História The Love - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Bea Miller (Beatrice Miller), Bella Thorne, Demi Lovato, Fifth Harmony, Little Mix, One Direction, Shawn Mendes, The Vamps, Troy Ogletree
Personagens Ally Brooke, Ariana Grande, Bea Miller, Bella Thorne, Bradley Simpson, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Harry Styles, Lauren Jauregui, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Normani Hamilton, Perrie Edwards, Personagens Originais, Shawn Mendes, Troy Ogletree, Zayn Malik
Tags Camren, Fifth Harmony
Visualizações 49
Palavras 2.338
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, FemmeSlash, Hentai, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Violência, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ok dessa vez eu demorei, mas agora ninguém pode reclamar porque o capítulo ta Grande, bati meu Record.

Ps: os bebês na foto do Cap são da Cristal e Nicolas.

Boa Leitura =)

Capítulo 17 - I will not be good to him


Fanfic / Fanfiction The Love - Capítulo 17 - I will not be good to him

        Pov Camila Cabello

Olhei ao redor com dificuldade de enxergar já que estava tudo escuro, eu sentia uma dor forte na cabeça pousei minha mão em minha barriga e arregalei os olhos percebendo que a minha barriga não tinha o mesmo volume de antes, olhei para baixo e senti uma imensa vontade de chorar, eu não estava mais grávida onde estava meu filho?

- Oque aconteceu com o meu bebê? onde ele tá?! - Eu gritei sentindo minha garganta arder e minha visão ficar embaçada por causa das lágrimas, olhei a redor desesperada, eu sentia meu peito queimar e uma forte dor na cabeça mas nada disso importava eu só queria o meu bebê.

- Você deveria saber cuidar dele direito se quisesse ficar com o seu bebê Camila - olhei ao redor não encontrando ninguém - Você não cuidou do nosso bebê Camila e nem de mim - Eu reconhecia aquela voz - agora eu não sou mais sua.

- Lauren é você? Lolo por favor me ajuda! Cadê o nosso bebê? - escutei uma risada alta.

- O bebê não é mais seu Camila ele é meu você nunca mais vai ver ele novamente! Por culpa sua ele quase morreu! - olhei ao redor assustada procurando quem estava falando - ele nunca vai saber da vergonha que a mãe dele é!

- Parem de falar isso! Parem! Lolo por favor me ajuda! Eu te amo! Por favor! - eu sentia cada vez mais o meu peito e garganta queimarem com mais intensidade, eu sentia meu coração disparar e eu não conseguia trazer ar para meus pulmões - Lolo por favor me ajuda - Eu pedi sentindo minha cabeça pesar e minha voz cadê vez mais fraca.

                     […]

Senti uma dor horrível no peito e abri meus olhos, olhei ao redor e vários médicos ao meu redor andando de um lado para o outro, percebi que tudo e era um sonho coloquei a mão em minha barriga novamente me assustando, tentei gritar mas apenas saiu um barulho, meu bebê não estava ali.

- Senhorita Cabello, mantenha a calma - um homem de jaleco disse me olhando - seu bebê está sobe os nossos cuidados - suspirei aliviada - Você consegue se mexer? - mexi meus dedos dos pés e mãos, ele anotou algo em uma prancheta - você consegui fala?

-Sim - murmurei com uma certa dificuldade - Cadê a Lauren? - eu falei com a voz ainda fraca.

- Sua mulher está bem, deve estar amamentando o bebê - assenti e vi a porta se abri e Dinah.

- Hey, se sente bem? - assenti e ela sorriu.

- Bom senhorita Cabello, nós vamos aplicar um calmante, a senhorita precisa descansar - ele aplicou o remédio em mim e eu senti meus olhos pensarem até não ver mais nada.

  Pov Lauren Jauregui

Estava amamentando Cristal quando a porta foi aberta por Dinah, que tinha semblante mais tranquilo do que antes.

- Como ela ta Dinah? - eu perguntei preocupada.

- Ela parece bem, está dormindo agora - suspirei aliviada - mas o médico pediu pra não contar que o bebê está na UTI a menos que ela pergunte sobre ele, quando isso acontecer nós temos que chamar o doutor pra explicar tudo pra ela.

- Mas porque nós não podemos contar pra ela? - eu perguntei enquanto a enfermeira levava a minha bebê.

- O Médico disse que se ela ficar sabendo de tudo isso de uma vez só tem um grande risco dela ter depressão pós-parto.

- Então se não formos com calma essas chances somem? - eu perguntei e Dinah negou - então o que vai adiantar?

- Eu não sei Lauren! - Dinah disse andando de um lado para o outro - eu também estou preocupada com ela, quando eu entrei no quarto ela parecia assustada como se tivesse acabado de acordar de um pesadelo, isso já é algo para nós nos preocupamos é um dos sintomas!

- Então você acha que ela pode está entrando em depressão pós-parto?

