História The Lost - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin
Tags Bangtan Boys, Bts, Jin, Seokjin
Visualizações 13
Palavras 857
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura👓❤

Capítulo 1 - Capítulo Único


×08:59× 2017•19•05•Sexta-Feira•

Todos os dias,eu me pergunto: Por quê? O que eu fiz para merecer isso? Você não sabe o que é felicidade, até ter um filho e você não conhece a dor, até perdê-lo. Eu perdi o meu filho há uma semana e há uma semana,estou trancado em meu quarto. Chorando,apenas chorando. Este aperto no coração, minha ex mulher me ligou e mandou mensagens mais de uma vez, mas, eu não tinha forças para pegar o celular. Aquela cena se repetia em todo momento em minha mente.


Flashback《

  ×07:00× 2017•12•05


-Filho,termine logo de comer e vamos para sua competição.-Falo sem tirar os olhos do celular.-Pelo jeito, sua mãe não irá. Ela disse que está presa no trabalho.

-Já estou acostumado, papai. Ela nunca foi em nenhuma de minhas competições!-Fala com uma feição de tristeza.

-Não fique assim, na próxima ela irá!-Dou um beijo no topo de sua cabeça.-Terminou de comer?

-Sim! Vamos!- Fala correndo em direção a porta.



O local de sua competição de natação estava muito cheia. Todos animados,meu filho correu em direção ao banheiro para colocar seu short de natação.

-Mas,Yewon! Tente vir! Ele ficou triste quando eu disse que você não viria!-A mesma começou a dar um esporro em mim do outro lado. As vezes ela prefere dar mais atenção ao trabalho do que ao próprio filho.-Pare de pensar em si mesma e pense em seu filho!! Droga. -Desligo.


-Nadadores,já podem ir para a área da piscina.-A voz do homem logo surge e meu filho aparece com um sorriso enorme no rosto. Tinha tanto orgulho dele. Logo o homem solta a largada e meu filho pula dentro da água, começando a nadar.

-VAMOS LÁ, FILHÃO!  VOCÊ CONSEGUE!!

2 voltas completas. Mas, eu acho que comemorei cedo demais...

-Raia 3, Ganhou!!-O homem anunciou, falando que meu filho ganhou!!

-É O MEU FILHO! É O MEU FILHO!!-Falo olhando para as pessoas ao meu redor, mas, ao olhar bem para os rostos delas, vejo que o semblantes das mesmas eram assustadoras. Olho em direção a piscina e não vejo meu filho, apenas vejo sangue e mais sangue na piscina. Corro até lá e já tinham tirado ele de lá, sua cabeça havia batido muito forte na parede e havia feito um ferimento muito fundo e grande.

No hospital, eu rezava para todos os santos que existem no mundo para que não deixem que nada de mal aconteça ao meu filho.
Um médico sai da sala em que meu filho estava e vem falar comigo.

-Você é o responsável pelo Min?

-Sim. Prazer, Seokjin!-Faço reverência e ele faz o mesmo.


-Vim aqui trazer noticias sobre o Min e...Infelizmente...Elas não são nada boas.

-Fale logo, doutor.-Meus olhos já se enchiam de lágrimas.

-Ele teve um traumatismo craniano e estava respirando por aparelhos.

-Por que estava?

-Nós teremos que desligar, infelizmente, ele não vai resistir por muito tempo. Só irá ficar mais alguns minutos ligado e depois... Eu sinto muito!

-VOCÊS NÃO PODEM FAZER ISSO! É O MEU FILHO E EU TENHO ESPERANÇA QUE ELE IRÁ CONTINUAR COMIGO.

-Senhor, se acalme. Você pode ir lá falar com ele. Desculpe.

O doutor me deu as costas e saiu andando. Entro na sala e vejo aquele rostinho que eu tanto amei... Eu não estava preparado para me despedir,me despedir do meu próprio filho! Segura em sua mãozinha e encosto em minha testa, logo começando a chorar. Botar tudo o que eu estava segurando para fora.

-Por que, meu filho? Por que? O que eu fiz de errado para você ir tão cedo?

Minha ex mulher adentra o quarto com os olhos cheios de lágrimas e o rosto todo vermelho.

-O que você fez com o meu filho?- Ela veio para cima de mim e começou a me bater.

-YEWON!! PARE AGORA!!! A CULPA NÃO FOI MINHA!!-Seguro seus ombros a balançando, achando que aquilo iria fazer ela cair na real.-Eu também estou muito mal... Eu...Eu não sei o que eu fiz de errado! Por que ele se foi tão cedo?

Yewon se sentou em um sofá que tinha lá e abaixou a cabeça e começou a chorar. Sentei ao seu lado e a abracei.

Dois enfermeiros chegaram para desligar o aparelho, mas Yewon pula em cima de um.

-VOCÊ NÃO PODE FAZER ISSO! O MEU FILHO NÃO PODE IR!!-A seguro pela cintura tirando a mesma de cima do enfermeiro.-Jin, eles não podem fazer isso!! Jin, eles não podem!-Sua voz embargada me fez começar a chorar.


-Eu sei,Yewon. Eu...Sei.-Falo acariciando seus cabelos. Podemos não estar mais juntos, mas nós somos amigos.



               ××××××××××

 Ah,meu filho... Eu sinto tanto a tua falta. Sinto falta de te ver nadando e sorrindo ao ver que ganhou. Sinto falta de te abraçar depois de um longo dia de trabalho. Sinto muito a tua falta. Por que você teve que ir? Por que você não contou as braçadas,como seu treinador sempre pediu?

Seu velório...Nunca imaginei que estaria nele... Seu rostinho pálido,dentro daquele caixão negro. Pessoas e mais pessoas chorando por causa de sua ida. Chorando por saber que sua ida...não tem volta. Min,eu sinto tua falta. Todos um dia irão te esquecer,mas em meu coração... você jamais irá morrer.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...