História The Love is Sweet - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Charlotte, Dajan, Dakota, Debrah, Iris, Jade, Kentin, Kim, Leigh, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky, Violette
Tags Amor Doce
Exibições 76
Palavras 1.389
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Sorry pela falta de imagens
Gente eu escrevi esse cap em nada menos nada mais do que 3 FUCKIN dias
Mas valeu a pena por que modéstia parte, eu amei esse cap
💞💞💞💞💞💞💞💞💞💞💞💞💞💞
Eu estou sofrendo de um probleminha que é tipo assim, eu já bolei até os nomes dos filhos dos personagens mas eu não sei como fazer o presente, eu tô com um monte de treta que vai mudar a história toda mas eu num tô sabendo me organizar, então desculpa essa lenga lenga chata de agora que no futuro vai pegar fogo
🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥
Personagem nova
Dica : vcs sabem quem é

Capítulo 13 - That's girl is a bitc*


                        [Luci pov on]

         Eu estava tão feliz que pensei que ia explodir, não via meu irmão pessoalmente à dois anos, agora ele estava ali, com todas as meninas da sala mais o Alex babando por ele e ele só tinha olhos pra mim. Dois anos nos separando mas agora acabou... Me levantei da cadeira super empolgada, esperando que uma música começasse, uma daquelas cenas que as pessoas correm pra se abraçar e pá.

       - Turma todos sentados, por favor
       - Aff, cortou o meu barato - Alex deu uma risadinha
       - Classe, gostaria de apresentar meu novo estagiário, e não só meu, de todos os professores que dão aula a essa turma, esse é o Viktor Menners, irmão da senhorita Lucille Menners. Ele faz faculdade e se não me engano faz vinte anos esse ano, não é isso Viktor ? - disse falando com ele que apenas balançou a cabeça em concordância - Perfeito, por que não senta ali atrás

      Olhei pra ele e ele também estava olhando pra mim, sorrimos. Affs, por que eu tenho que esperar essa aula ridícula acabar pra abraçar meu irmão. Tá bem, eu consigo esperar até a aula acabar
________________________________________

     Foram os cinqüenta minutos mais chatos da minha vida, estava com a cabeça abaixada em cima da mesa quando finalmente o sinal bate. Me levanto no mesmo segundo para perceber que a mesa do Viktor estava vazia vou até ali e vejo um papel em cima da mesa

      " Tô apertado, me encontra lá fora
                                                      - Viktor "

      Tão poético =_=

        Faço o que diz o bilhete e vou indo em direção a porta querendo ver logo o Viktor, quando...
         - Não vai esperar a gente ? - Rosa
         - Por que ela esperaria ? Tem um boy linderrimo esperando por ela lá no pátio, acertei ? - Alex
          - Sim gênio, mas eu prometo que falo com vocês mais tarde, tá bem
          - Claro Mona, agora vais lá falar com o  seu brobro - Eu já disse hoje que amo o Alex ?
           - Tchau amores - digo saindo da sala antes que eles pudessem continuar falando, até que sou parada. De novo
            - Não falou comigo hoje por que ? - Ah meu Deus. É Ele - Pensei que estivesse brincando com aquele lance de enjoar - Opa Castiel, será que eu senti uma pintadinha de preocupação ?
             - Está com medo Castiel ? Mas não se preocupe, não deixo minhas coisas inacabadas - agora sim, adoro deixar as pessoas confusas.

       Estava me virando para poder ir ver meu irmão quando sinto meu braço ser puxado, fazendo eu virar e antes que pudesse pensar sindo os lábios do Castiel encontrando com os meus. É um beijo. E que beijo. Consigo sentir os olhares da escola toda em mim, então aproveito o momento e boto meus braços em volta do pescoço do Castiel que bota suas mãos na minha cintura, e fico na ponta do pé, para ele não ficar todo curvado.

        Separamos o beijo e ficamos alguns segundos nos olhando tão perto um do outro que a ponta dos nossos narizes quase se encostavam, até que eu me lembro do Viktor

       - Aí meus Deus, o Viktor
       - Quem ?
       - Eu tenho que falar com o Viktor - digo saindo do nosso "abraço" e (agora vai) vou ver vocês sabem quem, e não é o Valdemort.
  
        Estou na porta da parte de dentro da escola e assim que chego no pátio vejo Viktor. Agora sim rola aquele lance de correr e se abraçar em slow-motion.

