História The Love is Everywhere - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Percy Jackson
Exibições 233
Palavras 900
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Harem, Hentai, Luta, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Terminou! Muito diferente do que planejava... Mas ta ai. Serio. Não ficou como gostaria, porque as coisas que fiz nos capítulos passados... Alterou tudo! Então, não tinha como carregar mais a história.

Flw!

Capítulo 7 - The Taste of Betrayal: End


 Percy não entendeu como, ou o porque. Mas quando ele se teletransportou, ele reapareceu na cama de Amphitrite, dentro do quarto dela.

Não que ele se importava, afinal, aquele era o cômodo que ele mais conhecia neste palácio.

Se deitando, ele ficou de barriga para cima, enquanto olhando para o teto. Os olhos estavam vazios, enquanto observavam o teto branco-azulado com pequenas ondulações, como água do mar.

Ele não sabe quanto tempo esteve ali, parado... Só sabe que devia ser pelo menos horas.

Foi nesse momento, que outra explosão de água apareceu no quarto.

Percy não virou-se para olhar, mas sabia que era Amphitrite.

Ele ouviu como só passos dela se aproximaram da cama, e ela se sentou do seu lado.

-Você, no meu quarto...? - Ela perguntou, um sorriso estranho. - Aconteceu alguma coisa, parece meio mal...

-Porque você se importa? - Ele perguntou, a voz vazia.

-... Não sei... Talvez porque você esteja em meu quarto? - Ela perguntou. - Na verdade, não seria tão estranho se você estivesse nu e excitado, mas pelo visto... Você esta apenas com um olhar vazio no rosto, além de estar vestido. Claro. - Ela falou, calmamente. Suas mãos passaram pelo cabelo de Percy, com suavidade, hora ou outra descendo pelo rosto dele, até os ombros, antes de voltar. - Quer compartilhar?

-... Porque eu iria compartilhar algo com você? - Ele perguntou, a olhando pela primeira vez. Ele sentiu-se hipnotizado, mas não por muito tempo, antes de desviar o olhar. - Sou apenas seu vibrador-humano...

Amphitrite riu suavemente.

-Oh Percy... A muito que eu deixei de considerar você assim... - Ela disse, calmamente. - Vamos se abra comigo... Deixe-me ajuda-lo.

Percy novamente a olhou. O sentimento de ser hipnotizado ocorreu mais uma vez, e desta vez... Ele não se livrou dele.

Lágrimas surgiram no canto dos olhos dele.

-... A-Annabeth... Ela estava me traindo... - Ele conseguiu dizer, apesar do nó na garganta. - Ela esta apaixonada por outro... Um semi-deus qualquer, filho de Athena...

A mão de Amphitrite congelou por um momento, antes dela voltar a cariciar o cabelo dele.

-Bem... Isso é uma merda... - Ela disse. - Mas agora, você tem muitas novas chances e oportunidades. Você não precisa mais dela, e ela não precisa de você. Agora vocês vão seguir caminhos separados, não é mesmo?

Percy assentiu, calmamente.

-Então... O que lhe impede de se casar com Rhoda? - Ela perguntou.

Percy franziu a testa.

-Porque quer tanto que eu me case com ela? O que você ganha com isso? - Ele perguntou.

Ela o olhou sériamente, antes de suspirar.

-Não irei mentir, Percy... - Ela falou, puxando a cabeça dele para o colo dela. - Eu estou loucamente e perdidamente apaixonada por você.

Os olhos de Percy se arregalaram.

-Se você se casar com Rhoda, eu poderei ter acesso a você a todo momento. - Ela disse. - Mas se você acabasse junto de Annabeth, então a todo momento você estaria pensando nela... Eu só não esperava que ela fosse burra o suficiente para te trair...

Percy a encarou por um segundo. Tentando ler Amphitrite... E depois de alguns minutos, ele não encontrou mentira alguma nela.

Mesmo assim... Ele tinha algum sentimento errado dentro dele. Mas ele não conseguia descobrir o que.

-... Olha, Percy... - Amphitrite disse, com uma voz lamentavel. - Eu sei que sou sua madrasta, e que você não gosta de mim... Mas deixe-me ajuda-lo. - Ela disse, segurando o rosto dele entre as mãos. Ela olhava profundamente em seus olhos, e parecia conter sinceridade profunda em sua voz. - Por favor, Percy... Me dê apenas uma chance. Se case com Rhoda, e deixe-me ajudar você.

Percy a encarou. Neste momento... Não importava como ele olhava, a proposta dela parecia imperdivel. Ela era um Deusa e era praticamente separada de Poseidon, só eram casados no nome. Além do mais, ela era incrivelmente bela, sexy, e parecia realmente se preocupar com ela.

E ele também impediria uma guerra se casando com Rhoda.

-Eu... Vou me casar com ela. - Ele disse, depois de alguns segundos.

-Então.. Vai me aceitar também? - Ela perguntou.

-... Eu vou. - Ele disse. Ele sabia que era errado. Afinal, ela era sua madrasta... Mas... Ele não conseguia resistir a essa sensação de querer ter ela. E no final... Ele acabou cedendo.

-Que bom. - Ela disse, abaixando o rosto, e o beijando nos lábios. Seu cabelo caiu sobre seu rosto, enquanto ele pouco a pouco também foi caindo para ela.

Amphitrite soube que tinha ganhado, quando meses depois Percy se casou com Rhoda.

Os dois continuaram tendo seus encontros sexuais, e pouco a pouco Percy começou a agir mais carinhosamente para com ela.

Mas no fundo, bem profundo em seu peito... Amphitrite sabia que não havia sido uma derrota verdadeira.

Porque as vezes, ela via Percy pensando em Annabeth.

As vezes durante o sexo, ele gemia no nome dela.

E as vezes, ela sabia que ele escapava do palácio, dela, e de Rhoda... Apenas para ir até o acampamento observar ela.

No fundo, o Sabor da Traição... Não é tão doce.

Ela estava apaixonada por alguém, que agora era casado com a filha dela, sendo que ela mesma era casada com o pai dele, e no fundo... Ele ainda amava outra, na qual ela indiretamente os fez separar.

Na verdade... O Sabor da Traição é bem amargo.


 


Notas Finais


Quando eu idealizei a fic, a ideia era ele se apxionar por ela também... E os dois fazerem sacrificios para ficarem juntos. Percy, iria matar Annabeth, e Amphitrite iria matar Triton (outro filho dela). Amphitrite junto de Percy iriam acordar Oceanus, um Titã que gov erna o mar, e iriam iniciar uma guerra e durante ela, ambos iriam matar Oceanus e Poseidon. Percy então iria se tornar o novo Deus do Mar, e Amphitrite seria a rainha dele.
Ah, esse ia ser masssa. Mas ia ser muito grande, e eu queria que Amphitrite meio que... Fosse vilã...
De qualquer forma, não me xinguem nos comentarios!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...