História The Little Sister - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren, Fifth Harmony, Norminah
Exibições 149
Palavras 3.655
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hallo amores, sei que querem me matar então.. aqui está o capítulo. Espero que gostem. Enjoy <3

Capítulo 39 - Everything on the right path? (Part I)


POV Lara:

 

- Lara?

 

Lauren disse me olhando assustada como se não me visse a anos, bom ela não me via a alguns dias pelo menos assim acho.

 

- Lauren: Você acordou ! Aí meu Deus espera, calma. Preciso de ajuda aqui.

 

Ela disse indo até a porta e gritando em minutos um médico entrou e começou a me examinar como se eu tivesse a anos longe. Será que eu estava ? Lembro de desmaiar no cativeiro e mais nada, depois disso era como se meu corpo tivesse entrado em um sono profundo no qual eu era a personagem principal. Como não estava entendendo bulhufas decidi zoar um pouco. Papa e todos já estavam dentro do quarto olhei para Lauren e disse:

 

- Lara: Espera mas quem é você ?

 

Eu disse apontando para ela que arregalou os olhos.

 

- Mike: Dr. Rocco isso é normal ?

- Dr. Rocco: Bom ela teve uma concussão e o cérebro dela inchou mais depois de 10 dias já tinha voltado ao normal, isso é algo que devemos nos preocupar.

 

Franzi as sobrancelhas e estampei a rir, todo mundo percebeu que era brincadeira e relaxou.

 

- Taylor: Vai a merda sua vaca, faz isso de novo que te jogo daqui ! Capeta.

- Clara: Taylor ! Meu amor como se sente ?

- Lara: Como se tivesse dormido milênios. Alguém me explica que diabos aconteceu ?

- Lucy: Claro vamos lá. Depois que te achamos no esconderijo..

 

Lu começou a contar tudo que aconteceu e eu fiquei tipo: Oi ? Quando falei com Lauren achei que era só uma conversa normal entre irmãs, mas ela nunca pareceu tão animada, ainda bem que nosso agente os fez viver enquanto eu estava em coma porque por Cristo não iria aceitar todo mundo sem vida assim como eu estava, olhei todos no quarto e os olhos verdes me olhavam atentos, perguntei para o Dr. Rocco quando poderia ir embora e ele disse que queria me observar até domingo pois como fiquei em coma e como eu perdi 5 quilos por não comer exatamente por 3 dias iria ficar tomando soro até domingo, o que só me fez querer surtar mas concordei. Quando você está em um hospital você quer que logo acabe, pelo menos tenho uma enfermeira legal e sem querer ser assim ela é linda, Kay tem ciúmes dela.. bom Kay tem ciúmes até da própria sombra então.. Jess é muito legal, ela é exatamente da cor do pecado, seus olhos castanhos também são lindos dos deuses, se a loirinha soubesse ler pensamentos mataria.

 

[...]

 

6 de novembro de 2016:

 

- Mike: Teimosa? Nem um pouco.

 

Eu não quis ficar no hospital fiz Dr. Rocco me dar alta na sexta-feira mesmo e vim pra casa mas mesmo assim tomei o soro que faltava o que demorou exatamente 2 dias, eu sempre me sentava no colo de Lauren para que Jess colocasse a agulha em mim, quando tentei com papa eu surtei por ele ser homem. Eu sei que meu pai nunca iria me fazer mal, óbvio mais fiquei traumatizada, a mesma coisa aconteceu com Chris noite passada estávamos vendo séries e ele tocou em mim e eu levantei da cama dizendo para ele não tocar em mim, todo mundo se assustou e papa disse que ele era o meu irmão e não me faria mal. Eu sabia disso mas só estava com esse trauma sem tamanho mas eu sabia que nenhum dos dois iriam me machucar, já hoje depois do 10º soro em 3 dias eu estava livre eu queria dançar não aguentava ficar parada me angustiava. Dr. Rocco disse que eu poderia que só teria dores de cabeça pois depois do batalhão de exames que ele fez disse que estou perfeitamente bem. Jess saiu do quarto com papa e fiquei me olhando no espelho ainda estava com a parte de cima da sobrancelha cortada e tinha uma enorme cicatriz do lado esquerdo sabe quando você quer morrer ? Por sofrer mais do que deveria com apenas 14 anos ? Então eu só queria isso no momento, decidi não ligar para meu atual pensamento suicida e fui dançar era o que eu precisava no momento.

 

[...]

