História The love exceeds all - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Personagens America Singer, Aspen Leger, Astra Orders, Celeste Newsome, Kriss Ambers, Marlee Tames, Maxon Calix Schreave, May Singer, Personagens Originais, Princesa Nicoletta, Rainha Amberly, Rei Clarkson
Exibições 134
Palavras 1.522
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Escolar, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oioi gente , fiquei muito feliz por vocês Terem passado os 7 comentários e por causa disso estou postando pra vocês então boa leitura

Capítulo 20 - Capitulo 18


No capítulo anterior 


—Eu sinto muito querida mas você não acha que deve conversar com ele ? 
—Desculpas Amberly mas a última coisa que eu quero agora é olhar pra cara dele 
—Tudo bem querida , está tudo bem - ela falou e então sinto o sono me consumindo 
—Eu só quero voltar pra casa - falei e então senti meus olhos se fecharem e Caio na inconsciência 


Capitulo 



Prov Maxon 


Voltei com a água mas não encontrei minha mãe na porta do quarto , fiquei lá esperando um tempo pra ver se ela aparecia com o remédio pra mim conseguir deixar aqui na porta mas então a porta se abre e a primeira coisa que eu faço é dar um passo à frente para entrar mas minha mãe aparece e coloca uma mão no Meu peito me parando e me empurrando pra trás 
—Mãe ? O que você está fazendo ? Me deixa entrar - falei confuso 
—Não , você não vai entrar - ela falou e fechou a porta atrás de si 
—Por que não ?- pergunto confuso com várias coisas , a primeira era o que minha mãe estava fazendo ali dentro e a segunda era por que ela não queria me deixar entrar 
—Ela não quer te ver , ela está muito abalada e não quer te ver agora 
—Mas eu preciso falar com ela , preciso esclarecer as coisas 
—Você vai mais não agora , agora você vai voltar pro seu quarto e vai deixá-la quieta , ela está dormindo 
—Dormindo ?- pergunto confuso 
—O remédio foi muito forte e eu dei um calmante junto então ela dormiu , dormiu chorando no Meu colo , ela precisa descansar Maxon 
—Ela dormiu chorando ?- perguntei sentindo uma grande facada no Meu peito 
—Dormiu e a última coisa que ela disse é que ela quer ir embora , ela quer voltar pra casa 
—Não , isso não pode acontecer , eu posso resolver isso é só eu ......- falei entrando em desespero por ela querer ir embora 
—Não Maxon , ela vai dormir e se acalmar então vai pensar melhor e o que ela resolver fazer ela fará 
—Não posso deixar ela ir embora mãe 
—Não só pode como vai se essa for a decisão dela 
—Mas se ela for nunca mais a verei e isso é a última coisa que eu quero se ela estiver brava e aqui pelo menos vou poder vê-la 
—Você não sabe o que vai acontecer agora volte pro seu quarto e recomendo que vá descansar também 
—Mas ..,,
—Maxon cálix Schreave sem mais nem menos vá já para o seu quarto - ela falou mais alto então abaixei a cabeça e fui para o Meu quarto me jogando na cama logo em seguida onde fico rolando de um lado para outro sem conseguir dormir só pensando na burrada que fiz mesmo que a culpa não tivesse sido diretamente minha eu retribui o beijo e com esse pensamento me desabo em lágrimas e me abraço no travesseiro onde ela dormia aqui na minha cama e senti o doce cheiro de baunilha dela foi só então que consegui dormir imaginando e sonhando que estava abraçado a ela 


