História The Little Sister - Capítulo 38


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren, Fifth Harmony, Norminah
Exibições 201
Palavras 2.585
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hallo amoreeees, voltei antes porque queria escrever muito esse capítulo e posta-lo rapidamente escrevi o capítulo todo ouvindo Ultraviolence e Born To Die, porque Lana é vida. Thanks for The 131 favs e enjoy <3

Ps: sorry pelos erros estou escrevendo pelo celular.

Capítulo 38 - Something Wrong (Part III.Final)


Fanfic / Fanfiction The Little Sister - Capítulo 38 - Something Wrong (Part III.Final)

POV Lauren: 

12 de outubro de 2016:

Sabe quando você sente que tem algo errado na sua vida ? Então era isso que eu estava sentindo. Como se algo na minha vida estivesse totalmente errado. Sempre que ligava para casa para falar com Lara ela não estava lá, o que era estranho afinal minha irmã estava em LA todo mundo estava agindo de um modo muito suspeito, será que algo tinha acontecido ? Eu só pensava nisso. 

- Dinah: Branquela vai vamos. 
- Lauren: Onde?
- Normani: M&G gasparzinho, Laur calma não aconteceu nada com Lara. 
- Ally: Ela deve ter viajado ou algo assim. 
- Camila: Exatamente fica calma. 
- Lauren: Que eu saiba é para isso que celulares servem. Vamos. Depois tento de novo. 

[...]

“ Mike: Está tudo bem Lolo, porque a preocupação?
“ Lauren: Me deixem falar com Lara então. 
“ Mike: Ela viajou, e esqueceu o celular.
“ Lauren: Isso é totalmente impossível. Lara nunca esquece o celular. 
“ Mike: Certeza?

Lembrei de como minha irmã era avoada e concordei, ficamos conversando até eu ouvir a voz de Mari e dizer que precisava do meu pai, concordei e estranhei se Lara estava viajando ela foi com quem? Decidi não ligar e fui conversar com Norminah, Camila estava dormindo e Ally estava com tio Jerry só queria falar com minha irmãzinha.

[...]

POV Lara:

Sabe quando seu corpo não aguenta mais nada ? Era assim que eu estava me sentindo, eu não comia a 3 dias e sempre que Thompson abusava de mim ele desgastava toda o força que eu tinha, e o que me restava ainda, eu iria morrer e estava ciente disso, só queria ter dito a todos uma última vez que os amava, Bart Thompson iria me matar do mesmo jeito que matou minha mãe e irmão, mas eu já tenho todo um plano de isso acontecer, tem coisas que aconteceram e deixei todas as instruções com tia Linda, só achei que depois que fui morar com meu pai eu teria paz, que engano. Bart ligava para minha família só para deixar claro que eu nunca iria sair dali e nessa altura eu só esperava que ele me matasse logo, eu não aguentava mais, estava com um corte em cima de minha sobrancelha direita, o corpo cheio de hematomas, minha cabeça doía, estava morta de fome e eu me sentia com toda certeza a pessoa mais azarada do mundo. Só queria ter uma vida normal, nada demais. Será que era pedir demais por isso ? Depois de tanta desgraça ? Não estava aguentando mais Thompson acabou o que estava fazendo comigo como sempre e me deixou jogada em um canto, ele me obrigou a passar um batom preto disse que eu ficaria perfeita com esse ar de garota mais velha, eu só sentia meu corpo desfalecer e foi assim que desmaiei. 