- vamos esperar pra ver nunca se sabe - assenti - Bom mas eu acho bom você descansar um pouco, você acabou de parir não deve ser fácil - eu assenti rindo.

- E não é, a dor é horrível mas vale apena quando você vê aquele rostinho lindo - eu disse sorrindo.

- com você falando assim eu tenho até vontade de ter um filho, já pensou uma mini Beyoncé igual a mamãe aqui, e ainda por cima dançarina igual a outra mãe - eu gargalhei - ei não ri não tá, um dia eu e a Mani vamos ter uma mini Beyoncé lacradora - neguei rindo com ela - ok, agora vai dormi o mais nova mamãe.

Me deitei sentindo meus olhos pesarem, eu espero que a minha Camz fique bem.

    Pov Camila Cabello

Eu tinha acabado de acordar e já tinha terminado de tomar café, e no momento eu estou brigando com Dinah porque ela não quer me falar o porquê de eu não ter visto o meu filho até agora.

- Camila nem adianta fazer birra eu tenho que chamar o doutor - Dinah disse bufando.

- Quem tá fazendo birra? - ouvi a voz da minha Lolo e sorri largo - oi meu anjo - puxei seu rosto beijando seus lábios - Senti sua falta.

- Eu também - eu disse dando um selinho - Lolo cadê nossos bebês? - eu perguntei com um bico nos lábios.

- daqui a pouco eu trago a Cristal - assenti - e sobre o Nicolas, eu acho melhor o médico conversar com você ok? - eu apenas assenti e a abracei de lado.

- Como assim? Quer dizer que é so a Lauren falar que você obedece? Eu to a aqui a um tempão e você só reclamou! - Dinah disse me olhando incrédula me fazendo rir.

- Senhoritas? - um homem disse entrando no quarto, já não gostei dele a primeira coisa que ele fez foi olhar pra bunda da minha Lolo - suponho que a senhorita seja a Camila e você a Lauren? - antes que a Lauren pudesse responder a interrompe.

- Sim somos, mas para o senhor só senhorita Cabello e Jauregui! - o doutor ficou extremamente vermelho, Lauren me cutucou me repreendo mas tinha um pequeno sorriso.

- Bom, a senhorita Jane me chamou aqui, parece que a senhorita que saber do seu filho - assenti - seu filho estava na UTI mas felizmente já saiu, mas continua em observação.

- por que ele estava na UTI? - eu perguntei preocupada.

- Seu filho nasceu prematuro e teve alguns problemas, mas por enquanto está tudo bem.

- E quando ele vai poder sair? - Lauren perguntou.

-quando ele atingir o peso de um recém-nascido que uns 2kg - O Médico disse sorrindo gentiu pra Lauren.

- Eu posso ver ele? - eu perguntei fuzilado ele com o olhar.

- Se quiser agora, a senhorita já vai receber auta - assenti - Bom eu já vou.

- Hey pessoal - Normani disse entrando - tudo bem mamães? - ela disse abraçando a mim e Lauren - oi meu amor - Normani foi em direção a Dinah e a beijou.

- Eu shippo Norminah! - eu falei as duas riram.

- E nós Camren - eu assenti sorrindo - Bom Cabello aqui - Normani disse me entregando uma sacola - aqui estão suas roupas e Lauren aqui tem as roupas da Cristal e nessa as do Nicolas - ela disse mostrando as duas bolsas.

- Eu vou me arrumar, quero ver meu filho - eu disse me levantando com ajuda da Lauren.

                     […]

Já tinha se passado quase um mês [n/a: olha a loca da passagem tempo vulgo autora] e hoje finalmente meu filho vai sair desse hospital, eu estou muito animada eu e Lauren passamos quase todos os dias aqui, é claro que eu vinha mais que Lauren já que ela não pode ficar saindo com a Cristal assim a todo momento. Entrei no hospital com Lauren e Shawn que por incrível que pareça não estava com Hailee dessa vez já que a mesma estava trabalhado, tivemos que ir na recepção para assinar alguns papéis para auta do meu filho.

- Nossa Shawn que cara de velório, nem parece que seu filho vão sair do hospital - Lauren disse brincando com Cristal - né meu amor, essa cara feio do tio vai me assustar.

- Haha muito engraçada Jauregui - Shawn disse revirando os olhos - eu to assim porque a Hailee não veio, queria ela aqui.

- Meu Deus Mendes da um tempo pra ela respirar um pouco, todo lugar que você vai você arrasta ela junto - eu disse batendo olhando o berçário procurando meu filho.

- Então vocês acham que eu devo dar mais espaço para ela? - Shawn perguntou confuso.

- Sim, mas não muito porque tem sempre uns urubus vigiando oque é seu - eu disse olhando para aquele maldito doutor.

- Eu concordo - Lauren falou sorrindo - Você não precisa larga ela e ficar muito tempo sem vê-la, apenas pergunte se ela quer ir nos lugares com você, não pode sair rastando ela pros lugares.

