História The Lost Memories - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 7
Palavras 1.835
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - The Couple


Fanfic / Fanfiction The Lost Memories - Capítulo 3 - The Couple

Depois de mais um dia normal na escola, enfim tinha chegado o dia que eu e meus amigos iriamos sair para andar de skate na praia, nesse meio tempo, eu ate convidei a Liza, só que a sua mãe não a deixou ir, o que era realmente triste para mim.

- Eaew manin, vai vir q horas aqui pra casa? – 12:30 AM

- Eaew, daqui um 15 minutos eu saio aqui de casa beleza Nath? – 12:33 AM

- Tranquilo – 12:34 AM

Enquanto me arrumava pra sair, novamente encontrei aquela foto, mas dessa vez a minha reação foi diferente, no momento pensei como era bom, acho que as vezes me prendo muito no passado mas eram memorias boas. Coloquei uma camisa preta e uma calça jeans preta, sim eu usava bastante preto, acho que as únicas vezes que eu usei outra cor, foi por causa da escola, com aquele uniforme branco e uma calça azul, era extremamente ridículo mas tinha que aguentar dia após dia. Então peguei o meu skate ‘’ vermelho’’ que mais parecia rosa e sai, quando cheguei no portão de casa percebo que estava esquecendo algo, era uma pulseira que era muito importante pra mim, afinal eu tinha dado uma igual para a Liza, voltei correndo para pega-la, bem, vi que não tinha esquecido mais nada e sai.

Quando cheguei na casa de Nathan, eu cumprimentei a sua família que logo estava saindo, uma coisa eu admito, a irmã dele é simplesmente linda, um jeito diferente e alegre, era bom conversar com ela kk. Cheguei na cozinha e vi Nathan jogando, bem como eu sou um bom amigo, abri a geladeira e peguei agua e servi para nos dois (Sim, eu estava na casa dele, mas ali era a minha segunda casa, até sua mãe gostava de quando eu vinha visitar kkk), quando ele terminou a partida, ele desliga o computador e começamos a conversar neh.

- Como vai as coisas com a Mih enh? – perguntei curioso

- Estão indo bem, eu me apaixonei por essa garota mano, o jeito dela me deixa louco, não sei explicar – disse com um sorriso no rosto

- Fico feliz de verdade com isso Nath, e então a convidou pra ir na praia com nós?

- Irei chamar agora, e como vai as coisas com você e a Liza?

- Vão bem, só que... – Desanimei por um minuto

- Contou pra ela sobre a transferência neh? Foi melhor assim manin, você tinha que ser sincero com ela – Ele disse tentando me deixar melhor

Bem isso me incomodava um pouco mas vi que foi o certo a se fazer, ele sabia o quão feliz a Liza me fazia, mas eu sentia que ele não me apoiava 100% sobre isso, no fundo eu percebia que ele queria que eu terminasse, Bem, eu sou teimoso e foi até o fim. Ele olhou rapidamente para o celular e disse que Miranda iria para praia.

- A Miranda vai poder ir, só que tem uma condição

- Que condição seria essa? – por um momento fiquei preocupado

- Eu e Você ganhamos uma carona kkk, os pais dela querem ir e gostariam que nos fossemos com eles. – disse rindo

- Opa carona? Tranquilo, a gente ia de ônibus, está ótimo kkk. Bem quando temos que ir pra casas dela?

- Se possível agora, está quase na hora já

- Tranquilo, então vamos lá – até q fiquei aliviado por não ter que pegar ônibus

Pegamos os skates e saímos, a casa de Miranda não era longe, eram apenas uns 400 metros de distância da casa de Nathan. No caminho ficamos conversando sobre o passado, como a Miranda mudou desde então, ela era daquelas que queria tudo, mas depois de conhecer Nathan, eu acho q ela foi mudando um pouco e bem, hoje está desse jeito que pessoalmente, eu fico feliz por ela. Nem vou dizer que desde a época do fundamental eu tinha uma quedinha por ela, mas desde que conheci a Liza, isso mudou tudo kk.

- Estamos perto da casa dela, vamos chegar bem na hora kkk. – ele estava feliz com isso

- Eii Nath, posso perguntar uma coisa?

- O que foi manin?

- Você acha que eu também mudei? Fico pensando que continuo aquele garoto arrogante de antes – acabei perguntando desanimadamente

- Você mudou muito, desde q nos conhecemos você foi mudando aos poucos, isso me deixa bem feliz por que agora você é como um irmão mais novo pra mim, você acabou se tornando umas das pessoas mais importante pra mim manin – Ele estava sorrindo, eu senti que ele estava falando serio

- Nem preciso dizer que você me ajudou bastante neh, eu agradeço a Deus por ter te conhecido

Chegamos na casa da Mih e Nathan apertou a campainha, quando o portão abriu eu senti um clima diferente, só que era um clima bom, ambos sorriram quando se viram, eu acabei sorrindo por ver esses dois. Estávamos esperando os pais dela, enquanto isso ficamos conversando, mas bem, dava pra ver que eu estava segurando vela.

- Onde fica o banheiro de Visitas Miih? – Perguntou Nathan

- Depois da cozinha a primeira porta a direita – disse Miranda

- Vou me arrumar Também, você espera aqui Josh, quando o Nathan voltar você vai em seguida, meus pais já estão chegando

- Certo Miih – respondi

Bem, nós não estávamos totalmente arrumados. Enquanto esperava, chamei a Liza no chat, algo me dizia pra conversar com ela naquele momento, bem ela demorou uns 2 minutos pra responder mas estava online.