**********************


Acordei na manhã seguinte com o som ensurdecedor do Meu despertador , queria tanto ficar na cama mas eu preciso falar com América e agora de manhã é minha melhor chance então corro até o banheiro e faço minhas higienes logo em seguida me trocando então pego minha mochila e saio correndo do quarto mas assim que chego na porta do quarto de América a mesma está aberta então entro no quarto 
—América ? - chamei olhando em volta então escuto um barulho do banheiro e vou até lá encontrando a empregada 
—Desculpe senhor Schreave mas a senhorita América já saiu 
—Ela já desceu pro café ? 
—Não senhor , ela saiu logo cedo e passou na cozinha pegando uma maçã e depois foi embora 
—Como ela foi ? 
—Não sei dizer senhor desculpe 
—Ok , obrigado - falei e sai do quarto descendo rapidamente as escadas e então vejo meus pais tomando café na mesa , dou um beijo neles e pego um pedaço de bolo e saio correndo de casa , entro em Meu carro e dirijo até a escola chegando lá vou até o corredor dos armários e vejo Meu grupo lá e lá estava América também com seu braço engessado , uma calça jeans e uma blusa larga e comprida , mesmo debaixo de toda aquela maquiagem percebi que ela havia chorado a noite inteira , me aproximei deles e pelo que pareceu ela não havia contado nada pra ninguém , assim que me aproximei ela deu um passo para trás 
—Bom dia pessoal - falei E eles retribuíram o bom dia exceto América 
—Nossa cara você Tá acabado - Aspen falou 
—Igual a ames , já vi que a noite foi boa não é mesmo ?- leste falou sorrindo maliciosa para América 
—Eu vou pra minha sala gente - América falou 
—Espera ames , eu posso falar com você ? 
—Não - ela respondeu e foi embora 
—O que aconteceu entre vocês ?- Carter perguntou vendo o clima pesado 
—Nós brigamos ontem , a Dafne me puxou e me beijou a força e América viu - falei 
—Você beijou aquela vaca ?- Lee perguntou morrendo de raiva 
—Ela que me puxou me beijando , a culpa não foi minha e agora América não quer mais nem olhar na minha cara 
—E o braço quebrado dela ? 
—Ela caiu da moto pra não me atropelar quando fiquei na frente dela pra ela não ir embora - falei e recebi dois tapas na cabeça um de cada uma 
—Seu idiota - elas falaram em coro e saíram atrás da América 
—Ela quer ir embora de volta para NY - desabafei 
—Você sabe que como as provas já passaram e as férias são mês que vem nada impede ela não é mesmo ?- Aspen me lembrou 
—Não , muito obrigada pela incentivo e pelo apoio moral Aspen - falei e ele sorriu forçado 
—Pelo menos eu tenho uma noticia boa , eu e a celeste estamos ficando - ele falou e eu bufei e sai 
—Idiota - escuto Carter falando para Aspen 
Entrei na sala e as aulas se seguiram como uma verdadeira bosta além de eu ter que ficar aguentando os meninos do colégio dando encima da América pois agora ela estava sem aliança é isso queria dizer para os garotos daqui que ela estava solteira e isso foi uma grande tortura pra mim mas finalmente o dia acabou e eu fui pra casa mas quando cheguei lá não sei como mas América já havia se trancado no quarto , eu ia bater na porta dela quando escuto ela falando em inglês com alguém 
—Eu quero ir embora pai ..........aconteceram algumas coisas aqui ........eu não quero falar sobre isso ...............se eu falar que estou com saudades você vai acreditar ? .............sim , tem a ver com o Maxon ...........não tá dando mais certo , pai eu não quero falar sobre isso ................ele tava beijando outra garota ...........não , eu não deixei e nem vou deixar ............por que ? .............que imprevistos ? ..................pai , me fale a verdade eu não sou mais uma criancinha ...........isso não é bom ............está bem ..........ok , eu vou falar com ele ..........eu aguento mais um tempo .........beijos papai 
O que será que aconteceu , eu posso não ter entendido algumas partes direito mas sei que é muito estranho , me afasto um pouco quando escuto os passos dela pelo quarto em direção ao quarto , finjo que estou saindo do meu quarto então ela abre a porta e olha para os lados e então me vê 
—Eu decidi te ouvir 
—Você vai me ouvir só por ouvir ou vai me ouvir e tentar acreditar ? 
—Eu vou te ouvir mas não prometo te perdoar , entra - ela fala e me dá espaço para entrar  , entro e me sento na cama dela e ela se senta do meu lado um pouco mais afastada 
—Pode começar 
—Eu estava na quadra e você me mandou uma mensagem dizendo que eu esqueci minha carteira na sua bolsa então você disse que ia levar pra mim , pouco tempo depois mãos taparam meus olhos e senti o cheiro do seu perfume  e já fui logo sendo atacado por lábios furiosos não dando nem tempo de eu ver quem era ou raciocinar então eu pensei que fosse você por causa do perfume e retribui mas então eu escutei o barulho de algo caindo e quando me separei da garota que pensei que era você eu vi você distante e chorando e em meus braços estava a Dafne , você tem que acreditar em mim que eu não sabia que era ela é eu só retribui pois senti o seu perfume , eu nunca teria feito aquilo se soubesse que não era você 
—Eu não sei se consigo acreditar nisso Maxon 
—Eu tenho provas - falei desesperado 
—Tem ? - ela perguntou surpresa 
—Tenho
 


Notas Finais


Eai gostaram ? Espero muito que sim então pessoas só vou postar quando atingirem os 10 comentários então é isso kisses kisses e até mais


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...