História The Little Sister - Capítulo 36


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren, Fifth Harmony, Norminah
Exibições 201
Palavras 2.140
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Heeeey amores voltei, thaaanks pelos 128 favs e desculpa a demora e vamos ao capítulo enjoy <3

Capítulo 36 - Something wrong (Part I)


POV Lara:

Estava olhando novamente as mensagens, que inferno eu nunca teria paz ?

••Sabe quem eu sou e sabe que se não for como eu quero vai se dar mal••
••Foi perfeito ver sua mãe morrer••
••O melhor foi quebrar o pescoço do seu irmão••

Bloqueei o celular e senti minha barriga doer e eu queria chorar e chorar sem parar, fazia 2 dias que estávamos com as meninas e eu só queria sumir, senti meu celular vibrar e alguém estava me ligando. 

“ Lara: Alô?
“ Xx: Oi Lari gostou das mensagens ?

Eu não queria acreditar que era ele mais era Thompson nunca iria me deixar em paz.

“ Lara: O que você quer ? Porque está dizendo isso ?
“ Thompson: Porque eu matei sua mamãe e seu irmãozinho, primeiro eu a estuprei igual faço com você e com seu irmão eu quebrei o pescoço daquele maldito. Achou mesmo que eu não descobriria Larinha ? Foi tão bom matar aqueles dois e a próxima.. você sabe né ? Será você, espero que fique esperta senão.. bye Lara.

Desliguei o celular com tudo e não consegui conter o choro, ele realmente matou minha mãe, ele.. ele.. gritei o mais alto que pude e não deveria ter feito isso. Lauren e Vero entraram no quarto e tentavam me acalmar mas só de imaginar aquele homem matando minha mãe e meu irmão, meu irmãozinho ele era uma criança só uma criança, senti minha garganta fechar e minha cabeça doer, as duas me abraçaram e eu não sentia nada, simplesmente nada. 

[...]

POV Lauren: 

Lara ficou 30 minutos chorando e Vero e eu tivemos que dar um calmante para ela, estávamos na sala de jantar do quarto do hotel e ela parecia querer dizer algo.

- Lauren: Me conta logo Veronica !
- Vero: Primeiro entenda: Há coisas na vida de Lara que ninguém sabe, não posso te contar e ela ainda não consegue conversar sobre isso. É um assunto muito delicado e mesmo que quisesse não iria conseguir.
- Lauren: Fala logo. 
- Vero: Depois que Lucas e tia Kath faleceram Lara começou a fumar maconha, por isso que na maioria das vezes ela sente uma fome fora do comum. 
- Lauren: Porque não me contou antes Veronica? É da minha irmã que estamos falando droga ! Ela.. o que tem a mais que não pode me contar e como você sabe ?
- Vero: Lauren para uma garota da idade dela ter os problemas que ela tem não é algo normal, eu não posso te dizer já disse, e foi tia Linda que contou. Mas ela também não pode dizer é algo delicado demais. 
- Lauren: Eu sei disso Veronica eu sei que ela sofre mais do que deveria, eu vou respeitar isso com toda certeza e quando ela quiser me contar irei a receber de braços abertos, eu só não a quero desse jeito, a algo a mais acontecendo e ela não quer contar, e eu entendo mas por favor só não a deixe assim, esse ataque de pânico que ela teve foi muito sério. O que a psicóloga diz ?
- Vero: Que é normal, por tudo que ela passou ter ataques assim é mais do que normal, Lara pode parecer a pessoa mais forte do mundo e ela é, mas quando ela sofre ela sofre por ela e por todos o que deixa todos preocupados. Sei que não somos mais amigas mas precisamos ser chegadas pelo menos Lara o meu maior bem e tenho certeza que ela também é importante para você. 
- Lauren: Sim ela é, mas do que especial. Ela é minha pequena Vero do mesmo jeito que Taylor e Chris são ela faz parte do meu tudo. 
- Vero: E do meu também. Lara é meu tudinho. 

Concordei e por incrível que pareça ficamos conversando, bom sempre fomos amigas é um assunto mais do que especial nos fazia nos aproximar e eu queria estar com a minha pequena a ajudando e assim iria ser.

[...]

- Vero: E você maluca fez isso doida ?
- Lara: Uhum.. 