       - Hey, que saudade
       - Eu também estou, mas como você está aqui, pensei que só chegaria a tarde.
       - Eu também pensei, mas graças a todos os deuses não teve aqueles atrasos chatos de pouso de avião e nem trânsito na hora do Táxi, aí eu deixei minhas malas na sua casa e ainda deu tempo de vir te ver
        - Isso é incrível Vik - dei outro abraço nele eu estava realmente empolgada com o meu irmãozinho, como eu sentia sua falta - vamos pra casa ?
         - Claro, vamos - ele diz me dando o braço pra eu apoiar - baixinha
         - ah Vik, já vai começar ?
________________________________________

              Já tínhamos chegado em casa e eu esteva subindo as escadas ajudando Viktor com as malas, mas ele não tinha quase nada, então eu fiquei segurando a bolsa que ele levou para a escola. Fomos para o quarto que eu tinha preparado pra ele, era o mesmo quarto que era dele antigamente, só que agora a decoração era inteiramente branca com detalhes de preto e não cortinas de carrinhos e tapete de bolinhas, essas coisas eu vou doar junto com os brinquedos do meu quarto, já os brinquedos, fotos e coisas desse tipo guardei no armário de uma sala....especial ( segura essa sala aí )

        - E aí ? O que achou ?
        - Tá ótimo Luci, muito obrigada - nos abraçamos - Te amo maninha. - olhei para ele com o olhar mais doce que consegui, até que eu me lembrei que ele é o Viktor
         - Têm certeza que você não é completamente viado, por que esses momentos.....
          - Aff, você sempre estraga nossos momentos fofos - e eu só ria
           - Mas, então, achou alguém bonitinho ? - disse tentando estacionar o Alex nessa vaga
           - Ah sei lá
           - Sei lá o meu cu Vik, dois terços da escola tão caidinho por você, eu mesmo vi um monte de menina falando que te acha lindo
            -  Mas só menina ??? - ele disse um tanto quanto preocupado
            - Por que senhor Vik, já achou um boy magya lá ? - ele olhou pra mim um pouco desconfiado
             - Posso me arrepender eternamente por isso....- ele deu uma pausa - E que eu....achei aquele seu amigo bonitinho
            "AÊÊ CARALHO, É HOJE QUE A BIXA SAI DA SECA, NOIS É OU NOIS NÃO É A MELHOR CUPIDO DO MUNDO"

            - Ahnn, legal, ele é gente boa, pode pá
            - Só isso, legal então
       Um tempinho passou e eu preciso falar com o Porpurinado
          
            - Err.... tô indo ali rapidinho - me levantei da cama dele e fui para o meu quarto, peguei meu celular e entrei na minha conversa com o Lex Luthor gay. Decidi gravar um áudio

           - BIXAAAAA, O BOY TÁ NO ESQUEMA, PREPAREI O TERRENO, AGORA É SÓ VIM E PLANTAR AS SEMENTES DO AMOR, CÊ NUM TA ENTENDO, ELE TA AMARRA.... - estou na maior empolgação quando encontro o Vik encostado na porta só observando - Eeeer, então bixa, tô tendo que me ausentar, te cheiro depois.

       - Eu conheço a cobra venenosa que eu criei
        - Aff Vik, tava só brincando
        - Tá bem =_=
    Acabamos rindo de tudo no final
________________________________________

     A semana tava quase no fim, sexta feira, as coisas estavam otimas, eu e o Castiel estávamos bem, e toda a escola sabia do nosso rolo que, conforme o meu planejamento ( sim, eu e todas as mulheres do mundo planejamos o relacionamento ) estava preparado para dar o próximo passo que é pedido oficial, amostras de afeto público sem transgredir o pudor e fofurinhas melosas. Eu era oficialmente melhor amiga da Rosa e do Alex, que por sinal tá cheio de negocim com o Vik, eles vão sair amanhã e prevejo um beijo. Pretendo por em ação minhas missões de cupido de Violet + Kim ( Kinlet ) Armin + Íris ( Armiris ) na próxima semana...... E por último mas não menos importante, vou ter um encontro com o Cast, qye inclusive vai ser o dia do pedido oficial.

      Estavamos eu e a trupe, Alex, Rosa, Lys Cast e Vik no portão, fazendo hora, a aula já tinha acabado e estávamos esperando só o lugar esvaziar um pouco, já tava ótimo, e só tinha umas pessoas meio isoladas espalhadas, quando vejo alguém, uma mulher se aproximar do portão do pátio. Não. Nao podia ser ela. Todos já tinham percebido a garota com roupas extravagante e decotadas e Vik já sabia quem era com certeza. Caminhei lentamente até o portão onde ela estava parada.

         - O que faz aqui................ Bezerra - ela apenas sorriu  resposta

          Então ouvi o Castiel falar, o que me deixou bem surpresas

         - Déborah ?!?!
         - Sentiu saudades.......... Gatinho


Notas Finais


Muahahahahahahaha

Ces num sabe a quantidade de tempo que eu tô querendo escrever esse cap

Explodi a cabeça d'oces né ?????

Bjkas de algodão doce azul cor do cabelo do Lex Luthor gay
💙💙💙💙💙💙💙💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...