História The little Jimin - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags 3some, Bagtanboys, Bts, Jhope, Jihope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjin, Namyoonjin, Rap Monster, Suga, Sugamon, Tresome, Vkook, Vmin, Yoonjin
Exibições 432
Palavras 1.289
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OIIIIEEEE~~

Se você estiver lendo eu espero que goste dessa fic :')) eu fiz ela com todo o carinho existente nessa galaxia <3

Eu realmente gostaria de dizer q essa é a primeira fanfic que eu posto, mas o passado n permite.

Eu tinha aquele negocio de querer fzr fanfic com tudo quando tinha 11anos. Então ainda tem umas fic bem bosta de amor doce perdidas pelo spirit afora.

ainda bem que eu n usava minha foto como avatar na época, AMÉM IRMÃOS!!

Essa é uma fanfic comedia então não levem muito a serio as piadinhas ok? okay, obrigadinha

vejo vcs nas notas finais~~

Capítulo 1 - Porque Deus?


Fanfic / Fanfiction The little Jimin - Capítulo 1 - Porque Deus?

Olá meu nome é Park Jimin, e eu sou a PORRA DO GAROTO MAIS BAIXO DA ESCOLA.

 

Apenas

 

Ah qual é Jimin, você não deve ser tão baixo assim puff.”

 

A verdade é que: Sim meus amigos, eu sou baixinho pra’ caralho.

 

Sou um garoto de 17 fucking anos, medindo 1.56 fucking cm.

 E a pior parte e que toda vez que eu passo de ano e entro em uma sala nova, os professores sempre me perguntam se eu não errei a sala, já que ali é o ensino médio e não o fundamental. Como a maioria dos alunos me conhecem eu acabo sendo motivo de risadas e piadinhas sem graça sobre altura.

 

Sem contar que já fui dispensado   por muitas gatinhas por ser pequenininho. Elas sempre preferiam os gigantes cheirando a suvaco e suor que jogam basquete.

 

E eu nunca me encaixaria nos caras bonitos, atléticos e populares que jogam basquete na escola.

Eu sou um garoto adolescente com 1.56, sedentário e gordinho. Tenho alergia a esportes e qualquer coisa que exija muito esforço.

 Credo, já até começo até a me coçar.

 

E o que sobra para o pobre Jimin? Isso mesmo pessoal, porra nenhuma.

O pobre Jimin passou toda a sua infância sozinho, para na sua adolescência não arranjar nenhuma gatinha T.T

 

“Eca, não fale de si mesmo em terceira pessoa. ”

O Jimin fala dele na terceira pessoa quantas vezes ele quiser, essa história é do Jimin.

 

Ta, parei

 

Voltando...

 

Agora eu estou aqui. Sentado na cadeira caindo aos pedaços da minha sala de aula, com a cabeça enfiada nos braços pensando em por que Deus, ao invés de ter me feito alto gostosão e forte, me fez pequenininho e gordinho.

 

QUAL É O SEU PROBLEMA COMIGO DEUS!!!! OQUE EU TE FIZ?

 

Choremos

 

 

 

— Ah Minnie, não fique assim. Você ta’ pensando em como está sozinho, não é? - Aquele babaca do meu melhor amigo me pergunta. Eu levanto minha cabeça que estava enfiada nas minhas mãos para poder olha-lo.

 

A peste estava na carteira ao lado da minha como de costume, me encarando com aquele olhar de pena como se eu fosse a pessoa mais azarada do mundo. O que não deixa de ser verdade. 

Acabo dando um suspiro de frustação.

 

 

Na verdade Kim Taehyung nem é babaca, mas só o fato de ele ser UM POSTE AMBULANTE bonito e do time de basquete da escola, já me faz ter uma raiva incontrolável por ele. 

Mesmo sendo o meu melhor amigo.

 

“Coitadinho do Taetae oppa”

 

Coitadinho meu pau. Fica quietinha que eu ainda to’ contando. Essa história é minha ou é sua? Garotinhas pequenas deveriam ficar quietinhas.

 


“ Falo o cara que tem 1.56. Podia ter ficado sem essa”

 

Calma Jimin...

 

 

 

 

 

 

Kim Taehyung, aquele desgraçado com crescimento acelerado.

 

— Eu tenho uma grande solução! – ele dá um sorrisinho de canto como se fosse o cara mais foda do universo. — Você tem sorte de ser o meu melhor amigo Jimin. – mereço.

Taehyung se levanta num pulo da sua cadeira e anda rapidamente com aquelas varetas gigantes que ele chama de "pernas",  indo em direção a mesa do nosso professor, pegando um giz que estava em cima da mesma.


“Jimin, seu professor não brigou com o Taetae? ”

Bom, ele até brigaria se não estivesse ocupado demais em dormir e babar, ao invés de dar aula.

 

Mas é vida que segue né.

 

Nesse momento todos da sala estão fazendo algo inútil, como: dormir, jogar bolinhas de papel e dormir.

 

E eu só to’ observando a merda que o Tae está pensando em fazer.

 

 

Quem é  Kim Taehyung sem fazer merda?

 

Isso, NADA.