 

POV Lauren:

 

Lala estava se sentindo deslocada, nesse momento ela dançava algo que ela queria a tanto tempo, ficamos a observando e queria saber o que se passava em sua cabeça, Jess veio vê-la e a mesma parecia mais calma.

 

- Chris: Vai ficar tudo bem com ela Lo. Tudo tem seu tempo. Viu que quando a abracei a minutos atrás ela ficou bem? Lara é uma Jauregui ela é uma garota forte.

- Taylor: Exatamente, tudo tem seu tempo e vai dar tudo certo.

- Lauren: Espero que sim.

 

[...]

 

16 de novembro de 2016:

 

A garota menor andava de um lado para o outro e estava magoada, depois do beijo com Lucy foi isso que aconteceu Lara ficou chateada, mas não por ter acontecido o beijo e sim por causa de eu não ter contado a ela, do dia 7 para frente às amigas de La e as minhas grudaram nela e em mim no dia do casamento nós fomos primeiro para New Orleans pois Lara ganhou uma surpresa agora em Miami tinha uma Millennium Dance Complex somente porque ela pediu, ela chegou no casamento no sábado e depois no domingo ela viu o beijo, imagina uma pessoa que ficou chateada comigo, foi minha irmã, eu deveria conversar com ela mas desde que admiti a mesma sobre Camren ela não veio atrás de mim e não falamos sobre nada, bom a não ser sobre o assunto mais delicado de sua vida, naquele mesmo dia Lara confessou o que Thompson sempre fez com ela e eu queria matar aquele homem, a audiência seria na próxima segunda-feira e ela estava com medo. Ela me olhou novamente e finalmente disse:

 

- Lara: Você sente algo por Lucy ?

- Lauren: Sim, mas não do jeito que imagina.

- Lara: Lauren ninguém beija a outra pessoa e não sente nada. E Camila o que sente por ela ?

- Lauren: Eu a amo. Eu só não sei o que está acontecendo comigo e Lucy.

- Lara: Decida-se Lauren você não é uma criança você é adulta, e tem que saber o que faz. Lucy estava com aquela garota depois deram um tempo aí ela e Vero começaram a ficar aí elas brigaram, então você brigou com Camila e então você e Lucy se beijam, Laur o que foi ?

- Lauren: Eu não sei Lara, estou .. sei lá. O que faço ?

- Lara: Você e Lu são amigas desde pequenas e se sentem que algo mudou Lauren precisam resolver isso, não envolve somente vocês então sejam adultas e descubram o que está acontecendo ok ? Ok ! Agora preciso ir.

- Lauren: Ir a onde ?

- Lara: Vou encontrar Josh.

- Lauren: Kaylyn está com ciúmes.

- Lara: Kaylyn tem ciúmes da própria sombra, e Josh é afim da Ziggler já disse isso mil vezes.

 

Estávamos em LA em uma das casas de Lara que sua mãe deixou, eu e as meninas para o AMA e Lara e sua turma para uma apresentação, mais tinha algo a mais. Mas a mesma não contava, fiquei pensando no que ela disse e realmente minha irmã de 14 anos tinha razão, ultimamente ela sempre tem razão.

 

[...]

 

POV Lara:

 

Viche essa semana vai me quebrar, do dia 7 até o dia 11 foram mil surpresas, passei a semana com minhas amigas e as amigas de Laur, no sábado teve a inauguração da Millennium de Miami então só fui para o casamento do tio Eric depois com Vero e Lucy, por mim elas estavam bem me enganei se Lauren e Lucy se beijaram deixaram serem fotografadas as coisas estavam difíceis mesmo, eu vi o beijo na mesma hora estava com Chris e Tay e tirávamos fotos os 3 juntos e caramba ninguém esquece esse beijo, já vi tantas coisas sobre isso e me irrita, mas pelo menos algo bom no meio dessa desgraça de pessoas falando mal de Lucy, da minha irmã, do Diabo que o carregue duas coisas boas aconteceram a primeira foi que eu e meu grupo da Millennium iriamos fazer uma apresentação especial no AMA, ninguém sabia era algo especial, de acordo com a MTV nós estamos muito famosos nas redes sociais e quem somos nós para descordar ? Não somos ninguém e a segunda coisa.. bom isso aconteceu ontem antes de eu vir para LA.

 

Flashback ONN:

 

Estava saindo do meu quarto para tomar banho e lembrei que tia Clara queria conversar e assim a encontrei no corredor, fomos para meu quarto e Lucy, Keana, Alexa e minhas amigas saíram. Me sentei na cama e ela parecia nervosa com algo.

