História The Little Hybrid - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 35
Palavras 914
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoa que eu nunca vi na vida(e provavelmente não vou ver por que isso é um app)! Leia. Por favor ;-;. Gostou? Legal. Não gostou? E eu com isso?

Tchau tchau!

Capítulo 1 - My Life


Era uma noite escura e fria naquele laboratório, e novamente os cientistas testavam suas abilidades.

Cientista - Finalmente saiu um perfeito! - comemorava o cientista com a pequena menina em mãos.

Não era uma menina normal, era uma híbrida. Ela continha orelhas de gato acima de sua cabeça, assim como um rabo. Para a surpresa dos cientistas, ela "nasceu" com os cabelos na cor lilás, a mesma cor de seu rabo e orelhas. A menina, em vez de receber um número, recebeu como nome Kim Yon Ne.

Alguns anos depois a Kim já se encontrava com 18 anos. Os cientistas não obtiveram sucesso novamente, assim ocultando a existência da menina e abandonando o projeto, junto com a construção e TUDO que ela continha dentro. Tubos de apresentação foram deixados cheios, frigobares que continham substâncias indecifráveis nunca mais foram usados, e a cela que Kim Yon Ne fora deixada nunca mais fora aberta.

Após 4 meses a pequena Kim já se encontrava anemica e fraca. Seu aniversário ja havia passado, e ela agora tinha 19 anos. As vezes ouvia carros, mas não tinha esperanças para nada. Não cantava mais, uma coisa que ela fazia seguido alguns anos atrás. A comida que sua cela continha havia acabado, mesmo a híbrida não comendo três refeições por dia algum dia iria acabar. Esse dia foram duas semanas atrás.

Em algum dia qualquer, a menina ouviu passos, e pessoas falando.

??? - A gente não devia estar aqui... vamos ser presos! - Uma voz grossa falou.

??? - Cala a boca medroso! - Era uma voz mais fina.

??? - Fiquem quietos os dois! Então, como eu estava explicando para as fãs... ficaremos aqui por que dizem que o lugar é assombrado, e quem pedir pra ir embora terá que cumprir um desafio! - Falou outra voz.

Yon Ne não entendia tudo o que falavam, já que nunca tivera muito aprendizado. Os passos iam ficando mais próximos, até que começara a chorar baixinho por conta do medo.

??? - Vocês ouviram isso? - alguém falou assim que a híbrida soluçou mais alto.

Yon - Por favor não machuca a Yon Ne... - ela falou baixinho assim sua cela fora aberta.

Na cela entraram 7 meninos, que quando viram estado da pequena criatura a sua frente arregalaram os olhos.

A menina estava em posição fetal encolhida na parede com machucados por todo o corpo, extremamente magra e tentava esconder a sua cabeça entre os joelhos. A Kim olhou para o objeto na mão de um dos meninos assim revelando os seus olhos cinzas marejados e teve más lembranças: era parecido com uma câmera que utilizavam para gravar o quanto ela resistia a torturas.

Quando seus olhos encontraram o celular gravando ela não pode conter as lagrimas, e fungou baixinho.

??? - O-o-o q-que?

??? - O-os cientistas não d-disseram q-que haviam conseguido u-um híbrido...

Yon - Por favor... - fungou mais uma vez - Não machuca a Yon Ne... - fungou de novo, escondendo sua cabeça entre os joelhos.

O menino com o aparelho em mãos o desligou e guardou em seu bolso, se aproximando da pequena criatura assustada.

Yon - Não machuca a Yon por favor! - a menina gritou com a voz trêmula, se encolhendo mais na parede.

Jin - Você não precisa ter medo... me chamo Jin, vim aqui pra ajudar... - diz ele ainda se aproximando.

Yon - Humanos não gostam da Yon Ne, humanos machucam Yon...

Jin - O seu nome é Yon Ne? Que nome bonito...

Yon - O que é bunituo? O que é nomi? - ela tentou pronunciar, falhando.

Os meninos arregalaram os olhos novamente, assustando a menina.

Yon - Desculpa a Yon Ne, Yon Ne não queria perguntar, não bate na Yon...

Namjoon - Não vamos machucar você... meu nome é Namjoon. Quantos anos você tem?

Yon - Yon Ne tem 19 anos... - respondeu submissa, o que assustou os meninos de novo.

"Acho que maltratavam ela" Jimin sussurrou no ouvido de Suga, que concordou com a cabeça. Jin notou que a menina tremia não de medo, e sim de frio. Retirou o casaco que usava, assim assustando de novo Yon.

Yon - Por favor não machuca a Yon! - ela falou assustada e com os olhos arregalados.

Dessa vez os meninos sentiram uma vontade imensa de cuidar da menina, pensando nos maus bocados que ela provavelmente passou. Jin ficou assustado e logo se apressou.

Jin - Eu nunca faria algo assim! Você está com frio, não está? - ela concordou com a cabeça lentamente - Use o meu casaco, assim não terá mais frio.

Jin chegou mais e perto e colocou o casaco nos ombros da menina. Ela se acalmou um pouco, assim deixando as orelhinhas caírem um pouco e não ficarem em alerta, o que todos acharam extremamente fofo. Jin sorriu docilmente para a menina, que apenas parou de chorar.

Namjoon - Vamos te levar daqui, certo?

A menina concordou com a cabeça, mas quando Jin pegou na sua mão e a levantou, ela caiu. Namjoon logo se apressou e correu até a híbrida.

"Acho que ela não consegue andar" Jin falou no ouvido de Namjoon. Jungkook se ofereceu a levá-la, e Namjoon concordou.

Jungkook - Oi! Meu nome é Jungkook. Vou te pegar no colo, ok?

Yon - Kookie... - a menina falou baixinho, mas mesmo assim foi audível.  Concordou com a cabeça e logo Jungkook a levantou.

A partir daí sua vida mudaria.

(Leia as notas finais)


Notas Finais


Avisinho:

Eu não vou postar todo dia, e provavelmente os capítulos vão sair aleatórios. Não me julguem.

Provavelmente eu vou usar a música de outros grupos como as dela, e o álbum WINGS vai ser criado com a ajuda dela nessa fic. Não me julguem.

Eu gosto de chocolate. Não me julguem.

Eu sou demente. Não me julguem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...