História The love is real - Capítulo 5


Escrita por: ~, ~king e ~GaiaSilva

Exibições 50
Palavras 1
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Entao eu olho pra trás e lá estava ele.
Vamos senhorita? -ele fala com uma postura de cavalheiro e logo sorri
Nossa! Claro-eu olho como se tivesse achado gay mas não estava gay estava maravilhoso e lindo.
Desculpa eu só tentei ser educado-ele fala sendo Sarcástico.
Não estava ótimo-falei tentando não magoa-lo mas doeu em mim mesma.

E logo após chega o seu motorista e ele sai do carro(uma BMW) e ia abrindo a porta mas martin nao deixa.
Nao deixa comigo marcos!-ele fala e logo após olha pra mim.
CARALHO ELE OLHOU PARA MIM E FOI UM OLHAR FODA QUE FUDEU MEU PSICOLÓGICO

Ele abri a porta do carro
Primeiro as damas-ele fala e abaixa a cabeça.
Obrigada meu senhor-eu falo com delicadeza.

E o caminho todo fica aquele silêncio total.
Até que chegamos a um restaurante de frente para o mar.

Ele abri a porta e mim olha com uma cara que puta que pariu FUDEU TUDO.

A gente entra e ele vai ao banheiro e eu escolho uma mesa perto da varanda com uma visão geral do mar e da praia.
E mim aproximo da varanda com um vestido preto rodado e um salto preto com os meus cabelos ao vento admiro muito mais do que deveria a aquela merda de mar.
E ele chega perto de mim e começa a mim olhar.
Como você esta linda-ele fala e nao para de mim olhar.
Obrigada mas você pode parar de mim olhar desse jeito eu estou ficando sem jeito-eu olho para o chão e depois pra ele e olho pro chão novamente e fico sorrindo.

Vamos-ele diz.
Ok-eu disse sim o chão estava molhado por que tinha acabado de chover.


Eu escorrego e ele tenta mim segurar eu caio em cima dele.

a gente se encara por 2 minutos
Nossa que olhos lindos você tem-ele olha para mim e logo depois TAN TAN TAN TAN TAN TAAAAAN E PAAAAW ELE MIM BEIJA COLOCANDO SUA MÃO EM MEU PESCOÇO.

Nossa mim Desculpa serio-eu fico sem jeito mas com uma felicidade que puta que pariu tava pra fazer um lap dance ali pra ele.
Não precisa eu queria fazer isso a um bom tempo-ele fala e logo coloca a mão na cabeça e olha pra baixo.
Então vamos comer-eu falo morrendo de fome.
Claro que vamos-ele fala si virando e fica do meu lado mim acompanhando.
Depois de uma longa conversa ele mim faz um pedido.
sabado eu estou indo para Califórnia e vai ser o meu aniversário e eu ficarei muito grato se você for-ele fala com um olhar de que precisava que eu isse.
Mas eu tenho minha vida aqui e tenho que trabalhar para mim sustentar e não tenho dinheiro para a minha passagem-eu falo pegando forte em sua mão.
Vem comigo depois eu arranjo um emprego para você-ele diz implorando.
Ok eu vou sim-eu falo olhando para ele.
*o telefone toca*
Sim era minha mãe.
Filha eu não estou em casa eu vou ter que ficar de plantão você pode dormir na casa da anne?-ela mim pergunta e eu com o pensamento longe.
Sim mãe claro sem problemas-até que eu volto para a terra e tento falar para ela que não dava
Ta ok meu amor Beijos mamãe te ama-ela desliga e nem mim deixa nem falar que a amo.
Ele ouvi a conversa.
Você pode dormir comigo-ele fala pagando a conta.
Mas....-eu falo por que aquilo deu um pouco de dulplo sentido.
Nao comigo na cama mas sim eu durmo no sofá e você fica com minha nuvem-ele fala com vergonha.
Ta ok espero nao incomodar-eu falo sorrindo.
Você nunca incomoda-ele fala e logo levanta.
Eu levanto e o acompanho até o carro ele a abri a porta e compra umas cervejas e eu recuso por que nao sou de beber mas ele insisti...
Ta ok mas vai ser minha primeira bebida-eu falo com uma vontade.
Também vai ser a minha primeira vez-ele fala e mim puxa.
*começamos a beber no elevador depois chegamos ao hotel*
Bem vida a garrixzlandia party mini-e levanta os braços com as bebidas e gira ao redor da sala.

Depois de algumas horas começamos a conversar.
Acho que vou dormir-mas você está só com um vestido! Pegue uma camisa minha ok-ele fala bebe um copo inteiro e levanta até o quarto.
Pegue tome está melhor-ele joga em cima da cama.
Era uma camisa preta e grande q ficava um pouco curta em me.
Perfeito!-eu falo e mim troco

Logo depois ele entra no quarto no meio da noite.
Estou com saudades da minha nuvem-ele fala morrendo de sono.
Vem deita aqui comigo-eu falo com um sorriso ele estava lindo demais.
Eu mim deito em seu peito e ele mim olha e levanta o meu queixo e mim beija.
PUTA QUE PARIU FOI A MELHOR NOITE DE TODAS.
ELE VIRA FICA EM CIMA EM CIMA de mim ele beija o meu pescoço e logo acima de meu seio.
E eu mim viro e começo a beijar lo ele tira a camisa e eu tiro a minha.
E eu sinto ele mim penetrando devagar nossa QUE SENSAÇÃO GOSTOSA.
Ele puxa o meu cabelo.
Você está muito sexy hoje como todos os dias você mim da um tesao da poha.
Eu preciso de você dentro de mim martin-eu falo gemendo adorando.
SIM NÃO DORMIMOS E SIM GOZAMOS EU TIVE O MEU PRIMEIRO ORGASMO.

Capítulo 5 - Será que rola?




Notas Finais


Vou postar hoje de madrugada.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...