 

- Clara: Querida precisamos conversar..

- Lara: Claro tia. O que foi ?

- Clara: Eu e Mike estávamos conversando..

- Lara: Sim ?

- Clara: Conversei com o advogado sobre adoção e quero que saiba que quero te adotar.

- Lara: Que ?

- Clara: Queria poder cuidar de você do jeito apropriado e não é uma coisa difícil, o que acha ?

- Lara: Acho incrível. Mais.. porque tia ?

- Clara: Porque te amo e você já é como minha filha e quero oficializar isso. Está tudo bem com isso ?

- Lara: Claro tia. Nossa..

- Clara: Que bom que gostou amor. Depois do julgamento iremos resolver tudo.

- Lara: Okay.

 

A abracei e queria chorar mais meu estoque de lágrimas não dava mais então só sorri, aquilo era incrível.

 

Flashback OFF.

 

- Josh: Em que mundo estava ?

- Lara: Lembrando de coisas, nem te vi chegar. Como entrou ?

- Josh: Laur abriu a porta pra mim. Vamos ?

 

Fiz que sim com a cabeça e saímos, Josh era meu melhor amigo desde sempre e ele sempre foi afim de Maddie Ziggler uma das minhas melhores amigas também, conheci Maddie na seleção para dançarinas da Sia a alguns anos atrás e nos tornamos amigas, se eu não tivesse quebrado o pé seria eu e ela dançando juntas nos vídeos da Sia, mas eu quebrei então ficou só ela, no AMA iriamos fazer duas performances das músicas Cheap Thrills e The Greatest, Sia iria cantar como sempre e Maddie e eu seríamos as dançarinas principais, imagina um grupo que estava dançando igual pessoas loucas sem pausa ? Éramos nós afinal era o AMA né ! Já perdi minha chance de ir ao The Voice por ter perdido minha mãe e irmão e ser sequestrada e isso não iria perder, Kay realmente estava com ciúmes de Josh e ele ainda era meu par na dança, ela estava zureta não sei porque a insegurança ela é a garota que eu gosto e amo e quero estar junto e fica criando intrigas, mas vou deixar ela e seus ciúmes, estávamos todos em LA em uma das casas que minha mãe deixou para mim e Vero imagina a farofa, 5H com um monte de adolescentes da idade de 14 a 17 anos estava sendo a maior maluquice e ainda lembrei da conversa que escutei semana passada todas minhas besties tem algum parentesco com as amigas de Lauren, eu sou irmã de Lauren, Mari é prima de Keana, Leona é prima de 2º grau da Camila o mundo era pequeno mesmo, Marla é irmã de Alexa mais minha amiga ainda não sabe disso, o pai de Marla nasceu com um problema e não poderia ter filhos com a minha tia então ela fez inseminação artificial, e como se o futuro fosse ótimo o homem que foi o doador é o pai da Lex, então ele é o pai biológico de Marla, e a loira ciumenta é irmã de Lucy e Marie é prima delas, chegamos ao local do ensaio e Kay já veio me puxando, só queria rir mais fiquei quieta ela é louca.

 

[...]

 

18 de novembro de 2016:

 

DEUS ME ABANA! Minha irmã se declarou bissexual para todo o mundo, estou morrendo de orgulho dela mas também estou longe, hoje cedo Lauren se remexia demais e não entendia direito do porque ela não ficar quieta, li em um Tweet que ela escreveu sua carta de manhã e naquele momento eu dormia no seu colo, tudo entendido agora. Vi o celular tocar e era ela.

 

“ Lauren: Onde está pequena?

“ Lara: Lolo.. estou orgulhosa de você. Nossa Lolo eu te amo muito.. muito mesmo.

“ Lauren: Obrigada amor estou tão feliz, queria que estivesse aqui conosco.

“ Lara: Estou ensaiando chego em 2 horas. Preciso ir agora. Te amo Laur.

“ Lauren: Também te amo mini me.

 

Ela desligou e voltei a ensaiar nossa eu estava feliz demais, só Deus sabia como eu queria minha irmã bem e agora podem parar de irritar minha pequena grande irmã. Ela merece..

 

[...]

 

Quando cheguei em casa Lauren conversava com Dinah, pulei com tudo em cima dela e a enchi de beijinhos ela ria feito dementa e eu também, mas estava tão feliz por ela que pouco me importei, Dinah gravou tudo e foi para o Snap. Fiquei conversando com a minha irmã e fui dormir cedo, nada de fics Camren hoje.. amanhã era o penúltimo ensaio e eu estava pirando.

