História The Love Is Beautiful - Capítulo 57


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce, Diabolik Lovers
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Amor Doce, Casamento, Hentai, Irmãos, Namoro, Vampiros, Vida
Exibições 17
Palavras 600
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Fiz esse cap dentro de uns vinte minutos ;-;
Enfim... Só lê ai...

Capítulo 57 - O Sorriso que ninguém conseguira arrancar, excerto...


Fanfic / Fanfiction The Love Is Beautiful - Capítulo 57 - O Sorriso que ninguém conseguira arrancar, excerto...

The Love is Beautiful

~Narradora On

Sentira ali uma energia que não conhecia, quando iria atacar sua mãe, apareceu uma garota, cabelos alaranjados, tinha quase a mesma idade dele, a garota o reconhecera e assim um ódio brotou dentro do coração da garota, uma nuvem roxa saiu da boca da garota em direção a Arthur, ele sabia que era veneno, não cairia fácil nessa, Foices de vento, foi o que ele disparou cortando assim algumas partes do corpo da garota e assim cortando alguns troncos de árvores que ali iria cair em sua mãe, seu pai, Shu Sakamaki, impediu segurando e colocando de lado, Arthur ficou surpreso com a reação de seu pai, mas seu único problema agora era matar sua irmã, com quem estara lutando, seu pai tirou sua mãe das heras venenosas e dos espinhos de gelo, quebrando-os, já não adiantaria, pois ela já estara com uma boa parte do veneno correndo em suas veias, Kirsty veio pra acabar com tudo, Arthur sabia que ela não estara do lado dele, ela foi em direção á Shu e a mulher que Shu estara nos braços assim saindo uma nuvem de seus dedos na cor amarela, não, não era algo venenoso ou algo desse tipo, tava mais pra um tipo de cura, bom, pelo menos para ela viver alguns dias ou meses, mas tinha certeza que ela morreria logo, ninguém sabia o propósito de Arthur querer matar a própria mãe, nem mesmo Kirsty, bem, Kirsty sabia como era toda a história que Arthur havia contado, mas nunca imaginara que seria por aquilo, Shu nunca imaginara que aquela bela moça diante de seus olhos era sua amada sobrinha esperada por todos os Sakamaki, ele só a viu quando ela tinha apenas cinco anos, não lembrara mais como ela era, mas ela sabia que ele era seu tio, e sabia que Arthur era seu filho, sabia muito antes de Roy a contar, mas se fingia de boba, fingia que não sabia de nada, e continuaria a fingir, para apenas saber o quanto Arthur iria continuar mentindo pra ela, sim, ele já mentira muitas vezes, mas ela sempre descobria a verdade, ela o amara e não seria por causa de mentiras que ela deixaria de amá-lo, ela ainda estava lá, tentando curar a mulher que era a mãe de Arthur e seu tio do lado...

- Que bom revê-lo titio - Kirsty falou com uma lágrima traiçoeira caindo no canto de seu rosto

- Como você cresceu - Disse Shu passando a mão em seu rosto assim limpando a lágrima - Virará uma bela mulher

A mulher que Kirsty estava curando finalmente estava abrindo os olhos e assim Kirsty parou para abraçar seu tio, Shu não era muito frio como os outros, raramente alguém conseguia arrancar um sorriso de seu rosto, a última pessoa que conseguira fazer isso foi Nayara, quando estavam na mansão Sakamaki, quando deu um pouco de seu sangue para Shu, mas ela decidiu que quem arrancara a dor de seu coração e o transformara completamente foi Subaru, Kirsty do mesmo jeito de sua mãe conseguira arrancar um leve sorriso do belo rosto de seu tio, ele ainda era novo, podia viver mais uma história de amor, sem ser com essa mulher que estara quase morta se não fosse por Kirsty, ela já magoara demais o coração de Shu, mal sabia essa mulher, que qualquer mulher desse mundo daria de tudo para conseguir conquistar o Shu, ela o teve, mas o desperdiçou como se fosse um brinquedo, uma marionete, agora tudo tinha mudado, era Shu que não a queria mais...


Notas Finais


:3

Tchau, amo vcs :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...