- É e seja romântico - eu disse pra ele - vamos lá, o que você faz pra ser romântico?

- sei lá, dou flores - neguei e olhei para Lauren.

- Não muito clichê - eu disse revirando os olhos.

- Seja sei lá, mais gay - Lauren falou e eu assenti.

- Tá ser mais gay hmm… eu quero dar o cu pra você - mordi o lábio inferior tentando prender a risada.

- isso é sério? - Lauren perguntou rindo.

- Ok chega, depois nós conversamos sobre isso - olhei novamente para o vidro e a enfermeira tinha meu bebê no colo - ele é tão lindo.

- E por incrível que pareça não tem carinha de joelho - olhei para Shawn que sorria e revirei os olhos.

- Olha meu amor, seu irmãozinho que lindo - Lauren disse fazendo uma voz fina pra conversa com a nossa filha, a enfermeira começou a andar em direção a porta e a abriu, fui até ela praticamente correndo.

- Aqui mamãe, seu filho é lindo parabéns - a enfermeira disse me entregando meu filho, segurei-o com cuidado e senti uma lágrima descer pela maçã do meu rosto.

- Meu filho - Shawn falou sorrindo e eu ri.

- Corrigindo, nosso filho ele tem duas mães e um pai - Lauren falou sorrindo - né bebê - Ela falou brincando com nosso filho.

- Ok vamos pra casa, né mãe porque eu já passei muito tempo nesse lugar - eu falei e nos saimos do hospital.

     Cinco meses depois

Sim, já se passaram cinco meses nossos bebês estão tão grandes, o Shawn é pai mais coruja que eu já vi e tudo indica que ele vai morrer de ciúmes da Cristal quando ela estiver maior, já Nicolas até que não, ele vive falando que o garoto dele vai levar várias namoradinhas pra conhecer as sogras, coisa que deixa eu e Lauren bem estressadas, mas a Jauregui paga na mesma moeda e vive falando que a Cristal com esses olhos verdes vai arrasar corações cedo, isso ja é o suficindo pro Shawn ficar empurrado por um bom tempo.

Além disso também temos novos casais alguns não assumido, mas casais como por exemplo Bea e Jacob os dois são um grude pior do que eu e Lauren, tem também Perrie e Jade elas negam mas todos nós já flagramos elas se pegando, tem Demi e Bella que vivem brigando mas nós achamos que rola algo. Eu e Lauren também achamos novos amigos por causa do nosso trabalho, nesses cinco meses eu conheci Selena e Taylor que são minhas colegas de trabalho, bom Selena namora ja Taylor não. Bom Lauren também tem is amiguinho dela Halsey, Ty e Justin. Bom eu gosto da Halsey e do Justin e sim é o Justin Bieber, ja o Ty não ele é um rapper que fica dando em cima da Lauren e parece que todo mundo percebi isso, menos ela.

- Amor? Não fica brava comigo - Lauren falou manhosa e eu revirei os olhos, bom oque aconteceu foi que a Jauregui resolver combinar um jantarzinho com os amigos do trabalho, estaria tudo bem se isso não incluísse o idiota lá vulgo Ty - vamos lá você pode chamar a Sel e Taylor, chama também a Dj a Mani e a Allycat.

- E os nossos filhos? - eu perguntei e ela sorriu me dando um selinho.

- Vão ficar com o Shawn, é so nos tirarmos o leite - eu revirei os olhos e ela encheu meu rosto de beijos.

- primeiro, que eu não sou vaca pra ficar tirando leite - eu falei e ela riu - segundo, ok, supondo que eu aceite a sua proposta, como que o Mendes vai fazer com dois bebês.

- A Hailee vai tá lá também.

- Ok Jauregui você venceu - Lauren comemorou e me deu vários selinhos, ouvi seu telefone tocar e me afastei dela - Amor, seu telefone ta tocando - Ela se levantou e saiu correndo pro corredor me fazendo rir, bom oque eu não faço pra ver o sorriso no rosto dela, Lauren voltou com um bico nos lábios - que foi meu bebê?

- O Ty falou que não vai - sorri largo - amor não ri.

- Você sabe que eu não gosto dele, você quer oque que eu fique triste? - Lauren revirou os olhos e se deitou do meu lado.

- Já mandou mensagem pras meninas? -assenti - e?

 - elas confirmaram - ouvi a campainha tocar e olhei para Lauren que revirou os olhos se levantando - Hey - Ela se virou pra mim - Eu te amo tá sua dengosa - Ela sorriu e me deu um selinho e saiu correndo pra fora do quarto.


Notas Finais


A Taylor Swift ja teve tanto namorado que nem perdi tempo pra escolher um, sim agora temos Ty Dollar Sing na fic, não pude perde a chance de colocar ele na fic, mas podem ficar despreocupados que ele não vai parecer muito não, na verdade raramente ele vai aparecer. Bom é isso espero que vocês tenham gostado.

Kisses Baby's


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...