 

[...]

 

Estávamos no tapete vermelho tirando fotos e estávamos todos fofos demais, todo mundo de preto, Bailee Madison e o outro apresentador falavam da surpresa e quem iria “apresentar” a surpresa já tinha chegado e que estávamos todos lindos. Fomos para o camarim e com todo cuidado para não encontrar as meninas, elas estavam extremamente lindas, iriamos apresentar uma categoria também o que seria super demais Maddie não parava um minuto acho que beijar Josh ontem a deixou maluca, na festa de nossa amiga ontem ela e Josh finalmente se beijaram e hoje ela estava toda besta, não era por causa da apresentação e sim por causa de Josh, afinal ela dança para Sia nem se assusta mais com apresentações grandes assim.

 

[...]

 

23:30, nossa apresentação começou foi tudo tão rápido afinal eram duas músicas foram pequenos 8 minutos, depois apresentamos um prêmio que Twenty One Pilots ganhou. Depois as meninas também ganharam e fomos entrevistados nos bastidores por Nina Dobrev, surtei ? Nem um pouco que isso. As meninas foram para uma festa e nós voltamos para casa e já iriamos voltar para Miami estava surtando era amanhã, o dia que eu finalmente poderia me livrar daquele homem, estava com tudo que seria necessário e pegamos o jatinho que minha mãe deixou para mim e Vero também, estava com medo nervosa e sei lá mais o que, só sentia muitos sentimentos estava com tudo tremendo. Mesmo assim ignorei e quando cheguei fui direto dormir o dia amanhã não seria nem um pouco fácil e gostando ou não eu teria que enfrentar isso.

 

[...]

 

POV Lauren:

 

21 de novembro de 2016:

 

Dia do julgamento, Suprema Corte de Miami:

 

Olhei Lara pela última vez, a garota usava um vestido preto rendado que ia até seus joelhos, um laço preto prendendo seu cabelo atrás que Camila deu para a mesma agora era só assim, Camz só conversava com Lara desde o dia 4 e quanto a mim somente conversávamos o que dizia ser importante como nossa banda e assim estava. Olhei minha irmã pela última vez e ela olhava com desprezo e medo para Bart Thompson eu só queria pular naquele homem de verdade, queria matá-lo filho da puta dos infernos, Lara estava com sua advogada e ele com o dele e o advogado de Thompson começou com sua defesa e de verdade queria que aquilo acabasse mais não sabia que poderia piorar assim, depois de 30 minutos foi anunciado que Lara iria depor e estava nervosa demais, Sinu estava aqui com Alejandro e Camila também, vi a mesma levantar e ir falar com Lara sorri como elas ficaram amigas e depois ela olhou para mim e quando pensei que fosse passar reto ela se sentou ao meu lado e não disse nada só pegou na minha mão discretamente e assim ficamos.

[...]

 

Minha pequena parecia assustada, olhou para mim e suspirou ela iria começar a falar.

 

- Advogado do acusador: Nos diga seu nome completo, sua idade e seu local de nascimento e onde está residindo no momento.

- Lara: Lara Emanuelle Iglesias Jauregui. Tenho 14 anos, nasci em Miami e estou residindo em Miami.

- Advogado do acusador: Pode nos dizer o que o Sr. Bart Thompson é seu ?

- Lara: Ele é meu padrasto.

- Advogado do acusador: Pode nos dizer como é seu relacionamento com ele ?

- Lara: O pior impossível.

- Advogado do acusador: E porque? Pode nos dizer ?

- Lara: Porque ele sempre maltratou minha mãe e batia nela e no meu irmão.. e ele abusa de mim desde meus 11 anos, e ele matou minha mãe e meu irmão.

 

Todo mundo nesse momento ficou chocado Camila apertou minha mão e ela sabia exatamente meus costumes fiz um carinho na mão da mesma e ela sabia que era verdade e que eu sabia.

 

- Advogado do acusador: Pode provar tudo isso Srta. Jauregui ?

- Lara: Sim eu posso. Seu cliente me mandou mensagens durante todo esse tempo e.. bom..

 

Ela suspirou não queria falar.

 

- Advogado do acusador: O que ?

- Lara: Ele sempre nos gravou e tenho uma cópia de todos os vídeos e das mensagens.

