História The Little Sister - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren, Fifth Harmony, Norminah
Exibições 331
Palavras 2.395
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Podem me matar eu sei, demorei ? Pra caramba mil desculpas estava com bloqueio de escrever e alguns problemas e o problema inicial de não ter um notebook no momento, enfim espero que gostem e obrigada pelos 83 favoritos uau ! Esse capítulo fala um pouco das decisões da Lali espero que entendam e gostem.

Capítulo 23 - Why is everything confusing?


Fanfic / Fanfiction The Little Sister - Capítulo 23 - Why is everything confusing?

POV Lauren:

- Sofia: E é assim que faz ?

Sofi disse pela 3ª vez e Lara riu confirmando que sim no ultimo mês a pequena e a menor estavam bem próximas, Sofi e Lara inventaram coreografias juntas dançaram fizeram a festa e Sinu e D. Clara estavam adorando isso, a pequena Jauregui e a Cabello menor se davam super bem do mesmo jeito que Camila e eu nós dávamos quando nos conhecemos no X-Factor, estava a olhando a um tempo quando a latina chegou e se sentou ao meu lado, havíamos acabado de chegar da Austrália e ficaríamos alguns dias em casa antes de começar a tour pelos EUA.

- Camila? O que está olhando ?

- Lauren: Nossas miniaturas são extremamente fofas, se falar isso para Lara vou negar até a morte.

- Lara: Negar o que ?

- Sofia: Quando.

- Camila: O que estavam fazendo ?

- Lara: Soletrando o alfabeto em russo. Sofia é uma aluna exemplar.

- Sofia: Meu problema é matemática sista o resto eu sou incrível.

Ela disse jogando um beijo no ar e começamos a rir, a cada dia ficava mais evidente como Sofi era uma mini Camila e isso era extremamente fofo.

- Camila: Hey Lali quando vai para LA ?

- Lara: Hoje ainda, tenho uma sessão de fotos individual, depois uma com Kay e depois sei lá.

- Lauren: E depois vai ficar um bom tempo na estrada sobre nossos olhos de águia.

- Sofia: Lo não seja estranha.

- Camila e Lara: É Lo não seja estranha.

Ela começaram e rir e fiz biquinho, queria beijar Camz mas Lara não sabia ainda do nosso relacionamento e como ela é fã número 1 de 5H vai saber como ela vai reagir minha irmã é doida de pedra toda vez que ela vê Camz, Mani, DJ e Ally é como se fosse a primeira vez o amor que ela demonstra por todas é extremamente gratificante e posso ver como ela é doce como nosso pai, mas só queria saber porque ainda me esconder sua mãe, isso sim me incomodava.

[...]

POV Lara:

O mês de Julho foi incrível minhas amigas e amigos fomos para o chalé dos pais de Leona e ficamos lá até dias atrás foi super divertido bom tirando a parte que tivemos que aguentar Kelsey a idiota que cortou meu cabelo namorando Maxi isso me irritou profundamente, o garoto dos lindos olhos azuis me confessou que queria me irritar e me causar ciúmes mas quem acabou sendo irritado e não aguentando o ciúmes da garota foi ele, Kelsey é insuportável ninguém aguenta aquela garota ela pode ter quase 18 anos mas é muito imatura é pior que uma criança, e minha paciência para aguenta-la não é nem um pouco grande. Ontem quando chegamos Maxi terminou com ela que fez aquele show ridículo de sempre e nós rimos poucas e boas, hoje todos nossos amigos iriam conosco para LA, ou melhor estavam aqui em LA conosco, nesse quase 1 mês eu me aproximei muito da pequena Cabeyo ela é tão gentil quanto Camila e é incrível como ela está começando a parecer a irmã mais velha. Me olhei no grande espelho e já estava com uma das roupas que iria tirar fotos com Kay.

- Maxi: BUH !

- Lara: Vadio ! que susto Maximiliam.

- Maxi: Vim te entregar isso.

Ele me entregou uma caixinha azul e fiquei a olhando por uns 2 minutos.

- Lara: O que é ?

- Maxi: Abre lerda ué.

- Lara: Lerda é sua prima. Bom eu também um pouquinho.

- Maxi: Um pouquinho bem grande.

Nós rimos e então abri a caixinha e não acreditei no que estava vendo.

- Lara: MAXIMILIAM ! NO WAY !

- Maxi: YES WAY !

Ele disse zoando com a minha cara e comecei a rir, mesmo não namorando e depois brigando um pouquinho nós sempre fomos amigos antes de sermos namorado e namorada e eu não acreditava que ele tinha guardado aquela pulseira ele me deu quando eu tinha 12 anos  e foi engraçado o modo que ele me entregou essa pulseira.

Flashback ONN:

- Lara: Mas o que é ?

Eu disse pulando na cama de Maxi pela 5ª vez, meu amigo/crush conseguia me irritar com tão pouco que iria mata-lo assim.

- Maxi: Vai quebrar minha cama Iglesias Jauregui, aqui que coisa menina doida.