POV Autora:

Não tão distante assim Lauren sentia algumas coisas estranhas, era como se ela sentisse cada dor que sua irmã sentia, cada sentimento, cada medo e isso assustava a garota dos olhos verdes e para piorar ela e Camila estavam brigadas, ela não tinha ideia do que fazer e só queria falar com sua irmã mais nova o que não conseguirá novamente e isso já estava a preocupando demais, sua família não mentiria para ela, nunca mesmo.. mas porque mentiriam sobre isso ? Tantos sentimentos de angústia juntos só conseguiu lembrar de sua irmã a abraçando no dia 9 de setembro quando chorou em No Way, as palavras da garota de 14 anos a deixou totalmente calma, dizendo que logo estariam em casa com seus familiares e tudo iria ficar bem, o que estava acontecendo com a menor e porque ela tinha sumido isso só deixava Lauren com mais angústia, todos sabem que muitos gêmeos podem sentir o que o outro está passando. Mas Lauren e Lara não eram gêmeas 6 anos de diferença elas tinham, porque Lauren sentia a dor da menor que nem sabia como estava ?
Ela só queria saber de Lara e nada mais importava, mas ela não poderia agir por impulso, Normani avisou que estava na hora e então começaram mais um show. Já em LA o pai das Jauregui cansou e chamou a polícia e parecia tudo obra de Deus, Bart Thompson ligou dizendo que mataria a garota, eles interceptaram a chamada e agora estavam a caminho do local que estava Lara, assim que a polícia chegou Bart bateu com tudo a cabeça da garota no chão e enfiou uma faça em seu estômago, a pequena não reagiu não tinha forças para isso, um policial a pegou no colo e a levou até os paramédicos que correram com a menor para o hospital, quando chegou foi direto para a sala de cirurgias e Mike estava rezando para sua filha menor estar bem, nunca se perdoaria se perdesse a garota tão nova assim.

POV Mike: 

2 horas desde a última hora que vi minha pequena Lara ela estava desfalecida, com a roupa cheia de sangue meu coração só faltou parar quando a vi assim, um policial disse para mim não ir encontrá-la mais era de minha filha que estávamos falando, minha caçulinha, ela era minha vida assim como meus outros 3 filhos, eu só a queria bem. Finalmente Dr. Franke apareceu e nos olhava preocupado.

- Clara: Como ela está ? Por favor Dr. Diga que ela está bem.
- Dr. Franke: O que eu vou falar aqui é algo muito sério, quer mesmo que as meninas escutem ?
- Taylor: É minha irmã, fale logo.
- Chris: Tay calma, por favor nos diga. 
- Mike: Pode dizer Dr. Eles têm todo o direito de saber.
  - Dr. Franke: Fui obrigado a colocar Lara em coma, seu corpo não iria aguentar a cirurgia e a opção que menos complicaria seu estado seria essa. Ela deve acordar entre um período de 3 a 5 dias.
- Vero: E se isso não acontecer ?
- Lucy: Ela vai ficar bem ?
- Dr. Franke: Se isso não acontecer é por causa da concussão então o tempo é 10 dias, se passar disso aí sim iremos nos preocupar, agora ao assunto que não queria tratar com todos aqui mais como insistiram, Lara foi estuprada múltiplas vezes nesses 3 dias e infelizmente sinto dizer que essa não foi a primeira vez, pelo que tudo indica isso acontece a um bom tempo, eu sinto muito.

Senti Clara me abraçar e chorar e eu não estava diferente, minha filha. Meu Deus minha filinha. Chris abraçava Taylor e Lucy abraçava Vero. Tentei me recompor e perguntei se poderia ir ver Lara, Dr. Franke concordou e fomos para o quarto de minha pequena, quando entramos meu coração quebrou, ela estava com a cabeça e o abdômen enfaixados, respirava por conta própria mais estava tomando soros com remédios para dor, ela não estava ali mais sentia dor e isso acabou com o pouco de sanidade que eu tinha, queria matar aquele homem isso não iria ficar assim não mesmo ! Ele nunca iria sair da cadeia nunca mesmo, mas as coisas pioraram meu celular começou a tocar e vi que era Lauren, não podia contar isso a ela mas também não posso a rejeitar mais. Respirei fundo e atendi minha filha mais velha.

