História The little cat boy - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Chenle, Doyoung, Haechan, Jaehyun, Jisung, Johnny, Mark, Personagens Originais, RenJun, Taeil, Taeyong, Ten, Yuta
Tags Doeil, Doil, Jaeyong, Jhonten, Markchan, Markhyuck, Renchensung
Visualizações 84
Palavras 919
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hello, olha quem veio mais cedo ~insira aqui a música tema do Star wars (q?)

Pra quem acompanhada HWD, DESCULPA! Eu vou atualizar amanhã sem falta. Ando ocupada para um carvalho com os trabalhos de escola, mas amanhã eu posto
Boa leitura

Capítulo 6 - Beijo doce


 Beijo doce 

 Já havia passado uma semana desde a fuga dos híbridos, desde então a caçada  dos policiais não tinha fim. Toda hora algum programa de jornalismo passava sobre o assunto. Jisung assistia TV quando um desses programas passava

 – hoje foi revelado a identidade dos sequestradores que se passavam por funcionários da empresa KBPO entertainment. Os fugitivos Lee Donghyuck de 17 anos e Moon Taeil de 22, estão foragidos desde do ocorrido. Se você viu um desses dois, a Polícia pede para que a avise e os denuncie. – Jisung assistiu tudo atento e quando o programa entrou no intervalo saiu correndo atrás de Chenle e Chittaphon que tomavam café 

 – DONGHYUCK E TAEIL APARECERAM NA TV! – Avisou desesperado – a apresentadora disse que quem os visse era para denuncia-los e entrega-los a Polícia! 

 – Onde está Donghyuck? – perguntou Chenle já ficando preocupado com a situação 

 – ele saiu com Mark – Jisung respondeu 

 – Aish – Chittaphon correu até o telefone fixo – Eu vou avisar para Taeil hyung não sair de casa 

 – eu só não entendo porque Johnny também não foi exposto na TV – Chenle falou alto meio pensativo 







 – Nós temos os codinomes em números, porque é a ordem dos transformados. Exemplo, eu fui o segundo a ser transformado em híbridos, meu codinome é dois. Entendeu? – Mark explicou para o garoto de agora fios vermelhos vivo.

 Estavam em uma sorveteria, esperando serem atendidos.

 – algum de nós não sobreviveram, então há alguns codinomes que não são mais usados. – Mark dissera e ficou pensativo 

 Donghyuck pensou em falar algo mas fora impedido pela a garçonete.

 – Oh! Hyuck-Saeng, faz tempo que não vêm por aqui – a atendente que usava um vestido azul de maid (já que era a farda do local) falou sorrindo carinhosamente para Donghyuck e Mark já não gostara dela 

 – Yerim-Noona, senti saudades! Ah, esse aqui é Mark, Mark essa aqui é Yerim – Donghyuck apresentou. A garota virou-se para o loiro e se curvou em cumprimento 

 – prazer em conhece-lo – voltou-se a Donghyuck – Como anda Jeno e Taeyong?

 "Com as pernas" pensou mark

 – Bem, e Sooyoung e Seulgi? – perguntou Donghyuck 

 – as duas estão bem, enfim, o que vão querer? 

 – Sorvete de Chocolate e menta – Donghyuck falou e a garota anotou em um caderninho, virou-se para Mark 

 – Flocos e Morango – respondeu seco chamando a atenção de Donghyuck que sorriu mínimo ao desconfiar de algo

 A garota se afastou 

 – É impressão minha ou você não gostou da Noona?

 – eu apenas não gostei de como ela sorria para você, ela praticamente estava dando encima de você. Viu como ela te tratou com carinho?! – Perguntou indignado, Donghyuck gargalhou alto de Mark chamando a atenção dos outros clientes 

 – Yerim-Noona é como uma irmã mais velha pra mim, Mark. Ela, eu e jeno crescemos juntos. Não acredito que está com ciúmes – ainda ria da cara de bunda de Mark – Além disso, ela têm namoradas  

– namoradas? – Mark perguntou incrédulo 

 – tá vendo aquelas garotas que acabaram de entrar – apontou para duas meninas que estavam na recepção – a mais alta é a joy e a outra é Seulgi, ambas são namoradas e namoram com Yerim. Não falo com elas mas são gente fina 

 – Yah, esta aqui meninos. Desculpa a demora, tive um problema ali – apontou para as meninas, Yeri colocou os copos de vidros com sorvete encima da mesa. E sorriu gentil já saindo 

 Mark estava corado, quando foi que ficou tão ciumento assim? O ciumento não era Donghyuck?

 Ambos passaram a comer o sorvete enquanto conversam sobre assuntos aleatórios. Mark ainda sabia comer direito, afinal não era acostumado a comer aquilo, só havia comido duas vezes sorvete. Suas bochechas estavam todas lambuzadas quando Donghyuck teve uma ideia que sabia muito bem que era clichê, mas quem se importa?

 O garoto se aproximou do outro com um guardanapo para limpar a bochecha de mark quando fora puxado com tudo pelo o próprio híbrido já tendo a língua do mesmo sobre os seus lábios, Mark passou a língua entre os lábios de Donghyuck sentindo o gosto doce do sorvete, não pensou duas vezes e selou ambos os lábios em um beijo calmo. Beijo esse que mexeu demais com o humano que estava imóve enquanto sentia o gosto dos sorvetes se misturando entre sua boca e a de Mark, fechou os olhos e correspondeu o beijo mesmo ainda tímido Não se importavam de estarem em público, os lábios se encaixavam tão preciso que Mark achou aquilo fascinante. 

Puxou a cabeça do mais novo mais para si e terminou o beijo sem quaisquer malícia com selinhos 

 Donghyuck ainda tinha os olhos fechados e sorriu quando Mark se afastou, suas bochechas estavam vermelhas e ele soava frio. Ficaram ali, sem sequer uma palavra quando ouviram o nome do mais novo soar pela a TV da sorveteria, o mais novo arregalou os olhos e se escondeu debaixo sa mesa, sorte que tinha um pano para o esconder. Mark se abaixou e ficou junto a Donghyuck. 

 – e agora?! O que vamos fazer?? – Donghyuck perguntou alertado quando o pano fora puxado para cima e uma yerim furiosa apareceu e os puxou para dentro da cozinha antes que alguém os visse 

 – desde quando você é criminoso, Lee Donghyuck?! Eu não te criei assim moleque! – ela falava indignada – Eu vou te matar! Taeyong sabe disso? 

 – Sabe, Yerim-Noona eu vou te contar tudo. Só por favor, me ajuda a sair daqui sem ser visto! – pediu – sei que deve estar com raiva por eu não ter falado nada sobre isso com você, mas por favor noona! 


 A mais velha olhou para ambos e franziu o cenho e suspirou 


        


Notas Finais


E agora, o que será de Markinhos e Haechan?

Vai ter comeback dos bebês do NCT ❤

Até


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...