Ele disse me entregando uma caixinha preta e roxa e escondeu o rosto debaixo do travesseiro, garoto bobão tem 16 anos e consegue ser mais criança do que eu.

- Lara: O que é ?

- Maxi: Abre ué.

Sua voz saiu abafada e comecei a rir e fiquei em pé em cima de seu abdômen.

- Lara: Ok vamos ver.

Fiquei fazendo um tipo de massagem em seu abdômen e o bestão ria sem parar abri a caixinha e me deparei com a pulseira mais linda que alguém com 12 anos poderia ter e ele estava dando para mim se eu estava surtando ? Claro mas ele não precisa saber.

- Maxi: E então ?

- Lara: É tão linda, é tão perfeita MAXIMILIAM ! NO WAY !

- Maxi: YES WAY !

Ele disse rindo e me puxando me sentou na cama e colocou a pulseira no meu pulso fiquei observando por uma fração de segundos e ele ria.

- Lara: Está rindo do que palerma ?

- Maxi: Sua carinha de boba, é tão fofinha.

- Lara: Boba é você.

- Maxi: Ai meu Deus acabei de descobrir que sou uma garota.

Ele disse amarrando a blusa e pegando meu cabelo e jogando em sua cabeça começou a falar fino e eu comecei a rir feito idiota, quando o mesmo parou eu disse.

- Lara: Você é o melhor amigo que alguém poderia ter palerma.

- Maxi: Vou sempre te proteger ‘’tampinha’’ porque vamos combinar que você está crescendo rápido demais e bom mano !

- Lara: Um dia serei maior que você.

- Maxi: Sonhar é bom tampinha de xarope.

- Lara: Maximilian vai a merda garoto tapado.

- Maxi: Você me ama, e sabe lalala.. enfim essa pulseira é para demonstrar o quanto gosto de você e para você sempre lembrar que seja como for seremos amigos para sempre acima de tudo entendeu ?

- Lara: Sim eu entendi. Obrigada demente.

- Maxi: De nada dementa.

Fiz bico e ele começou a rir até bater o travesseiro na minha cara me fazendo ir com tudo para o chão fiquei zureta e peguei o mesmo travesseiro  batendo 5 vezes no seu rosto e assim começamos uma guerra de travesseiros que fiz questão de ganhar.

Flashback OFF.

- Lara: Seu idiota ! sabe como fiquei pensando que tivesse perdido a pulseira de turquesa que você me deu ? Sabe como me senti ?

- Maxi: Eu não afinal não fui eu que perdi.

Ele disse rindo e lhe dei um soco no braço para em seguida pular em seu colo e o abraçar.

- Lara: Eu te amo seu idiota.

- Maxi: Também te amo tampinha de xarope.

Revirei os olhos e ele riu e começou a me rodopiar e minutos depois fui para o chão, quando me levantei comecei a correr atrás dele e só paramos porque iria começar a sessão de fotos.

[...]

Estava com Kaylyn no camarim trocando de roupa para voltamos para Miami e a mesma estava com uma carranca nada agradável no rosto e isso fazia um certo tempo.

- Lara: Ei está tudo bem ? Aconteceu algo ?

- Kaylyn: Sim estou bem, não. Não aconteceu nada.

- Lara: A tem certeza ? Qual é Kaylyn somos amigas, ou melhor tenho certeza que somos mais que isso.

- Kaylyn: Somos é ? Certeza disso ?

- Lara: Oi ?

- Kaylyn: Droga Lara o que somos ? Um minuto estamos nos beijando e no outro você surta por eu tentar te tocar e..

Abaixei a cabeça e senti a raiva me tomar, eu neguei seu toque e ela entendeu do modo errado.

- Lara: Kay eu..

- Kaylyn: E teve aquele momento com Maxi, ele estava com a pulseira eu sabia.

- Lara: Você sabia ?

- Kaylyn: Figura de linguagem Lara Emanuelle, você ainda tem sentimentos por ele.

- Lara: Mas Kaylyn é obvio ele foi o primeiro garoto que gostei que amei.

- Kaylyn: E eu fui o que ? A primeira idiota que você enganou ?

Não você foi a primeira garota que amei e amo, mas isso não vai adiantar.

- Lara: Vives você sabe que não..

- Kaylyn: Nem termine, seja lá o que tínhamos antes não temos mas agora ok ?

- Lara: Kaylyn..

- Kaylyn: Só vamos embora ok ? Ok !

Ela saiu porta a fora e eu fiquei ali parada feito idiota. Droga de idade, droga de vida droga de tudo!

Sai do camarim e me encontrei com todos e fomos para o aeroporto. 5 horas e 25 minutos de voo, era 20:00 iria chegar em casa quase 2:00 da manhã para depois entrar em um ônibus e visitar quase todas as cidades dos EUA estava feliz e triste ao mesmo tempo, magoei Kaylyn e a ultima coisa que ela me disse quando sai do avião só me fez me sentir mais culpada, ficava ecoando na minha mente toda hora. “ Você não está pronta, eu entendo 1 ano faz diferença, somos e sempre seremos amigas”. Depois disso a loira saiu correndo sem nem ao menos se despedir. Chis me buscou no aeroporto e meu coração já estava se apertando ele iria para a faculdade em poucos dias.