 

Um policial trouxe tudo que era necessário e isso sim era algo que ninguém gostaria de ver, infelizmente era necessário ver. E aquilo acabou com todo mundo que estava ali, o juiz parou a gravação e mandou o advogado de Thompson sentar não tinha acabado.

 

- Advogada da defesa: Pode continuar Srta. Jauregui.

- Lara: Eu sempre sofri abuso e ele sempre me drogou além de dizer.. dizer..

- Advogada da defesa: Dizer ?

- Lara: Eu tenho uma irmã mais velha, e eu sempre quis a conhecer quando tive a chance eu conheci, mais ela não sabia que eu era sua irmã. Até aí tudo bem, mas quando o Sr. Thompson começou a abusar de mim ele sempre fazia questão de dizer coisas sobre minha irmã como ela seria melhor nas coisas que ele fazia comigo e que ela sempre foi a importante para todos e eu só era a bastarda e ele também dizia coisas obscenas e de baixo calão, coisas que mexeram com a minha cabeça e enquanto ele me machucava.. ele..

 

Meu coração se partiu naquele momento, e as palavras de meses atrás vieram a minha mente: “ Talvez um dia eu te conte porque eu te “odeio”. O juiz lhe entregou lenços e ela continuou a falar a advogada sabia que era difícil mais Lara continuou forte e disse tudo que aconteceu todos os momentos, todas as palavras tudo que aquele homem fazia com ela, eu não aguentei eu queria vomitar e estava quase tendo um ataque de pânico ali sai do local e entrei no primeiro banheiro que vi. Senti meu corpo desabar e em seguida alguém me abraçar olhei para a pessoa e era Sinu.

 

- Lauren: Me desculpe.

- Sinu: Pelo que?

- Lauren: Por fazer sua filha sofrer.

- Sinu: Ei calma, Lauren sua irmã está bem agora.

- Lauren: Só queria matar aquele homem, ele dizia aquelas coisas para ela.. meu Deus que nojo.

- Camila: Mama pode ir eu assumo.

 

Camila se colocou do lado de Sinu que concordou e saiu, seus olhos castanhos olhavam para mim como se a dor que eu sentia ela sentisse também o que com certeza ela sentia.

 

- Lauren: Minha irmã Camila.

- Camila: Eu sei mi amor. Calma Lo.. só calma ok?

- Lauren: Não consigo meu Deus. Eu.. eu..

- Camila: Lauren olha pra mim.

 

Não ousei a desobedecer Camila, e ali estava.. o castanho no verde e o verde no castanho a nossa junção perfeita.

 

- Lauren: Camila me des..

- Camila: Agora não. Está quase acabando lá vamos voltar para ver esse homem apodrecer na cadeia, ele sim merece. Vamos.

 

Ela me ajudou a levantar e limpou meus olhos só consegui lembrar de suas palavras, as mesmas que La falou. “ Vocês se beijaram Lauren ! Você não se beija alguém se não sente algo”. Suspirei e saímos do banheiro chegamos a tempo de ver Thompson ser condenado a 40 anos de prisão e o próprio juiz disse que acompanharia seu caso para ele não poder pagar sua fiança e se esconder em sua torre de marfim como fez quando matou Lucas e Katherine, tudo que Lara disse ela mostrou as provas a verdade é ele sempre gravou o que fazia com Lara, uma vez assim tia Linda pegou tudo e tirou cópia as mensagens Lara mandou tudo para ela e a mesma imprimiu tudo, ela também gravou quando ele ameaçou a ela e Vero se contassem algo e também provou que foi ele que a colocou no hospital, Lara correu o maior risco que pode mais conseguiu se salvar e ser mais inteligente que Bart Thompson e isso me fez aliviar um pouco mais, mas as palavras que ele falava para ela e a mesma chorava só me fazia querer sumir, se eu soubesse desde o começo isso nunca aconteceria, tentei não pensar nisso e quando o homem finalmente foi levado Vero cuspiu na cara dele, a mesma com tia Ems foi ao encontro de Lara e elas se abraçaram, quando eu achava que as coisas estavam encaminhando para nós.. não era pra ser mesmo. Depois que ela soltou Vero meu pai a pegou no seu colo, a menor chorava horrores e simplesmente me juntei a eles, pedindo perdão como meu pai fazia, e ela respondeu tentando parecer brava que a culpa não era nossa e sim de Thompson e ela tinha razão como sempre. 


Notas Finais


E ai o que acharam meus amores ? amanhã tem mais, me digam e até amanhã <3. Amo vocês..


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...