Minha irmã disse concordando e Lucy estava jogada sobre ela, com Camila do outro lado, essa história por Cristo, o bicha ciumenta. Nem vou tentar explicar de novo senão quem vai levar vai ser minha pessoa então vou ficar quieta. Fiquei olhando minha irmã que contava uma história que envolvia ela, Kaylyn, Lucy e Alexa, claro que elas iriam aprontar com a minha mini cópia óbvio ! Pelo menos a menor agora não estava chorando, ou tendo um ataque. Sei como isso pode ser e é tudo menos algo que se consegue controlar. 

- Lauren: Vocês ficam desvirtuando minha irmã que horror. 
- Vero: Kkkk desvirtuar Lara. É né Lu?
- Lucy: Pois é, ainda mais sendo irmã dessa aí. 

Lu disse apontando para mim e joguei umas mil almofadas nela. Começamos todas uma guerrinha sem fim até a mini copia gritar que estava com fome e me perguntei se Lara Ainda estava fumando tanto que nem percebi quando fui puxada pela menor Cabeyo e Jauregui  e saímos do hotel escondidas. 

[...]

POV Camila:

Dia 10 de outubro de 2016:

Estava deitada na pernas de Dinah com os pés no colo de Mani que estava deitada nas pernas de Ally e assim seguia, Lara tinha ido embora a 2 dias e nesses 2 dias Lauren estava tão estranha, ela não queria deixar a garota ir embora por nada nesse mundo e ninguém entendeu bulhufas disso, estávamos em Londres hoje o show seria aqui, mas estava preocupada com Lo mesmo ela estava tão estranha que me preocupava demais e  por mais estranho que fosse eu também sentia algo que estava incomodando mesmo e isso sim estava me assustando. 

POV Lara em LA:

Já sentia falta das meninas, estava com Vero chatinha em sua casa em LA com tia Ems, tia Clara, papa e Tay.ja havia feito uma sessão de fotos de uma campanha para uma marca que não me lembrava mais pois Kaylyn ficava falando na minha mente no momento. 

- Kaylyn: Quero comer oras. 
- Lara: Então vai. 
- Kaylyn: Mas aqui não tem o que eu quero Boo.
- Lara: Sério Kaylyn você está tirando uma com a minha cara ?
- Kaylyn: Sim, vamos comprar ?

Arregalei os olhos e lembrei do que Thompson disse a 2 dias atrás.

Flashback ONN:

Estava me jogando na cama igual uma doida viajar da Europa para os EUA cansa demais. Iria ficar na casa de Vero, com papa, tia Clara, Tay, tias Ems, tio Carlos, Lucy e por aí vai, meu celular começou a tocar e o atendi deveria ser Kaylyn fazendo o fua. 

“ Lara: Por favor né Vives não comece.
“ Thompson: Mais já estão assim querida ? 

Meu coração parou por um milionésimo minuto minha cabeça começou a doer e eu queria que fosse qualquer pessoa menos aquele homem. 

“ Lara: O que quer ?
“ Thompson: Minha querida sobrinha Kaylyn e você em.. não sei se devo tocar nela também.
“ Lara: Não ouse encostar um dedo seu nela seu imundo.
“ Thompson: Ok.. ok. Calma. Só liguei para dar um último aviso, ou você me obedece ou então irá sofrer. 
“ Lara: Você não pode fazer nada estou com meu pai, me esquece e vai viver sua vida. 

Desliguei o celular e bloqueei o número, ninguém mais vai me encher as paciências não mesmo ! Eu não iria mais sofrer na mão daquele idiota e ninguém mais. E ele nunca encostaria um dedo na Kay não mesmo. 

Flashback OFF.

- Lara: Mas você..

Ela não me deixou terminar e já foi desparando. 

- Kaylyn: Eu vou sozinha então. 
- Lara: NÃO ! Eu vou fica aqui não quero você falando e falando na minha mente. 
- Kaylyn: A te amo Boo. 

Revirei os olhos fazendo bico e ela me deu um selinho, mal acostumada isso sim. Sai do quarto e papa e todos meus familiares estavam ali, menos Vero e Lucy, ah aí tem ! 

- Mike: Vai a onde querida ?
- Lara: Comprar as coisas para aquela esfomeada sem noção, Kay é uma enjoada.
- Carlos: E não sei disso ? Puxou para a Carla.

Tia Carla bateu em tio Carlos e ri, dei um beijo em cada um e sai de casa, tio Carlos deu o dinheiro dizendo que era a filha dele que me tirou de seu sossego e concordei afinal estava usando chinelas brancas escrita Formandos 2014, uma calça branca com uma blusa branca e com o cabelo enrolado e solto, só Kaylyn mesmo pra me fazer sair às 18:30 pm pra comprar alguma coisa na padaria, tinha que ser Vives viu.. Entrei na padaria e Rosana sorriu ao me ver, eu vim tanto aqui quando fiquei com Vero por alguns dias e viria aqui muito mais já que iria morar em LA por mais  um tempo, já que fiquei aqui quase setembro inteiro e um pouco de outubro tanto que tive que começar em uma escola nova.

