora da nossa filha nascer.


Notas Finais


E aí amores, gostaram do cap?

Quero sugestões de vocês para o nome da filha deles! Junto ao porquê do nome sugerido se possível!

Talvez eu demore um pouco com o próximo capítulo ou não, pq eu tenho que pensar em tudo que vai acontecer no próximo capítulo, então por favor não me matem! Se eu demoro pra atualizar é pq n quero fazer um cap de qualquer jeito, e como alguns aq acompanham a minha karmagisa, e eu tenho postado com frequência é pq eu tenho o enredo todo preparado com material suficiente para uns 20 caps. Minha demora em atualizar é não saber o que fazer no cap, pq quando eu sei consigo escrever três capítulos de fanfics diferentes ao mesmo tempo. Acho que eu devia uma explicação devido ao meu atraso, me desculpem! E o obrigada por todo o apoio!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...