- Chris: Eu venho te visitar e você também pode me visitar, não é tão longe assim.

- Lara: É sim. Chriso vou sentir sua falta.

- Chris: Também vou sentir sua falta pequena. Mas não é como eu tivesse me mudando para outro país. Gostei da pulseira não é a mesma que Maxi te deu e você perdeu ?

- Lara: É sim, estava com ele.

Disse desanimada e ele me olhou assim que parou o carro no sinal.

- Chris: O que foi ?

 - Lara: Estou confusa.

- Chris: Com o que ?

- Lara: Com tudo.

- Chris: Uma explicação seria ótima.

- Lara: Eu só não sei.

- Chris: Do que ?

- Lara: De tudo Chriso, a vida é tão complicada tudo tão difícil de entender e fazer eu não consigo me resolver em muitas coisas,  eu não consigo entender metade do que acontece na minha vida e porque isso acontece.

- Chris: Pequena.. lhe dê um desconto, você tem 14 anos Lara não se esforce tanto para fazer as coisas que não precisa, é uma garota não se esforce assim. Tudo tem seu tempo seja como for.

- Lara: Entendo, pode me levar a casa do Maxi ?

- Chris: As 2:20 da manhã ?

- Lara: É importante, você pode me esperar.

- Chris: Ok então.

Assim que o sinal abriu Chris trocou de pista recebendo uns xingamentos que eu retruquei e meu irmão riu, em menos de 10 minutos estávamos na porta da casa de Maxi e o mesmo me esperava.

- Lara: Já venho ok ?

- Chris: Ok.

Sai do carro e entrei com o garoto ao meu lado surpreso.

- Maxi: Aconteceu algo ?

- Lara: A um tempo atrás você disse que sempre iria me proteger.

- Maxi: Sim eu disse, Lara o que foi ?

- Lara: Me protege agora ?

- Maxi: Sempre pequena.

- Lara: Eu estava pensando.. e talvez devêssemos tentar de novo.

- Maxi: Tentar de novo o que ?

- Lara: Mas que lerdeza Maxi, namorar acorda !

- Maxi: Sério ?

Seus olhos agora brilhavam mesmo o mesmo aparentando estar com sono.

- Lara: Sim sério.

- Maxi: Então queria te dar algo que comprei a você alguns meses atrás. Vem.

O mesmo me puxou para seu quarto e comecei a rir, bestão mesmo pegou uma sacola não muito grande e me entregou.

- Lara: O que é isso ?

- Maxi: Presentes de aniversário atrasadíssimos.

Ele disse rindo e o acompanhei, quando era meu aniversário ou de Maxi sempre fazíamos uma competição para ver quem comprava mais presentes um para o outro e eu sempre ganhava, bom aparentemente não esse ano.

- Lara: Qual eu abro primeiro.

- Maxi: Esses aqui.

Era uma caixinha um pouco grande, e a abri continha várias pulseira lindas que fiquei toda besta, mas uma me chamou a atenção.

- Lara: Você não fez.

- Maxi: Claro que fiz, sei como queria e ficou irada por não poder comprar. Naquele mesmo dia eu fui lá e comprei para você, mas ai..

- Lara: Brigamos como sempre.

- Maxi: Quer mesmo tentar, eu sempre brigo contigo.

- Lara: Prefiro acreditar que o Maximiliam que sempre amei está ai em algum lugar. Ai meu Deus amo pulseiras de turquesa.

- Maxi: Eu sei, por isso mesmo comprei. Abre esse agora.

Era uma caixinha delicada e quando a abri meu coração quase saiu da minha boca.

- Lara: Ai Jesus.

- Maxi: Nova aliança de namoro a que te dei ano passada está ficando laranja, deveria ter comprado uma melhor.

Ele disse fazendo careta e ri.

- Lara: Mas e essa ?

- Maxi: Essas são.. Isso.

Ele disse abrindo a caixinha de veludo e havia duas alianças ali dentro.

- Lara: Mais alianças novas ?

- Maxi: Sim queria trocar a um tempo nossas alianças antigas. Gostou?

- Lara: Eu amei.

Disse pulando no mesmo que ria, senti seu cheiro e agora estava mais confusa que tudo.

- Maxi: Eu vou sempre te proteger.

- Lara: Me proteja por favor. Preciso de você mas do que imagina.

O mesmo me abraçou e ficamos assim uns 15 minutos até eu decidir que precisava dormir e ele me levou até o carro, e cumprimentou meu irmão, fiquei olhando os novos anéis no meu dedo e agora tudo girava na minha mente confusa.

- Chris: Vamos dormir né?

- Lara: Sim vamos.

Disse tchau para Maxi que estava na porta de sua casa e seguimos o caminho para nossa casa, entramos em silencio e Chris carregava minha mochila, me despedi dele e fui dormir pelo menos um pouco, estava cansada demais pra pensar agora.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...