- Rosana: Olá menina Lara.
- Lara: Oi tia Rosana, vim comprar muito doce.
- Rosana: Doce menina ? A essa hora ?
- Lara: Minha namorada é gulosa feito uma baleia. 
- Rosana: Namorada é?

Aí meu Deus eu disse isso mesmo ? Caramba como sou trouxa.

- Lara: Vamos dizer que sim, deixa eu ver o que levar. 

Disse meio envergonhada por ter dito aquilo e peguei tudo que era doce naquela padaria, conversei um pouco com tia Rosa e sai, quando sai senti algo estranho mais sei lá não liguei, continuei meu caminho e decidi pegar um atalho, fui idiota. Muito idiota mesmo. 

- Thompson: Como você foi mal educada querida. Eu não te ensinei assim.

Tentei correr mais dois homens apareceram atrás de mim e suspirei, não aqui não.

- Lara: Você não é nada meu ok.! Não tem direito nenhum de me irritar desgraça.
- Thompson: Engano seu, você me atrapalha em tudo, se estivesse morta eu estaria com todo o dinheiro da sua mãe, mas não você tinha que brigar com aquela vadia e ficar longe dela e isso atrapalhou tudo e seu pai idiota também. Agora meu bem você vem comigo. 
- Lara: Mais de jeito nenhum. Socorro.. socorro.

Mas aquilo não adiantou nada, pois minutos depois senti meu corpo ficar mole e desmaiei nos braços de um dos caras que me segurava.

[...]

POV Vero:

- Lucy: Nós finalmente chegamos ?
- Vero: Não. Mas que coisa sossega.
- Lucy: Estamos no carro a umas 3 horas queria o que ?
- Vero: Que você calasse a boca nada demais. E não faz nem 2 horas que saímos de LA.
- Lucy: Simpática como sempre. E para mim faz a eternidade.
- Vero: Bom apressadinha nós chegamos.
- Lucy: Pode tirar a venda agora ?
- Vero: Não. Vamos. 

Sai do carro e abri a porta para ela nem acredito que tia Kath deixou esse lugar para mim e Lali. 

- Lucy: Eu vou cair assim sua dissimulada.
- Vero: Lucia menos meu amor bem menos. 
- Lucy: Não sou seu amor. 
- Vero: Só Shh. Vem vamos. 

Peguei a chave da única casa que ficava de frente para a improvisação de ilha e casa e abri a porta, Lu segurava no meu braço como se eu fosse a matar, a guiei até a praia e tirei sua venda. 

- Lucy: Finalmente né sua puta como teve coragem de.. 
A mesma parou de falar quando viu onde estávamos ela ficou me olhando sem dizer nada.

- Vero: Surpresa! 
- Lucy: A meu Deus nós estamos.. nós.. eu lembro que sua tia.. 
- Vero: Sim eu também lembro ela deixou essa casa para mim e Lali. 
- Lucy: O que nós viemos fazer aqui ?
- Vero: Passar o final de semana e..

Senti meu celular vibrar e estranhei pensei que tivesse descarregado. Então lembrei que tinha roubado o celular de Lucy.

- Lucy: Isso sim me pertence né Veronica Iglesias.

Ri e iria entregar o celular para ela mas quando li a mensagem na tela meu coração errou a batida, e acho que fiquei branca pois Lucy me olhava preocupada.

- Vero: Lu..
- Lucy: O que foi ? Vero você está pálida por Deus o que foi ?
- Vero: Ele .. ele levou ela.
- Lucy: Ele quem ? Quem levou ? Ela quem ?
- Vero: Bart Thompson, ele pegou Lara. 

Senti um nó no estômago que foi subindo para minha garganta e eu queria desaparecer.

- Lucy: Vero por favor fala comigo por Jesus ! 
- Vero: Thompson, ele .. ele pegou Lara. 

Quando terminei de falar senti a primeira lágrima cair, não meu Deus ele não fez isso. Por favor não. 

To Be Continue ..


Notas Finais


Caramba em !! E agora ? Só avisando o próximo capítulo será bem pesado já deixando avisado. Até o próximo amo vocês.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...