 

— Prontinho Jimin, não precisa me agradecer princeso. Eu fiz de coração.- Taehyung dá paços para o lado para que eu veja o que ele acabou de fazer, enquanto me manda beijinhos no ar.


E eu quase tenho UM ATAQUE cardíaco ali mesmo.

 

 

JIMIN ESTÁ SOZINHO E QUER UMA GATINHA PARA PASSAR O FINAL DE SEMANA. ” 

Estava escrito bem grande na lousa com uma letra bem relaxada, seguido do meu número de celular.

 

 

—KIM TAEHYUNG SEU FILHO DA PUTA APAGA SSAPORRA AGORA SE NÃO EU VO FAZER VOCÊ COMER A PORRA DESSE GIZ PELO RABO!!! – digo já me levantando pra enfiar porra daquele giz pelo seu orifício anal.

 

Todos da sala já começavam a me zoar, dando risadas escandalosas e falando coisas desnecessáriamente constrangedoras. Nada melhor do que ser zuado para ajudar na minha popularida que já é 0%

 

 

— C-calma Minnie, eu só queria ajudar poxa.- ele colocou as mãos na frente de seu corpo enquanto eu me aproximo. — Desculpa.- Tae abaixa o olhar e um bico surge em seus lábios.

 

E pior é que eu acabei ficando com dó daquele gigante. E por fim nem tive mais vontade de enfiar o giz no rabo dele.

 

—OKay – suspiro. —Mas não faça mais essas idiotices Taehyung. Eu estou falando pra você para de ser burro, entedeu? – ele concorda com a cabeça. E lá estava o seu sorriso triangular novamente.

 

 Idiota.

 

— Agora me dá a porra desse apagador.- Tae me estende o apagador que estava na mesa do professor desmaiado. Puxo com força da sua mão (porque eu ainda to’ pistola) e começo a apagar aquele troço.

 

Ou pelo menos tentar.

 

— Tae amorzinho, apaga pra mim?

 

 

~(>//w//<)~ 

 

 

 

 

 — Ah Minniezinho do meu coração, me paga uma coxinha pelo o amor das crianças famintas, pelo amor de Deus. POR FAVOOOOR!!

 

As aulas de hoje já haviam acabado, então eu e o Tae estávamos em frente ao foodtruck que tinha na esquina da rua de trás da escola.

 

Era longe pra caralho.

 

 

Então porque você foi Jimin-shi? Ainda mais alguém gordinho e sedentário que nem você. ”

 

Sim, sou gordinho e sedentário.

 

 

 

Mas, a coxinha do senhor Jung é a coxinha mais foda de todas as coxinhas. Sem falar que era grande gordurosa e barata – quase tive um orgasmo- e o que um gordinho sem dinheiro não faz por comida gordurosa e barata, não é mesmo?

 

 

Es que, não sairia tão barato assim para o meu querido bolso, já que a Antaehyung esqueceu a sua carteira em casa. E agora estava quase se ajoelhando no chão e lambendo os meus pés pra eu pagar a dele.

 

Mas eu sou muito pão duro.

 

— Não

— Poxa Jimin, eu sou a porra do seu melhor amigo. Te comprei várias comida e ainda to’ tentando te ajudar a desencalhar. MAS VOCÊ NÃO RECONHCE SEU FILHO DE UMA DESGRAÇADA QUE EU SOU A MELHOR PESSOA QUE VOCÊ JÁ CONHCEU E AINDA ME REGULA A PORRA DE UMA COXINHA! EU VO ME JOGA DESSE BANQUINHO PARK JIMIN! – Dramahyung diz apontando para o banquinho que ficava embaixo da tenda do foodtruck. 

Enquanto isso eu passava vergonha pela segunda vez em um dia só.

 

Que que eu fiz?

 

Park Jimin 0 x Vida 2

 

— Taehyung pelo amor de Deus, para de passar vergonha! Eu compro a porra da coxinha. Agora cala aboca, o que eu falei sobre ser burro? - digo puxando ele para mais perto já pedindo duas coxinhas pro senhor Jung, enquanto o mesmo quase mijava de tanto rir da nossa discussão.

 

Esse senhor é muito abusado pro meu gosto, humpf.

 

Depois de eu comprar a coxinha para o meu amigo vulgo alien, nós nos sentamos nas mesinhas que tinham em uma pracinha perto do foodtruck.

 

Tava tudo tranquilo, tudo favorável ( piadinha velha eu sei), até meu celular começar a vibrar. 

Eu o tiro do bolço para desbloquear. 

Taehyung estava sentado à minha frente metendo o resto da coxinha na boca enquanto me observava com as bochechas ifladas.

 

[14h10] Desconhecido:

Oi dlç ;)

Agradece seu amigo por ter exposto o seu número

Anjo

Assim fica mais fácil pra violar o teu corpinho

( ͡° ͜ʖ ͡°)


Notas Finais


quem será q ta querendo violar o corpinho do Jimin ein ( ͡° ͜ʖ ͡°)


Ola dnv :3

Eu quero q saibam que pra ficar um pouco misterioso eu coloquei todos os couples do Bts com o Jimin pra ninguém saber ainda que é o tarado das mensagens okay?

Obrigada pela atenção anjos, até o proximo cap

CHU~~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...