- Você está bem Liiz? – 15:30 PM

- Estou bem e você? – 15:31 PM

- Estou esperando Nathan se arrumar para sair, mas fora isso estou bem – respondi rapidamente – 15:32 PM

- Toma cuidado mais tarde Josh – 15:34 PM

- Não se preocupa Liz, vou ficar bem. Liiz, tem algo me incomodando, você está bem mesmo? – 15:35 PM

- Estou Josh, não se preocupe - 15:36 PM

Podia ser só um mal pressentimento mesmo, mas com certeza não era nada.

- Vou ter que sair agora, Nathan já está vindo, tenho q me arrumar rápido, se cuida Lizz – 15:38 PM

- Ok, se cuida Josh – 15:39 PM

Fiquei conversando um pouco com o Nathan enquanto Miih se arrumava, e meu deus, ela demora bastante kkk, falei pra Nathan sobre eu estar com um Mal pressentimento, mas ele disse que era coisa da minha cabeça e para não se preocupar demais. Finalmente a Miranda aparece.

- Pronto Josh, você pode ir agora se arrumar, eu e o Nathan vamos te esperar aqui – disse Miranda

- Ok, Cuidado vocês dois ai enh – disse com um risadinha irônica

- Oxe, só vamos assistir TV – disse Nathan e Miranda ao mesmo tempo

- Sei...

 Bem depois disso, quando estávamos prontos, os pais dela chegaram, e então nós fomos para a praia, ao chegarmos lá, encontramos Philip, Jack e James, ambos amigos de longa data, Nathan apresentou a Miranda para eles e fomos andar. Andamos alguns quilômetros ao norte, quando chegamos no final eu falei

- Vamos lá pro começo, onde tem aqueles Hippies vendendo pulseiras, tenho que comprar uma nova.

- A meu deus Josh, voltar tudo isso? – Perguntou James

- De todo jeito vamos ter que voltar pra lá, os pais da Miranda estão um pouco antes dali

- É mesmo, daqui a pouco eles ligam perguntando onde eu estou – respondeu Miranda

Andamos uns 2 quilômetros para o sul até onde estavam os hippies, quando chegamos lá, por uns segundos observei Nathan ajudando a Miranda subir a calçada pois ela estava de patins, e continuaram de mãos dadas, devo admitir que eles formam um casal lindo.

Quando comprei a pulseira, um dos hippies se aproxima do dois e começa a falar sobre amor, dizendo ser um anjo e no fim perguntei aos dois

- Eu sou o anjo do amor, dos apaixonados. Que anjo eu sou?

Acabei rindo por que ele perguntou isso para as duas pessoas mais lerdas do mundo, ele demoraram uns minutos pensando e então eu resolvi ajudar.

- cupido-tchim – disse fingindo um espirro

- Ah! Cupido! – os dois disseram ao mesmo tempo

- Sim sou ele mesmo. Porque você não dedica essa rosa para a sua amada em nome do amor que existe entre você dois – disse o hippie mostrando uma rosa feita de palha aos dois, estava bem feita devo admitir

- Quanto custa? – perguntou Nathan

- 10 reais – respondeu o hippie

 ‘’ PUTS, na maior cara de pau ele responde 10 reais’’ – virei as costas e fui falar com James

Mas vi que Nathan comprou e percebi que a Miih ficou envergonhada, podia ser só uma rosa de palha mas percebi que para ela, aquilo valia muito.

- Agora um beijo né gente!? – disse o hippie

- Beija, beija – eu e os meus amigos dissemos

Então eles se beijaram, fiquei muito feliz por eles e eu sabia da promessa de Nathan que a próxima garota q ele beijasse seria a sua noiva. E bem nós concordamos em deixar aquilo entre nós, eu conhecia os pais dela e não seria bom eles saberem disso ainda. O celular de Miranda toca, era seu pai, quando ela desligou o telefone ela disse q seus pais estavam nos chamando para jantar em um restaurante em frente à praia. Era uma pizzaria, e todo mundo sabe que amo eu amo pizza, quando tudo acabou andamos mais um pouco, e por volta das 9 horas da noite resolvemos voltar para casa, Philip perguntou aos pais de Miranda se eles podiam dar um carona, e eles disseram que sim.

40 minutos depois...

Ao chegar em casa exausto, vou tomar um banho e depois volto ao meus quarto, ao me deitar eu ligo o wifi do celular, para ver se tinha mensagens e também para ver se Liza estava online, mesmo ela estando off-line eu envio uma mensagem falando como foi o dia. Depois de enviar uma mensagem para a Liza, eu chamo Nathan

Josh - Eii Nath – 23:20 PM

Nathan - Fala ae – 23:21 PM

Josh - O dia foi legal neh? Fiquei feliz por você manin – 23:22 PM

Nathan - Foi perfeito hoje, cara eu amo a Miih – 23:23 PM

Josh - Foi rápido enh, mas eu apoio muito vocês dois juntos – 23:24 PM

Nathan - Lembra do que eu disse? Que a próxima menina que beijasse seria a minha noiva, então neh – 23:25 PM

Josh - Quero ser o padrinho viu kkkk, vou dormir agora mano, amanhã tem aula – 23:27 PM

Nathan - Tranquilo, boa noite ai – 23:30 PM

Josh - Boa noite – 23:32 PM

Eu fiquei muito feliz que isso aconteceu, Nathan e Miranda juntos, meu melhor amigo com a minha melhor amiga, é engraçado mas é bom, eles já passaram por muitas coisas difíceis nesses últimos anos, eles são perfeitos um para o outro. Não sou muito bom em ajudar as pessoas mas, eu estaria ali quando eles precisassem, o mesmo vale para a Liza. Novamente com um sorriso, acabei pegando no sono..


Notas Finais


‘’ Às vezes, as coisas mais simples são as mais importantes’’


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...