“ Lauren: Papa ? Diz que está com ela !
“ Mike: Filha ? Está tudo bem ? Você está chorando ?
“ Lauren: Papa eu sei que tem algo errado eu sinto, e dói porque ninguém diz o que minha irmã tem ?
“ Mike: Vou contar para você. Só fique calma ok ? Respire e inspire Lolo. Respire e inspire..
“ Lauren: Ok. Ok, estou fazendo isso. Pode dizer.
“ Mike: Sua irmã teve uma crise muito forte e quis ir para uma clínica por alguns dias, está tudo bem com ela eu prometo. 
“ Lauren: O que aconteceu ?
“ Mike: Ela só passou muito mal e desmaiou. 
“ Lauren: Não foi igual aquele dia que ela vomitou tudo e desmaiou foi ? Lara voltou a ter crises bulímicas ?
“ Mike: Não, foram crises de ansiedade mesmo, depressão. Estamos cuidando da sua cópia fique calma minha filha, eu te prometo tudo irá ficar bem. 

Ela concordou e começamos a conversar, enquanto segurava a mão de uma filha em coma conversava com a outra que pareceu se acalmar, mas nem tanto em algum momento eu teria que contar a ela querendo ou não, só espero que quando esse momento chegasse Lara estivesse acorda e feliz como sempre. Ela teria que estar bem. 

[...]

POV Autora:

Algumas semanas depois: 

As coisas não estavam a favor da Jauregui mais nova, depois que foi transferida para o hospital de Miami ela continuou em coma, Mike e a família foram instruídos para agirem normalmente nas redes sociais e avisar que Lara estava doente, fazia 12 dias e a pequena não havia acordado, o inchaço do cérebro não existia mais e a cirurgia tinha sido um sucesso mais mesmo assim a garota não acordava, suas amigas e amigos, as amigas de Lauren sempre estavam ali contando o que tanto acontecia enquanto a garota que parecia Branca de Neve por estar mais pálida que o normal permanecia estática em sua cama, Taylor uma vez pensou que a irmã havia se mexido mas Dr. Rocco o médico da família disse que era normal mas Lara realmente não tinha se mexido, o tempo foi passando tão rápido que 1 semana foi se transformando em 2, 3, e exatamente hoje 9 de novembro de 2016 quase 1 mês depois que a pequena Jauregui ainda “dormia”, e para piorar Lauren voltou, ela ficou sabendo e então entendeu porque sentia tanta dor quando o assunto era Lara, de algum modo muito estranho ela presenciou todas as dores da menina, nesse momento a irmã maior olhava para a menor e pegou em sua mão, deu um longo suspiro e começou a dizer: 

- Lauren: Sabe Lalá acho que Camren só existe porque eu inventei Camren, 4 anos atrás It’s Camren yo ! #Camren #compromisses #mypinkprincess, eu amo Camila e sempre amei mas agora acho que estou mais a machucando do que a amando, nós terminamos e não a um tempo estipulado agora pra voltar, ela chorou muito e eu também, ela disse que tenho sentimentos por Lucy, sim eu tenho mais não do jeito que ela imagina, ok talvez eu esteja confusa com tudo isso mas eu a amo mais do que deveria, está doendo tanto e eu só queria você aqui sabe quero ouvir essa sua voz rouca e chata igual a minha, sabe quando você franze o nariz e também fica me enchendo as paciências por ser menor que você e você ser mais nova só que mais alta? Queria estar ao seu lado queria te proteger, por favor acorda meu “encosto” eu sinto sua falta, mas do que deveria sentir, eu te odiava até pouco tempo atrás e agora não me imagino sem você, deveria ter contato meu amor. Eu iria te proteger sendo como for, mas como você não acorda vou falar dos meus problemas com a latina gostosa. Ela me olhou com aqueles olhos castanhos cheios de lágrimas dizendo que não dava mais pois nesse último mês mais nos machucamos do que fizemos bem uma para a outra, e tem Lucy também e agora Vero estou totalmente perdida em um mundo que eu fico sem o que saber o que fazer e só te queria comigo pirralha sem noção Camila chorou demais, eu disse coisas ela disse coisas e meu medo é de não a ter de volta, ela disse que se realmente nos amamos iremos terminar juntas levando o tempo que for, fiquei com raiva tive um ataque quebrei coisas até as estrelas do teto do meu quarto eu quebrei e depois fiquei sabendo que nosso papa mentiu e você está em coma então nós fizemos isso, contamos ao mundo quem realmente é a Srta. Lara Jauregui irei ler o meu texto e do papa para você. Primeiro o meu, pois o dele veio depois pois um completa o outro. 

“Sou uma pessoa católica e acredito em Deus de todas as maneiras possíveis, e acredito que ele irá te tirar dessa pirralha.. quero pedir que não julguem meu pai e nem a minha família vocês não sabem como essa história foi desenvolvida então não o julguem, vou começar pela razão de eu estar aqui, minha irmã caçula se você pensou Taylor bom pensou errado ela é minha primeira irmã caçula, a poucos meses descobri que tinha mais uma irmã e isso me arrasou meu pai em uma época difícil teve uma filha fora do casamento seu nome é Lara Emanuelle Iglesias Jauregui, todos vocês conhecem ela. Ela nasceu no dia 5 de março de 2002 e tem 14 anos ela é incrível e no começo brigamos é muito, mas impossível não se apaixonar por uma pequena dessa não, Lara e eu fomos nós entendendo aos poucos e até os tempos atuais vivemos grudadas, é fora do comum como uma garota de 14 anos pode ser sabia e madura como ela é, minha irmãzinha minha chatinha, nem acredito que ficaria tão preocupada contigo maninha, e eu só queria que você acordasse, para quem não sabe minha irmã sofreu um acidente muito sério e está em coma, por isso sumiu das redes sociais, espero que não xinguem minha família ou meu pai, ele não merece isso não mesmo. E que rezem pela minha irmã, ela precisa de amor e orações e não ódio por favor rezem por ela. Só peço isso, obrigada pela atenção e por amar esse ser humano do mesmo modo que a amo. “

- Lauren: Eu escrevi isso e papa escreveu: 

“ Sempre fui uma pessoa que não guardava segredos e então não irei guardar esse, em alguns tempos difíceis coisas ruins acontecem mas talvez para o bem maior, estava separado de minha mulher por alguns meses nossas crianças que vocês tanto conhecem eram pequenos e cometi um deslize, porem esse deslize resultou em uma obra maravilhosa de Deus, assim nasceu minha pequena Lara Jauregui, minha filha mais nova ela é a razão pela qual estou aqui, sei que muitos vão me julgar e dizer que trai minha mulher mas não foi desse modo de jeito nenhum, Lara um dia disse que contaria essa história e espero que ela conte mesmo, minha pinguinho sofreu um acidente e está em coma a 1 mês, por isso ela está sumida das redes sociais, só queria que rezassem por ela só isso que peço. Não julguem minha filha ela não tem nada a ver com isso. Somente a amem como já fazem é tudo que peço e prometo dar um completo depoimento sobre isso quando minha pequena quiser. #PrayForLara. “

- Taylor: Laur mais 10 minutos ok ?
- Lauren: Pode deixar. 
- Taylor: Alguma melhora ?
- Lauren: Nada, vou ficar só mais um pouco ok ?
- Taylor: Ok. 

POV Lauren: 

A menor suspirou e continuei a conversar com Lara, voltei a falar sobre Camren e por ultimo disse: 

- Lauren: É minha culpa com certeza eu criei Camren. 

Olhei para ela novamente e beijei sua testa mas senti sua mão apertar a minha, Taylor disse que eram somente espasmos então não me animei, bom não até isso.

- Lara: Claro que você criou Camren trouxa, a culpa é toda sua. 
- Lauren: Lara ?

To Be Continue .. 

 


Notas Finais


Agora as coisas vão começar a melhorar, logo elas estarão nos dias atuais e com isso vou direito para o natal e depois um tempo irá passar o que significa que a fic está acabado, mas já tenho projetos novos, espero que tenham gostado do capítulo chorei escrevendo feito besta aqui. Sei que devem estar querendo me matar mais calma que irão ter coisas boas. Prometo de mindinho. Até o próximo amores amo vocês 😍😍❤️❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...